Provedor do Sócio - Rodrigo de Barros

Roberto_FCP

Tribuna
9 Março 2012
4,942
3,245
33
RODRIGO DE BARROS É O PROVEDOR DO SÓCIO

Neto de Afonso Pinto de Magalhães, ex-presidente do FC Porto, vai estreitar a relação entre associados e Direção

“Senti que tinha de ser alguém que sentisse o FC Porto e escolhi o Rodrigo de Barros, neto de Afonso Pinto Magalhães, antigo presidente do clube. É um homem que nasceu no FC Porto, que sabe o que é ter paixão pelo FC Porto”. Foi com estas palavras que Jorge Nuno Pinto da Costa justificou a escolha de Rodrigo de Barros para o cargo de Provedor do Sócio. Esta nova figura que emerge no clube tem por missão ser uma voz ativa dos sócios, defender os seus direitos e estreitar a relação entre os associados e a Direção.

Como explica Rodrigo de Barros numa entrevista à edição de junho da revista “Dragões”, em breve nas bancas, o objetivo é “humanizar a relação” do clube com os seus sócios, ou seja, “facilitar a vida do sócio dentro do clube” e fazer também com que “o clube conheça os seus sócios”.

O Provedor do Sócio tem como tarefas receber, avaliar, atribuir graus de importância e responder às questões enviadas pelos sócios (queixas, recomendações, sugestões, notas diversas, pedidos de informações, etc.). Deverá também estar disponível para receber contactos dos sócios e prestar-lhes informações e dar seguimento às solicitações colocadas pelos associados e ainda promover e participar em reuniões com as Áreas Operacionais e a Direção, de modo a discutir as propostas dos sócios.

A Rodrigo de Barros compete a análise de situações de isenção, pagamento, quotizações, reclamações de atendimento e não resposta por parte dos serviços, e problemas de acessibilidades, cabendo-lhe ainda fazer recomendações e sugestões para a melhoria dos serviços e analisar as situações reportadas pelos sócios sobre falhas de informação, ausência de comunicação e erros administrativos. O Provedor do Sócio não irá dar seguimento a questões e esclarecimentos sobre contratações, equipas técnicas, dados médicos e dados de atletas.

http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/provedor_do_socio_.aspx
 

nuno queiros

Tribuna Presidencial
25 Abril 2007
5,375
512
42
Porto
Ontem dia 23 junho chegou a resposta à minha pergunta sobre a entrega das rosetas, lembro que não se faz essa cerimonia à mais de 2 anos.

"Caro Sócio,

Obrigado pelo seu contacto e pelas felicitações que me apresentou.

A entrega das Rosetas, assume grande importância e está na minha lista de prioridades, pelo que muito brevemente receberá uma comunicação especifica com todas as indicações.

Saudações Portistas,

Rodrigo Barros"
 

STEMPIN

Bancada central
10 Maio 2016
1,838
119
Será que já alguém enviou email a denunciar a venda de bilhetes na candonga à porta do Dragão Caixa?
 

apocalypto

Moderator
28 Novembro 2006
57,126
4,484
36
Braga
STEMPIN disse:
Será que já alguém enviou email a denunciar a venda de bilhetes na candonga à porta do Dragão Caixa?
Obviamente que muitos já o devem ter feito e não serviu de nada (nem vai servir). Os dirigentes compactuam com esta situação.
 

STEMPIN

Bancada central
10 Maio 2016
1,838
119
apocalypto disse:
Obviamente que muitos já o devem ter feito e não serviu de nada (nem vai servir). Os dirigentes compactuam com esta situação.
Mas agora com o provedor de sócio, que é o assunto do tópico, é suposto pelo menos recebermos uma resposta, não?

 

apocalypto

Moderator
28 Novembro 2006
57,126
4,484
36
Braga
STEMPIN disse:
Mas agora com o provedor de sócio, que é o assunto do tópico, é suposto pelo menos recebermos uma resposta, não?
Não sei, mas se houver resposta deve ser para dizerem que estão atentos ou vão averiguar (bla, bla, bla).
 

miguel1980

Tribuna
11 Dezembro 2013
2,868
83
apocalypto disse:
Não sei, mas se houver resposta deve ser para dizerem que estão atentos ou vão averiguar (bla, bla, bla).
Só por curiosidade, envias-te email a reportar essa situação?
 

apocalypto

Moderator
28 Novembro 2006
57,126
4,484
36
Braga
miguel1980 disse:
Só por curiosidade, envias-te email a reportar essa situação?
Não porque estaria a perder o meu tempo. Se eu sei que eles já sabem e nada fazem (nem vão fazer), para quê enviar emails?
 

jorgecosta2

Arquibancada
16 Março 2016
273
0
Um pormenor que me incomoda e gostaria de saber se alguém já questionou de alguma forma (assembleias gerais, por exemplo) - porquê terem deixado de passar a marcha do clube desde que transitamos das Antas para o Dragão?
 

lpmacedo

Tribuna Presidencial
15 Julho 2013
5,744
667
Já alguém recebeu uma resposta além da automática a dizer que o email vai ser analisado e respondido?
Eu enviei um há quase uma semana e ainda estou à espera. ..
 

André Dias

Tribuna
22 Novembro 2012
2,858
1
lpmacedo disse:
Já alguém recebeu uma resposta além da automática a dizer que o email vai ser analisado e respondido?
Eu enviei um há quase uma semana e ainda estou à espera. ..
nuno queiros disse:
Ontem dia 23 junho chegou a resposta à minha pergunta sobre a entrega das rosetas, lembro que não se faz essa cerimonia à mais de 2 anos.

"Caro Sócio,

Obrigado pelo seu contacto e pelas felicitações que me apresentou.

A entrega das Rosetas, assume grande importância e está na minha lista de prioridades, pelo que muito brevemente receberá uma comunicação especifica com todas as indicações.

Saudações Portistas,

Rodrigo Barros"
 

arkeru

Bancada central
13 Dezembro 2013
1,158
162
É suposto os sócios receberem uma resposta do sr. Rodrigo de Barros quando entramos em contacto com o provedor do sócio? É que enviei um e-mail há quase duas semanas e ainda só obtive a reposta automática.
 
25 Maio 2013
3,041
41
Trofa
Se é mesmo assim como dizes, esse lugar e outros do género não podem ser vendidos. Aliás, pelo menos nos jogos da UEFA, não se podem vender todos os lugares. Esse pode ser um dos que não se vendem.

Não sei se agiria da tua forma ou não, ou como foram as conversas, etc. O que sei é que situações destas não podem acontecer.

O Futebol Clube do Porto deve ser gerido como uma empresa. O seu público alvo são, primeiramente, os associados e os restantes adeptos. A gestão/resolução deste tipo de conflitos demonstram, de facto, a qualidade do serviço/profissionalismo da instituição.