4ª Volta à Bairrada - 22 e 23 de Abril

L

Lola

Guest
No próximo fim de semana a Volta à Bairrada, mais uma prova da Taça de Portugal e que irá contar com equipas de elites e sub-23.
São 317 quilómetros, dividos por dois dias (Sábado e Domingo)
Sábado - Mealhada – Casal Comba
Domingo - Luso – Pampilhosa

 

Pipo21

Bancada central
12 Dezembro 2013
1,833
6
33
Lausanne
A nossa equipa estará presente com os seguintes ciclistas:

Gustavo veloso
Ricardo mestre
Angel rebollido
Amaro Antunes
Joao Rodrigues
Samuel caldeira
Rui Vinhas
Daniel freitas
 

Pipo21

Bancada central
12 Dezembro 2013
1,833
6
33
Lausanne
Informações sobre a prova:

http://www.fpciclismo.pt/pagina.php?id_pagina_new=2660&id_modalidade_new=3


A edição de 2017 da Taça de Portugal de Elite e Sub-23 começa com a Volta à Bairrada – 4 Maravilhas da Mesa da Mealhada, que vai disputar-se nos dias 22 e 23 de abril.

A quarta edição da corrida bairradina vai juntar todas as melhores equipas portuguesas, continentais e de clube. O pelotão vai completar 317 quilómetros, distribuídos por duas etapas.

No dia 22 de abril os corredores partem da Avenida Manuel Lousada, na Mealhada, às 13h00, para chegarem a Casal Comba às 16h20, depois de percorridos 146,7 quilómetros. A meta coincide com um prémio de montanha de quarta categoria e a tirada encerra à quarta passagem pela linha final, o que significa que o público poderá ver várias vezes os corredores, estando o espectáculo e a emoção fortemente potenciados.

A segunda etapa, a disputar no dia 23, terá 170,3 quilómetros, unindo a Avenida Emídio Navarro, no Luso, de onde arranca a caravana às 11h00, à Pampilhosa do Botão, onde termina a prova, cerca das 15h00. Tal como na véspera, o final da etapa só acontece à quarta passagem pela meta. A fase inicial da viagem é a mais exigente, devendo selecionar um grupo restrito que discutirá a tirada e a classificação geral.

A Volta à Bairrada é a primeira das três competições que compõem a Taça de Portugal de Elite e Sub-23 em 2017. As outras corridas são o Grande Prémio de Mortágua, no dia 25 de abril, e o Grande Prémio do Dão, nos dias 13 e 14 de maio.

A Volta à Bairrada terá as seguintes classificações e camisolas:
1) Classificação Geral Individual por Tempos – Camisola Amarela - Certoma
2) Classificação Geral por Pontos – Camisola Verde – M Coutinho
3) Classificação Geral da Montanha – Camisola Azul - CNI
4) Classificação Geral das Metas Volantes – Camisola Rosa – Eléctrica do Certima
5) Classificação Geral da Juventude – Camisola Branca – Rei do Leitões
6) Prémio Autarquias - Camisola Vermelha – Auto Reparadora Carlos Rosa
7) Melhor corredor equipa clube – Camisola Branca e Vermelha – Measindot
8) Classificação Premio Combatividade – Camisola Laranja - Segurmeira
9) Classificação Geral por Equipas
 

Pipo21

Bancada central
12 Dezembro 2013
1,833
6
33
Lausanne
O espanhol Jesús Ezquerra (Sporting-Tavira) ganhou hoje a primeira etapa da Volta à Bairrada – 4 Maravilhas da Mesa da Mealhada, uma ligação de 146,7 quilómetros, entre a Mealhada e Casal Comba, que marcou o arranque da Taça de Portugal de Elite e Sub-23.

A meta coincidiu com uma contagem de montanha de quarta categoria, favorecendo homens rápidos em detrimento dos sprinters puros. O Sporting-Tavira estudou bem a chegada e soube lançar Jesús Ezquerra, que arrancou na subida final para o triunfo. O segundo classificado foi Luís Mendonça (Louletano-Hospital de Loulé) e o terceiro César Fonte (LA Almumínios-Metalusa BlackJack), ambos a 1 segundo do vencedor.

“Foi uma vitória da equipa, que me deixou na última subida. Só tive de apertar e de ganhar. Tinha algumas dúvidas acerca da minha condição, porque me apresentei com problemas nas costas, mas consegui ganhar”, revelou Jesús Ezquerra, que amanhã partirá de camisola amarela para a segunda etapa.

A corrida começou muito rápida, tendo sido percorridos cerca de 54 quilómetros na primeira hora, o que inviabilizou a formação de qualquer fuga. A primeira escapada deu-se, então, com cerca de 60 quilómetros de prova, juntando na frente Domingos Gonçalves (RP-Boavista) e Márcio Barbosa (ACDC Trofa).

O duo de escapados desentendeu-se, tendo o boavisteiro pedalado sozinho grande parte do circuito final, que foi cumprido quatro vezes, chegando a ter quase 3 minutos de vantagem. Domingos Gonçalves ainda entrou isolado na última, mas não resistiu à perseguição do pelotão, onde a Efapel se destacou no trabalho de aproximação ao fugitivo.

Quando se perspetivava a possibilidade de uma chegada ao sprint, Jesús Ezquerra surpreendeu os rivais, atacando de longe e abrindo um espaço que os adversários não conseguiram fechar, ficando, assim, em vantagem para conquistar a Volta à Bairrada – 4 Maravilhas da Mesa da Mealhada.

O espanhol comanda a classificação geral, dispondo de 5 segundos de vantagem sobre os perseguidores mais diretos, Luís Mendonça e Domingos Gonçalves, segundo e terceiro, respetivamente. Além disso, Ezquerra é também o melhor na classificação por pontos.

A geral de sub-23 é encimada pelo basco Xuban Errazquin (RP-Boavista), embora com o mesmo tempo de David Ribeiro (Liberty Seguros/Carglass) e de Francisco Campos (Miranda-Mortágua), que estão nos lugares imediatos.

A fuga de Domingos Gonçalves valeu-lhe o prémio da combatividade e as camisolas das classificações da montanha, metas volantes e autarquias. O Sporting-Tavira comanda por equipas e David Ribeiro foi o melhor ciclista das equipas de clube.

A Volta à Bairrada termina neste domingo com uma etapa que vai unir o Luso à Pampilhosa do Botão, ao longo de 170,3 quilómetros. A tirada começa às 11h00 e termina, à quarta passagem pela linha de meta, cerca das 15h00.

Além de poderem ver o pelotão profissional passar quatro vezes na zona de chegada, os espectadores terão a oportunidade de aplaudir o esforço dos ciclistas com deficiência, que, a partir das 11h30, correm na Pampilhosa do Botão a primeira prova da Taça de Portugal de Paraciclismo.

Classificação
1.ª Etapa: Mealhada - Casal Comba, 146,7 km
1.º Jesús Ezquerra (Sporting-Tavira), 3h25m03s
2.º Luís Mendonça (Louletano-Hospital de Loulé), a 1 s
3.º César Fonte (LA Alumínios-Metalusa BlackJack), mt
4.º Xuban Errazquin (RP-Boavista), mt
5.º David Ribeiro (Liberty Seguros/Carglass), mt
6.º Antonio Angulo (LA Alumínios-Metalusa BlackJack), mt
7.º Rafael Silva (Efapel), mt
8.º Daniel Mestre (Efapel), mt
9.º Daniel Freitas (W52-FC Porto), mt
10.º Francisco Campos (Miranda/Mortágua), mt

Geral Individual
1.º Jesús Ezquerra (Sporting-Tavira), 3h24m53s
2.º Luís Mendonça (Louletano-Hospital de Loulé), a 5s
3.º Domingos Gonçalves (RP-Boavista), mt
4.º César Fonte (LA Alumínios-Metalusa BlackJack), a 7s
5.º Rafael Silva (Efapel), a 9s
6.º João Matias (LA Alumínios-Metalusa BlackJack), a 10s
7.º Xuban Errazquin (RP-Boavista), a 11s
8.º David Ribeiro (Liberty Seguros/Carglass), mt
9.º Antonio Angulo (LA Alumínios-Metalusa BlackJack), mt
10.º Daniel Mestre (Efapel), mt

In federação portuguesa de ciclismo
 

Pipo21

Bancada central
12 Dezembro 2013
1,833
6
33
Lausanne
Resultados portistas:
1ª etapa

9º Daniel Freitas 0:01
14º amaro Antunes 0:01
17º Ricardo mestre 0:01
35º rui Vinhas 0:24
36º angel rebollido 0:24
67º Joao Rodrigues 3:59
68º Samuel caldeira 3:59
69º Gustavo veloso 6:24

6º por equipas na etapa

O Samuel caldeira passou em 3º na 2ª meta volante do dia

------
Gerais
11º Daniel Freitas 0:11
16º amaro Antunes 0:11
19º Ricardo mestre 0:11
35º rui Vinhas 0:34
36º angel rebollido 0:34
67º Joao Rodrigues 4:09
68º Samuel caldeira 4:09
69º Gustavo veloso 6:34

 

Pipo21

Bancada central
12 Dezembro 2013
1,833
6
33
Lausanne
DANIEL FREITAS TERMINOU EM NONO O PRIMEIRO DIA DA VOLTA À BAIRRADA

Ciclista da W52-FC Porto-Mestre da Cor terminou a um segundo do vencedor da etapa

Daniel Freitas foi o melhor ciclista da W52-FC Porto-Mestre da Cor na primeira etapa da edição de 2017 da Volta à Bairrada em bicicleta, que marcou também o arranque da Taça de Portugal das categorias Elite e Sub-23. O portista concluiu a tirada de 146,7 quilómetros entre a Mealhada e Casal Comba em 3m25m04s, apenas um segundo mais lento do que o vencedor da tirada Jesús Ezquerra (Sporting Tavira).

Numa chegada com ligeira inclinação, os sprinters foram apanhados de surpresa pelo andamento do dorsal 91, que gorou as previsões de uma vitória na etapa discutida ao sprint. Quanto aos restantes portistas em prova, Amaro Antunes terminou em 14.º (a 1s), Ricardo Mestre em 17.º (a 1s), Rui Vinhas foi 35.º (a 24s), Ángel Sánchez Rebollido foi 36.º (a 24s), enquanto João Rodrigues (a 3m59s), Samuel Caldeira (a 3m59s) e Gustavo Veloso (a 6m24s) terminaram no 67.º, 68.º e 69.º posto, respetivamente.

Na classificação coletiva, os Dragões seguem também a um segundo da formação do Sporting, que entra a liderar no segundo e derradeiro dia de prova. A etapa que vai decidir o vencedor da edição de 2017 da Volta à Bairrada tem uma extensão de 170,3 quilómetros, partida no Luso e chegada em Pampilhosa do Botão, e de novo uma ligeira inclinação antes da meta.

In fcporto.pt
 

Pipo21

Bancada central
12 Dezembro 2013
1,833
6
33
Lausanne
https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=1554468397928562&id=347710015271079

Resumo vídeo 1ª etapa.
 

Pipo21

Bancada central
12 Dezembro 2013
1,833
6
33
Lausanne
Vence Angulo da LA metalusa a 2ª etapa.
É a primeira vitória desta equipa.

Aguardar por mais notícias...sendo certo que a geral deu grandes voltas.
O Samuel esteve na discussão da etapa.
 

Pipo21

Bancada central
12 Dezembro 2013
1,833
6
33
Lausanne
O espanhol Antonio Angulo (LA Alumínios-Metalusa BlackJack) conquistou hoje a segunda etapa e a geral da Volta à Bairrada – 4 Maravilhas da Mesa da Mealhada, assumindo o comando da Taça de Portugal de Elite. Xuban Errazquin (RP-Boavista) é o melhor sub-23 na geral.

Os 170,3 quilómetros que ligaram o Luso à Pampilhosa do Botão foram atacados desde o início, com as três contagens de montanha da primeira metade da prova a serem aproveitadas para dizimar o pelotão. O Sporting-Tavira não teve argumentos para responder e não conseguiu defender a camisola amarela de Jesús Ezquerra.

Das movimentações da fase inicial da tirada, resultou um grupo com 13 corredores na dianteira. Foi este minipelotão que discutiu a etapa e a geral da Volta à Bairrada. Estando dois sprinters no grupo, Samuel Caldeira (W52-FC Porto) e Daniel Mestre (Efapel), os adversários tentaram surpreender de longe. Domingos Gonçalves (RP-Bavista) tentou, mas foi alcançado nas últimas centenas de metros. Antonio Angulo foi mais eficaz, comemorando o triunfo.

“A ideia era discutir a Volta à Bairrada com o César Fonte. Mas vi-me na frente numa corrida louca, alcançando uma vitória há muito ambicionada”, confidenciou Antonio Angulo, após cortar a meta.

Além da Taça de Portugal de Elite e Sub-23, a Pampilhosa do Botão acolheu, neste domingo, a primeira prova da Taça de Portugal de Paraciclismo. Alinharam 16 corredores com deficiência, que competiram em oito classes de deficiência. Os ciclistas com menos condicionamento físico foram, naturalmente, os mais rápidos. Foi o caso dos corredores de classe D, deficiência auditiva, entre os quais sobressaiu João Marques (Academia Joaquim Agostinho/UDO).

In federação portuguesa de ciclismo
 

Pipo21

Bancada central
12 Dezembro 2013
1,833
6
33
Lausanne
A etapa e a classificação final peca por não termos alcançado as melhores classificações..apesar disso grande demonstração de força e de equipa por parte dos nossos atletas.

2ª etapa
2º Samuel caldeira 0:00
7º Ricardo mestre 0:00
9º rui Vinhas 0:09
12º Joao Rodrigues 7:49
20º amaro Antunes 12:30
DNF angel rebollido
DNF Daniel Freitas
DNS Gustavo veloso

Ganhamos por equipas a 2ª etapa(10min de vantagem para a 2ª classificada)

------
Gerais
------
5º Ricardo mestre 0:18
6º rui Vinhas 0:45
11º Samuel caldeira 4:04
13º Joao Rodrigues 11:59
18º amaro Antunes 12:48

1º por equipas(10:02 de vantagem sobre a 2ª classificada)

Por pontos
5º Samuel caldeira

Autarquias
2º Joao Rodrigues 11pontos (menos 1 que o vencedor)

Classificação:
http://www.fpciclismo.pt/ficheirossite/23042017164712.pdf

 

Pipo21

Bancada central
12 Dezembro 2013
1,833
6
33
Lausanne
DOIS PORTISTAS NO TOP-10 DA VOLTA À BAIRRADA

Ricardo Mestre (5.º) e Rui Vinhas (6.º) foram os melhores ciclistas da W52-FC Porto-mestre da Cor

Terminou na tarde deste domingo a edição de 2017 da Volta à Bairrada em bicicleta, com dois ciclistas da W52-FC Porto-Mestre da Cor a concluírem entre os 10 primeiros da classificação geral. Ricardo mestre, que ficou com quinto posto, terminou a prova a 18 segundos do vencedor, Antonio Angulo (LA Alumínios, 7h29m08s), enquanto Rui Vinhas, que terminou em sexto, gastou mais 45 segundos do que o espanhol.

Na segunda etapa da prova, que este domingo ligou o Luso a Pampilhosa do Botão (170,3 quilómetros) o destaque vai para o sprint final ganho por Angulo (4h4m17s), com Samuel Caldeira a fazer segundo na etapa e Ricardo Mestre sétimo. Ambos terminaram no mesmo tempo do vencedor.

No que diz respeito à classificação coletiva, os Dragões foram a equipa vencedora, deixando a formação da Efapel a 10 segundos e a da Louletano/Hospital de Loulé a 12.

In fcporto.pt

Ps: na classificação colectiva são 10minutos e 12 minutos. E não segundos como está escrito no original texto do clube.