1º GP Nacional 2 (2.2)

Pedrix77

Tribuna Presidencial
6 Outubro 2016
7,221
2,144
Porto
O projeto do Grande Prémio de Portugal Nacional 2, cuja primeira edição irá decorrer entre os dias de 18 a 22 de julho, na ligação entre Chaves a Faro.

A Estrada Nacional 2 atravessa 36 municípios de 11 distritos de Norte a Sul do país. Os 738,5 quilómetros que ligam Chaves a Faro serão cumpridos em competição, num programa de cinco dias de corrida - a apresentar numa data posterior - e que contará um programa paralelo de divulgação cultural e patrimonial de cada município envolvido.

A transmissão televisiva em directo será assegurada pela TVI e pela TVI 24.

Mais informações sobre a Prova:
https://www.gppn2.pt/
https://www.facebook.com/GPPN2/


Etapas:

1ª Etapa: Chaves > Castro Daire – 140,7km



2ª Etapa: Castro Daire > Pedrógão Grande – 177,2 km



3ª Etapa: Pedrógão > Grande Montargil – 144,1km



4ª Etapa: Montargil > Aljustrel – 159,7km



5ª Etapa: Ferreira do Alentejo > Faro – 142,8 km




Equipas Participantes:

Profissional Continental:
. Caja Rural - Seguros RGA (Espanha)
. Euskadi - Murias (Espanha)

Continental:
. Aviludo - Louletano (Portugal)
. Efapel (Portugal)
. Fundación Euskadi (Espanha)
. LA Alumínios (Portugal)
. Liberty Seguros-Carglass (Portugal)
. Massi - Kuwait Team (Kuwait)
. Miranda-Mortágua (Portugal)
. MsTina-Focus (Roménia)
. RP-Boavista (Portugal)
. Sporting-Tavira (Portugal)
. Team Sapura Cycling (Malásia)
. Vito-Feirense-Blackjack (Portugal)
. W52 FC Porto (Portugal)

Equipas de Clube/Amadoras:
. Ampo-Goierriko TB (Espanha)
. FGP-Cube-Bombarral (Portugal)
. Fortunna-Maia (Portugal)
. Sicasal-Constantinos-Delta Cafés (Portugal)
. Team France Défense (França)
 

Pedrix77

Tribuna Presidencial
6 Outubro 2016
7,221
2,144
Porto
CmDragon disse:
De saudar este novo projeto numa altura em que algumas provas são canceladas por falta de verbas....
Esta prova só tem um senão. É a sua colocação no calendário. Não faz sentido nenhum um prova destas em cima do GP Joaquim Agostinho e da Volta a Portugal. Não tem lógica nenhuma.

O ideal seria em Setembro. A época em Portugal, depois da Volta está praticamente fechada. Setembro era o mês ideal para a prova.

De resto, é de saudar o surgimento de novas provas em Portugal. 

 

Pedrix77

Tribuna Presidencial
6 Outubro 2016
7,221
2,144
Porto
A nossa equipa para o 1º GP Nacional 2:

Samuel Caldeira
Raúl Alarcón
César Fonte
Daniel Freitas
Rui Vinhas
José Neves
João Rodrigues
 

jcc21

Arquibancada
6 Dezembro 2015
282
8
Pedrix77 disse:
Esta prova só tem um senão. É a sua colocação no calendário. Não faz sentido nenhum um prova destas em cima do GP Joaquim Agostinho e da Volta a Portugal. Não tem lógica nenhuma.

O ideal seria em Setembro. A época em Portugal, depois da Volta está praticamente fechada. Setembro era o mês ideal para a prova.

De resto, é de saudar o surgimento de novas provas em Portugal.
Totalmente de acordo. Setembro permitia esticar um pouco mais a temporada, que ficaria com um melhor planeamento em termos das provas mais importantes:

Volta ao Algarve
Volta ao Alentejo
GP Beiras e Serra da Estrela
GP JN
Camp.Nacionais
GP Abimota
Troféu Joaquim Agostinho
Volta Portugal
GP EN2

E ainda as provas da Taça de Portugal.
Com um hipotético regresso da clássica Porto-Lisboa, diria que seria o calendário ideal para a realidade do nosso ciclismo.
 

Pedrix77

Tribuna Presidencial
6 Outubro 2016
7,221
2,144
Porto
jcc21 disse:
Totalmente de acordo. Setembro permitia esticar um pouco mais a temporada, que ficaria com um melhor planeamento em termos das provas mais importantes:

Volta ao Algarve
Volta ao Alentejo
GP Beiras e Serra da Estrela
GP JN
Camp.Nacionais
GP Abimota
Troféu Joaquim Agostinho
Volta Portugal
GP EN2

E ainda as provas da Taça de Portugal.
Com um hipotético regresso da clássica Porto-Lisboa, diria que seria o calendário ideal para a realidade do nosso ciclismo.
Tens ainda em Março, a Clássica das Aldeias do Xisto e da Arrábida. São provas interessantes e que estão no calendário UCI. Estas provas se conseguissem passar de 1 dia para 2 dias, melhor.

Nos últimos anos deixaram de se realizar uns 2/3 troféus de 2 dias cada um, na zona sul do País. Eram provas UCI e era interessante que que a Liberty Seguros as fizesse regressar à estrada.
 

Pedrix77

Tribuna Presidencial
6 Outubro 2016
7,221
2,144
Porto
Alarcon chegou com 2:38 sobre o 2º que foi o David de La Fuente.

6º César Fonte e 7º José Neves
 

Pedrix77

Tribuna Presidencial
6 Outubro 2016
7,221
2,144
Porto
Raúl Alarcón chega isolado e tem a vitória no bolso

O espanhol Raúl Alarcón (W52-FC Porto) venceu hoje a primeira etapa do Grande Prémio Nacional 2, uma viagem de 140,7 quilómetros, entre Chaves e Castro Daire, tendo a vitória na geral praticamente garantida.

A etapa começou a decidir-se nos quilómetros iniciais, quando se deu uma fuga de 21 elementos, que o pelotão nunca conseguiu neutralizar.

Na fase mais dura da tirada, Raúl Alarcón decidiu tentar a sorte em solitário e o numeroso grupo de fugitivos também nunca mais lhe pôs a vista em cima.

Raúl Alarcón chegou isolado a Castro Daire, deixando os mais diretos perseguidores a 2m39s. David de la Guente (Aviludo-Louletano-Uli) foi o segundo e Mário Gonzalez (Sporting-Tavira) foi o terceiro.

Na geral os três ocupam os mesmos lugares, embora as diferenças, por via das bonificações, sejam mais favoráveis ainda a Raúl Alarcón. De la Fuente está a 2m46s e Gonzalez a 2m48s. Com esta vantagem e com uma prova sem grandes dificuldades por diante, a W52-FC Porto tem todas as condições para assegurar o triunfo final de Alarcón.

O corredor espanhol, apesar dos poucos dias de competição em 2018, parece estar muito forte, na aproximação à Volta a Portugal, comandando todas as classificações possíveis: geral, pontos, metas volantes e montanha. Só lhe escapa a juventude, para a qual não tem idade, em posse do francês Cyril Barthe (Euskadi Basque Country-Murias). Por equipas manda a W52-FC Porto.

A segunda etapa da competição disputa-se nesta quinta-feira, ligando Castro Daire a Pedrógão Grande, ao longo de 177,2 quilómetros.

In Federação Portuguesa de Ciclismo
 

Pedrix77

Tribuna Presidencial
6 Outubro 2016
7,221
2,144
Porto
Classificação Portista:

Etapa
1º Raul Alarcon
7º César Fonte a 2:43
8º José Fernandes a 2:46
13º Rui Vinhas a 2:56
19º João Rodrigues a 3:10
35º Samuel Caldeira a 3:31
70º Daniel Freitas a 18:54

Geral:
1º Raul Alarcon
7º César Fonte a 2:56
8º José Fernandes a 2:57
13º Rui Vinhas a 3:06
19º João Rodrigues a 3:22
35º Samuel Caldeira a 3:44
70º Daniel Freitas a 19:07

Geral Equipas:
1º W52 FC Porto

Geral Pontos:
1º Raul Alarcon 25 pts
7º César Fonte 6 pts
8º José Fernandes 4 pts

Geral Montanha:
1º Raul Alarcon 18 pts
2º João Rodrigues 12 pts
3º César Fonte 7 pts

Geral Metas Volantes:
1º Raul Alarcon 3 pts
2º Rui Vinhas 3 pts
4º José Fernandes 2 pts
7º João Rodrigues 1 pt

Geral Juventude:
2º José Neves a 4s
 

Pedrix77

Tribuna Presidencial
6 Outubro 2016
7,221
2,144
Porto
Pombal disse:
O Caldeira ainda vem a tempo da Volta?
Acho que não. Esteve muito tempo parado. Desde a Volta a Madrid, em Maio. Acho que vai ser o João Rodrigues a ir à Volta a Portugal, no lugar que seria do Samuel Caldeira, em condições normais.
 

Pedrix77

Tribuna Presidencial
6 Outubro 2016
7,221
2,144
Porto
Cyclisme81 disse:
É muito provável que sim! O Samuel Caldeira, está fora da Volta a Portugal!
Pedro R. disse:
Com a pujança que o José Fernandes anda, não me admira que seja premiado

O José Fernandes numa entrevista à ABola, que coloquei no tópico da equipa, diz que não deve ir à Volta.

Diz que a equipa vai levar os mais experientes. Tendo em conta que o João Rodrigues já tem pelo menos uma Volta feita, acredito que seja ele a ir à Volta a Portugal.