3º GP Int. Beiras e Serra da Estrela (2.1)

Pedrix77

Tribuna Presidencial
6 Outubro 2016
7,129
2,012
Porto
Nos próximos dias 13, 14 e 15 de Abril está na estrada o 3º GP Internacional Beiras e Serra da Estrela.
É o regresso do pelotão profissional às estradas nacionais depois da participação na Clássica Aldeias do Xisto.
O 3º GP Internacional Beiras e Serra da Estrela está inscrito no calendário da UCI na classe 2.1.

O pelotão será composto por 20 equipas.
Profissional Continental: Burgos BH, Caja Rural-Seguros RGA, Manzana Postobon, Rally Cycling;
Continental: Aviludo-Louletano, Efapel, Java-Partizan, LA Alumínios, Liberty Seguros-Carglass, Lokosphinx, Massi-Kuwait Team, Miranda-Mortágua, Rádio Popular-Boavista, Start-Gusto Cycling Team, Sporting-Tavira, Vito-Feirense-BlackJack, W52-FC Porto.


1ª Etapa



2ª Etapa



3ª Etapa


Perfis de Etapas: https://lasterketaburua.wordpress.com/
 

Pedro R.

Tribuna Presidencial
26 Julho 2015
5,511
0
27
Porto
Esta última etapa está tão sem sal. Mas vai ser uma boa prova, percursos selectivos e talvez a primeira medição de forças cá no burgo
 

Pipo21

Bancada central
12 Dezembro 2013
1,833
6
33
Lausanne
Vamos com os seguintes ciclistas:

José Neves
António Carvalho
Rui Vinhas
Cesar fonte
Gustavo veloso
Ricardo mestre
João Rodrigues

Um excelente bloco.
 

Pedro R.

Tribuna Presidencial
26 Julho 2015
5,511
0
27
Porto
Vamos a ver é se o clima não nos traz uma partida. A passagem pela Torre pode ser impossível. Isto se a cota da neve se mantiver nos 1200m
 

jpgm97

Bancada central
1 Julho 2016
1,276
76
Conquistas
1
  • Campeão Nacional 19/20
Pedro R. disse:
Esta última etapa está tão sem sal. Mas vai ser uma boa prova, percursos selectivos e talvez a primeira medição de forças cá no burgo
Não percebo a ideia de colocarem a Torre a mais de 100 km da meta...
 

Pedrix77

Tribuna Presidencial
6 Outubro 2016
7,129
2,012
Porto
A 1ª etapa já começou e está a ser muito atacada.

Ao Km 33,6 o pelotão segue compacto, mas com menos de metade dos elementos que partiram de Mêda.
Neste momento, são apenas 49 os corredores em cabeça de corrida.

 

Morais

Tribuna Presidencial
4 Maio 2017
16,479
2,553
Conquistas
2
54
Porto
  • Artur Jorge
  • Cubillas
Km 45

Na subida para a primeira contagem de montanha do dia, sobressam quatro corredores. Mário Gonzalez (Sporting-Tavira) segue isolado em frente de corrida. É perseguido, a 10 segundos, por Rafael Reis (Caja Rural-Seguros RGA), Ricardo Vilela (Manzana Postobón) e César Fonte (W52-FC Porto). O pelotão está a 24 segundos da frente da corrida
 

Morais

Tribuna Presidencial
4 Maio 2017
16,479
2,553
Conquistas
2
54
Porto
  • Artur Jorge
  • Cubillas
Km 47,5

Ordem de passagem no P. Montanha 3.ª Categoria em Sobral Pichorro

1-Mário Gonzalez (Sporting-Tavira)
2-Domingos Gonçalves (Rádio Popular-Boavista)
3-Xuban Errazkin (Vito-Feirense-BlackJack)
4-Rui Vinhas (W52-FC Porto)
5-Sergio Higuita (Manzana Postobón)
 

Pedrix77

Tribuna Presidencial
6 Outubro 2016
7,129
2,012
Porto
Km 51

A primeira contagem de montanha serviu para baralhar e dar de novo no que à situação de corrida diz respeito.
Após a subida subsistem apenas dois homens na dianteira, embora com poucos segundos de vantagem sobre o pelotão. Domingos Gonçalves (Rádio Popular-Boavista) e Mário González (Sporting-Tavira) são as unidades mais avançadas, procurando, antes de mais, passar na frente no segundo prémio de montanha da viagem, ao quilómetro 52,3. 
 

Pedrix77

Tribuna Presidencial
6 Outubro 2016
7,129
2,012
Porto
Km 52,3

Ordem de passagem no P. Montanha 3.ª Categoria em Cortiçô
1. Mário Gonzalez (Sporting-Tavira)
2. Domingos Gonçalves (Rádio Popular-Boavista)
3. Xuban Errazkin (Vito-Feirense-BlackJack)
4. Ricardo Mestre (W52-FC Porto)
5. Henrique Casimiro (Efapel)

Pelotão de novo compacto com cerca de 50 elementos.

 

Pedrix77

Tribuna Presidencial
6 Outubro 2016
7,129
2,012
Porto
Km 73,6

Na primeira meta volante, discute-se a classificação geral, devido às bonificações de tempo. Ordem de passagem na Meta Volante de Celorico da Beira:

1. Joni Brandão (Sporting-Tavira)
2. César Fonte (W52-FC Porto)
3. Gustavo César Veloso (W52-FC Porto)
 

Pedrix77

Tribuna Presidencial
6 Outubro 2016
7,129
2,012
Porto
Km 84

Parece que existe a primeira fuga consistente da etapa.
Numa marcação equipa-a-equipa, Sporting-Tavira e W52-FC Porto formam a cabeça de corrida com Alejandro Marque e José Neves, respectivamente.
Pelotão a 58 segundos.

 

Pedrix77

Tribuna Presidencial
6 Outubro 2016
7,129
2,012
Porto
Km 94

Alejandro Marque e José Neves já foram alcançados pelo pelotão, do qual tenta saltar Bernardo Suaza (Manzana Postobón).
 

Pedrix77

Tribuna Presidencial
6 Outubro 2016
7,129
2,012
Porto
Km 110

Bernardo Suaza (Manzana Postobón), Dmitrii Strakhov (Lokosphinx) e Domingos Gonçalves (Rádio Popular-Boavista) estão na frente, mas a margem para o pelotão é quase nula.

No grupo principal trabalha a W52-FC Porto, provavelmente a pensar na meta volante bonificada de Pinhel, colocada ao quilómetro 117.
 

Pedrix77

Tribuna Presidencial
6 Outubro 2016
7,129
2,012
Porto
Km 117,1

Ordem de passagem na Meta Volante de Pinhel:
1. César Fonte (W52-FC Porto)
2. Joni Brandão (Sporting-Tavira)
3. Gustavo César Veloso (W52-FC Porto)

Ultrapassadas duas metas volantes, César Fonte e Joni Brandão somam 5 segundos de bonificação. Gustavo César Veloso já amealhou 2 segundos.
 

Pedrix77

Tribuna Presidencial
6 Outubro 2016
7,129
2,012
Porto
Km 136

O russo Dmitrii Sokolov (Lokosphinx) tenta partir em solitário. Pedala com uma vantagem de 32 segundos sobre o pelotão.
 

Pedrix77

Tribuna Presidencial
6 Outubro 2016
7,129
2,012
Porto
Km 141

Sokolov comanda a solo. A 52 segundos estão Emerson Oronte (Rally Cycling) e Mário Gonzalez (Sporting-Tavira). Pelotão a 1m14s.
 

Pedrix77

Tribuna Presidencial
6 Outubro 2016
7,129
2,012
Porto
Km 145

É a equipa continental profissional Manzana Postobón que encabeça a perseguição aos fugitivos. O pelotão está a 18 segundos do grupo intermédio e a 1m05s de Dmitrii Sokolov.