#Ciclismo Mercado de Transferências (rumores e contratações)

jpgm97

Tribuna Presidencial
1 Julho 2016
8,518
9,726
Conquistas
4
  • Hulk
  • Madjer
  • Lucho González
O Yates deve baixar o salário...
Na INEOS não tem tido grandes oportunidades de liderança.
Falta é saber quem a INEOS vai contratar para substituir as variadas saídas.
O Arensman pode ser o novo Porte.
Mas quem vão contratar para substituir Yates, Van Baarle e Dunbar que ao que tudo indica estão mesmo de saída e do Amador e Wurf acabam a carreira. O Carapaz e Martínez têm sido associados a Movistar e um dele deve mesmo acabar por sair.
Hayter, Narváez e Rivera devem renovar.
O Yates tem sido o líder da Ineos em quase todas as provas que fez, embora em algumas tenha tido de dividir a liderança. Aliás o ano passado deve ter tido o melhor ano da carreira dele a nível de resultados. Se é ciclista para atacar grandes voltas? Não me parece, pelo menos no sentido de lutar para as ganhar. Parece-me mais ciclista para provas de uma semana.

O Carapaz e o Martínez também não estão numa má situação na Ineos. A sair deverá ser por motivos financeiros.

O Van Baarle poderá sair para a Jumbo mas vai ser bastante caro...principalmente após ter ganho Roubaix. E é capaz de pedir para também ser líder nas clássicas.

O Arensman deverá ser mais um miúdo talentoso a sair da DSM...nada de novo.
 

PedroMonteiro

Tribuna
6 Julho 2017
4,501
3,032
O Yates tem sido o líder da Ineos em quase todas as provas que fez, embora em algumas tenha tido de dividir a liderança. Aliás o ano passado deve ter tido o melhor ano da carreira dele a nível de resultados. Se é ciclista para atacar grandes voltas? Não me parece, pelo menos no sentido de lutar para as ganhar. Parece-me mais ciclista para provas de uma semana.

O Carapaz e o Martínez também não estão numa má situação na Ineos. A sair deverá ser por motivos financeiros.

O Van Baarle poderá sair para a Jumbo mas vai ser bastante caro...principalmente após ter ganho Roubaix. E é capaz de pedir para também ser líder nas clássicas.

O Arensman deverá ser mais um miúdo talentoso a sair da DSM...nada de novo.
O Yates quer liderar as melhores corridas do calendário e ter uma equipa só para ele e na Ineos isso não acontece.
 
  • Like
Reações: jpgm97 e Rui Alves

PedroMonteiro

Tribuna
6 Julho 2017
4,501
3,032
O Yates tem sido o líder da Ineos em quase todas as provas que fez, embora em algumas tenha tido de dividir a liderança. Aliás o ano passado deve ter tido o melhor ano da carreira dele a nível de resultados. Se é ciclista para atacar grandes voltas? Não me parece, pelo menos no sentido de lutar para as ganhar. Parece-me mais ciclista para provas de uma semana.

O Carapaz e o Martínez também não estão numa má situação na Ineos. A sair deverá ser por motivos financeiros.

O Van Baarle poderá sair para a Jumbo mas vai ser bastante caro...principalmente após ter ganho Roubaix. E é capaz de pedir para também ser líder nas clássicas.

O Arensman deverá ser mais um miúdo talentoso a sair da DSM...nada de novo.
O Van Baarle se quer ser líder nas clássicas tinha de ir para a UAE.

Simon Carr e Conner Swift podiam bem ser reforços da INEOS, são ingleses e ainda podem melhorar.
O Carr pode muito bem fazer o papel do Dunbar e o Swift do Wurf.
 
  • Like
Reações: jpgm97

jpgm97

Tribuna Presidencial
1 Julho 2016
8,518
9,726
Conquistas
4
  • Hulk
  • Madjer
  • Lucho González

Já esperada notícia do retirar de Nibali.
Agora é esperar pelo menos uma vitória neste giro.
A maior parte dos ciclistas de que gostava desta geração, assim como os mais carismáticos está a desaparecer das estradas aos poucos...

É um ciclista que vai acabar a carreira com um enorme palmarés. Aliás quase que diria o palmarés do Nibali é superior ao nível dele. É um ciclista que se foi destacando não por ser o melhor em nenhum terreno mas sim por ter uma enorme técnica e coragem para arriscar, assim como uma excelente capacidade para aguentar as etapas mais longas e de recuperação.

Algumas provas que ganhou, principalmente as grandes voltas, acabaram por ser edições marcadas pelos azares dos concorrentes, que ele soube explorar ao máximo.
 

PedroMonteiro

Tribuna
6 Julho 2017
4,501
3,032
Se eu estou no lugar do Matxin tentava ao máximo ter esta equipa em 2023: (informação dos contratos tirada do PCS)
  • CICLISTAS COM CONTRATO PARA 2023 (PAPEL):
    • Tadej Pogačar (Líder)
    • João Almeida (Líder)
    • Brandon McNulty (Có-Lider)
    • Juan Ayuso (Có-Lider)
    • Marc Soler (Gregário Montanha)
    • George Bennett (Gregário Montanha)
    • Finn Fisher-Black (Gregário Montanha)
    • Andrés Camilo Ardila (Gregário Montanha)
    • Marc Hirschi (Clássicas)
    • Alessandro Covi (Clássicas)
    • Pascal Ackermann (Sprínter)
    • Álvaro José Hodeg (Sprínter)
    • Felix Groß (Lançador)
    • Alexys Brunel (Rolador)
  • RENOVAÇÕES DE CONTRATO )PAPEL):
    • Rui Costa (Todo Terreno)
    • Rafal Majka (Gregário Montanha)
    • Matteo Trentin (Clássicas)
    • Jan Polanc (Gregário Montanha)
    • Ryan Gibbons (Clássicas)
    • Vegard Stake Laengen (Rolador)
    • Mikkel Bjerg (Rolador)
    • Yousif Mirza (Rolador)
    • Rui Oliveira (Clássicas + Lançador)
    • Oliviero Troia (Rolador)
    • Ivo Oliveira (Rolador)
  • CONTRATAÇÕES:
    • Ruben Guerreiro (Gregário Montanha)
    • Jan Hirt (Gregário Montanha)
    • Yves Lampaert (Clássicas)
    • Søren Kragh Andersen (Clássicas)
    • Jan Tratnik (Todo Terreno)
  • SAÍDAS:
    • Diego Ulissi (Tem sido ligado a nova equipa ProConti Italiana)
    • Fernando Gaviria (Tem de mudar de ares para voltar a ser um dos melhores sprinters do mundo)
    • Maximiliano Richeze (Fim de carreira)
    • Davide Formolo (Procurar uma equipa onde possa ter a liberdade para fazer o que quiser, não tem papel de trabalho, a não ser que seja para o Pogacar)
    • Juan Sebastián Molano (Devia procurar uma equipa onde pudesse ser aposta nas GV)
    • Joel Suter (Não tem mostrado o que apresentou no início do ano)
Para mim Có-Lider é liderança em corridas de uma semana e gregário nas grandes voltas.

Sendo assim, equipa para o Giro:
  • João Almeida (Líder)
  • Ruben Guerreiro (Gregário Luxo)
  • Jan Hirt (Gregário Montanha)
  • Finn Fisher-Black (Gregário Montanha)
  • Alessandro Covi (Média Montanha)
  • Søren Kragh Andersen (Média Montanha)
  • Rui Costa (Diretor na Estrada)
  • Ivo Oliveira (Homem do Plano)
Equipa para o Tour:
  • Tadej Pogačar (Líder)
  • Brandon McNulty (Gregário Luxo)
  • Rafal Majka (Gregário Montanha)
  • George Bennett (Gregário Montanha)
  • Marc Hirschi (Média Montanha)
  • Jan Tratnik (Diretor na Estrada)
  • Mikkel Bjerg (Homem do Plano)
  • Vegard Stake Laengen (Homem do Plano)
Equipa para a Vuelta:
  • Juan Ayuso (Lider)
  • Marc Soler (Gregário Montanha)
  • Jan Polanc (Gregário Montanha)
  • Andrés Camilo Ardila (Gregário Montanha)
  • Pascal Ackermann (Sprínter)
  • Felix Groß (Lançador)
  • Rui Oliveira (Lançador)
  • Oliviero Troia (Homem do Plano)
Um equipa onde ninguém repete GV, o que na realidade é bem raro.
Fora isto a UAE podia apresentar nas clássicas do pavé uma equipa muito competente com:
  • Yves Lampaert
  • Matteo Trentin
  • Søren Kragh Andersen
  • Jan Tratnik
  • Ryan Gibbons
  • Rui Oliveira
  • Oliviero Troia
Não me parece ser um mercado impossível e a equipa ficaria reforçada em relação a este ano.

O calendário do João seria Volta ao Algarve - Paris-Nice/Tirreno-Adriatico (a que o Pogačar não quiser) - Volta Ciclista a Catalunya - Giro d'Italia.
O do Pogačar UAE Tour - Strade Bianche - Tirreno-Adriatico/Paris-Nice - Itzulia Basque Country (ou então Sanreno/Dwars door Vlaanderen/Ronde van Vlaanderen/ Flèche Wallonne e Liège-Bastogne-Liège) - Tour of Slovenia - Tour de France.

Olhando as provas WT os líderes da equipa a entrada da prova seriam:
  • Santos Tour Down Under - Marc Hirschi
  • Cadel Evans Great Ocean Road Roce - Marc Hirschi / Pascal Ackermann (depende do percurso)
  • UAE Tour - Tadej Pogačar
  • Omloop Het Nieuwsblad - Matteo Trentin
  • Strade Bianche - Tadej Pogačar
  • Paris-Nice - João Almeida ou Tadej Pogačar
  • Tirreno-Adriatico - Tadej Pogačar ou João Almeida
  • Milano-Sanremo - Søren Kragh Andersen
  • Volta Ciclista a Catalunya - João Almeida
  • Minerva Classic Brugge-De Panne - Álvaro José Hodeg
  • E3 Saxo Bank Classic - Yves Lampaert / Matteo Trentin / Søren Kragh Andersen / Jan Tratnik
  • Gent-Wevelgem in Flanders Fields - Yves Lampaert / Matteo Trentin / Søren Kragh Andersen / Jan Tratnik
  • Dwars door Vlaanderen - A Travers la Flandre - Yves Lampaert / Matteo Trentin / Søren Kragh Andersen / Jan Tratnik
  • Ronde van Vlaanderen - Tour des Flandres - Yves Lampaert / Matteo Trentin / Søren Kragh Andersen / Jan Tratnik
  • Itzulia Basque Country - Tadej Pogačar (Juan Ayuso caso Pogačar optar pelo calendário de clássicas)
  • Amstel Gold Race - Alessandro Covi
  • Paris-Roubaix - Yves Lampaert
  • La Flèche Wallonne - Ruben Guerreiro
  • Liège-Bastogne-Liège - Marc Hirschi
  • Tour de Romandie - Brandon McNulty
  • Eschborn-Flankfurt - Pascal Ackermann
  • Giro d'Italia - João Almeida
  • Critérium du Dauphiné - Juan Ayuso
  • Tour de Suisse - Brandon McNulty
  • Tour de France - Tadej Pogačar
  • Donostia San Sebastian Klasikoa - Marc Hirschi
  • Tour de Pologne - Rafal Majka
  • La Vuelta Ciclista a España - Juan Ayuso
  • BEMER Cyclassics - Pascal Ackermann
  • Bretagne Classic-Quest-France - Alessandro Covi
  • Benelux Tour - Søren Kragh Andersen
  • Grand Prix Cycliste de Québec - Alessandro Covi
  • Grand Prix Cycliste de Montréal - Alessandro Covi
  • Il Lombardie - Tadej Pogačar
  • Gree-Tour of Guangxi - ???????
(Pogačar obviamente lider na Milano-Sanremo, Dwars door Vlaanderen - A Travers la Flandre, Ronde van Vlaanderen, La Flèche Wallonne e Liège-Bastogne-Liège se optar pelo calendário de clássicas e também em todas as provas que fizer pós tour)

Não faço ideia se era sequer um calendário viável para os atletas em relação a estados de forma e assim ...
Feito no PCM eu sei que funciona 😅
 

Mihaly Siska

Bancada central
3 Junho 2014
1,765
738
Se eu estou no lugar do Matxin tentava ao máximo ter esta equipa em 2023: (informação dos contratos tirada do PCS)
  • CICLISTAS COM CONTRATO PARA 2023 (PAPEL):
    • Tadej Pogačar (Líder)
    • João Almeida (Líder)
    • Brandon McNulty (Có-Lider)
    • Juan Ayuso (Có-Lider)
    • Marc Soler (Gregário Montanha)
    • George Bennett (Gregário Montanha)
    • Finn Fisher-Black (Gregário Montanha)
    • Andrés Camilo Ardila (Gregário Montanha)
    • Marc Hirschi (Clássicas)
    • Alessandro Covi (Clássicas)
    • Pascal Ackermann (Sprínter)
    • Álvaro José Hodeg (Sprínter)
    • Felix Groß (Lançador)
    • Alexys Brunel (Rolador)
  • RENOVAÇÕES DE CONTRATO )PAPEL):
    • Rui Costa (Todo Terreno)
    • Rafal Majka (Gregário Montanha)
    • Matteo Trentin (Clássicas)
    • Jan Polanc (Gregário Montanha)
    • Ryan Gibbons (Clássicas)
    • Vegard Stake Laengen (Rolador)
    • Mikkel Bjerg (Rolador)
    • Yousif Mirza (Rolador)
    • Rui Oliveira (Clássicas + Lançador)
    • Oliviero Troia (Rolador)
    • Ivo Oliveira (Rolador)
  • CONTRATAÇÕES:
    • Ruben Guerreiro (Gregário Montanha)
    • Jan Hirt (Gregário Montanha)
    • Yves Lampaert (Clássicas)
    • Søren Kragh Andersen (Clássicas)
    • Jan Tratnik (Todo Terreno)
  • SAÍDAS:
    • Diego Ulissi (Tem sido ligado a nova equipa ProConti Italiana)
    • Fernando Gaviria (Tem de mudar de ares para voltar a ser um dos melhores sprinters do mundo)
    • Maximiliano Richeze (Fim de carreira)
    • Davide Formolo (Procurar uma equipa onde possa ter a liberdade para fazer o que quiser, não tem papel de trabalho, a não ser que seja para o Pogacar)
    • Juan Sebastián Molano (Devia procurar uma equipa onde pudesse ser aposta nas GV)
    • Joel Suter (Não tem mostrado o que apresentou no início do ano)
Para mim Có-Lider é liderança em corridas de uma semana e gregário nas grandes voltas.

Sendo assim, equipa para o Giro:
  • João Almeida (Líder)
  • Ruben Guerreiro (Gregário Luxo)
  • Jan Hirt (Gregário Montanha)
  • Finn Fisher-Black (Gregário Montanha)
  • Alessandro Covi (Média Montanha)
  • Søren Kragh Andersen (Média Montanha)
  • Rui Costa (Diretor na Estrada)
  • Ivo Oliveira (Homem do Plano)
Equipa para o Tour:
  • Tadej Pogačar (Líder)
  • Brandon McNulty (Gregário Luxo)
  • Rafal Majka (Gregário Montanha)
  • George Bennett (Gregário Montanha)
  • Marc Hirschi (Média Montanha)
  • Jan Tratnik (Diretor na Estrada)
  • Mikkel Bjerg (Homem do Plano)
  • Vegard Stake Laengen (Homem do Plano)
Equipa para a Vuelta:
  • Juan Ayuso (Lider)
  • Marc Soler (Gregário Montanha)
  • Jan Polanc (Gregário Montanha)
  • Andrés Camilo Ardila (Gregário Montanha)
  • Pascal Ackermann (Sprínter)
  • Felix Groß (Lançador)
  • Rui Oliveira (Lançador)
  • Oliviero Troia (Homem do Plano)
Um equipa onde ninguém repete GV, o que na realidade é bem raro.
Fora isto a UAE podia apresentar nas clássicas do pavé uma equipa muito competente com:
  • Yves Lampaert
  • Matteo Trentin
  • Søren Kragh Andersen
  • Jan Tratnik
  • Ryan Gibbons
  • Rui Oliveira
  • Oliviero Troia
Não me parece ser um mercado impossível e a equipa ficaria reforçada em relação a este ano.

O calendário do João seria Volta ao Algarve - Paris-Nice/Tirreno-Adriatico (a que o Pogačar não quiser) - Volta Ciclista a Catalunya - Giro d'Italia.
O do Pogačar UAE Tour - Strade Bianche - Tirreno-Adriatico/Paris-Nice - Itzulia Basque Country (ou então Sanreno/Dwars door Vlaanderen/Ronde van Vlaanderen/ Flèche Wallonne e Liège-Bastogne-Liège) - Tour of Slovenia - Tour de France.

Olhando as provas WT os líderes da equipa a entrada da prova seriam:
  • Santos Tour Down Under - Marc Hirschi
  • Cadel Evans Great Ocean Road Roce - Marc Hirschi / Pascal Ackermann (depende do percurso)
  • UAE Tour - Tadej Pogačar
  • Omloop Het Nieuwsblad - Matteo Trentin
  • Strade Bianche - Tadej Pogačar
  • Paris-Nice - João Almeida ou Tadej Pogačar
  • Tirreno-Adriatico - Tadej Pogačar ou João Almeida
  • Milano-Sanremo - Søren Kragh Andersen
  • Volta Ciclista a Catalunya - João Almeida
  • Minerva Classic Brugge-De Panne - Álvaro José Hodeg
  • E3 Saxo Bank Classic - Yves Lampaert / Matteo Trentin / Søren Kragh Andersen / Jan Tratnik
  • Gent-Wevelgem in Flanders Fields - Yves Lampaert / Matteo Trentin / Søren Kragh Andersen / Jan Tratnik
  • Dwars door Vlaanderen - A Travers la Flandre - Yves Lampaert / Matteo Trentin / Søren Kragh Andersen / Jan Tratnik
  • Ronde van Vlaanderen - Tour des Flandres - Yves Lampaert / Matteo Trentin / Søren Kragh Andersen / Jan Tratnik
  • Itzulia Basque Country - Tadej Pogačar (Juan Ayuso caso Pogačar optar pelo calendário de clássicas)
  • Amstel Gold Race - Alessandro Covi
  • Paris-Roubaix - Yves Lampaert
  • La Flèche Wallonne - Ruben Guerreiro
  • Liège-Bastogne-Liège - Marc Hirschi
  • Tour de Romandie - Brandon McNulty
  • Eschborn-Flankfurt - Pascal Ackermann
  • Giro d'Italia - João Almeida
  • Critérium du Dauphiné - Juan Ayuso
  • Tour de Suisse - Brandon McNulty
  • Tour de France - Tadej Pogačar
  • Donostia San Sebastian Klasikoa - Marc Hirschi
  • Tour de Pologne - Rafal Majka
  • La Vuelta Ciclista a España - Juan Ayuso
  • BEMER Cyclassics - Pascal Ackermann
  • Bretagne Classic-Quest-France - Alessandro Covi
  • Benelux Tour - Søren Kragh Andersen
  • Grand Prix Cycliste de Québec - Alessandro Covi
  • Grand Prix Cycliste de Montréal - Alessandro Covi
  • Il Lombardie - Tadej Pogačar
  • Gree-Tour of Guangxi - ???????
(Pogačar obviamente lider na Milano-Sanremo, Dwars door Vlaanderen - A Travers la Flandre, Ronde van Vlaanderen, La Flèche Wallonne e Liège-Bastogne-Liège se optar pelo calendário de clássicas e também em todas as provas que fizer pós tour)

Não faço ideia se era sequer um calendário viável para os atletas em relação a estados de forma e assim ...
Feito no PCM eu sei que funciona 😅
Deste agora uma de @DeepBlue do ciclismo. Excelente análise. Os tipos da UAE que te contratem.