Autor Tópico: André Silva  (Lida 442256 vezes)

Offline grandeporto

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 18.939
  • Desde: Ago 2006
Re: Tópico do André Silva
12/Out/14, 16:16 • #85037
Então se nos últimos 15 anos de formação não aprece ninguém com estaleca para chegar à nossa equipa A está bem de ver que a culpa é dos jogadores.

É simples acaba se com a formação. Somos um clube rico prescindimos da formação.
É da maneira que acabamos com esta chatice de criticar os excelentes  Responsáveis pela formação.
Os tais que ano passado praticamente disseram que não prescindiam de ter a melhor equipa A de Portugal para ter a melhor formação.

Doriva

  • Visitante
Re: Tópico do André Silva
12/Out/14, 16:27 • #19085
Então se nos últimos 15 anos de formação não aprece ninguém com estaleca para chegar à nossa equipa A está bem de ver que a culpa é dos jogadores.

É simples acaba se com a formação. Somos um clube rico prescindimos da formação.
É da maneira que acabamos com esta chatice de criticar os excelentes  Responsáveis pela formação.
Os tais que ano passado praticamente disseram que não prescindiam de ter a melhor equipa A de Portugal para ter a melhor formação.

Se nos últimos 15 anos não aparece quase ninguém com estaleca para chegar à equipa A, está bem de ver que a culpa é da política para a formação de forma total, ou quase: desde dirigentes a treinadores e... a jogadores, que são fraquinhos na sua franca e esmagadora maioria. Porque ao contrário do que aqui se lê amiúde, não houve nos últimos tempos (como diz o everfcp) um único jogador vindo das camadas jovens com capacidade para pegar de estaca no plantel principal e jogar com regularidade que tenha sido dispensado. Isto é absolutamente cristalino e é aqui que as teorias de alguns - que acham que temos/tivemos diamantes a quem, por razões obscuras, não são/foram dadas oportunidades - esbarram por completo.

Redefinir a política desportiva da formação do Porto é premente, sem dúvida. Mas é certo, de qualquer maneira, que nunca se chegará aos níveis demagógicos que alguns acham que poderemos chegar. Nunca seremos o Barcelona, nem nunca teremos uma máquina de fabricar jogadores nas nossas escolas que nos permita ter um onze/base composto sequer por 45% de futebolistas formados no clube. Esta é a realidade do Porto e do país onde nos inserimos que, por sinal, nunca ganhou competição nenhuma, nem quando episodicamente dispôs de boas gerações de jogadores. 
« Última modificação: 12/Out/14, 21:56 por Doriva »

Offline Vlk

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 10.260
  • Desde: Jun 2014
Re: Tópico do André Silva
12/Out/14, 16:53 • #64063
Então vejam lá isto:

http://www.fcporto.ws/escaloes-de-formacao/os-problemas-que-afectam-o-futebol-jovem/

e deixem o tópico do André para o André.


Doriva

  • Visitante
Re: Tópico do André Silva
12/Out/14, 16:54 • #97029
Então vejam lá isto:

http://www.fcporto.ws/escaloes-de-formacao/os-problemas-que-afectam-o-futebol-jovem/

e deixem o tópico do André para o André.

Tens toda a razão. Faço mea-culpa.

Pelado

  • Visitante
Re: Tópico do André Silva
12/Out/14, 17:59 • #98089
Se nos últimos 15 anos não aparece quase ninguém com estaleca para chegar à equipa A, está bem de ver que a culpa é da política para a formação de forma total, ou quase: desde dirigentes a treinadores e... a jogadores, que são fraquinhos na sua franca e esmagadora maioria.

O Bruno Alves apareceu no período atrás referido ........

Porque ao contrário do que aqui se lê amiúde, não houve nos últimos tempos (como diz o everfcp) um único jogador vindo das camadas jovens com capacidade para pegar de estaca no plantel principal e jogar com regularidade que tenha sido dispensado. Isto é absolutamente cristalino e é aqui que algumas teorias de alguns - que acham que temos/tivemos diamantes a quem, por razões obscuras, não são/foram dadas oportunidades - esbarram por completo.

Estás-te a esquecer de um rapaz que foi dispensado nos iniciados ou juvenis, que foi jogar lá para baixo, que nos deu baile ainda há pouco tempo no Dragão, que é titular de uma equipa em destaque em Espanha e que ontem ainda começou a titular na Selecção A.

Podes dizer que o rapaz é lento, que não joga nada e que temos muito melhor. Se calhar é verdade.

Mas depois de ter assistido a 3 jogos do Valência esta época, estou inclinado para dizer que não é totalmente verdade.

Pelo que convém repor a verdade. Ou parte dela.

Offline Celta7

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 4.666
  • Desde: Mar 2012
Re: Tópico do André Silva
12/Out/14, 18:47 • #13056
O Bruno Alves apareceu no período atrás referido ........

O Bruno Alves fez a formação toda no Varzim e foi contratado para a equipa B no último ano de junior. No entanto toda a gente diz que foi formado no Porto...

Estás-te a esquecer de um rapaz que foi dispensado nos iniciados ou juvenis, que foi jogar lá para baixo, que nos deu baile ainda há pouco tempo no Dragão, que é titular de uma equipa em destaque em Espanha e que ontem ainda começou a titular na Selecção A.

Quando ele foi dispensado no 2º ano de iniciados, na altura com 14 anos, quantas pessoas questionaram e criticaram esta decisão?

Doriva

  • Visitante
Re: Tópico do André Silva
12/Out/14, 19:21 • #49063
O Bruno Alves apareceu no período atrás referido ........

É verdade e justamente por grandes excepções como essa é que referi que "quase ninguém" apareceu, não disse que ninguém tinha aparecido. E também falei em "franca maioria" dos jogadores e não na totalidade dos casos. Convém igualmente acrecentar que para além de, como disse, fazer parte de uma (enorme) excepção em termos de valores efectivos muito bons da nossa formação nos últimos 15 anos, o Bruno foi devidamente aproveitado pelo Porto. Como outros, também andou de empréstimo em empréstimo, fez muitos disparates e se, por exemplo, dependesse do Co Adriaanse o seu destino tinha ficado traçado após aquela estúpida cabeçada ao Nuno Gomes. No entanto, percebia-se que era um excelente jogador e acabou por ter a sua oportunidade em função disso mesmo. 

Estás-te a esquecer de um rapaz que foi dispensado nos iniciados ou juvenis, que foi jogar lá para baixo, que nos deu baile ainda há pouco tempo no Dragão, que é titular de uma equipa em destaque em Espanha e que ontem ainda começou a titular na Selecção A.

Podes dizer que o rapaz é lento, que não joga nada e que temos muito melhor. Se calhar é verdade.

Mas depois de ter assistido a 3 jogos do Valência esta época, estou inclinado para dizer que não é totalmente verdade.

Pelo que convém repor a verdade. Ou parte dela.

Não, não me estou a esquecer. Mas é exactamente como dizes: o André Gomes, para mim, é um jogador normal. Não me recordo de assistir a nenhum baile dele no Dragão, mas não me esqueço de que na final da última Liga Europa foi, provavelmente, o pior em campo. Não é nenhuma nulidade, mas também não é um prodígio, justamente por lhe faltar intensidade de jogo. Poderá vir a ser um bom jogador e não mais do que isso. E ainda que se venha a revelar um valor insuspeito, lá está, é um caso que marcará uma clara excepção e não a regra que, às vezes, há quem goste de tentar passar.

A minha verdade poderá não ser absoluta, mas estará certamente mais perta disso do que (e não estou a insinuar que és tu em particular) a de quem a partir de um caso específico traça a realidade geral. 
« Última modificação: 12/Out/14, 19:33 por Doriva »

Offline Dragon Force

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 4.439
  • Desde: Mar 2012
Re: Tópico do André Silva
12/Out/14, 19:31 • #11068
Quando ele foi dispensado no 2º ano de iniciados, na altura com 14 anos, quantas pessoas questionaram e criticaram esta decisão?
Se dispensassem o Ruben Neves em Maio/Junho haveria ondas?

Ter talento só não basta. Temos talento a sair todos os anos da formação o problema é que ele não é devidamente enquadrado ou aproveitado. O Rúben Neves junto dos titulares do Porto mostra que é jogador, mas e se estivesse hoje num Paços Ferreira ou Académica? Se calhar nem calçava pois não é o trinco de dar pancada como os clubes pequenos precisam. Acabava dispensado e esquecido como tantos outros.

Porque é que o Tello está cá hoje? Porque foi integrado no meio dos Messis e dos Iniestas. Tivesse ele ido para um Getafe ou um Rayo desta vida e queria ver se o Porto olhava para ele. Junto dos bons é sempre mais fácil brilhar e crescer enquanto jogador.

Dizer que não perdemos bons valores na formação é falacioso porque nunca lhes foram dadas verdadeiras chances de brilhar entre os melhores.

Doriva

  • Visitante
Re: Tópico do André Silva
12/Out/14, 19:43 • #36014
Se dispensassem o Ruben Neves em Maio/Junho haveria ondas?

Ter talento só não basta. Temos talento a sair todos os anos da formação o problema é que ele não é devidamente enquadrado ou aproveitado. O Rúben Neves junto dos titulares do Porto mostra que é jogador, mas e se estivesse hoje num Paços Ferreira ou Académica? Se calhar nem calçava pois não é o trinco de dar pancada como os clubes pequenos precisam. Acabava dispensado e esquecido como tantos outros.

Porque é que o Tello está cá hoje? Porque foi integrado no meio dos Messis e dos Iniestas. Tivesse ele ido para um Getafe ou um Rayo desta vida e queria ver se o Porto olhava para ele. Junto dos bons é sempre mais fácil brilhar e crescer enquanto jogador.

Dizer que não perdemos bons valores na formação é falacioso porque nunca lhes foram dadas verdadeiras chances de brilhar entre os melhores.

Este tipo de argumentos é que são absolutamente falciosos. Desta forma, podemos estar a discutir até amanhã que não se chegará nunca a qualquer conclusão. É mentira que haja o talento que se alega haver na nossa formação e é uma mentira de todo tamanho que, até aqui, ele tenha sido maioritariamente desaproveitado. Pelo contrário, produzimos pouquíssimos valores e os melhores, aqueles que francamente têm qualidade insuspeita, têm tido as suas oportunidades. Isto passa-se, com maior ou menor diferença, no Sporting e no Benfica. A selecção nacional e o seu historial são o maior reflexo desta simples realidade: pontualmente temos um bom naipe de futebolistas, mas a tradição não é andarmos a disputar meias-finais de mundiais e europeus, quanto mais pensar em ganhá-los.

Para termos a mínima garantia de que foi um erro dispensar-se o jogador A ou B, é conveniente que ele prove o seu valor, seja ele transcendente ou não, nalgum lugar. Se não o fizer nunca, só se poderá crer que de facto foi bem dispensado. Tu até podes defender o contrário, mas estás a fazê-lo sem a menor sustentação que não sejam argumentos de fé e nesses eu não entro porque, como em todas as crenças, tu terás a tua e eu respeito, mas tenho direito a ter uma diferente.

O caso específico do Tello atesta exactamente as razões que o Barcelona teve para o emprestar e as razões que nós tivemos para o receber por empréstimo: é um bom jogador para a liga portuguesa, mas não pode competir num plantel com Messis, Neymares ou Pedros.
« Última modificação: 12/Out/14, 20:01 por Doriva »

Offline Celta7

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 4.666
  • Desde: Mar 2012
Re: Tópico do André Silva
12/Out/14, 19:46 • #46020
Dizer que não perdemos bons valores na formação é falacioso porque nunca lhes foram dadas verdadeiras chances de brilhar entre os melhores.

Mais um mito.

Sabes por onde andou o Ricardo Carvalho quando saiu do Porto aos 18 anos? Ou o Jorge Costa? Ou o Fernando Couto? Ou o Sérgio Conceição? Ou o Rui Barros? Ou até o Deco? Porque eu não me lembro de os ver a "brilhar entre os melhores" quando eles tinham 18 \ 19 \ 20 e 21 anos.

Eu vi-os a jogar num Famalicão, num Covilhã, num Felgueiras, num Leça... tinham talento como têm o Ivo ou o André Silva. Subiram a séniores e não tiveram lugar no clube. Foram dispensados e emprestados a clubes pequenos, alguns deles da 2ª divisão como aconteceu com o S. Conceição ou o Rui Barros. Mais tarde voltaram e tornaram-se estrelas da selecção.

No caso especifico do André Gomes, todos os anos são dispensados jogadores nos sub 15. Nos últimos 10 anos foram seguramente dispensados 3 ou 4 dezenas de jogadores. Não há nada mais ingrato e dificl de fazer do que avaliar miúdos com esta idade e saber quem vai dar jogador e quem não vai. MAs é aglo que tem de ser feito. Erros vão ser cometidos. Mas na altura ninguém achou que dispensar o AG era um erro. E o que é certo é que ele foi para o Boavista e tornou-se jogador. E como nós, em Portugal, somos tão bons a fazer totobolas à 2ª feira, hoje critica-se uma decisão que se tomou há vários anos atrás e que até foi consensual.
« Última modificação: 12/Out/14, 19:46 por Celta7 »

Offline Dragon Force

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 4.439
  • Desde: Mar 2012
Re: Tópico do André Silva
12/Out/14, 20:00 • #63060
Este tipo de argumentos é que são absolutamente falciosos. Desta forma, podemos estar a discutir até amanhã que não se chegará nunca a qualquer conclusão. É mentira que haja o talento que se alega haver na nossa formação e é uma mentira de todo tamanho que, até aqui, ele tenha sido maioritariamente desaproveitado.

Para termos a mínima garantia de que foi um erro dispensar-se o jogador A ou B, é conveniente que ele prove o seu valor, seja ele transcendente ou não, nalgum lugar. Se não o fizer nunca, só se poderá crer que de facto foi bem dispensado. Tu até podes defender o contrário, mas estás a fazê-lo sem a menor sustentação que não sejam argumentos de fé e nesses eu não entro porque, como em todas as crenças, tu terás a tua e eu respeito, mas tenho direito a ter uma diferente.

O caso específico do Tello atesta exactamente as razões que o Barcelona teve para o emprestar e as razões que nós tivemos para o receber por empréstimo: é um bom jogador para a liga portuguesa, mas não pode competir num plantel com Messis, Neymares ou Pedros.
Doriva, sabes bem que respeito as tuas opiniões agora de facto eu tenho uma fé inabalável de que o Porto não foi capaz de integrar e desenvolver o talento que teve em mãos.

Porque acredito que ao número de jovens que passaram desde do início do século pela nossa formação é absolutamente impossível que nenhum tivesse qualidade para integrar uma equipa titular do FC Porto. É fé? É, mas custa mesmo muito engolir o contrário.

Será sorte? Será azar? Mas como se costuma dizer a sorte é quando a preparação encontra a oportunidade. O Rúben teve uma oportunidade, o André anda encostado depois de ser o melhor dos melhores avançados europeus da sua categoria.

Offline Dragon Force

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 4.439
  • Desde: Mar 2012
Re: Tópico do André Silva
12/Out/14, 20:08 • #29010
Celta7, o problema da formação não é crónico. Chegamos ao patamar que chegamos por aproveitar muito bem os jovens que tínhamos na altura. O estrangeiro vinha quando era melhor.

O que está em causa é o emburguesamento do clube no pós Mourinho. A partir daí foi o ignorar completo dos jovens.

Naturalmente que de todos os jovens que se formam, 99% serão para dispensar no final do processo. O problema é que tu hoje vez jogadores a titulares do Porto que em condições normais também pertenciam aos 99%.

Doriva

  • Visitante
Re: Tópico do André Silva
12/Out/14, 20:12 • #11066
Doriva, sabes bem que respeito as tuas opiniões agora de facto eu tenho uma fé inabalável de que o Porto não foi capaz de integrar e desenvolver o talento que teve em mãos.

Porque acredito que ao número de jovens que passaram desde do início do século pela nossa formação é absolutamente impossível que nenhum tivesse qualidade para integrar uma equipa titular do FC Porto. É fé? É, mas custa mesmo muito engolir o contrário.

Será sorte? Será azar? Mas como se costuma dizer a sorte é quando a preparação encontra a oportunidade. O Rúben teve uma oportunidade, o André anda encostado depois de ser o melhor dos melhores avançados europeus da sua categoria.

Portanto, reconheces que é fé. Cá eu sou como São Tomé, até que me provem o contrário... E 100% das vezes, ou quase, não me tem sido provado o contrário. Mas é claro que, como disse e volto
a repetir, também respeito a tua opinião.

Dizes bem, o Rúben teve a sua oportunidade, como outros tiveram. Depois houve aqueles (a esmagadora maioria) que foram dispensados e que não provaram nada em lado nenhum que justificasse outra decisão que não fosse a dispensa.

Eu não conheço bem o André Silva, confesso. Admitindo que seja um valor incontestável e que se possa tornar num grande avançado, resta-me desejar que renove e que acabe por ter o seu momento no nosso clube mais tarde ou mais cedo, com empréstimos pelo meio (como tantos craques que tivemos) ou sem eles, como é óbvio.

Offline Teixeira1893

  • Bancada lateral
  • **
  • Mensagens: 535
  • Desde: Mai 2014
Re: Tópico do André Silva
12/Out/14, 20:22 • #28054
Espero que o André Silva se mantenha no clube. Tem um tremendo potencial, que não pode ser ignorado pelo clube.

Offline Alves

  • Bancada central
  • ***
  • Mensagens: 1.264
  • Desde: Abr 2013
Re: Tópico do André Silva
12/Out/14, 22:33 • #85072
Quando se fala em formar jogadores não é só Fernandos Gomes e Ricardos Carvalho, é também jogadores úteis para o plantel e para poupar dinheiro.

Em muitas épocas compramos monte de palha que eram iguais ou piores que os já cá tínha-mos, desnecessáriamente, e alguns deles bem caros.

Mariano não era melhor que Vieirinha, Tomás Costa não era melhor que Paulo Machado, Miguel Lopes não era melhor que Ivo Pinto, Valeri não era melhor que Sérgio Oliveira, Stepanov não era melhor que André Pinto, Sereno não era melhor que N. A. Coelho, Djalma não era melhor que Ukra, e por aí fora.

Um bom exemplo é o de Castro. Fez parte do plantel por 3 ou 4 anos e foi útil quando chamado. Quando era óbvio que nunca iria passar daquele nível foi à vida dele para jogar e ganhar dinheiro. O mesmo deveria ter acontecido com alguns dos outros, mas nunca ficaram mais que uns meses.

Este ano temos muitas soluções de luxo no banco, pelo que não é exemplo. Mas infelizmente no passado recente isso não aconteceu, e ainda por cima não havia equipa B para emergências.

Por isso custa-me muito ver jogadores como o André (que não sei se tem potencial ou não, não percebo disso. O que eu vejo é o presente, e no presente ele é dos melhores da Europa da sua geração) estarem parados a estagnar quando temos uma equipa B que devia servir para evitar isso.