Marketing e divulgação dos produtos do FC Porto

Kelvin87

Tribuna Presidencial
7 Maio 2007
21,873
246
Olha, não sei se é o sítio mais apropriado mas tenho que escrevê-lo. Soube hoje e olhem que considero-me uma pessoa razoavelmente documentada acerca de todo o clube, de todo o universo azul e branco, que existe um cartão no valor de 40 euros para o hockey patins com direito a assistir de forma gratuita a todos os jogos para o campeoato em casa, SOUBE HOJE, incrível... de certo muita gente também não sabe que existe um modelo com cerca de 50 aderentes no basket, no valor de 50 euros época nas mesmas condições, todos os jgoos para a liga em casa de forma gratuita. Meus amigos, isto está em crise, até moro em Lisboa e provavelmente durante o ano não assistirei a nenhum jogo em FÃnzeres ou Matosinhos, mas não acham que quem gosta de ajudar o clube, que pode ajudar mesmo com sacríficio não o faz?
Nem que vendessem mais 10 ou 20 já era dinheiro mas espanto-me que por exemplo, sem falar em nomes, uma pessoa ligada à estrutura do Porto nem saiba da existência deste tipo de cartões, ouvi falar que o andebol pode voltar a ter este ano. Já com as camisolas não dá para comprar, não arranjavam um cantinho com umas camisolas do ventura, do Marçal, do Eduardo Filipe?
Nesse aspecto meus amigos, no marketing temos muito que evoluir, muito mesmo, já dei este exemplo da camisola do Vitor Baía, que desde Dezembro de 2006 até Junho não houve, não consegui comprar quando podiam fazer uma pipa de dinheiro, mas hoje qundo soube disto do hockey, repito ando sempre minimamente informado acerca de todo o clube fiquei pasmado, já nem o catálogo da loja azul recebo.
Temos que melhorar.
FORÇA GRANDE MARKETING.
 

Kelvin87

Tribuna Presidencial
7 Maio 2007
21,873
246
Mogrovejo, é evidente que o lucro é fundamental, mas se pudermos ter lucro e os sócios ou adeptos tiverem produtos apetecíveis melhor, penso eu de que.
 

admin

Tribuna Presidencial
14 Julho 2006
38,239
5
Cascais, 1966
Ou então adoptar uma filosofia de catálogo...tens N produtos diferentes, que poderias encomendar por catálogo. Mas pelo menos tinhas os produtos todos e mais alguns.
 

Kerouac

Tribuna Presidencial
4 Maio 2007
11,291
0
Lisboa
Há muito ainda por fazer.

Não concordo nada contigo Mogro. Para mim juntamente com as receitas televisivas esta é a rúbrica que temos necessariamente de aumentar.

Eu prefiro ter 1 euro de prejuizo hoje se isso implicar 2 de lucro amanhã. Isto da criação de mercados necessita de investimento.

Para mim é o único vector em que administração do porto não está ao nível que eu desejaria.

Tendo a pensar que consideram esta uma área de importância menor.

Estou sempre a repetir. Já se devem rir de mim. mas a imagem do dragão associada ao nosso futebol poderia fazer maravilhas na ásia.
 

slowhand

Arquibancada
24 Julho 2006
308
3
É verdadeiramente escandaloso o que se passou este ano com o merchandising do FCP (concessionado à TBZ).

Desde Janeiro esgotou o stock de camisolas do equipamento alternativo, e não mais voltou a ser reposto !!!

Como colecionador de camisolas do FCP, pela 1ª vez estou a ver que não vou conseguir adquirir o equipamento alternativo. Também o 1º equipamento está esgotado há mais de um mês,pelo menos na Loja Azul. Tenho conhecimento seguro de jogadores do plantel, designadamente o R Quaresma que fez uma encomenda de 10 camisolas que não pôde ser atendida por não haver material !!!

VERGONHA !!!

Para além do péssimo serviço prestado aos adeptos, que é o mais importante, fica a SAD a perder dinheiro, visto existir no contrato com a TBZ uma cláusula de indexação do valor a pagar à SAD com o volume de vendas.
Quando se pedem explicações aos responsáveis do FCP, remetem para a TBZ, como se nós fossemos sócios da TBZ e não do FCP !

UM ESCÂNDALO !!!
 

slowhand

Arquibancada
24 Julho 2006
308
3
Ainda hoje passei pela Loja Azul onde confirmei que não havia equipamentos do FCP à venda (excepto para criança). No entanto, não faltavam lá os equipamentos da seleção nacional !

MAS QUE MERDA É ESTA SRS. ADMINISTRADORES ?
 

Miguel10

Tribuna Presidencial
28 Maio 2007
5,977
18
Lisboa, 1978
No site acho que já há camisolas desde há uns 15 dias.

http://www.fcporto.pt/Loja/ProductDetail.asp?item=0073&mark=03

Dúvido é que haja o desconto para os detentores de Dragon Seat. E agora é que as colocam há venda? Queria há uns meses, agora só em Saldos ou espero pelas novas.

E já agora: Aqui em Lisboa também as camisolas do Porto estão todas esgotadas. Já fui a vários sitios e só tamanhos de criança.

Da última vez que fui à Loja Azul ( jogo com o Nacional), logo à entrada só se via os equipamentos da selecção.
Os artigos do FCP que existiam de jeito, eram o fato de treino, um modelo de SweatShirt Oficial e os impermeáveis da equipa. E tinham desconto.
Os cachecois do Tri comprei um, mas não posso deixar de dizer que é feio (muito melhor gosto tiveram os Super Dragões). Os bonés também deixam em termos de acabamentos muito a desejar.
Acho que ou a TBZ muda a forma de gerir o Merchandising do FC.Porto, ou temos de chegar a acordo com outra empresa.

No que respeita aos cartões anuais de Basquetebol recordo-me de há uns 3 anos, eles ainda enviarem para quem comprasse o L.Anual no Estádio, a proposta de pelos tais 50 Euros poder assistir a todos os jogos em casa da modalidade. Suponho que a adesão tenha sido fraca e por isso deixaram de enviar.
 

admin

Tribuna Presidencial
14 Julho 2006
38,239
5
Cascais, 1966
Estou completamente por fora, e mesmo correndo o risco de dizer uma enorme bacorada, parece-me que não quiserem ficar com stock excessivo, como terá acontecido noutros anos. será isso?
 

slowhand

Arquibancada
24 Julho 2006
308
3
> admin Comentou:

> Estou completamente por fora, e mesmo correndo o risco de dizer uma enorme bacorada, parece-me que não quiserem ficar com stock excessivo, como terá acontecido noutros anos. será isso?
-------
Não, não é isso, os restos de stock sempre se venderam. Eu ainda procuro modelos de anos anteriores e não encontro.
 

slowhand

Arquibancada
24 Julho 2006
308
3
> Velasquez Comentou:

Enfim, a conversa é sempre a mesma (da nossa parte, sócios) e a resposta é sempre a mesma (da instituição, a resposta oficial, a do Mogrovejo).

Bendito E-BAY, portanto.
----
Porque sou cliente assíduo da Loja Azul, e porque tenho um bom relacionamento com o seu staff, sou testemunha privilegiada das vergonhas por que o pessoal da loja passa face às reclamações dos clientes (adeptos).

Velasquez:

Sobre esta matéria, até o Mogrovejo deve estar envergonhado (olha se ele diz alguma coisa...).
 

Kelvin87

Tribuna Presidencial
7 Maio 2007
21,873
246
Campanha «Ser Dragão Compensa» oferece vantagens únicas
Já se encontra a decorrer a campanha «Ser Dragão Compensa», iniciativa que resulta da parceria entre o F.C. Porto e o BPI e que oferece três quotas mensais aos sócios portistas que adiram ao cartão VISA F.C. Porto/BPI. Esta acção, que assinala mais um Tricampeonato dos Dragões, estará em vigor até 31 de Agosto.

O VISA F.C.Porto/BPI foi o primeiro cartão de crédito de clubes a surgir em Portugal e, desde 2002, garante vantagens únicas aos sócios e adeptos portistas, que ganham à medida que o seu clube vence. Todos os triunfos, bem como a conquista de troféus, são premiados neste produto de excelência.

O genuíno cartão dos Tricampeões pode ser utilizado em todo o tipo de pagamento de compras, numa inequívoca expressão de orgulho na alma do Dragão. Os valores acumulados ao longo da época pela utilização do cartão e pela performance da equipa poderão, por exemplo, ser utilizados para o pagamento das quotas de associado, para a compra de bilhetes dos jogos no Estádio do Dragão ou para a aquisição dos Dragon Seat.

Outras vantagens deste produto com a chancela de qualidade do F.C. Porto e do BPI são:
• Anuidade gratuita se a média dos saldos mensais for igual ou superior a €175,00;
• Redução dos juros em 25%, desde que a média dos saldos mensais seja igual ou superior a €500,00;
• Crédito gratuito até 50 dias;
• Oferta de um Seguro de Protecção em Eventos Desportivos do FC Porto;
• Possibilidade de aderir a uma gama completa de seguros.
infcp.pt
 
T

Timofte 2-3

Guest
Os meus parabéns, Bruno 99, pelo tópico. Já há tempos que gostaria de escrever sobre este assunto mas por falta de oportunidade ainda não o tinha feito.

Creio que, de facto, o marketing do clube deixa muito a desejar:

1. ainda hoje não entendo como é que um ícone do clube (V. Baía) não tem a sua imagem explorada ao máximo em termos de merchandising. Já tentei comprar camisola, luvas com o n.º 99 e nada, não há nada, nem um poster.

2. O porto comemorou os 20 anos de viena no ano passado. Na esperança de adquirir uma \"relíquia\" qualquer desloquei-me à loja azul: tinha a secreta esperança de ficar com uma miniatura da TCE semelhante à que foi distribuída pelos jogadores, mas não tive sorte. Quando perguntei se a tinham disponível fizeram uma cara de grande surpresa e disseram que não. Mais uma vez, os triunfos do clube não são, na minha modesta maneira de ver, explorados de acordo com o potencial. Quantos de nós gostariam de comprar algumas lembranças que nos fizessem reviver sevilha gelsenkirchen, ou até basileia? Mas os poucos produtos (v.g. camisolas) colocados à venda saem no mesmo ano: 3 ou 4 anos depois já quase não se encontra nada.

3. As modalidades amadoras são também, a meu ver muito pouco rentabilizadas. Por que não encomendar algumas camisolas de basket, hóquei, andebol, para os adeptos? Por que não é possível comprar uma única coisa relativa às amadoras?

Resta-nos o mercado negro para conseguirmos escapar a esta ditadura comercial. É pena. Outra coisa, que julgo já foi aqui referida: eu não não falo nos equipamentos, mas qualquer artigo de roupa alusivo ao fcp, se comprado na loja azul, anda pela hora da morte: uma simples t-shirt com a sigla campeões custa-nos os olhos da cara. Em tempo de crise, será esta uma boa maneira de aproximar o clube dops adeptos?
 

slowhand

Arquibancada
24 Julho 2006
308
3
> Velasquez Comentou:

> Slowhand: não está. A Futebol SAD concentrou-se exclusivamente na transformação do clube numa empresa que crescesse em vários aspectos, para responder às exigencias do futebol actual, à estrutura de negócio de um clube de um país secundário, mas com credibilidade na cena internacional.

Concentraram-se de tal forma que optaram pelo out-sourcing de algumas actividades (que rendem montantes FIXOS por ano), das quais só lhes interessa que não dêem prejuízos, mas que não gerem, nem têm capacidade de intervenção ou responsabilidade.

E quando nós protestamos, fazem o que fez o Mogrovejo, que está (como todos sabemos) próximo da SAD: lavam as mãos e apontam o dedo à TBZ e aos outros subcontratados.

A Futebol, SAD gere o Futebol, e verdade seja dita, são uma organização de excelência de de sucesso. É extraordinário o trabalho que fizeram em apenas 3 anos.
-------------
Velasquez acho que estás a ver bem o problema. Mas, olha, acredita, dói-me a alma andar na Loja Azul e sentir o ar desolado de portistas e, cada vez mais, turistas, perante a ausência do artigo mais emblemático - as camisolas.
E pergunto: no meio disto, como fica a imagem do clube?
Numa altura, a propósito doutros assuntos, em que tanto se fala de honra e imagem do clube, é assim tão difícil cuidar delas em coisas tão simples como um bom merchandising ?
Por amor de Deus.
Não deixa de haver pontos altamente criticáveis. Pontos laterais para quem gere a Futebol SAD. Mas questões importantes para cada um de nós, sócios avulsos.

Em suma, não penses que o Mogro se envergonha de algo. O merchandising é peanuts para a SAD. Isso é errado? Não sei. Na minha perspectiva, a sugestão é mudar os contornos desse negócio, de forma a que o clube e a SAD respondam ao que o mercado pede (os adeptos e os sócios), em vez de lhe ser indiferente e deixar a gestão dessa relação com o mercado a empresas que claramente estão a ter problemas (para não dizer que estão a demonstrar ano após anos serem incompetentes para as funções contratadas).
 

admin

Tribuna Presidencial
14 Julho 2006
38,239
5
Cascais, 1966
> slowhand Comentou:

> > admin Comentou:

> Estou completamente por fora, e mesmo correndo o risco de dizer uma enorme bacorada, parece-me que não quiserem ficar com stock excessivo, como terá acontecido noutros anos. será isso?
-------
Não, não é isso, os restos de stock sempre se venderam. Eu ainda procuro modelos de anos anteriores e não encontro.

Claro slowhand, procuras tu, mais uns poucos coleccionadores, na realidade, pouca gente. Agora, claro...era simpático uma pessoa poder ter, se quizesse.
 

admin

Tribuna Presidencial
14 Julho 2006
38,239
5
Cascais, 1966
> Velasquez Comentou:

>
E quando nós protestamos, fazem o que fez o Mogrovejo, que está (como todos sabemos) próximo da SAD:

- - -
Só vou dizer isto uma vez: não quero ver mais ninguém a ser assediado neste fórum, como já vi no passado. Não tens o direito de fazer isto. Vai escrever isto 500 vezes onde te apetecer. Aqui não.
Queres ser respeitado aqui, faz-te respeitar.
 

Kerouac

Tribuna Presidencial
4 Maio 2007
11,291
0
Lisboa
> Mogrovejo Comentou:

Os gajos na Ásia só compram contrafacção, nem o Manchester está a conseguir resolver as coisas.
--------------

a contrafacção pode constituir uma boa abertura de mercado.

é preciso é divulgar a nossa imagem.

os proveitos virão depois. ou achas que o mercado asiático não rende ao Man utd. Ou pelo menos não renderá no futuro.

não estou a fazer exigências disparatadas de lucros milionários imediatos.

estou a defender uma política de médio prazo (5 anos) de efectiva propagação da nossa imagem no mundo.
 

admin

Tribuna Presidencial
14 Julho 2006
38,239
5
Cascais, 1966
> Kerouac Comentou:

> > a contrafacção pode constituir uma boa abertura de mercado.

é preciso é divulgar a nossa imagem.
---
??? Kerouac...perdido por 1 perdido por mil? já não há imagem a defender ou...realmente como é que contrafacção e imagem podem andar lado a lado? :)
 

admin

Tribuna Presidencial
14 Julho 2006
38,239
5
Cascais, 1966
China? Criancinhas ? ó zefil...quase todas as empresas do mundo ocidental, em diversas áreas de actividade, têm fábricas na China.
 

admin

Tribuna Presidencial
14 Julho 2006
38,239
5
Cascais, 1966
> Velasquez Comentou:

>

A minha abordagem foi totalmente justificada e pertinente. O aviso está registado, mas eu não considero que tenha havido assédio ou perseguição.

__
a abordagem não tem nada de novo, está mais do que exposta neste fórum. e depois...não é a abordagem, só com muita boa vontade é que lhe chamo de diagnóstico. O que era preciso era IDEIAS de como alterar as coisas. Mas isso, uff..está quieto.


Quem decide se há assédio ou perseguição é a administração deste fórum.
 

admin

Tribuna Presidencial
14 Julho 2006
38,239
5
Cascais, 1966
> Velasquez Comentou:

> Meu caro Abel (ou será o Admin?) a argumentação é sempre a mesma e eu já a conheço de cor. Ou seja, esse é o status quo e a justificação para nada se mudar.

---
O status quo muda-se com ideias, com iniciativas, não com diagnósticos que já toda a gente fez, ou que toda a gente é capaz de fazer. Disso, meu caro, está o país cheio. Sou o Abel? só se conseguir estar ao mesmo tempo em Cascais e VN Gaia. Mete-te com ele mete :))))) eu nem me meto nisso, mas o teu amigo Rodrigues é que veio a terreiro com esse disparate, há uns tempos atrás. As argumentações, e os disparates, mantêm-se. Da parte que me toca, já estou habituado e até já sabes que em termos de \"processamento\" é sempre igual. Olha, ao menos aqui, prometo-te a consideração de não te deixar a falar sozinho.


Quem se lixa é o mexilhão. Somos mal-tratados pela SAD. Somos IGNORADOS. Qual é a novidade? O clube funciona assim há 40 anos.

---
...o que aconteceu em 1968? queres voltar para esses tempos? Eh pa, assume isso.


Mercado? Há muito mercado.
---
Não, não há. Nem em quantidade e sobretudo, em qualidade. Os números que apresentas dão para os dois lados sabes?...mostram inequivocamente - se bem que toda a gente sabe disso - que o poder de compra lá fora é muito superior. Quanto ao preço das coisas, perfeitamente de acordo. Só gostaria era que me explicasses do que é que difere, por exemplo ,do preço da roupa, gasolina, e muitas outras coisas onde aqui és \"roubado\", tendo uma fracção do poder de compra que um eventual amigo teu que tenhas em Paris, ou em Munique?...


Isto só faz sentido para quem anda ocupado com tudo menos com este ASSUNTO. Os preços praticados não são um escândalo. São um autêntico ROUBO, uma falta de respeito pelas pessoas. Bottom-line, são fruto de uma estratégia errada e muito facilmente criticável de marketing e de merchandising.
---
Grande Velasquez! Tens a solução? Boca calada! nem uma palavra à Porto Comercial! Eh pa, vamos já falar com a TBZ para montarmos um franchising juntos!