Declarações do presidente

joaoalvercafcp

Tribuna Presidencial
13 Março 2012
21,523
0
PINTO DA COSTA: “NO FIM É QUE INTERESSA ESTAR EM PRIMEIRO”

Presidente do FC Porto enalteceu a chegada dos Dragões à liderança do campeonato após a vitória sobre a Académica (3-1)

Jorge Nuno Pinto da Costa, presidente do FC Porto, manifestou a sua satisfação pelo triunfo do FC Porto diante da Académica (3-1) ter valido aos Dragões a chegada à liderança da Liga NOS antes da pausa natalícia. O líder portista ressalvou, ainda assim, que as contas só se fazem no fim, mas revelou esperar que “o próximo ano seja de muitas alegrias para o FC Porto”.

“É sempre importante estar em primeiro, mas no fim é que interessa estarmos nessa posição. Vamos amealhando pontos que podem ser importantes no fim, mas só aí é que se fazem as contas. Espero que o próximo ano seja de muitas alegrias para o FC Porto e de felicidade para o povo português”, afirmou Pinto da Costa, pouco depois da 11.ª vitória no campeonato, que os azuis e brancos passam a liderar com mais um ponto do que o Sporting, segundo classificado.

Sobre André Silva, jovem avançado que é actualmente o melhor marcador da Segunda Liga, o presidente portista acredita que, mais tarde ou mais cedo, terá o seu momento na equipa principal. “Já vi o André Silva em acção muitas vezes e quem quiser fazer uns quilómetros para se deslocar ao Estádio de Pedroso, também pode ver. Tenho a certeza de que é mais um jovem que chegará à equipa principal, assim que o treinador entenda que é momento de o fazer. Mesmo que o Dani Osvaldo saia, o que é possível, não iremos ao mercado contratar outro avançado”, prosseguiu Pinto da Costa.

Sobre uma eventual contestação a Julen Lopetegui, o presidente dos Dragões foi peremptório em recordar que isso já aconteceu antes com outros treinadores que viriam a conquistar títulos no clube. “O treinador do FC Porto é contestado desde o primeiro dia, como foram o José Mourinho, o Co Adriaanse e o Jesualdo Ferreira, que até foi tricampeão. O nosso público é exigente, mas o senhor Lopetegui não está aqui para ser simpático, mas sim para trabalhar, treinar e colocar o FC Porto no primeiro lugar, no qual está neste momento”, finalizou Pinto da Costa.
 

slowboy

Tribuna Presidencial
18 Julho 2006
13,022
806
Conquistas
1
  • José Maria Pedroto
O Badoxa e o dos Pneus já andam em modo choradeira. A tentar sacar dividendos com isso.

Espero que não hajam só declarações públicas para mandar bocas aos adeptos.
 

joaoalvercafcp

Tribuna Presidencial
13 Março 2012
21,523
0
PINTO DA COSTA: “NÃO SAIRÁ NENHUM JOGADOR FUNDAMENTAL”

Presidente falou também de um “bom acordo” com a PT para os direitos televisivos dos Dragões

Jorge Nuno Pinto da Costa discursou, este domingo, no jantar de apoio à sua recandidatura na presidência do FC Porto e garantiu que em Janeiro não sairá nenhum “dos jogadores que o treinador considera fundamentais para o clube”, revelando nada estar previsto quanto a entradas no plantel principal mas deixando a ressalva de ainda não ter aberto o mercado. O líder dos Dragões reafirmou o compromisso do clube em “conquistar títulos” e disse, em referência ao contrato assinado com a PT sobre os direitos televisivos dos jogos do FC Porto disputados no Dragão, que é um “bom acordo para as duas partes” e que foi alcançado por um “valor inédito” para o mercado português.

“Vai ser um ano difícil para Portugal e para o FC Porto, porque quanto mais crescemos e maior o destaque que tivermos, mais inimigos teremos. Não podemos pensar que estamos num país altamente centralista, onde o FC Porto incomoda muita gente. Vamos lutar para poder ser fortes e para conquistar títulos. Não se incomodem quando virem que vão sair três jogadores do plantel, porque não sairá ninguém que não seja possível impedir e, dos jogadores que o treinador considera fundamentais para o clube, posso garantir que não vão sair", disse Pinto da Costa no Monte Aventino, no Porto.

O presidente do FC Porto afinou pelo mesmo diapasão quando falou de eventuais entradas no plantel: “Não adianta dizer que andam olheiros a ver este ou aquele, porque sabemos que em 90 por cento dos casos é mentira. Sabemos que é estratégia; não está prevista nenhuma entrada, mas não vou dizer que não vai entrar ninguém. Caso contrário, depois dizem que estava a enganar. No momento em que falo, não está nada previsto, mas ainda não abriu a época de transferências”.

Satisfeito por poder contar com Julen Lopetegui, um técnico que segue “as suas convicções”, Pinto da Costa aproveitou para fazer um balanço da época da equipa principal até agora: “No campeonato estamos em primeiro, com um ponto mais do que o Sporting, que está a fazer uma época sensacional, e estamos a cinco pontos do Benfica. Na Taça de Portugal estamos nos quartos-de-final. No momento em que falo ainda não sofremos qualquer golo na Taça da Liga e fomos eliminados da Champions, que foi negativo, mas estamos na Liga Europa. O balanço é positivo”.

O presidente falou também do acordo anunciado esta madrugada sobre os direitos televisivos dos Dragões: “É um valor inédito na história do futebol português, mas não andamos atrás de bater recordes, nem de dizer que temos mais ou menos do que os outros. Fazemos os nossos contratos. Se os outros fizerem melhor, não temos nada a ver com isso. Se não conseguirem, também não. Fazemos os nossos acordos sem pensar nos outros. Somos o FC Porto e as comparações não nos preocupam”.

O líder máximo dos portistas abordou ainda a mais recente aposta dos Dragões numa modalidade muito querida em Portugal: “É com espírito de clube eterno que penso que há sempre mais a fazer. Por isso fiz questão de termos o ciclismo, porque é uma paixão de muitos presentes, que são de zonas de tradição”.
 

miguel

Tribuna Presidencial
1 Agosto 2006
23,151
866
Podemos ficar tranquilos, que Ruben Neves, Danilo Pereira, André André, Corona, Brahimi e Aboubakar não saiem :)
 

joaoalvercafcp

Tribuna Presidencial
13 Março 2012
21,523
0
PINTO DA COSTA: “CONFIANÇA E UNANIMIDADE TOTAL”

Presidente portista esteve ao lado de José Peseiro na apresentação oficial como treinador dos Dragões

Como é seu hábito sempre que um momento como este o exige, Jorge Nuno Pinto da Costa esteve ao lado de José Peseiro na apresentação oficial deste como novo treinador do FC Porto. O líder dos Dragões dispensou apresentações do eleito para comandar a equipa principal e deu oficialmente as boas-vindas a José Peseiro, a quem desejou as “maiores felicidades”, tal como à restante equipa técnica. Pinto da Costa terminou o seu curto discurso reiterando a confiança e unanimidade total por parte da Direção na escolha do novo treinador portista.

“Não é necessário apresentar o professor José Peseiro, porque se alguém não o conhecesse não estaria a ser apresentado aqui, nestas funções em questão. Seria como desconhecer o futebol português. Quero dar publicamente as boas-vindas a José Peseiro, sublinhando o entusiasmo e a vontade de estar connosco que demonstrou desde a primeira hora em que falamos sobre o projeto do clube, e em conseguir aquilo que todos ambicionamos. A si, e a toda a equipa técnica, desejo as maiores felicidades, em meu nome e da Direção do FC Porto. Tem a nossa confiança total e houve unanimidade total na sua escolha”, afirmou o presidente do FC Porto.
 

Villas

Tribuna Presidencial
16 Julho 2013
11,624
3,143
Obrigado Presidente pela apresentação aberta à CS e aos adeptos...

Inspirou
 

miguel

Tribuna Presidencial
1 Agosto 2006
23,151
866
Logo é importante que passe mensagens de motivação e positivas. Os adeptos precisam disto e é assim que deve ser.

O Presidente, que chame os adeptos ao estádio também.
 

nuno queiros

Tribuna Presidencial
25 Abril 2007
5,375
512
42
Porto
A ser verdade gostei de ver duas coisas, uma que houve unanimidade na escolha, a segunda que foi logo contactado após o empate com o rio ave, pois mostra que foi logo uma das primeiras opções.

Como já disse noutro tópico, estou bem escaldado de treinadores para dar a melhor opinião sobre Peseiro, independentemente disso, a partir de hoje é o melhor treinador do mundo.

 

fcp79

Tribuna Presidencial
18 Março 2012
5,130
58
nuno queiros disse:
A ser verdade gostei de ver duas coisas, uma que houve unanimidade na escolha, a segunda que foi logo contactado após o empate com o rio ave, pois mostra que foi logo uma das primeiras opções.
LOLOL

1) Com um jeitinho nem Mourinho era unanime na SAD
2) Um telefonema nem que fosse a meio do jogo do Rio Ave não significaria que não fosse a 5ª escolha, quantos telefonemas houve nessa manhã?

O que eu gostei de ver é que as partes estavam sintonizadas, nos dias que correm já é qualquer coisa.
Também gostei que o Peseiro tivesse falado na trivialidade "de haver muita gente que não quer que o porto ganhe" pelo menos mostra que sabe onde está.
 

miguel

Tribuna Presidencial
1 Agosto 2006
23,151
866
Sou da opinião que esta escolha é do Presidente e até da maioria da SAD.
 

Villas

Tribuna Presidencial
16 Julho 2013
11,624
3,143
Sorte sorte tem o Conceição que vai poder continuar com o sapateiro... Com o roupeiro,... E com aquele grupo fantástico
 

Portismo

Bancada central
6 Abril 2015
1,065
0
Mais uma vez o timing para a entrevista de hoje é desapropriada... ainda por cima e como é obvio e convem não vai dizer tudo que queremos saber...ja estou a ve lo a dizer que o peseiro foi a primeira escolha e tal...ja ouvimos isso varias vezes...muitas coisas sao ditas para a CS do que os adeptos querem ouvir e nao necessariamente a verdade...
Vamos la ver como corre hoje...mas claro que o NGP ja sabe que perguntas ira sair na rifa...:)
 

VitorPT

Bancada lateral
14 Abril 2012
679
0
109
Esmoriz - Ovar
fcporto1986.wordpress.com
Portismo disse:
Mais uma vez o timing para a entrevista de hoje é desapropriada... ainda por cima e como é obvio e convem não vai dizer tudo que queremos saber...ja estou a ve lo a dizer que o peseiro foi a primeira escolha e tal...ja ouvimos isso varias vezes...muitas coisas sao ditas para a CS do que os adeptos querem ouvir e nao necessariamente a verdade...
Vamos la ver como corre hoje...mas claro que o NGP ja sabe que perguntas ira sair na rifa...:)
Espero que tenha sido tudo o que tu esperavas e mais algumas. Coisas :)
 

NunoBarbosa

Arquibancada
26 Março 2012
419
0
30
Braga
Obviamente que tinha de dizer que Peseiro foi a primeira escolha, assim como, foi totalmente unânime. Outra coisa não seria de esperar...

Epah, uma coisa é certa, vamos dar beneficio da dúvida, eu não quero acreditar que tenham escolhido ao "calhas", porque sabem o que isso implica.

Gostei desta postura de Pinto Da Costa, fez lembrar um pouco os seus velhos tempos, mas agora parece querer afastar-se de certas polémicas e pessoalmente acho muitíssimo bem. O nosso foco é somente a melhoria do nosso clube, preocupar com os outros é perder tempo...

Há quem diga que o timing da entrevista não foi o apropriado e também sou a favor dessa opinião, mas pronto, vamos ver o que isto dá.

Margem para erro = zero
 

joaoalvercafcp

Tribuna Presidencial
13 Março 2012
21,523
0
PINTO DA COSTA CONFIRMOU “CANDIDATURA A UM NOVO MANDATO”

Presidente do FC Porto abordou vários temas da atualidade dos Dragões em entrevista ao Porto Canal

Jorge Nuno Pinto da Costa foi o convidado de Júlio Magalhães no programa desta quinta-feira, no Porto Canal, e anunciou que está pronto para se recandidatar à presidência do FC Porto nas eleições marcadas para abril deste ano. Numa conversa que durou quase 90 minutos, o presidente dos Dragões abordou diversos temas e não fugiu ao momento atual do clube, como a saída de Julen Lopetegui e a aposta em José Peseiro, vaticinando um futuro azul e branco, sustentado numa harmoniosa e renovada comunhão entre a equipa e os adeptos. Entre outras coisas, relevou o sonho que alimenta em construir “um centro de formação de jogadores do FC Porto”. Deixamos-lhe aqui as ideias-chave de Pinto da Costa nos diversos temas abordados.

Recandidatura à presidência do clube
“Decidi falar nesta altura porque houve mudanças que entendi que deviam ser feitas agora. E também falo neste momento porque não o podia fazer antes de consumar as medidas que estávamos a preparar. Não podia vir aqui falar sobre o futuro sem saber o que ele me reserva, não fazia sentido. A Comissão de Recandidatura insistiu que me recandidatasse, mas não poderia fazê-lo sem ser honesto comigo mesmo e com todos antes de tomar uma decisão. Sem fazer exames à minha saúde, não poderia tomar essa decisão, mas como já completei uma série de exames, da ponta dos cabelos à ponta dos pés, e os resultados foram muito positivos, a realidade é que estou em condições de continuar. Sentia-me em condições, mas gosto sempre de ouvir os meus médicos, que são fantásticos. Já o comuniquei à Comissão de Recandidatura e estou disponível para me candidatar a um novo mandato. Em abril, o mês das eleições, os adeptos decidem. Se houver mais candidatos e foram legítimos e elegíveis, estão no seu pleno direito de se candidatarem também. Eu sou candidato e a Comissão de Recandidatura já sabe da minha posição”.

Julen Lopetegui
“Incluo-me nos adeptos e, se não me incluísse, não teria provocado as alterações que provoquei. Convenci-me de que já não havia condições de lutar pelos objetivos nem comunhão de ideias entre todos os setores depois do jogo com o Rio Ave em casa (1-1). Entendi ser o momento de mudar, sobretudo quando cheguei ao balneário depois do jogo e ele me disse: “Presidente, comigo não há problema. Resolvemos as coisas em dois segundos”. Capacitei-me de que não dava mais, mas não tomo decisões mediante atitudes ou reações de alguns adeptos. Entendi que não podíamos esperar mais. Não posso dizer que tenha sido uma aposta ganha, porque não ganhou nada, mas acredito que, no futuro, pode ser um treinador de sucesso. Não se integrou no futebol português, trouxe muitos jogadores de fora e depois não quis compreender que as coisas não eram como ele tinha pensado, insistindo num processo que não foi assimilado pela equipa e que o levou a não ter sucesso. Quando se muda de treinador, é para melhorar. Não gostava do jogo da equipa, mas não podia influenciar o trabalho do treinador, mesmo sentindo que os próprios jogadores não estavam inseridos no espírito do seu treinador, que, de certa forma, atirou a toalha ao chão depois do jogo com o Rio Ave”.

Imbula, um Ferrari na garagem
“É verdade que perdeu muitos jogadores, mas tinha de perder por algumas opções que fez, como a de trazer dois jogadores emprestados por um ano, como o Casemiro e o Óliver Torres. Quando são bons, regressam à procedência, como foi o que aconteceu. Perdeu os dois laterais (Danilo e Alex Sandro), mas recebeu o Maxi e o Layún, que são grandes jogadores, tal como o Danilo Pereira e o André André, por exemplo. Também chegaram Casillas e Imbula, e ele considerava o Imbula um Ferrari, mas afinal o Ferrari era para estar na garagem. O treinador, como todos os outros que por aqui já passaram, tinha total liberdade para escolher a tática e os jogadores, mas temos de exigir resultados, e eles não apareciam. É preciso que o futebol seja atrativo para haver a comunhão ideal entra a equipa e o público, algo que sempre houve no FC Porto”.

Adrián López
“Como não conhecia bem o futebol português, baseou-se em jogadores espanhóis. Entrei em contato com o Atlético de Madrid e com o Jorge Mendes para ver a possibilidade de contratarmos o Adrián López, mas o preço era exorbitante: 11 milhões por 60 por cento do passe. Disse-lhe que nem pensar, mas foi-nos apresentada uma solução: aceitámos letras dos 11 milhões, todas para um ano, e depois, se não quiséssemos pagá-los, ele seria colocado noutro clube pelo mesmo valor. O tempo foi passando e, quando vieram as letras, tivemos de as pagar. Não perdi a confiança em Jorge Mendes, mas negócios destes nunca mais faço”.
 

joaoalvercafcp

Tribuna Presidencial
13 Março 2012
21,523
0
Treinadores: nomes sem desmentidos
“Não desmentimos ninguém e vários nomes foram falados, inclusive o de Jorge Jesus, que toda a gente sabe que está envolvido num projeto com valores elevados e que nunca o deixaria a meio. Se fossemos a desmentir todos os nomes que foram falados, tínhamos de contratar um funcionário só para fazer isso. José Peseiro foi sempre a minha primeira opção”.

Peseiro, a escolha certa
“Toda a gente com quem falei me disse bem de José Peseiro, da sua qualidade de treino e da forma como as suas equipas jogam, um futebol atrativo e ofensivo. Entendi que não precisávamos de um nome que viesse agitar. Com o valor dos nossos jogadores e a ambição e desejo dos adeptos, nos quais me incluo, entendi que José Peseiro era a escolha certa. Mesmo que não seja campeão, é treinador para o próximo ano e meio, mas espero que fique muitos mais. Pelo que soube do primeiro treino, senti que houve uma grande empatia entre José Peseiro e os jogadores. Ele disse-me que sentiu alegria e vontade de trabalhar nos jogadores”.

Campeonato
“Já tivemos diferenças maiores e conseguimos recuperar. Sabemos que não dependemos só de nós, neste momento sobretudo em relação ao Sporting, mas o campeonato é longo e as últimas jornadas mostraram que não há jogos fáceis nem equipas invencíveis”.

Lichnovsky no Gijón
"O Igor Lichnovsky vai ser emprestado ao Sporting de Gijón, que disputa a Liga espanhola, e também existe a possibilidade do Tello sair para a Fiorentina, da Liga italiana. Em relação a entradas, o treinador vai analisar e decidir até ao fim do mês. Para já, não me disse necessitar deste ou daquele jogador”.

Felizes com Casillas
“Foi uma oferta do seu empresário, que nos transmitiu que ele queria continuar a carreia a alto nível e que o FC Porto era a sua opção número um, caso estivéssemos interessados. Ele é um jogador do FC Porto e não do Lopetegui, está feliz aqui e nós estamos felizes com ele. Veio pelo seu valor, porque se não o tivesse não era ainda o titular da seleção espanhola, pela qual já se sagrou campeão da Europa e do Mundo como capitão. Depois, deu uma maior visibilidade mundial ao FC Porto, além de demonstrar que é um ser humano do melhor que já passou por aqui. É um grandíssimo profissional, simples e humilde. Foi uma bela surpresa para mim, pois estamos a falar de um dos mais titulados jogadores do futebol mundial”.

Suk, desejo de Lopetegui com aval de Peseiro
"O Suk era um desejo de Lopetegui e avançámos para a sua contratação. Ele saiu e fiquei com o Suk nos braços. Tive o cuidado de perguntar a José Peseiro sobre o Suk e que, se ele não quisesse, podíamos não o contratar, mas ele mostrou vontade de o ter. O Suk veio com o aval de José Peseiro”.