Portal dos Dragões

Arquibancada
14 Maio 2017
191
203
A decisão sumária do Constitucional, datada de 11 de maio e a que a Lusa teve acesso, nega seguimento ao recurso” dos azuis e brancos, interposto depois de o presidente do Tribunal da Relação do Porto (TRP) negar o pedido de escusa (afastamento) apresentado pelo juiz Eduardo Pires, no qual o desembargador assume ser sócio dos encarnados e acionista da Benfica SAD.



Entretanto, o FC Porto já fez saber que irá apresentar junto do Tribunal Constitucional uma reclamação pela decisão tomada.



Em junho do ano passado, o FC Porto recorreu para o TRP, depois de ter sido condenado na primeira instância ao pagamento de cerca de dois milhões de euros pela divulgação de correio eletrónico por Francisco J. Marques no programa televisivo Universo Porto da Bancada, do Porto Canal, entre abril de 2017 e fevereiro de 2018.



O recurso foi distribuído ao juiz desembargador Eduardo Pires que, por ser sócio do Benfica, apresentou um pedido de escusa de intervir neste processo...
Continue lendo...
 
Última edição por um moderador:

Dexter2020

Bancada central
21 Junho 2019
1,613
1,730
Conquistas
2
47
  • Taça de Portugal 19/20
  • Campeão Nacional 19/20
Um fervoroso, sócio e accionista da Benfica SAD a julgar um caso em que essa SAD está envolvida.

eheheheh...se isto não dá para rir, não dá para muito mais. A outra hipótese é chorar de raiva.
 
  • Like
Reações: Sir_Machado