#Andebol EHF Champions League, 1/8 Final: Aalborg Handbold-FC Porto 27-24

Estado
Não está aberto para novas respostas.

Emanuel85

Tribuna Presidencial
16 Junho 2015
6,591
997
Confirma-se a saída do A. Gomes!
Para manter o nível vai ser preciso ir ao mercado e acertar nas contratações.
Pode ser que a presença na Champions e com a subida deste ano nos prémios da mesma, possibilitem outro tipo de opções no mercado.
 
  • Like
Reações: Azul Escuro

Pedrix77

Tribuna Presidencial
6 Outubro 2016
9,110
4,892
Porto
Muito triste com este desfecho.

Temos equipa para este Aalborg. Não somos inferiores aos dinamarqueses. Aquele último golo aqui no Caixa acabou por fazer muita diferença para o jogo de ontem.

Ontem não fizemos um bom jogo. Tivemos um Mitrevski a alto nível, que nos deu oxigénio no inicio do jogo e nos foi mantendo em jogo durante a 2ª parte.

Pode parecer um estranho, mas aquele inicio de jogo, em minha opinião, acaba por ditar o desfecho da eliminatória. Enquanto o Mitrevski brilhava na baliza, o nosso ataque estava desinspirado. Podíamos ter construído logo ali uma vantagem bastante segura, mas não o conseguimos e fomos dando esperanças ao Aalborg.

Arbitragem caseirinha também. O Aalborg é uma boa equipa, no futuro vão ser ainda melhores, com as contratações que estão a fazer, mas tínhamos equipa para os derrotar.

Ainda assim, fizemos uma excelente Liga dos Campeões. Atingimos um patamar de excelência europeu, que há uns anos atrás, não passava de uma miragem.

Agora é recuperar energias e focar nas competições Internas. Temos 2 títulos para conquistar!
 

MiguelDeco

Tribuna Presidencial
2 Setembro 2013
24,594
5,605
Conquistas
10
  • Alfredo Quintana
Não envergonharam ninguém e fizeram o que podiam depois de uma época complicadíssima.
Parabéns e para a próxima conseguiremos ainda mais.
 
  • Like
Reações: Czarli9

Tails

Bancada central
6 Janeiro 2013
2,183
1,621
Espero que consigamos acertar em cheio, ou pelo menos não falhar completamente, nas contratações, de forma a minimizar o impacto das saídas, senão vamos sentir muito o decréscimo de qualidade na próxima época.
 

Celta7

Tribuna Presidencial
9 Março 2012
5,402
445
Dores de crescimento.
É isto.

Não é que fosse preciso esta eliminatória para aprender que, ao mais alto nível, os jogos decidem-se nos pormenores mas foi precisamente isso que aconteceu. Particularmente nos últimos segundos do primeiro jogo, foi aí que começámos a perder esta eliminatória.
 

Emanujor

Tribuna Presidencial
9 Março 2012
11,668
2,555
59
Aveiro
Só por curiosidade, também há cláusulas de rescisão no andebol?
O Iturriza também ainda tem contrato ou só o André Gomes? E de quanto serão as cláusulas? Dará para reforçar com 2 bons estrangeiros?
 

otilious

Moderator
21 Março 2007
60,707
4,211
Conquistas
7
Horta
  • Alfredo Quintana
  • Campeão Nacional 19/20
  • Taça de Portugal 19/20
  • Supertaça 19/20
Só por curiosidade, também há cláusulas de rescisão no andebol?
O Iturriza também ainda tem contrato ou só o André Gomes? E de quanto serão as cláusulas? Dará para reforçar com 2 bons estrangeiros?
Existem cláusulas.

Tanto o Iturriza como o André tinham contrato.

Os valores das cláusulas variam, mas por norma andam pelos 100 a 200 mil euros.

Enviado do meu SM-A515F através do Tapatalk
 
  • Like
Reações: Emanujor

jorgcastro

Bancada lateral
19 Agosto 2016
558
561
Na questão do passivo, falo dos dois primeiros exemplos que mencionas:

Esse passivo que mencionas 12'' após TO tem uma razão.
Por acaso nessa situação há um sete metros que ficou por marcar sobre o Iturriza, mas não sendo sancionado, tiveste antes do TO cerca de 23'' de ataque e depois a tal falta sobre o Iturriza.
Depois, os árbitros levantam o braço, porque há uma oportunidade para atacar e voltam a circular.
A bom rigor foram cerca de 35'' antes de levantar o braço e não os 12'''.
Sim, porque o ser TO não invalida que não levantes o braço pouco depois...
Tenho ideia que nesse houve sanção ao Aalborg, mas pode ter sido o não assinalar dos 7 metros...

No passivo dos 49', há duas faltas que fizeram e naturalmente vais demorar ali mais um pouco a repor a bola e novamente a bom rigor, perdeste seis segundos na primeira falta e no segundo momento mais seis.
Mal foi a segunda falta e vendo que não há intenção de atacar a baliza, ao segundo passe na reposição de bola o braço foi levantado.

E depois há que perceber uma coisa sobre a regra do passivo. No jogo passivo não há propriamente um tempo definido, tanto podes levantar o braço nos primeiros segundos, como podes levantar uns 30 ou 40 segundos depois.
Vai sempre depender da postura da equipa que está em ataque organizado.
É óbvio que depende da forma como se ataca (ou não) a baliza!
Nesse período de inferioridade, o Aalborg nunca revelou qualquer interesse em ver a nossa baliza!
Ficou bem patente!
Depois, tenho do "meu" lado o Magnus... não me lembro de ele se ter atirado aos árbitros desta forma...



Como já disse, na primeira parte subscrevo que houve dualidade de critérios no jogo passivo.
E o critério nos sete metros foi também penalizador para a nossa equipa.

No segundo tempo nem por isso e quando digo que não foram caseiros, não significa que estiveram bem, até porque houve erros, mas foram mais repartidos digamos assim.
Podia falar também da forma como conduziram o jogo na sanção progressiva, um jogo com esta intensidade e muitas situações de puxões e empurrões só teve 2-2 em exclusões - ao menos houve aqui algum critério, mal, mas houve.
É bom recordar como foi a nossa exclusão da segunda parte...


É nesse sentido que falo e meu caro eu vejo todos os jogos com muita atenção, seja o Aalborg-FC Porto ou como agora o Boa Hora-ABC que estive agora assistir.
Agora, sei reconhecer quando há situações que nos favorecem e nos prejudicam...
No cômputo geral entre o deve e o haver, claramente o FC Porto foi mais prejudicado, mas a habilidade que falas da segunda parte, foi bem mais notória nos primeiros 30 minutos.
A questão do passivo pode ser importante e ainda mais a questões das exclusões, que podem influenciar de forma tremenda uma partida.
Não foi uma boa arbitragem boa, mas caseira também não foi bem assim - isto falando na segunda parte.

Há situações que enumeras e bem nessa lista de erros que ocorreram na primeira parte e o meu comentário foi apenas sobre a segunda...
Sem eternizar isto, referes que:
"houve dualidade de critérios no jogo passivo"
"o critério nos sete metros foi também penalizador para a nossa equipa"
E depois, concluis que não foi caseira...
É algo contraditório!
Não me parece que uma atacante do Daymaro num golo possa compensar tudo...
Nem que uma arbitragem precise de incluir toda a panóplia de recursos para ser má! Pode só reunir algumas, como passivo ou 7 metros...


E focar apenas na dupla de árbitros quando tivemos tantas oportunidades de golo sem oposição aos seis metros quando fizemos 7x6...
Já para não falar nos ataques mal preparados na primeira parte, que efectivamente foi muito fraca em termos ofensivos.
Isto não é argumento!
As coisas não são mutuamente exclusivas!
É possível cometer erros próprios e ser prejudicado pelos árbitros!
Valorizar mais A ou B é imaterial!
No final, poderíamos ter jogado mal e ter ganho com uma arbitragem isenta!
Como poderíamos ter jogado melhor e não ter perdido apesar desta arbitragem!
O facto de termos jogado mal não absolve a arbitragem!
Isto não tem subjacente uma lógica de moralidade!
 
  • Like
Reações: Paolitik

otilious

Moderator
21 Março 2007
60,707
4,211
Conquistas
7
Horta
  • Alfredo Quintana
  • Campeão Nacional 19/20
  • Taça de Portugal 19/20
  • Supertaça 19/20
Tenho ideia que nesse houve sanção ao Aalborg, mas pode ter sido o não assinalar dos 7 metros...


É óbvio que depende da forma como se ataca (ou não) a baliza!
Nesse período de inferioridade, o Aalborg nunca revelou qualquer interesse em ver a nossa baliza!
Ficou bem patente!
Depois, tenho do "meu" lado o Magnus... não me lembro de ele se ter atirado aos árbitros desta forma...




É bom recordar como foi a nossa exclusão da segunda parte...



Sem eternizar isto, referes que:
"houve dualidade de critérios no jogo passivo"
"o critério nos sete metros foi também penalizador para a nossa equipa"
E depois, concluis que não foi caseira...
É algo contraditório!
Não me parece que uma atacante do Daymaro num golo possa compensar tudo...
Nem que uma arbitragem precise de incluir toda a panóplia de recursos para ser má! Pode só reunir algumas, como passivo ou 7 metros...



Isto não é argumento!
As coisas não são mutuamente exclusivas!
É possível cometer erros próprios e ser prejudicado pelos árbitros!
Valorizar mais A ou B é imaterial!
No final, poderíamos ter jogado mal e ter ganho com uma arbitragem isenta!
Como poderíamos ter jogado melhor e não ter perdido apesar desta arbitragem!
O facto de termos jogado mal não absolve a arbitragem!
Isto não tem subjacente uma lógica de moralidade!
Está difícil perceberes...

Contraditório onde?

Vou repetir mais uma vez:

Eu falei das situações do passivo e dos sete metros da primeira parte, onde nessas duas vertentes senti a nossa equipa prejudicada.
Depois referi que na segunda parte já não senti esse 'caseirismo'...
Só falei da segunda parte, não falei no seu todo. No segundo tempo houve mais erros divididos digamos assim, não foi tão flagrante como nos primeiros 30 minutos.

Apenas isso. Onde está a contradição????

Até tive o cuidado de mencionar o seguinte:

'No cômputo geral entre o deve e o haver, claramente o FC Porto foi mais prejudicado, mas a habilidade que falas da segunda parte, foi bem mais notória nos primeiros 30 minutos.'

'Não foi uma boa arbitragem boa, mas caseira também não foi bem assim - isto falando na segunda parte.'

'Falando na segunda parte'! Nunca falei da arbitragem no seu todo, referi que a parte de ser caseira não foi bem assim na segunda parte!
Não há nenhuma contradição no que disse, até porque tive o cuidado de dizer que na primeira parte houve clara dualidade de critérios e na segunda já não senti tanto.

Sobre o passivo na primeira parte os árbitros levantaram:

Aalborg 2-5 FC Porto

Aqui mais do que os passivos, o que mais critico é que houve aí dois passivos que podiam ter sido 'cortados' e um terceiro duvidoso.
No segundo passivo ao FC Porto, o Saugstrup devia ter levado amarelo, logo aí cortava o levantamento da mão.
E um outro passivo marcado, antes da mão ser levantada houve um sete metros claríssimo sobre o Miguel Martins.
E tem outro que podia ter marcado sete metros Iturriza, mas nesse lance está no limiar dos nove aos sete, porque também faltou o Iturriza ser mais efetivo.

Na segunda parte:

Aalborg 5-5 FC Porto

O Aalborg é certo que teve momentos de 7x6 tal como o FC Porto e isso teoricamente faz com que os ataques fiquem mais rápidos, mas comparativamente à primeira parte, os árbitros tentaram ser mais coerentes com o que o jogo indicava e por isso levantaram maia vezeso braço quando o Aalborg circulava com mais lentidão e sem vislumbramento de atacar a baliza.

Atenção que isto até podia ser 10-0 em levantamento de braço, mas pela forma como as duas equipas estavam no jogo, o critério do passivo teria que ser mais como foi feito na segunda parte e por isso disse e mesmo mais colegas aqui o referiram, sentiram essa penalização ser bem maior durante a primeira parte.

É só isto que quero dizer...

Só falei não serem tão tendenciosos como nos primeiros 30 minutos, uma vez que na segunda parte os erros foram mais repartidos.
Depois tu pegas numa coisa que digo APENAS sobre a segunda parte para mencionares erros da primeira parte, quando eu próprio referi que fomos prejudicados claramente nesse período e obviamente teve influência na dinâmica do jogo...

A arbitragem não foi nada boa. Na segunda parte estiveram mal nas exclusões, mas lá está, para os dois lados.
As três exclusões que foram marcadas na segunda parte nada a dizer - duas ao Claar e uma ao Areia - mas facilmente o Mads e o Mollgaard também mereciam ter sido excluídos, bem como o Daymaro e o Fábio por exemplo - ele levou uma na primeira parte.
Lá está, apesar da sanção progressiva ter sido fraca, ao menos tiveram critério e num jogo destes cada equipa só ter sido penalizada em quatro minutos é muito bom.
Podia dar N exemplos de jogos da CL a envolver a nossa equipa, da disparidade que existiu no critério das exclusões...

Essa do 'é bom recordar como foi a nossa exclusão na segunda parte'...não percebi.
É claríssimo os dois minutos!!!!
E volto a repetir, tomara o FC Porto apanhasse sempre árbitros tão moles na sanção progressiva, porque nessa vertente tanto nós como o Aalborg não nos podemos queixar.
Em termos de arbitragem queixo-me bastante da primeira parte.
Na segunda queixo-me de alguns lances, mas o adversário também pode queixar-se e daí eu ter dito 'e diga-se que nesta segunda parte os árbitros não foram caseiros'

Ok, dou de barato o 'perdemos por culpa própria', mas também o que quero dizer, é que tivemos a eliminatória totalmente na mão e falhamos.
Daí também ser importante assumirmos as responsabilidades, tal como fez e bem o nosso treinador!
Atenção que nem é uma crítica e não coloco em causa seja o que for. O orgulho e a paixão por estes guerreiros continuará bem intacta.



Enviado do meu SM-A515F através do Tapatalk
 

jorgcastro

Bancada lateral
19 Agosto 2016
558
561
Estás literalmente a trocar argumentos contigo...

Por um lado, a arbitragem foi má e prejudicou o FCP (na primeira parte, embora para quem perde seja irrelevante, creio eu...):
Como já disse, na primeira parte subscrevo que houve dualidade de critérios no jogo passivo.
E o critério nos sete metros foi também penalizador para a nossa equipa.
Só falei não serem tão tendenciosos como nos primeiros 30 minutos, uma vez que na segunda parte os erros foram mais repartidos.
(...) eu próprio referi que fomos prejudicados claramente nesse período e obviamente teve influência na dinâmica do jogo...

Em termos de arbitragem queixo-me bastante da primeira parte.

A questão do passivo pode ser importante e ainda mais a questões das exclusões, que podem influenciar de forma tremenda uma partida.
No cômputo geral entre o deve e o haver, claramente o FC Porto foi mais prejudicado, mas a habilidade que falas da segunda parte, foi bem mais notória nos primeiros 30 minutos.


Por outro lado, não foi assim tão má (... na segunda parte...) e até já houve bem pior, pelo que o FCP nem se deve queixar:
Lá está, apesar da sanção progressiva ter sido fraca, ao menos tiveram critério e num jogo destes cada equipa só ter sido penalizada em quatro minutos é muito bom.
Podia dar N exemplos de jogos da CL a envolver a nossa equipa, da disparidade que existiu no critério das exclusões...

E focar apenas na dupla de árbitros quando tivemos tantas oportunidades de golo sem oposição aos seis metros quando fizemos 7x6...
A arbitragem não foi nada boa. Na segunda parte estiveram mal nas exclusões, mas lá está, para os dois lados.
No segundo tempo nem por isso e quando digo que não foram caseiros, não significa que estiveram bem, até porque houve erros, mas foram mais repartidos digamos assim.

E diga-se que nesta segunda parte os árbitros não foram caseiros.
Há situações que relatas, que não foi bem assim, noutras até concordo, mas também encontro situações que nos beneficiaram, como por exemplo um golo do Daymaro procedido de falta atacante.

Agora, sei reconhecer quando há situações que nos favorecem e nos prejudicam...


Encerro aqui a minha participação nesta troca de argumentos, mas deixo uma opinião que me merece crédito (incluindo a referência ao jogo passivo):
in https://www.ojogo.pt/modalidades/an...esmo-muito-azar-com-os-arbitros-13544546.html

Treinador do FC Porto comentou derrota na Dinamarca frente ao Aalborg, por 27-24, na segunda mão dos oitavos de final, e consequente eliminação da Liga dos Campeões.
"Na segunda controlámos, mas creio que tivemos mesmo muito azar com os árbitros, não digo que perdemos por eles, mas havia alguns espectadores que faziam grande pressão sobre eles e sobre a nossa equipa. O jogo passivo era assinalado muito rapidamente para nós e o guarda-redes fez uma grande exibição também. Eu sinto pelos rapazes e fico triste por toda a gente. Conseguimos jogar muito melhor. Falhámos excelentes situações e a este nível, quando se falha, é fatal."
 
  • Like
Reações: Paolitik

otilious

Moderator
21 Março 2007
60,707
4,211
Conquistas
7
Horta
  • Alfredo Quintana
  • Campeão Nacional 19/20
  • Taça de Portugal 19/20
  • Supertaça 19/20
Estás literalmente a trocar argumentos contigo...

Por um lado, a arbitragem foi má e prejudicou o FCP (na primeira parte, embora para quem perde seja irrelevante, creio eu...):








Por outro lado, não foi assim tão má (... na segunda parte...) e até já houve bem pior, pelo que o FCP nem se deve queixar:













Encerro aqui a minha participação nesta troca de argumentos, mas deixo uma opinião que me merece crédito (incluindo a referência ao jogo passivo):
in https://www.ojogo.pt/modalidades/an...esmo-muito-azar-com-os-arbitros-13544546.html

Treinador do FC Porto comentou derrota na Dinamarca frente ao Aalborg, por 27-24, na segunda mão dos oitavos de final, e consequente eliminação da Liga dos Campeões.
"Na segunda controlámos, mas creio que tivemos mesmo muito azar com os árbitros, não digo que perdemos por eles, mas havia alguns espectadores que faziam grande pressão sobre eles e sobre a nossa equipa. O jogo passivo era assinalado muito rapidamente para nós e o guarda-redes fez uma grande exibição também. Eu sinto pelos rapazes e fico triste por toda a gente. Conseguimos jogar muito melhor. Falhámos excelentes situações e a este nível, quando se falha, é fatal."
Eu disse que o FC Porto não deve reclamar????
Eu disse que só pela primeira parte fomos prejudicados e não devíamos reclamar????
Só disse que não devíamos só focar nisto, quando também fizemos por isso e mesmo o Magnus referiu isso e bem.

O Magnus deu a sua opinião e é bastante válida. Mas se fosse o treinador do Aalborg a reclamar no fim da primeira mão por exemplo - ele que até passou os dois jogos sempre a pressionar os árbitros - aí já não interessava a opinião dele?
Ou seja, em qualquer modalidade e que clube for, cada treinador que reclamar da arbitragem vamos ter que dar 100% razão?

A questão do passivo já abordei. E outra questão, ele depois de ter revisto o jogo, será que ficou com a mesma opinião?
É que uma coisa são situações do momento e estares ali a viver intensamente as coisas no campo, noutras, é assistires ao vídeo com mais frieza e analisares tudo o que se passou.
E eu no post anterior, expliquei claramente as diferenças que senti no critério do passivo de uma parte para outra.

Para mim também isto acabou - nada contra e eu gosto de argumentar com quem vale a pena e só por isso tenho tido esse cuidado contigo, porque contigo vale sempre a pena, mas vamos andar sempre no mesmo e o meu foco já está no jogo com a Sanjoanense.

Mas só para terminar e que fique bem claro: nunca disse que o FC Porto não deva reclamar, nunca disse que não devia falar porque já foi bem mais prejudicado etc...

E repito: arbitragem no geral foi fraca e lógico entre o deve e o haver, nossa equipa foi mais prejudicada...
Primeira parte mais erros em prejuízo do FC Porto, uma segunda com mais erros 'divididos' e só por isso referi que não foram caseiros naquele momento, mas NUNCA disse que devíamos estar calados e que isto compensaria o que se passou na primeira parte.

Claro que a arbitragem faz parte de um jogo e muitas vezes pode ter influência, mas o que quis dizer, é que também houve responsabilidade nossas neste desfecho, tivemos o pássaro na mão e foquei mais nesse aspeto.






Enviado do meu SM-A515F através do Tapatalk
 
  • Like
Reações: ruipsousa8

Mehdi

Bancada central
18 Janeiro 2021
1,342
2,129
Conquistas
2
  • Alfredo Quintana
  • Deco
Tava aqui uma oportunidade de ouro para atingir a final four.

Passar aos oitavos ja era à partida bom obviamente. Mas evitando um daqueles tubaroes (com todo o respeito pelo Aalborg que é uma bela equipa obviamente) abria-se uma janela de oportunidade.

Depois nos quartos evitando-se Barça, PSG, Veszprem como seria o caso esta época... dava para sonhar.

Paciencia.
 
Estado
Não está aberto para novas respostas.