SAD

Matos Fernandes renuncia a cargos no FC Porto

2020-01-10

Redação Portal dos Dragðes

O presidente da Assembleia Geral da SAD e do clube, Matos Fernandes, renunciou aos cargos em protesto contra uma nova norma - que entrou em vigor no dia 1 de janeiro - do estatuto dos magistrados judiciais, que impõe um pedido de autorização do Conselho Superior de Magistratura para integrar órgãos sociais de clubes desportivos profissionais.

O juiz jubilado não aceitará o facto de ter de pedir autorização ao Conselho Superior da Magistratura para desempenhar as funções que tem tido no clube portista.

O Conselho Superior da Magistratura (CSM), recorde-se, pretende que os juízes não participem em órgãos estatutários de entidades envolvidas em competições desportivas profissionais.

Os procuradores e juízes têm de consultar o CSM sempre que façam parte (ou queiram fazer) em órgãos diretivos de estruturas desportivas, em clubes ou nas entidades que tutelam o futebol, como a Federação Portuguesa de Futebol ou na Liga, por exemplo.

Essas funções têm de ser aprovadas pelos respetivos Conselhos Superiores.

O FC Porto e a SAD terão agora de nomear um novo presidente da Assembleia Geral.

Últimas

Últimas mensagens no Fórum

48ªJ [18-20/Fev] por psychopiu
Hoje às 03:48 pm

Política nacional por Porto sentido
Hoje às 03:40 pm

Campeonato Nacional 1ª Divisão 2019/2020 por Pedrix77
Hoje às 03:35 pm

Prova de Abertura - Região de Aveiro (1.12) por Pedrix77
Hoje às 03:31 pm

Espanha - La Liga - 2019/20 por simao977
Hoje às 03:12 pm

Programa "Pé em Riste" por jaco250
Hoje às 02:40 pm