100º Giro d'Itália

Quem irá vencer o 100º Giro?

  • Vincenzo Nibali (Bahrain-Merida)

    Votos: 3 12.0%
  • Nairo Quintana (Movistar)

    Votos: 20 80.0%
  • Steven Kruijswijk (LottoNL-Jumbo)

    Votos: 0 0.0%
  • Tom Dumoulin (Team Sunweb)

    Votos: 1 4.0%
  • Mikel Landa (Team Sky)

    Votos: 0 0.0%
  • Geraint Thomas (Team Sky)

    Votos: 0 0.0%
  • Domenico Pozzovivo (Ag2r- La Mondiale)

    Votos: 0 0.0%
  • Tejay Van Garderen (BMC)

    Votos: 0 0.0%
  • Thibaut Pinot (FDJ)

    Votos: 0 0.0%
  • Adam Yates (Orica-Scott)

    Votos: 1 4.0%
  • Ilnur Zakarin (Katusha-Alpecin)

    Votos: 0 0.0%
  • Bauke Mollema (Trek-Segafredo)

    Votos: 0 0.0%
  • Davide Formolo (Cannondale-Drapac)

    Votos: 0 0.0%
  • Outro? Diga qual no tópico.

    Votos: 0 0.0%

  • Total de eleitores
    25
  • Votação fechada .
S

sinal

Guest
A 100ª edição do Giro d'Italia começa na próxima sexta, dia 5 de maio, na Sardenha e acabará dia 28 de maio em Milão.



Percurso
Etapa 1, 5 de maio Alghero – Olbia (plana) 206km
Etapa 2, 6 de maio Olbia – Tortolì (média-montanha) 221km
Etapa 3, 7 de maio Tortolì – Cagliari (plana) 148km
8 de maio - Dia de descanso
Etapa 4, 9 de maio Cefalù – Etna (Rifugio Sapienza final em alto) 181km
Etapa 5, 10 de maio Pedara – Messina (média-montanha with plana finish) 159km
Etapa 6, 11 de maio Reggio Calabria – Terme Luigiane (plana) 217km
Etapa 7, 12 de maio Castrovillari – Alberobello (plana) 224km
Etapa 8, 13 de maio Molfetta – Peschici (plana start, média-média-montanha) 189km
Etapa 9, 14 de maio Montenero di Bisaccia – Blockhaus 149km
15 de maio - Dia de descanso
Etapa 10, 16 de maio Foligno – Montefalco (ITT) 39.8km
Etapa 11, 17 de maio Ponte a Ema – Bagno di Romagna (média-montanha) 161km
Etapa 12, 18 de maio Forlì – Reggio Emilia (média-montanha, plana finish) 229km
Etapa 13, 19 de maio Reggio Emilia – Tortona (plana) 167km
Etapa 14, 20 de maio Castellania – Santuario di Oropa (final em alto) 131km
Etapa 15, 21 de maio Valdengo – Bergamo (plana start, média-montanha) 199km
22 de maio - Dia de descanso
Etapa 16, 23 de maio Rovetta – Bormio (alta-montanha sem final em alto) 222km
Etapa 17, 24 de maio Tirano – Canazei (alta-montanha sem final em alto) 219km
Etapa 18, 25 de maio Moena – Ortisei/St. Ulrich (final em alto) 137km
Etapa 19, 26 de maio San Candido – Piancavallo (final em alto) 191km
Etapa 20, 27 de maio Pordenone – Asiago (alta-montanha sem final em alto) 190km
Etapa 21, 28 de maio Monza (Autodromo) – Milan (ITT) 29.3km

Resumo:
No total - 3572 quilómetros, divididos por 21 etapas que percorrerão as 16 das 20 regiões de Itália.
Com oportunidades para todos os tipos de corredores, com etapas ideais para os sprinters, puncheurs, trepadores, roladores, contrarrelogistas e para jogos tácticos.
- 5 etapas para os sprinters;
- perto de 70 quilómetros de luta individual contra o cronómetro;
- 5 chegadas em alto;
- 3 etapas de alta montanha sem o final ser em alto;
- as restantes são dias em que uma fuga pode chegar ou a corrida pode ser atacada de longe pelas equipas dos favoritos, à procura de cortes no pelotão.


Lista de Participantes (a atualizar)
World Tour Teams

AG2R La Mondiale
Domenico Pozzovivo, Julien Bérard, Francois Bidard, Clément Chevrier, Hubert Dupont, Ben Gastauer, Alexandre Geniez, Quentin Jaurégui, Matteo Montaguti

Astana Pro Team
Pello Bilbao, Zhandos Bizhigitov, Dario Cataldo, Jesper Hansen, Tanel Kangert, Luis Léon Sánchez, Paolo Tiralongo, Andrey Zeits

Bahrain Merida Pro Cycling Team
Vincenzo Nibali, Giovanni Visconti, Valerio Agnoli, Manuele Boaro, Javier Moreno, Kanstantsin Siutsou, Enrico Gasparotto, Franco Pellizotti, Luka Pibernik

BMC Racing Team
Rohan Dennis, Silvan Dillie, Tejay van Garderen, Ben Hermans, Manuel Quinziato, Joey Rosskopf, Manuel Senni, Dylan Teuns, Francisco Ventoso

Bora – Hansgrohe
Cesare Benedetti, Sam Bennett, Matteo Pelucchi, Patrick Konrad, Gregor Mühlberger, Lukas Pöstlberger, Jan Bárta, José Mendes, Rüdiger Selig

Cannondale-Drapac Pro Cycling Team
Pierre Rolland, Joe Dombrowski, Hugh Carthy, Michael Woods, Davide Formolo, Alberto Bettiol, Davide Villella, Simon Clarke, Tom-Jelte Slagter

Dimension Data
Igor Anton, Natnael Berhane, Omar Fraile, Ryan Gibbons, Nathan Haas, Jacques J. van Rensburg, Benjamin King, Adrien Niyonshuti, Kristian Sbaragli, Daniel Teklehaimanot, Johann van Zyl

FDJ
Thibaut Pinot, Sebastien Reichenbach, Davide Cimolai, Christian Odd Eiking, Rudy Molard, Steve Morabito, Jérémy Roy

Lotto Soudal
Adam Hansen, Maxime Monfort, André Greipel, Tomasz Marczynski, Moreno Hofland, Lars Bak, Sean De Bie, Jasper De Buyst, Bart De Clercq

LottoNL-Jumbo
Steven Kruijswijk, Stef Clement, Jurgen Van den Broeck, Martijn Keizer, Victor Campenaerts, Bram Tankink, Enrico Battaglin

Movistar Team
Nairo Quintana, Andrey Amador, Alex Dowsett, Winner Anacona, Gorka Izagirre, Dayer Quintana

ORICA-Scott
Caleb Ewan, Adam Yates, Roger Kluge, Luka Mezgec, Carlos Verona

Quick-Step Floors
Fernando Gaviria, Bob Jungels, Davide Martinelli, Gianluca Brambilla

Team Katusha – Alpecin
Ilnur Zakarin, Rein Taaramäe

Team Sky
Geraint Thomas, Mikel Landa, Philip Deignan, Kenny Elissonde, Michal Golas, Sebastian Henao, Vasil Kiryienka, Salvatore Puccio, Diego Rosa

Team Sunweb
Phil Bauhaus, Laurens ten Dam, Tom Dumoulin, Simon Geschke, Chad Haga, Wilco Kelderman, Georg Preidler, Skjøstad Sindre Lunke, Tom Stamsnijder

Trek – Segafredo
Bauke Mollema, Jasper Stuyven, Eugenio Alafaci, Laurent Didier, Giacomo Nizzolo, Julien Bernard, Mads Pedersen, Peter Stetina

UAE Team Emirates
Valerio Conti, Rui Costa, Roberto Ferrari, Marco Marcato, Sacha Modolo, Matej Mohoric, Simone Petilli, Jan Polanc, Edward Ravasi

Procontinental teams

Bardiani – CSF
Simone Andreetta, Nicola Boem, Mirco Maestri, Stefano Pirazzi, Giulio Ciccone, Nicola Ruffoni, Enrico Barbin, Vincenzo Albanese, Lorenzo Rota

CCC Sprandi Polkowice
Marcin Bia?ob?ocki, Felix Grossschartner, Jan Hirt, ?ukasz Owsian, Maciej Paterski, Simone Ponzi, Branislau Samoilau, Michal Schlegel, Jan Tratnik

Gazprom-RusVelo
Pavel Brutt, Sergey Firsanov, Alexander Foliforov, Sergey Lagutin, Alexander Porsev, Ivan Rovny, Alexey Tsatevich

Wilier Triestina
Jakub Mareczko, Manuel Belletti, Matteo Busato, Ilia Koshevoy, Felipe Daniel Martinez, Filippo Pozzato, Cristian Rodríguez
 
S

sinal

Guest
Um pouco de história em números:

Recordista de vitórias:
Alfredo Binda (Ita)    5    1925, 1927, 1928, 1929, 1933
Fausto Coppi (Ita)    5    1940, 1947, 1949, 1952, 1953
Eddy Merckx  (Bel)  5    1968, 1970, 1972, 1973, 1974

Mais vitórias por etapas:
1    Mario Cipollini  (Ita)    42
2    Alfredo Binda  (Ita)    41
3    Learco Guerra  (Ita)    31
4    Costante Girardengo    (Ita)    30
5    Eddy Merckx    (Bel)    25
6    Giuseppe Saronni    (Ita)    24
7    Francesco Moser    (Ita)    23
8    Fausto Coppi    (Ita)  22
8    Roger De Vlaeminck    (Bel)    22
10    Franco Bitossi    (Ita)    21
11    Giuseppe Olmo    (Ita)    20
11    Alessandro Petacchi    (Ita)    20
11    Miguel Poblet    (Esp)    20

Mais vitórias da camisola da Montanha 
7  Gino Bartali, ITA 
4  Jose Manuel Fuente, ESP
3  Fausto Coppi, ITA
3  Franco Bitossi, ITA
3  Claudio Bortolotto, ITA
3  Claudio Chiappucci, ITA

Mais vitórias da camisola por pontos:
4  Francesco Moser, ITA
4  Giuseppe Saronni, ITA
3  Roger De Vlaeminck, BEL
3  Johan Van de Velde, NED
3  Mario Cipollini, ITA
2  Eddy Merckx, BEL
2  Franco Bitossi, ITA

Vencedor mais novo: Fausto Coppi, ITA em 1940, 20 anos     
Vencedor mais velho: Fiorenzo Magni, ITA em 1955, 34 anos
                   
Mais dias de camisola rosa:
1. Eddy Merckx, BEL - - - - - 77 dias
2. Alfredo Binda, ITA - - - - 65
3. Francesco Moser, ITA - - - 50

Vencedores:
2016  NIBALI Vincenzo
2015  CONTADOR Alberto
2014  QUINTANA Nairo
2013  NIBALI Vincenzo
2012  HESJEDAL Ryder 
2011  SCARPONI Michele 
2010  BASSO Ivan 
2009  MENCHOV Denis 
2008  CONTADOR Alberto 
2007  DI LUCA Danilo 
2006  BASSO Ivan 
2005  SAVOLDELLI Paolo 
2004  CUNEGO Damiano 
2003  SIMONI Gilberto 
2002  SAVOLDELLI Paolo 
2001  SIMONI Gilberto 
2000  GARZELLI Stefano 
1999  GOTTI Ivan 
1998  PANTANI Marco 
1997  GOTTI Ivan 
1996  TONKOV Pavel 
1995  ROMINGER Tony 
1994  BERZIN Eugeni 
1993  INDURAIN LARRAYA Miguel 
1992  INDURAIN LARRAYA Miguel 
1991  CHIOCCIOLI Franco 
1990  BUGNO Gianni 
1989  FIGNON Laurent 
1988  HAMPSTEN Andrew 
1987  ROCHE Stephen 
1986  VISENTINI Roberto 
1985  HINAULT Bernard 
1984  MOSER Francesco 
1983  SARONNI Giuseppe 
1982  HINAULT Bernard 
1981  BATTAGLIN Giovanni 
1980  HINAULT Bernard 
1979  SARONNI Giuseppe 
1978  DE MUYNCK Johan 
1977  POLLENTIER Michel 
1976  GIMONDI Felice 
1975  BERTOGLIO Fausto 
1974  MERCKX Eddy 
1973  MERCKX Eddy 
1972  MERCKX Eddy 
1971  PETTERSSON Gosta 
1970  MERCKX Eddy 
1969  GIMONDI Felice 
1968  MERCKX Eddy 
1967  GIMONDI Felice 
1966  MOTTA Gianni 
1965  ADORNI Vittorio 
1964  ANQUETIL Jacques 
1963  BALMAMION Franco 
1962  BALMAMION Franco 
1961  PAMBIANCO Arnaldo 
1960  ANQUETIL Jacques 
1959  GAUL Charly 
1958  BALDINI Ercole 
1957  NENCINI Gastone 
1956  GAUL Charly 
1955  MAGNI Fiorenzo 
1954  CLERICI Carlo 
1953  COPPI Fausto 
1952  COPPI Fausto 
1951  MAGNI Fiorenzo 
1950  KOBLET Hugo 
1949  COPPI Fausto 
1948  MAGNI Fiorenzo 
1947  COPPI Fausto 
1946  BARTALI Gino 
1940  COPPI Fausto 
1939  VALETTI Giovanni 
1938  VALETTI Giovanni 
1937  BARTALI Gino 
1936  BARTALI Gino 
1935  BERGAMASCHI Vasco 
1934  GUERRA Learco 
1933  BINDA Alfredo 
1932  PESENTI Antonio 
1931  CAMUSSO Francesco 
1930  MARCHISIO Luigi 
1929  BINDA Alfredo 
1928  BINDA Alfredo 
1927  BINDA Alfredo 
1926  BRUNERO Giovanni 
1925  BINDA Alfredo 
1924  ENRICI Giuseppe 
1923  GIRARDENGO Costante 
1922  BRUNERO Giovanni 
1921  BRUNERO Giovanni 
1920  BELLONI Gaetano 
1919  GIRARDENGO Costante 
1914  CALZOLARI Alfonso 
1913  ORIANI Carlo 
1912  GALETTI Carlo 
1911  GALETTI Carlo 
1910  GALETTI Carlo 
1909  GANNA Luigi
 

PortoMDL

Tribuna Presidencial
31 Outubro 2014
27,502
385
Conquistas
1
  • Campeão Nacional 19/20
Sobre a transmissão do Eurosport: http://www.esciclismo.com/ampliada.asp?Id=41858
 
S

sinal

Guest
Curiosidades

A edição 2016 iniciou-se fora de Itália pela 12ª vez.
Em 1965 a prova saiu de San Marino.
Em 1966 a prova saiu do Mónaco.
Em 1973 a prova saiu da Bélgica, Verviers.
Em 1974 a prova saiu do Vaticano.
Em 1996 a prova saiu da Grécia, Atenas.
Em 1998 a prova saiu da França, Paris.
Em 2002 a prova saiu da Holanda, Groningen.
Em 2006 a prova saiu da Bélgica, Seraing.
Em 2010 a prova saiu da Holanda, Amesterdão.
Em 2012 a prova saiu da Dinamarca, Herning.
Em 2014 a prova saiu da Rep. da Irlanda, Dublin
Em 2016 a prova sairá da Holanda, Apeldoorn

A 100ª edição não irá começar fora do país da bota, mas sairá pela 3ª vez da Sardenha (1961, 1991 e 2017).

------
No Giro já participou uma mulher, aqui fica a história (retirada do Eurosport):
Alfonsina Strada foi a única mulher que correu no Giro d´Itália. Mas participou noutras duras provas do seu país, como por exemplo, no Giro da Lombardia.
Alfonsina Strada já não era propriamente uma desconhecida no meio. Basta recordar que já tinha alinhado em duas edições do Giro da Lombardia, nomeadamente nos anos de 1917 e de 1918, classificando-se, respectivamente, em 29.º lugar na edição de 1917 a 1 hora e 34 minutos do vencedor, o belga Philippe Thys e no ano seguinte, em 21.º lugar a 23 minutos do vencedor, o seu compatriota Gaetano Belloni.

No ano de 1924, e com o apoio do marido, Alfonsina Strada inscreveu-se para disputar a Volta a Itália em bicicleta. Os organizadores, numa primeira instância, rejeitaram a candidatura desta camponesa de 32 anos, mas após a interposição de competente recurso, verificaram que afinal os regulamentos não impediam a participação de corredores do sexo feminino na maior prova de ciclismo italiana.

À partida para a primeira e longa etapa de 300 km, com saída em Milão e chegada a Génova, Alfonsina Strada lá se apresentou com o dorsal n.º 72, debaixo dos olhares reprovadores, quer dos companheiros de pelotão, quer dos espectadores. Que no entanto, não a demoveram do seu intento.

As primeiras etapas foram difíceis para Alfonsina Strada, que evidenciava assim, o papel da mulher num desporto … de homens. Numa Itália extremamente fechada e conservadora, Alfonsina Strada foi apupada, assobiada e por pouco que não foi agredida. Mas nada a fez demover.

Na oitava etapa, que terminava em Foggia, Alfonsina Strada terminou em último lugar. Pressionados pela opinião pública, os organizadores eliminaram então esta camponesa apaixonada pelo ciclismo sob o pretexto de ter chegado … fora de controle. A corredora italiana bem protestou, mas nada conseguiu junto da organização.

Ferida no seu orgulho de mulher, decidiu então continuar a percorrer as restantes etapas da prova, imediatamente a seguir ao designado carro vassoura.

E com esta atitude, passou então a ser aplaudida em vez de reprovada pela opinião pública italiana.

No final da última etapa, que terminava em Milão, Alfonsina Strada já era considerada uma verdadeira heroína e foi recebida na meta com mais aplausos que o próprio vencedor, o seu compatriota Giuseppe Enrici.
-----
 

Pedro R.

Tribuna Presidencial
26 Julho 2015
5,511
0
27
Porto
O que eu gostava mesmo de saber é se a Sky vai obrigar o Landa a ficar para trás quando o Thomas tiver o seu? dia dos 20 minutos de atraso
 

K92

Tribuna
4 Junho 2014
3,108
242
Pedro R. disse:
O que eu gostava mesmo de saber é se a Sky vai obrigar o Landa a ficar para trás quando o Thomas tiver o seu? dia dos 20 minutos de atraso
Gostavas tu e eu também. E de certeza mais uns quantos...:)

Eu estou a pensar no Landa para a minha equipa, apesar dos CR's...

P.S. Excelente trabalho, sinal, e venha de lá esse espectáculo!!! :)
 

Peixinhu

Bancada central
27 Maio 2015
1,351
60
Esta a chegar finalmente a primeira das grandes voltas.

Teste de fogo para a Team Sky que não tem dado bons sinais esta época.

Ao contrario do pessoal, estou mais confiante no Thomas do que no Landa.
 

Master

Bancada central
11 Março 2012
1,230
314
Stefano Pirazzi e Nicola Ruffoni (Bardiani) acusam doping e são excluídos do Giro. A sua equipa também pode ser suspensa.
 

Costa

Bancada central
27 Abril 2015
1,801
17
Peixinhu disse:
Esta a chegar finalmente a primeira das grandes voltas.

Teste de fogo para a Team Sky que não tem dado bons sinais esta época.

Ao contrario do pessoal, estou mais confiante no Thomas do que no Landa.
A Sky "só" ganhou a Strade Bianche, Milano San Remo, o PN, e o Giro del Trentino. Fez 2 na Amstel, 3 na Liege e 4 na Fleche.

Como é que não tem dado bons sinais esta época?

Acho que não me lembro de um início tão bom. O Froome é que está a dar sinais diferentes.


Quanto ao Giro, vai para o Nairito fácil, se tudo correr normal. Infelizmente o Landa já não me parece ser o que foi naquele mítico Giro, por isso até ficava admirado se ficasse à frente do Thomas.

Acho que o Top3 será Nairito, Nibali e Pinot.

De resto, 1 ou 2 etapas para o Rui era muito positivo!
 

Peixinhu

Bancada central
27 Maio 2015
1,351
60
Costa disse:
A Sky "só" ganhou a Strade Bianche, Milano San Remo, o PN, e o Giro del Trentino. Fez 2 na Amstel, 3 na Liege e 4 na Fleche.

Como é que não tem dado bons sinais esta época?

Acho que não me lembro de um início tão bom. O Froome é que está a dar sinais diferentes.


Quanto ao Giro, vai para o Nairito fácil, se tudo correr normal. Infelizmente o Landa já não me parece ser o que foi naquele mítico Giro, por isso até ficava admirado se ficasse à frente do Thomas.

Acho que o Top3 será Nairito, Nibali e Pinot.

De resto, 1 ou 2 etapas para o Rui era muito positivo!
Tudo bem, mas isso não deixou de se notar em alguma etapas que a equipa não está dominadora como era habitual.

Para além da má forma do Froome, também em algumas etapas ficaram à quem como equipa. Ainda nesta ultima volta o Froome ficou sozinho muito cedo a responder aos ataques. Na volta a Catalunha toda a equipa ficou mal perdendo cerca de 25Min. No Terreno-Adriático também fez um mau contra relógio por equipas.
 

bluevertigo

Tribuna Presidencial
26 Maio 2014
6,499
335
Conquistas
1
Lisboa
  • Fevereiro/20
BRUTAL @sinal!
Tive a sugar agora mesmo a info...Itália, que saudades de férias lá por aquelas regiões!
Não devo ter muito tempo para seguir, mas quero ir espreitando. Aqui, por certo, cobertura total!
 

Bala

Bancada lateral
16 Maio 2016
794
62
Braga
Que comece o espectáculo! Estou com as expectativas em alta. Muitos candidatos a qualquer coisa na geral.

Espero a vitória do Nairo e uma etapa para o Rui Costa.

A Sky tem o elenco mais forte, como sempre, pode fazer a diferença.

Pena isto começar com 2 casos positivos. Enfim... já foram. Venha a corrida!
 
S

sinal

Guest
Não acho que a Sky tenha o elenco mais forte. No Giro habitualmente, o elenco mais forte era o da Astana, este ano, penso que a Movistar tem uma ligeira vantagem.
O Andrey Amador deve voltar a andar pelo top-10. A Sky, apoia-se em duas incógnitas, Landa e Thomas, se os dois falham, vai ser mais um Giro penoso para eles.
 

Bala

Bancada lateral
16 Maio 2016
794
62
Braga
Na teoria não há nenhuma equipa poderosíssima e muito superior as outras. No papel, para mim, a Sky é superior a Movistar e a todas as outras.  Agora se os 2 lideres falharem é óbvio que ficam a ver navios.