4º GP Anicolor

Pedrix77

Tribuna Presidencial
6 Outubro 2016
7,130
2,020
Porto
Após o Memorial Bruno Neves, as equipas portuguesas voltam a defrontar-se numa prova de um dia, o Grande Prémio Anicolor, já no próximo domingo. A partida acontece às 13h15, em Oliveira do Bairro, estando prevista a chegada a Águeda para as 17h15, depois de percorridos 168,2 quilómetros.

O percurso é maioritariamente plano, mas três contagens de montanha nos 40 quilómetros finais, a última a 18,7 quilómetros da chegada, podem provocar o endurecimento e a seleção de valores, contribuindo para a incerteza quanto ao vencedor.


Lista de equipas participantes (16):

Continental Profissional:
. W52-FC Porto

Continental:
. Aviludo-Louletano
. Efapel
. LA Alumínios-LA Sport
. Miranda-Mortágua
. Rádio Popular-Boavista
. Sporting-Tavira
. UD Oliveirense-InOutBuild
. Vito-Feirense-PNB

Equipas de Clube:
. ACDC Trofa/Trofense
. Cortizo-Anova (Espanha)
. Crédito Agrícola/Jorbi/Almodôvar
. Fortunna/Maia
. JV Perfis - Gondomar Cultural
. Jorbi/Team José Maria Nicolau
. Sicasal/Constantinos


Perfil:

Oliveira do Bairro > Águeda 168,2 Km
 

Pedrix77

Tribuna Presidencial
6 Outubro 2016
7,130
2,020
Porto
Francisco Campos mais rápido em Águeda

Francisco Campos (W52-FC Porto) conquistou hoje o Grande Prémio Anicolor, uma corrida de 168,2 quilómetros, entre Oliveira do Bairro e Águeda, que se decidiu numa disputa a cinco.

Uma fuga de 14 corredores, formada por alguns dos principais nomes do pelotão, destacou-se do grupo principal, ainda na fase plana da prova. Os escapados consolidaram uma vantagem confortável e jogaram entre si o triunfo, na fase mais montanhosa da viagem, os 40 quilómetros finais.

As subidas partiram o grupo e deixaram apenas cinco homens em cabeça de corrida: Gustavo César Veloso e Francisco Campos (W52-FC Porto), Henrique Casimiro (Efapel), Luís Gomes (Rádio Popular-Boavista) e Tiago Machado (Sporting-Tavira).

Sendo sprinter, Francisco Campos assumiu o favoritismo e aproveitou o trabalho do colega de equipa Gustavo César Veloso, não defraudando as expectativas portistas. Francisco Campos impôs-se ao fim de 4h17m58s de corrida. Luís Gomes, segundo, e Henrique Casimiro, terceiro, chegaram com o mesmo tempo.

Além da discussão da corrida, a fuga de 14 elementos decidiu as classificações secundárias: Hugo Nunes (Rádio Popular-Boavista) ficou com os pontos quentes, João Matias (Vito-Feirense-PNB) ganhou as metas volantes e Henrique Casimiro foi coroado rei dos trepadores. Francisco Campos juntou a classificação da juventude à geral. A W52-FC Porto impôs-se por equipas.

Fonte: Federação Portuguesa de Ciclismo
https://www.fpciclismo.pt/index_noticia_ver.php?id_noticia_new=5789&pag=1
 

Pedrix77

Tribuna Presidencial
6 Outubro 2016
7,130
2,020
Porto
Classificação Portista:

Prova:
1º Francisco Campos
5º Gustavo Veloso + 3s
10º Jorge Magalhães + 4m26s
César Fonte DNF
Samuel Caldeira DNF
Rafael Reis DNF
Daniel Mestre DNF

Geral Equipas:
1º W52 FC Porto

Geral Juventude:
1º Francisco Campos
3º Jorge Magalhães + 4m26s

Geral Montanha:
4º Francisco Campos 2 pts
5º Gustavo Veloso 2 pts

Geral Metas Volantes:
4º Jorge Magalhães 1 pt