Futuro centro de Formação do FC Porto

Albicastrense

Arquibancada
12 Março 2016
495
119
Já uma vez o referi no fórum. O essencial é garantir e sustentar o financiamento da estrutura de formação, infraestruturas e recursos humanos. 3%a 5% das vendas da cantera deviam, regulamentarmente, ser obrigatoriamente destinadas da SAD para o Clube, formação. Por exemplo, só este ano, 3% do valor das vendas do Fábio e do Vitinho davam, números redondos, entre 1.8 e 3 milhões de euros. E isso acabam por ser "peanuts" para o orçamento da SAD. Sinceramente, parece-me uma via lógica, estimulante e sustentável. Espero que se venha a conseguir formalizar este caminho.
 
  • Like
Reações: marcio19santos.7

Um Portista

Tribuna
25 Agosto 2018
3,483
1,633
Conquistas
1
  • José Maria Pedroto
Já uma vez o referi no fórum. O essencial é garantir e sustentar o financiamento da estrutura de formação, infraestruturas e recursos humanos. 3%a 5% das vendas da cantera deviam, regulamentarmente, ser obrigatoriamente destinadas da SAD para o Clube, formação. Por exemplo, só este ano, 3% do valor das vendas do Fábio e do Vitinho davam, números redondos, entre 1.8 e 3 milhões de euros. E isso acabam por ser "peanuts" para o orçamento da SAD. Sinceramente, parece-me uma via lógica, estimulante e sustentável. Espero que se venha a conseguir formalizar este caminho.
Percebo o conceito, mas 2/3M não são bem "peanuts", ainda á bem pouco tempo pedimos uns "peanuts" emprestados a um banco alemão.
 

John Wick

Tribuna
31 Outubro 2019
3,187
6,087
Conquistas
2
  • Novembro/19
  • Deco
Por aqui continua tudo na mesma. Ninguém tocou nos terrenos. E isto seria obra para demorar bastante tempo até porque há postes de alta tensão que teriam de ser retirados e passarem para linhas subterrâneas. A Quinta da Amieira continua com os terrenos cheios de mato, o lavrador já ceifou o milho e plantou mais. Nada de novo.
 

mifisarte

Tribuna
19 Abril 2018
3,711
1,947
Conquistas
4
  • Campeão Nacional 19/20
  • Taça de Portugal 19/20
  • Pinto da Costa
  • Sérgio Conceição
Por aqui continua tudo na mesma. Ninguém tocou nos terrenos. E isto seria obra para demorar bastante tempo até porque há postes de alta tensão que teriam de ser retirados e passarem para linhas subterrâneas. A Quinta da Amieira continua com os terrenos cheios de mato, o lavrador já ceifou o milho e plantou mais. Nada de novo.
Como é óbvio. Não existe projeto. Não existe acordo. Não existem negociações. Nada! A CMM já o confirmou, ninguém falou com eles!
 

grandeporto

Tribuna Presidencial
25 Agosto 2006
20,652
1,341
Gaia
Que se pode esperar de uma equipa Diretiva cuja média de idades ultrapassa os 70 anos?
Visão estratégica de futuro, é o dia seguinte.


O clube há dez anos que deixou de ter planeamento estratégico a longo prazo.

Aliás, Antero e outros gabavam-se de há 10 anos dispensarem a necessidade de investir na formação e o seu maior projeto foi o Museu. Portanto investir no passado sem precaver o Futuro.

O clube merece assim um Museu, mas esquecer o futuro tem um preço muito alto, é o que está a acontecer com o fair play financeiro.
 
  • Like
Reações: k3nzo e naraujo

Ruben1893

Ninguém fala em perder, ninguém recua
24 Julho 2019
7,467
15,706
Conquistas
6
  • Hulk
  • Lucho González
  • Deco
  • Vítor Baia
O presidente vai morrer antes de começar esta obra
E olhem que o homem vai chegar aos 100
 
  • Like
Reações: Moreira

Tiago Silva

Bancada lateral
26 Maio 2014
926
577
Por aqui continua tudo na mesma. Ninguém tocou nos terrenos. E isto seria obra para demorar bastante tempo até porque há postes de alta tensão que teriam de ser retirados e passarem para linhas subterrâneas. A Quinta da Amieira continua com os terrenos cheios de mato, o lavrador já ceifou o milho e plantou mais. Nada de novo.
Segundo soube, os terrenos ainda estão a ser negociados (sendo que, simultaneamente, andam a desenvolver as demarches necessárias para o futuro licenciamento do projecto junto da autarquia de Matosinhos).
 
Última edição:

Tails

Bancada central
6 Janeiro 2013
1,708
996
Não há grande novidade aqui..se até ao final do mandato já se conseguir visualizar uma obra (e refiro-me literalmente a um espaço de obras com tijolos e cimento, etc), já será bom.