Taça de Portugal 2018

Pedrix77

Tribuna Presidencial
6 Outubro 2016
7,858
3,476
Porto
A edição de 2018 da Taça de Portugal Jogos Santa Casa de Elite e Sub-23 inicia-se no próximo domingo, em Nogueira do Cravo, Oliveira de Azeméis, e prolonga-se até outubro.

O troféu de regularidade que junta as equipas continentais e de clube no mesmo pelotão contará com cinco provas pontuáveis, uma por mês, entre junho e outubro. As duas primeiras corridas surgem numa época alta da temporada, na aproximação aos Campeonatos Nacionais e à Volta a Portugal. As restantes três estão calendarizadas para depois da Volta, permitindo prolongar a época desportiva.

O arranque vai acontecer com o Memorial Bruno Neves, no dia 10 de junho. Seguir-se-ão a Volta a Albergaria-a-Velha, a 1 de julho, e o Grande Prémio de Mortágua, no dia 18 de agosto.

A região de Aveiro recebe a quarta prova da Taça de Portugal Jogos Santa Casa no dia 15 de setembro. O encerramento acontece em Tavira, no dia 6 de outubro, integrando um fim de semana prolongado, com três dias e diferentes eventos velocipédicos na cidade do Gilão.

“Os Jogos Santa Casa são a marca que mais apoia o desporto em Portugal. Dizemos, orgulhosamente, que o ciclismo tem todo o nosso apoio. Como naming sponsor da Taça de Portugal vemos esta competição como âncora no calendário desportivo, porque junta, no mesmo pelotão, as equipas profissionais de elite e sub-23. Em conjunto com a Federação Portuguesa de Ciclismo estamos a trabalhar para oferecer às equipas um calendário de qualidade, com corridas de referência, ao ritmo de, pelo menos, uma em cada mês. Como naming sponsor temos a ambição de transformar a Taça de Portugal num relevante acontecimento desportivo, à escala nacional, para que, mais e melhores ciclistas tenham a oportunidade de competir e cativar mais amantes para a modalidade do ciclismo”, afirma a Sub Diretora de Gestão de Marca e Patrocínios da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, Maria Cunha.

Samuel Caldeira (W52-FC Porto), na categoria de elite, e Xuban Errazkin (Vito-Feirense-BlackJack), em sub-23, foram os vencedores da Taça de Portugal Jogos Santa Casa em 2017. O algarvio não poderá repetir o feito, pois encontra-se lesionado, mas o basco é um forte candidato a triunfar novamente entre os mais jovens.


Calendário de Provas:

. 10 de junho: 10º Memorial Bruno Neves
. 1 de julho: Volta a Albergaria
. 18 de agosto: Grande Prémio Mortágua
. 15 de setembro: Região de Aveiro
. 6 de outubro: Tavira
 

Pedrix77

Tribuna Presidencial
6 Outubro 2016
7,858
3,476
Porto



1ª Prova: 10º Memorial Bruno Neves

A 10ª edição do Memorial Bruno Neves, no próximo domingo, marca o arranque da Taça de Portugal nos escalões de Elites e Sub 23. Esta prova, que continua a recordar o malogrado ciclista de Nogueira do Cravo, vai reunir as melhores equipas portuguesas, e algumas estrangeiras, num total a rondar as duas dezenas, formando aquele que será o maior pelotão de sempre de um Memorial Bruno Neves.

O percurso terá um total de 146 quilómetros, num circuito de sete voltas, com partida marcada para as 13 horas na Zona Industrial de Oliveira de Azeméis (em frente à Simoldes). Duas horas antes, há uma partida simbólica no Largo da República, em frente à Câmara Municipal, com os ciclistas a percorrerem algumas ruas da cidade.


O pelotão será composto por 16 equipas.
Continental: Aviludo-Louletano, Efapel, LA Alumínios, Liberty Seguros-Carglass, Miranda-Mortágua, RP-Boavista,  Sporting-Tavira, Vito-Feirense-Blackjack, W52-FC Porto.
Equipas de Clube/Amadoras: ACDC Trofense, Aluminios Cortizo-Anova, Construcciones Paulino Kuota, FGP-Cube-Bombarral, Jorbi-Team José Maria Nicolau, Fortunna-Maia, Sicasal-Constantinos-Delta Cafés.
 

Pedrix77

Tribuna Presidencial
6 Outubro 2016
7,858
3,476
Porto
A nossa equipa para 10º Memorial Bruno Neves:

Ángel Rebollido
Tiago Ferreira
Raúl Alarcón
António Carvalho
Daniel Freitas

Destaque para o regresso do Alarcon, que regressa, uns dias mais cedo que o previsto. Que recupere a forma, pois é um elemento importantíssimo na nossa equipa.
 

Pedrix77

Tribuna Presidencial
6 Outubro 2016
7,858
3,476
Porto
Vitória para o António Barbio da Miranda Mortágua.

O melhor classificado da nossa equipa foi o Tiago Ferreira
 

Pedrix77

Tribuna Presidencial
6 Outubro 2016
7,858
3,476
Porto
Prova pontuável para a Taça de Portugal Jogos Santa Casa de Elite e Sub-23 terminou com o triunfo isolado do ciclista da Miranda-Mortágua

António Barbio (Miranda-Mortágua) venceu isolado a 10.ª Edição do Memorial Bruno Neves, em Nogueira do Cravo (Oliveira de Azeméis) convertendo-se no primeiro líder da Taça de Portugal Jogos Santa Casa de Elite e Sub-23. O russo Aleksandr Grigoriev (Sporting-Tavira) foi o segundo classificado, seguido por Pedro Paulinho (Efapel).

O triunfo do ciclista de Sobral de Monte Agraço no 10.º Memorial Bruno Neves começou a desenhar-se à entrada da sétima e última volta do percurso, quando faltaram percorrer cerca de 20 dos 146 quilómetros da corrida. O ataque do ciclista da Miranda-Mortágua apanhou desprevenido os rivais com que seguia na fuga permitindo-lhe ganhar preciosos segundos que se converteram, na linha de meta, em 1m01s de vantagem sobre o segundo classificado do dia, o russo Aleksandr Grigoriev (Sporting-Tavira).

A corrida disputada sob condições meteorológicas adversas foi uma prova de resistência e eliminação à qual sobraram 52 ciclistas classificados. Um primeiro grupo de 22 homens comandou as operações no primeiro terço da corrida, dando lugar, em nova seleção de valores a meio da viagem, com quatro ciclistas na frente: António Barbio (Miranda-Mortágua), José Ferreira (W52-FC Porto), Luís Gomes (RP-Boavista) e Frederico Figueiredo (Sporting-Tavira). Estes ainda receberam a companhia de mais três corredores, Bruno Silva (Efapel), Hugo Nunes (Miranda-Mortágua) e Ivo Oliveira (Axeon) para as duas voltas finais mas a nova situação de corrida não agradou a Barbio tendo o comandado de Pedro Silva optado por antecipar os ataques lançando a sua cartada pessoal.

Com as características de rolador que lhe são reconhecidas e seguindo um um padrão de ataque idêntico ao do ano passado, aquando da sua vitória na sétima etapa da Volta a Portugal (Santo Tirso), António Barbio pedalou isolado para a sua primeira vitória da época, somando os primeiros 75 pontos da Taça de Portugal Jogos Santa Casa de Elite e Sub-23.

A decisão dos lugares seguintes premiou a equipa mais inconformada, o Sporting-Tavira, que forçou a perseguição na cabeça do pelotão até lançar para o segundo lugar do dia por intermédio de Grigoriev.

Nas contas finais do 10.º Memorial Bruno Neves, a Miranda-Mortágua foi a equipa que mais se avistou nas cerimónias protocolares tendo à vitória de Barbio somado o triunfo na classificação por equipas e das classificações gerais da montanha, metas-volantes e juventude, por intermédio de Hugo Nunes.

Luís Gomes (RP-Boavista) foi o vencedor da classificação dos sprints-especiais.

Na classificação da Taça de Portugal Jogos Santa Casa de Elite e Sub-23, António Barbio lidera com 75 pontos, seguindo-se Aleksandr Grigoriev (65 pontos) e Pedro Paulinho (60 pontos). Nos sub-23, a liderança do troféu é pertença de Hugo Nunes.

A próxima prova pontuável para o troféu decorre a 1 de julho com a realização da Volta a Albergaria.


CLASSIFICAÇÃO
1.º António Barbio (Miranda-Mortágua), 3h28m39s
2.º Aleksandr Grigoriev (Sporting-Tavira), a 1m01s
3.º Pedro Paulinho (Efapel), a 1m06s
4.º Luís Gomes (RP-Boavista), mt
5.º David Rodrigues (RP-Boavista), a 1m10s
6.º Hugo Nunes (Miranda-Mortágua), a 1m15s
7.º Frederico Figueiredo (Sporting-Tavira), a 1m24s
8.º Bruno Silva (Efapel), a 1m26s
9.º José Ferreira (W52-FC Porto), a 1m40s
10.º Ivo Oliveira (Hagens Berman Axeon), a 2m14s

Ranking Taça de Portugal Jogos Santa Casa (ELITE)
1.º António Barbio (Miranda-Mortágua), 75 pontos
2.º Aleksandr Grigoriev (Sporting-Tavira), 65
3.º Pedro Paulinho (Efapel), 60
4.º Luís Gomes (RP-Boavista), 55
5.º David Rodrigues (RP-Boavista), 50
6.º Hugo Nunes (Miranda-Mortágua), 45
7.º Frederico Figueiredo (Sporting-Tavira), 40
8.º Bruno Silva (Efapel),35
9.º José Ferreira (W52-FC Porto), 30
10.º Ivo Oliveira (Hagens Berman Axeon), 25

Ranking Taça de Portugal Jogos Santa Casa (Sub-23)
1.º Hugo Nunes (Miranda-Mortágua), 75 pontos
3.º Francisco Campos (Miranda-Mortágua), 65
4.º André Carvalho (Liberty-Seguros), 55
5.º André Ramalho (Jorbi-Team José Maria Nicolau), 50
6.º Emanuel Duarte (FGP-Cube-Bombarral), 45
7.º Gonçalo Carvalho (Miranda-Mortágua), 40
8.º João Salgado (RP-Boavista), 35
9.º João Leite (Vito-Feirense-Blackjack), 30
10.º João Carneiro (Liberty Seguros/Carglass), 2

In Federação Portuguesa de Ciclismo
 

Pedrix77

Tribuna Presidencial
6 Outubro 2016
7,858
3,476
Porto
Classificação Portista:

Prova:
9º Tiago Ferreira a 1:40
29º António Carvalho a 3:40
47º Raul Alarcon a 8:46
48º Angel Rebollido mt
Daniel Freitas DNF

Geral Equipas:
8º W52/FCPorto a 10m

Geral Montanha:
7º Tiago Ferreira 1 pt

Geral Metas Volantes:
8º Tiago Ferreira 1 pt

Geral da Taça de Portugal:
9º Tiago Ferreira 30 pts
29º António Carvalho 3 pts
47º Raul Alarcon 1 pt
48º Angel Rebollido 1 pt
 

Pedrix77

Tribuna Presidencial
6 Outubro 2016
7,858
3,476
Porto
Corre-se amanhã a segunda prova da taça de Portugal, a volta a Albergaria.

Os nossos ciclistas para a Volta a Albergaria:
. António Carvalho
. Angel Rebollido 
. Daniel Freitas
. José Neves
. Tiago Ferreira
 

Pedrix77

Tribuna Presidencial
6 Outubro 2016
7,858
3,476
Porto
Na 2ª Prova da Taça de Portugal ganhou o Marcos Jurado da Efapel.

Angel Rebollido foi 2º
 

Pedrix77

Tribuna Presidencial
6 Outubro 2016
7,858
3,476
Porto
O espanhol Marcos Jurado (Efapel) conquistou hoje a 18.ª edição da Volta a Albergaria, segunda prova pontuável para a Taça de Portugal Jogos Santa Casa de Elite e Sub-23. António Barbio (Miranda-Mortágua) conservou o comando da geral em elite, enquanto André Carvalho (Liberty Seguros-Carglass) ascendeu ao topo em sub-23, em igualdade pontual com Hugo Nunes (Miranda-Mortágua).

A corrida de 155,7 quilómetros foi palco de múltiplos ataques, que desmembraram o pelotão e impediram uma disputa ao sprint entre um grupo numeroso. Acabou por ser um trio de espanhóis a adiantar-se a toda a concorrência.

O mais forte dos três foi Marcos Jurado, que terminou a prova em 3h48m32s. Com o mesmo tempo, na posição imediata, colocou-se o compatriota Ángel Sánchez (W52-FC Porto). David de la Fuente (Aviludo-Louletano-Uli) foi terceiro, a 2 segundos.

“É a minha primeira vitória da época. O meu trabalho era tentar estar no corte final, o que consegui. Nem sempre ganha sempre o que tem mais força, por vezes é o que tem mais cabeça. Sabia que o final era em subida, o que me favorecia”, salientou Marcos Jurado, após vencer a corrida.

António Barbio foi o 14.º a cortar a meta, um desempenho que lhe permite manter-se no topo da geral da Taça de Portugal Jogos Santa Casa de Elite, somando agora 86 pontos. A Efapel conta com dois homens perto da frente, ambos com 75 pontos, Marcos Jurado e Pedro Paulinho.

André Carvalho foi o quinto classificado, melhor sub-23, em Albergaria. Deste modo, o famalicense assumiu o comando da geral dos mais jovens, com 130 pontos, os mesmos do anterior primeiro classificado, Hugo Nunes (Miranda-Mortágua). Segue-se Francisco Campos (Miranda-Mortágua), com 125 pontos.

A próxima prova da Taça de Portugal Jogos Santa Casa de Elite e Sub-23 é o Grande Prémio de Mortágua, marcado para o dia 18 de agosto.

Classificação da Volta a Albergaria
1.º Marcos Jurado (Efapel), 3h48m32s
2.º Ángel Sánchez (W52-FC Porto), mt
3.º David de la Fuente (Aviludo-Louletano-Uli), mt
4.º Edgar Pinto (Vito-Feirense-BlackJack), a 25s
5.º André Carvalho (Liberty Seguros-Carglass), a 39s
6.º Francisco Campos (Miranda-Mortágua), mt
7.º André Ramalho (Jorbi/Team José Maria Nicolau), mt
8.º Juan Ignácio Pérez (Aviludo-Louletano-Uli), mt
9.º José Neves (W52-FC Porto), mt
10.º Nuno Meireles (Miranda-Mortágua), a 54s

In Federação Portuguesa de Ciclismo
 

Pedrix77

Tribuna Presidencial
6 Outubro 2016
7,858
3,476
Porto
Classificação Portista:

Prova:
2º Angel Rebollido
9º José Neves a 39s
12º Daniel Freitas a 1:19
40º Tiago Ferreira a 10:46
António Carvalho DNS

Geral Equipas:
1º W52/FCPorto

Geral Montanha:
1º Angel Rebollido 13 pts
2º Tiago Ferreira 10 pts

Geral Municipio de Albergaria:
1º Angel Rebollido 6 pts
4º Tiago Ferreira 2 pts

Geral Metas Volantes:
1º Angel Rebollido 14 pts
6º Tiago Ferreira 1 pt
 

Pedrix77

Tribuna Presidencial
6 Outubro 2016
7,858
3,476
Porto
A terceira prova pontuável para a Taça de Portugal Jogos Santa Casa de Elite e Sub-23 corre-se no próximo sábado, em Mortágua. Na segunda-feira, em Alcobaça, é a vez da final da Taça de Portugal Jogos Santa Casa de Paraciclismo. Pelo meio há os festivos circuitos de verão.

O 18.º Grande Prémio de Ciclismo de Mortágua será a terceira prova pontuável para a Taça de Portugal Jogos Santa Casa de Elite e Sub-23. A prova, sempre exigente pelo percurso e pelo previsível calor, vai juntar as equipas continentais e de clube para uma corrida que se inicia às 12h00 e tem 144 quilómetros. Prevê-se o final para cerca das 15h30, à quarta passagem do pelotão pela zona de meta.

A equipa da casa, Miranda-Mortágua, comanda a Taça de Portugal na categoria de elite, através de António Barbio. O adversário mais próximo, a cinco pontos, é o espanhol Marcos Jurado (Efapel), estando o terceiro, Pedro Paulinho (Efapel), a 12 pontos da frente. O melhor sub-23 até ao momento é André Carvalho (Liberty Seguros-Carglass), com 130 pontos, mais cinco do que os dois rivais mais próximos, Hugo Nunes e Francisco Campos, ambos da Miranda-Mortágua.
 

Pedrix77

Tribuna Presidencial
6 Outubro 2016
7,858
3,476
Porto
Corre-se amanhã a terceira prova da taça de Portugal, o 18.º Grande Prémio de Ciclismo de Mortágua:

Os nossos ciclistas para o Grande Prémio de Ciclismo de Mortágua:
. Gustavo Veloso
. Samuel Caldeira
. César Fonte
. Daniel Freitas
. Tiago Ferreira
. Angel Rebollido 

 

Pedrix77

Tribuna Presidencial
6 Outubro 2016
7,858
3,476
Porto
Vitória para o Márcio Barbosa do Louletano.

Daniel Freitas 10°

Enviado do meu SM-G950F através do Tapatalk

 

Pedrix77

Tribuna Presidencial
6 Outubro 2016
7,858
3,476
Porto



A Taça de Portugal Jogos Santa Casa de Elite e Sub-23 termina no próximo domingo, dia escolhido para a quarta e última prova pontuável, a disputar entre Anadia e a Murtosa.

Os corredores terão pela frente uma viagem de 151,6 quilómetros, que se inicia na Câmara Municipal de Anadia, às 11h30 de domingo, terminando cerca das 15h00, no Parque Municipal de Murtosa. Duas contagens de montanha, em Talhadas e em Sever do Vouga, sensivelmente a meio da prova, são os pontos de seleção mais previsíveis, embora a fase final, se o vento estiver de feição, possa também ser aproveitada para ataques que retalhem o pelotão.

David Rodrigues (Rádio Popular-Boavista) comanda a Taça de Portugal Jogos Santa Casa na categoria de elite, dispondo de uma vantagem confortável sobre os concorrentes principais. O boavisteiro soma 121 pontos contra os 93 de Marcos Jurado (Efapel) e os 92 de António Barbio (Miranda-Mortágua). Apesar da diferença considerável, matematicamente ainda há 18 corredores em condições de conquistar o troféu, pelo que se espera uma prova animada no próximo domingo.

As contas na categoria de sub-23 são ainda mais apertadas. André Carvalho (Liberty Seguros-Carglass) e Francisco Campos (Miranda-Mortágua) estão empatados no topo, com 190 pontos. Hugo Nunes (Miranda-Mortágua) é o terceiro, a 10 pontos dos comandantes.


 

Pedrix77

Tribuna Presidencial
6 Outubro 2016
7,858
3,476
Porto
O César Fonte venceu a última prova da Taça de Portugal.

A geral ficou para o David Rodrigues e nos sub23 venceu o Francisco Campos
 

Pedrix77

Tribuna Presidencial
6 Outubro 2016
7,858
3,476
Porto
David Rodrigues e Francisco Campos conquistam Taça de Portugal

César Fonte (W52-FC Porto) venceu hoje a última prova pontuável, mas o destaque principal recai em David Rodrigues (Rádio Popular-Boavista) e em Francisco Campos (Miranda-Mortágua), que conquistaram a Taça de Portugal Jogos Santa Casa na categoria de elite e sub-23, respectivamente.

As decisões ficaram guardadas para a derradeira prova, hoje disputada entre Anadia e a Murtosa, ao longo de 151,6 quilómetros. A corrida foi animada por sucessivas tentativas de fuga, que o pelotão foi anulando, até perto dos quilómetros finais.

Já na aproximação à meta, dois corredores conseguiram destacar-se e não voltaram a ser alcançados. O minhoto César Fonte levou a melhor sobre o espanhol Jacobo Ucha (Fortunna/Maia). O pelotão chegou 29 segundos mais tarde, encabeçado por Francisco Campos (Miranda-Mortágua).

A luta pela geral da Taça de Portugal Jogo Santa Casa travou-se no seio do pelotão. David Rodrigues foi o oitavo a cortar a meta, garantindo o triunfo em elite, com um total de 156 pontos no final das quatro provas do Troféu. Seguiram-se, na geral de elite, dois sub-23, Francisco Campos e André Carvalho (Liberty Seguros-Carglass).

A classificação geral de sub-23 foi conquistada por Francisco Campos, seguido por André Carvalho e por Hugo Nunes (Miranda-Mortágua).


In Federação Portuguesa de Ciclismo
 

Pedrix77

Tribuna Presidencial
6 Outubro 2016
7,858
3,476
Porto
Classificação Portista:

Prova:
1º César Fonte
9º Daniel Freitas a 29s
14º António Carvalho mt
23º Gustavo Veloso mt
39º Ricardo Mestre a 10:36
41º Samuel Caldeira mt
José Fernandes DNF
Tiago Ferreira DNF

Geral Equipas:
1º W52/FCPorto

Geral Montanha:
6º César Fonte 4 pts

Geral Metas Volantes:
1º Ricardo Mestre 11 pts
7º Samuel Caldeira 1 pt


Geral Final da Taça de Portugal:
10º César Fonte 77 pts
13º Daniel Freitas 70 pts
16º Angel Rebollido 66 pts
29º Tiago Ferreira 32 pts
30º José Fernandes 30 pts
38º António Carvalho 14 pts
58º Gustavo Veloso 5 pts
68º Samuel Caldeira 4 pts
86º Ricardo Mestre 2 pts
102º Raul Alarcon 1 pt