Autor Tópico: Os problemas que afectam o futebol jovem  (Lida 9831 vezes)

Offline Treinador de Bancada

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 8.921
  • Desde: Mar 2012
Eu acho que o futuro desse jogador será no futsal.

Offline Vlk

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 9.335
  • Desde: Jun 2014
Isto nem é bem um problema, mas nesta semana vinha uma notícia na capa do Sol a dizer que estavam no Seixal vários filhos de ex-jogadores nossos. Para além do filho do Conceição, alguém sabe quem são os outros?

@Paul Ashworth, @DeepBlue, @jmj, @Drago

Offline Drago

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 10.833
  • Desde: Jul 2006
Um tal de Vasco Paciência, que falta faz agora, com o Fábio retido na lota fedorenta do peixe da Nazaré, e vamos ver se ainda não faz uma graçola, agora que anda a meter uns golos por lá.


Offline Vlk

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 9.335
  • Desde: Jun 2014
Um tal de Vasco Paciência, que falta faz agora, com o Fábio retido na lota fedorenta do peixe da Nazaré, e vamos ver se ainda não faz uma graçola, agora que anda a meter uns golos por lá.

Já não me lembrava do Vasco. Mas fazem uma notícia de capa num generalista por 2 jogadores?

Offline Drago

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 10.833
  • Desde: Jul 2006
Não garanto que não existam mais.

Mas para propaganda, 2 já chega e sobra.


De qualquer forma, é um sintoma. Não me recordo de outro caso semelhante.

Offline jmj

  • Arquibancada
  • *
  • Mensagens: 433
  • Desde: Abr 2016
Vamos lá recapitular. O Paciência saiu do nosso clube, porque percebeu que com o Fábio iria aquecer muitas vezes o banco. Se até com o irresponsável do Leandro Campos era suplente, quanto mais com o Fábio. Vai para o Boavista e faz meia-dúzia de jogos e em Janeiro muda-se para a margem sul, suponho eu, porque lá os bancos são mais confortáveis, especialmente no final de cada mês.
Pessoalmente, preferia que tivesse sido possível aproveitar o Leo. Era capaz de fazer coisas geniais. Mas a falta de responsabilidade daquela criatura era assustadora, até dentro de campo, tinham de ser os próprios colegas a chamá-lo à atenção. Chegava a ser desesperante. Um Leo empenhado e comprometido com a equipa, a jogar ao lado de Fábio Silva, Fábio Vieira, J. Mário, Sousa, Romário, Vítor, etc., seria algo de memorável.

Offline Drago

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 10.833
  • Desde: Jul 2006
Entre nkeng, perea e duarte moreira, prefiro meio Vasco Paciência.


Mas isso, cada um com a sua preferência.

Offline jmj

  • Arquibancada
  • *
  • Mensagens: 433
  • Desde: Abr 2016
Entre nkeng, perea e duarte moreira, prefiro meio Vasco Paciência.

Nada do que disse contraria essa afirmação. Mas volto à questão inicial, será que o Paciência aceitaria desempenhar o mesmo papel que o Nkeng e o Perea estão a fazer?

Offline Drago

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 10.833
  • Desde: Jul 2006
Nada do que disse contraria essa afirmação. Mas volto à questão inicial, será que o Paciência aceitaria desempenhar o mesmo papel que o Nkeng e o Perea estão a fazer?

Pelo que eu sei, o Paciência tinha contracto até ao final deste ano. Teve que rescindir com o FC Porto.

Se ia aceitar ser suplente do Fábio? Não sei responder a isso, mas como mero espectador, imagino muita maior rotação na posição 9 entre os dois do que o Fábio e os outros todos que lá estão. Não haveria uma quase hecatombe de qualidade. O Vasco pode ser mole, algo desligado do jogo, fugir da luta com os centrais, mas sabe ter uma bola nos pés.

Offline jmj

  • Arquibancada
  • *
  • Mensagens: 433
  • Desde: Abr 2016
Pelo que eu sei, o Paciência tinha contracto até ao final deste ano. Teve que rescindir com o FC Porto.

Se ia aceitar ser suplente do Fábio? Não sei responder a isso, mas como mero espectador, imagino muita maior rotação na posição 9 entre os dois do que o Fábio e os outros todos que lá estão. Não haveria uma quase hecatombe de qualidade. O Vasco pode ser mole, algo desligado do jogo, fugir da luta com os centrais, mas sabe ter uma bola nos pés.

Concordo que com o Paciência haveria espaço para maior rotação. Mas a saída para o Boavista, uma equipa que curiosamente está em vias de descer de divisão, leva-me a crer que o que ele queria era jogar o máximo de tempo possível e como tal, um regime de rotação com o Fábio era insuficiente, principalmente no seu último ano de júnior.
« Última modificação: 13/Mai/19, 09:10 por jmj »

Offline Drago

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 10.833
  • Desde: Jul 2006
Concordo, que com o Paciência haveria espaço para maior rotação. Mas a saída sair para o Boavista, uma equipa que curiosamente está em vias de descer de divisão, leva-me a crer que o que ele queria era jogar o máximo de tempo possível e como tal, um regime de rotação com o Fábio era insuficiente, principalmente no seu último ano de júnior.

Se fosse assim, teria continuado na rotunda.

E no regime não tem jogado assim tanto. Embora, 6 jogos 3 golos.

Algo se passou. E não é coincidência Gonçalo sair e Vasco também.

Offline FCP07

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 4.282
  • Desde: Dez 2007
acho que uma epoca na B podera fazer bem ao nkeng. e um típico jogador de area, das poucas vezes que jogou vai quase sempre marcando. se tiver 18anos...

Offline jmj

  • Arquibancada
  • *
  • Mensagens: 433
  • Desde: Abr 2016
Se fosse assim, teria continuado na rotunda.

E no regime não tem jogado assim tanto. Embora, 6 jogos 3 golos.

Algo se passou. E não é coincidência Gonçalo sair e Vasco também.

É possível que sim.
Em relação à ida para o Seixal, acho que se enquadra na política de terra queimada encetada por aquele clube. Provavelmente, ofereceu-lhe um contrato muito acima do que alguém lhe ofereceria e ele aceitou.
Se o Paciência não resultar, não há problema. Aguenta-se com o prejuízo financeiro. Se ele der alguma coisa, exibem-no como troféu de guerra.
Não tenho dúvidas, principalmente após a nossa conquista da YL e com a eventual conquista do campeonato, que este tipo de acções se irão intensificar e o conflito vai escalar ainda mais.