Liga Revelação (Sub 23)

joaoalvercafcp

Tribuna Presidencial
13 Março 2012
21,523
0
Equipas participantes

V.Setúbal
R.Ave
Scp
Estoril
Slb
Belenenses
Académica
Marítimo
V.Guimarães
Aves
C.Piedade
Braga
Portimonense
Feirense
 

Drago

Tribuna Presidencial
21 Julho 2006
11,228
256
Lisboa, 1979
Faz-me alguma confusão que o FC Porto não tenha entrado.

E não, a aposta na equipa B não é argumento. Todos os clubes com equipas B na II liga e CNS mantiveram-nas, como seria mais que óbvio (regime, Marítimo, Vitória, Braga).


Uma oportunidade para dar a juniores e alguns jogadores da B alguma rodagem...
 

PortoMDL

Tribuna Presidencial
31 Outubro 2014
27,388
115
Drago disse:
Faz-me alguma confusão que o FC Porto não tenha entrado.

E não, a aposta na equipa B não é argumento. Todos os clubes com equipas B na II liga e CNS mantiveram-nas, como seria mais que óbvio (regime, Marítimo, Vitória, Braga).


Uma oportunidade para dar a juniores e alguns jogadores da B alguma rodagem...
Também não entendo.
 

deco macau

Tribuna
29 Outubro 2014
2,759
100
Entre a Segunda Liga, Youth League, Premier International Cup, nao acham que ja temos jogos suficientes?

Sent from my ANE-LX2 using Tapatalk

 

Zeus

Tribuna Presidencial
1 Agosto 2015
7,846
257
Olimpo
Não consigo identificar nenhum tipo de vantagens para criar uma equipa nesta competição, nem financeiro nem desportivo.

Criar uma equipa nesta competição iria aumentar as despesas, seria o pretexto para vir mais brasileiros e nigerianos de qualidade duvidosa e não creio que esta competição crie desafios suficientes para a evolução dos jogadores, jogar contra uma equipa sub23 do Cova da Piedade deve ser muito pouco desafiante.
 

TennantWho

Arquibancada
26 Dezembro 2014
453
0
Zeus disse:
Não consigo identificar nenhum tipo de vantagens para criar uma equipa nesta competição, nem financeiro nem desportivo.

Criar uma equipa nesta competição iria aumentar as despesas, seria o pretexto para vir mais brasileiros e nigerianos de qualidade duvidosa e não creio que esta competição crie desafios suficientes para a evolução dos jogadores, jogar contra uma equipa sub23 do Cova da Piedade deve ser muito pouco desafiante.
Rotação.

Impedir que jovens fiquem 2 anos sem nenhum futebol nas pernas sem justificação aparente.

Bruno Costa, que hoje está na A, demorou a arrancar. Sérgio Oliveira. Etc...

Quem diz que com maior tempo investido (houvesse paciência e qualidade, não compadrios) não surgissem umas surpresas.

Acho que podiam justificar ao público, mas a mensagem que o FC Porto manda é mesmo essa, o futebol de formação não interessa.
 
N

Noventa e Nove

Guest
Pessoalmente acho que não faz sentido ter equipa B + equipa de sub23. Prova disso é que muitos dos reforços das equipas de sub23 não têm qualquer perspetiva de chegar à equipa principal - e esse, no meu ponto de vista, tem de ser sempre o objetivo.

Dificilmente um jogador com 22 ou 23 anos já não demonstrou o que é. Se é bom, vai para a principal, se não é, então para quê tê-lo nos quadros?
 

Zeus

Tribuna Presidencial
1 Agosto 2015
7,846
257
Olimpo
TennantWho disse:
Acho que podiam justificar ao público, mas a mensagem que o FC Porto manda é mesmo essa, o futebol de formação não interessa.
Ao dicidir-se manter a equipa B na segunda liga e não criar equipa sub-23 foi uma mensagem que sim a formação interessa e a melhor forma de desenvolver jogadores é mete-los a jogar contra gente grande e que luta por objetivos não contra refugos das equipas da primeira liga que não conseguiram colocação lolol.
 

TennantWho

Arquibancada
26 Dezembro 2014
453
0
Zeus disse:
Ao dicidir-se manter a equipa B na segunda liga e não criar equipa sub-23 foi uma mensagem que sim a formação interessa e a melhor forma de desenvolver jogadores é mete-los a jogar contra gente grande e que luta por objetivos não contra refugos das equipas da primeira liga que não conseguiram colocação lolol.
Os de primeiro ano júnior e bons juvenis podiam aproveitar nos JunA.

E os de segundo ano mais alguns na B

E jogadores com potencial com mais alguma idade nos s23.


Mas se for como dizes, apoio. Queria era ver algum seguimento de ideias.
 
J

JAEP

Guest
Zeus disse:
Criar uma equipa nesta competição iria aumentar as despesas, seria o pretexto para vir mais brasileiros e nigerianos de qualidade duvidosa
Quando se tem logo esse pensamento é porque algo já está muito mal no inicio ;)

Por isso sim, é melhor mesmo não criar nenhuma equipa de sub-23.
 

Branco

Tribuna Presidencial
2 Julho 2007
19,114
275
Conquistas
1
  • Junho/18
Muito sinceramente não tenho opinião formada sobre esta competição, se por um lado é sempre mais uma oportunidade de competir para os jovens jogadores, por outro, não sei como encaixariamos todos esses jogos no calendário já de si cheio da equipa B e/ou sub 19.

É porque são 36 jogos, teriamos que ter um plantel mais ou menos fixo só para esta competição, nem que fosse um curto só com uns 20 jogadores.

Mas se isto correr bem na 1ª época, podemos sempre participar na próxima, é ver se a competição tem real interesse.
 

Zeus

Tribuna Presidencial
1 Agosto 2015
7,846
257
Olimpo
TennantWho disse:
Os de primeiro ano júnior e bons juvenis podiam aproveitar nos JunA.

E os de segundo ano mais alguns na B

E jogadores com potencial com mais alguma idade nos s23.
Isto não faz sentido se tivéssemos equipa sub-23 e B então teríamos que fazer o contrário do que disses-te.

Os de primeiro ano juniores e os melhores juvenis nos juniores aqui concordo mas os de segundo ano juniores tinham de ir para a equipa sub-23 e os jogadores de primeiro de seniores e os mais velhos para a equipa B. Que sentido tinha ter jogadores de 21/22 anos a jogar nos sub-23? Se com essa idade não têm qualidade nem para estar na equipa B não faziam cá nada.

Mas como disse não creio que seja viável ter mais um plantel com cerca de 20 jogadores e mais uma equipa técnica com 6 ou 7 elementos, iríamos aumentar ainda mais as despesas que por si só já são elevadas desnecessariamente.
 

Branco

Tribuna Presidencial
2 Julho 2007
19,114
275
Conquistas
1
  • Junho/18
Zeus disse:
Isto não faz sentido se tivéssemos equipa sub-23 e B então teríamos que fazer o contrário do que disses-te.

Os de primeiro ano juniores e os melhores juvenis nos juniores aqui concordo mas os de segundo ano juniores tinham de ir para a equipa sub-23 e os jogadores de primeiro de seniores e os mais velhos para a equipa B. Que sentido tinha ter jogadores de 21/22 anos a jogar nos sub-23? Se com essa idade não têm qualidade nem para estar na equipa B não faziam cá nada.

Mas como disse não creio que seja viável ter mais um plantel com cerca de 20 jogadores e mais uma equipa técnica com 6 ou 7 elementos, iríamos aumentar ainda mais as despesas que por si só já são elevadas desncessariamente.
A única forma de isto não representar grande incremento em termos de custos na nossa formação, era termos 3 planteis curtos entre os sub 19, sub 23 e equipa B, mas mesmo assim seriam sempre uns 60 jogadores, não sei quantos temos entre a sub 19 e a equipa B neste momento, mas inclino-me para uns 50 jogadores, ou seja, seriam sempre mais uns jogadores que necessitavamos.

Óbvio que isso se calhar poderia se resolver não dispensando ninguém da equipa 19 no 1º ano, mas eram sempre mais quase uma dúzia de contratos profissionais assinados.
 

Zeus

Tribuna Presidencial
1 Agosto 2015
7,846
257
Olimpo
Branco disse:
A única forma de isto não representar grande incremento em termos de custos na nossa formação, era termos 3 planteis curtos entre os sub 19, sub 23 e equipa B, mas mesmo assim seriam sempre uns 60 jogadores, não sei quantos temos entre a sub 19 e a equipa B neste momento, mas inclino-me para uns 50 jogadores, ou seja, seriam sempre mais uns jogadores que necessitavamos.

Óbvio que isso se calhar poderia se resolver não dispensando ninguém da equipa 19 no 1º ano, mas eram sempre mais quase uma dúzia de contratos profissionais assinados.
Teriam de ser sempre planteis curtinhos para ter sub-23 e equipa B de forma algo viável, mas o calendário seria penoso para as 2 equipas mais os juniores, a segunda liga é uma verdadeira maratona, a liga revelação são mais 30 e tal jornadas depois ainda temos a Youth Cup, PLIC e o Nacional de juniores, temos de nos lembrar que há castigos e lesões claro que os jogadores podem jogar num fim de semana numa equipa e no outro fim de semana na outra equipa mas isso é viável para o desenvolvimento de um jogador? Já para não falar nas quebras de rotinas no plano coletivo podendo haver prejuízo a nível de resultados das equipas e não me venham com aquela que os resultados não interessam, claro que interessam! Não consigo ver nenhum tipo de vantagem em criar uma equipa sub-23, se tivéssemos bem financeiramente e pudéssemos construir dois planteis com cabeça troncos e membros tudo bem assim não consigo concordar com uma equipa sub-23.
 

Branco

Tribuna Presidencial
2 Julho 2007
19,114
275
Conquistas
1
  • Junho/18
Zeus disse:
Teriam de ser sempre planteis curtinhos para ter sub-23 e equipa B de forma algo viável, mas o calendário seria penoso para as 2 equipas mais os juniores, a segunda liga é uma verdadeira maratona, a liga revelação são mais 30 e tal jornadas depois ainda temos a Youth Cup, PLIC e o Nacional de juniores, temos de nos lembrar que há castigos e lesões claro que os jogadores podem jogar num fim de semana numa equipa e no outro fim de semana na outra equipa mas isso é viável para o desenvolvimento de um jogador? Já para não falar nas quebras de rotinas no plano coletivo podendo haver prejuízo a nível de resultados das equipas e não me venham com aquela que os resultados não interessam, claro que interessam! Não consigo ver nenhum tipo de vantagem em criar uma equipa sub-23, se tivéssemos bem financeiramente e pudéssemos construir dois planteis com cabeça troncos e membros tudo bem assim não consigo concordar com uma equipa sub-23.
Eu acho que o clube deveria estudar como corre esta competição a equipas que continuaram também a ter equipa B, e em função disso, entrar ou não na época seguinte.

 

sirmister

Tribuna Presidencial
21 Março 2008
44,062
1,277
Conquistas
1
  • Abril/19
Drago disse:
Faz-me alguma confusão que o FC Porto não tenha entrado.

E não, a aposta na equipa B não é argumento. Todos os clubes com equipas B na II liga e CNS mantiveram-nas, como seria mais que óbvio (regime, Marítimo, Vitória, Braga).


Uma oportunidade para dar a juniores e alguns jogadores da B alguma rodagem...
Se com uma equipa B os negócios duvidosos são muitos, com mais uma Sub 23 era o regabofe total.

Com uma gestão criteriosa da formação acho que não há materia para alimentar 2 equipas.

 

Drago

Tribuna Presidencial
21 Julho 2006
11,228
256
Lisboa, 1979
sirmister disse:
Se com uma equipa B os negócios duvidosos são muitos, com mais uma Sub 23 era o regabofe total.

Com uma gestão criteriosa da formação acho que não há materia para alimentar 2 equipas.
A minha perspectiva é outra.

Como referi na altura, o atractivo que uma equipa de Sub23 tem para o FC Porto, bem como, para as outras equipas com equipas B colocadas na segunda liga, seria para colocar os seus juniores num campeonato mais competitivo.

Neste campeonato há clubes sem equipa B, ou que as extinguiram pois estavam em escalões distritais. Irão canalizar o talento que têm para estas equipas sub23.

Dando um exemplo: O FC Porto s19 em vez de jogar contra o Feirense S19, jogaria com o Feirense S23. E uso o Feirense, que tem uma formação muito respeitável, na minha opinião.

O campeonato de juniores, sobretudo a primeira fase, ficaria bem aberto para juvenis subirem e para aqueles juniores de 1º ano que jogam pouquíssimo. E por aí fora.

Nessa perspectiva, sim. Na perspectiva de trazer mais 5 do grémio Anápolis, não.
 

sirmister

Tribuna Presidencial
21 Março 2008
44,062
1,277
Conquistas
1
  • Abril/19
Drago disse:
A minha perspectiva é outra.

Como referi na altura, o atractivo que uma equipa de Sub23 tem para o FC Porto, bem como, para as outras equipas com equipas B colocadas na segunda liga, seria para colocar os seus juniores num campeonato mais competitivo.

Neste campeonato há clubes sem equipa B, ou que as extinguiram pois estavam em escalões distritais. Irão canalizar o talento que têm para estas equipas sub23.

Dando um exemplo: O FC Porto s19 em vez de jogar contra o Feirense S19, jogaria com o Feirense S23. E uso o Feirense, que tem uma formação muito respeitável, na minha opinião.

O campeonato de juniores, sobretudo a primeira fase, ficaria bem aberto para juvenis subirem e para aqueles juniores de 1º ano que jogam pouquíssimo. E por aí fora.

Nessa perspectiva, sim. Na perspectiva de trazer mais 5 do grémio Anápolis, não.
Basicamente para usar a equipa de sub19 ok.

Eu acho que para o talento que sai das camadas jovens do FCP a equipa B se bem gerida é mais que suficiente, o problema que vejo é que as equipas tenham essa perpectiva que descreveste e os sub 19 percam toda a competitividade, se se acontecer o FCP tera que evoluir para isso tambem.