Futebol

«Saí de Liverpool convencido de que podemos estar nas meias-finais»

2019-04-12

Redação Portal dos Dragðes

Felipe foi subcapitão do FC Porto em Liverpool [Herrera não jogou e Danilo usou a braçadeira] e é, nesta altura e já desde há algum tempo a esta parte, uma das vozes mais respeitadas dos dragões a nível interno. O aviso é, por isso, mais importante: "Temos de vencer em Portimão. A malta sabe que tem de mudar o chip", alertou Felipe, logo após a derrota em Anfield Road, apontando as baterias à deslocação a Portimão, pouco depois de a equipa aterrar no Aeroporto Francisco Sá Carneiro.

O Liverpool está ainda bem presente na memória, mas não há tempo para lamentos, porque o campeonato é uma luta cerrada com o Benfica e não admite margem para mais erros nas seis "finais" que restam até ao fim. O Xerife concorda e repete o aviso à navegação. "É um jogo completamente diferente. Temos de mudar já o chip e saber que temos o Portimonense pela frente. Temos de vencer para nos mantermos na frente e conseguir dar esse passo até ao final", prosseguiu.

A cumprir o segundo de dois jogos de castigo (acumulara nove cartões amarelos e depois foi expulso na Taça, em Braga), Felipe vai estar a sofrer mas sem poder dar o seu contributo. "É difícil estar de fora, queria estar sempre a ajudar a equipa, mas são coisas que acontecem", lamentou, a propósito das sanções disciplinares. "É esperar passar esse jogo e a malta dar uma resposta com a vitória e depois eu estou de volta", sorriu, confiante naquilo que os colegas possam fazer na sua ausência. "A equipa está preparada para vencer em Portimão", confia.

No fim... o princípio. E isto porque o Liverpool, sendo o último adversário, deixou de ser o mais importante a partir do momento em que o jogo terminou. Novo jogo com os "reds" só na próxima quarta-feira e até lá há tempo para pensar e afinar estratégia, sobretudo depois da partida no Algarve. É obrigatório vencer, pelo menos, por 2-0. Possível? "Saio de Liverpool convencido de que podemos estar nas meias-finais, porque temos o jogo da segunda volta, no Dragão, onde somos muito fortes", justificou o central do FC Porto. "A intenção era fazer um golo em Anfield, mas como não conseguimos, agora é ir com tudo e tentar passar", concluiu, antes de deixar, nas redes sociais, uma mensagem para os milhares de seguidores. "Seguimos fortes", garantiu.

Últimas

Últimas mensagens no Fórum

Outras Ligas Europeias 2018/2019 por bluevertigo
Hoje às 11:11 pm

Programa "Universo Porto da Bancada" por Portvscale
Hoje às 11:10 pm

Juvenis (Sub 17) - 2018/19 por Drago
Hoje às 11:05 pm

Óliver Torres por sirmister
Hoje às 11:05 pm

Selecção Sub 18 por Drago
Hoje às 11:01 pm

2ª Liga, 31ª J.: FC Porto B-Varzim 0-1 por Drago
Hoje às 10:48 pm