Autor Tópico: Política nacional  (Lida 157673 vezes)

Lola

  • Visitante
Re: Política nacional
23/Nov/16, 17:28 • #24063
Eu concordo contigo e acima de tudo julgo que o be não tem o poder que se fala.. Tem o poder mediático de duas ou 3 deputadas que efetivamente demonstram trabalho mas não são um partido com uma base fixa e com ideias propriamente compagináveis com a nossa atualidade. Já o PCP sim, tem um grande poder, quer pela sua base fixa e sempre estável, mas acima de tudo pelo poder que tem nas estruturas sindicais que como se tem visto têm andado caladas.. Não esquecer igualmente o poder do PS nessas mesmas estruturas e isso tudo combinado dá esta paz social.. Todavia não me parece que este jogo vá ser quebrado por alguns dos mais pequenos mais sim pelo PS, e quando acharem que, e sozinhos, conseguem a maioria.. E quer se goste da pessoa ou não, neste jogo de ilusão o costa tem estado muito bem..

Partilho da tua opinião, sem dúvida.
Pode não se gostar do Costa e muitos são os que o criticam pela forma como chegou ao poder (as pessoas não sabem como funciona o processo eleitoral) mas ele tem tido um bom jogo de cintura.
Quanto à paz social, sim é claro que os sindicados não fazem o barulho do costume pela influência que esses dois partidos têm no seio dos mesmos. Ainda um sábado destes estava a ouvir um programa na rádio no qual o Pedro Marques Lopes referia isso mesmo. No mesmo programa criticava duramente o Passos por este não alterar o seu discurso e manter-se como o 'senhor austeridade', mas isso são outras histórias.

Online sirmister

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 41.035
  • Desde: Mar 2008
  • Membro do Mês Abril/2019
Re: Política nacional
23/Nov/16, 20:20 • #34053
Desde os tempos do Louçã que eu sempre achei que seria perigoso para o país o dia em que o BE tivesse algum bocadinho de poder. Hoje em dia tem bastante mais que um bocadinho...

Mas também, honra seja feita ao BE actual, a Catarina não é o Louçã...

Pois e temos visto a desgraça que tem dado esse poder... lol

Offline Philipp

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 24.534
  • Desde: Jan 2015



Offline MiguelDeco

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 20.131
  • Desde: Set 2013
  • Membro do Mês Dezembro/2018

Offline juliolopes

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 3.397
  • Desde: Jul 2015

Online sirmister

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 41.035
  • Desde: Mar 2008
  • Membro do Mês Abril/2019
Re: Política nacional
28/Nov/16, 19:35 • #20038
http://observador.pt/2016/11/28/partidos-mantem-a-sua-isencao-de-imi/

Interessante.

Queres dizer mais do mesmo... 

O pessoal é que ainda se entretém a discutir politica e com guerras entre esquerda e direita e não percebe este tipo de coisas.

Offline Philipp

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 24.534
  • Desde: Jan 2015

Offline juliolopes

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 3.397
  • Desde: Jul 2015
Re: Política nacional
30/Nov/16, 09:07 • #11059
http://observador.pt/2016/11/30/governo-analisou-gabinetes-curriculos-fazem-mais-duas-baixas/

Não entendo. Porque mentir?!. Digam a verdade, se não tem, não tem. O parlamento deve estar cheio de casos destes.

Offline Philipp

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 24.534
  • Desde: Jan 2015

Offline Raba

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 3.908
  • Desde: Jun 2013

Online Celta7

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 4.722
  • Desde: Mar 2012
Re: Política nacional
30/Nov/16, 15:07 • #56091
Desde os tempos do Louçã que eu sempre achei que seria perigoso para o país o dia em que o BE tivesse algum bocadinho de poder. Hoje em dia tem bastante mais que um bocadinho...

Mas também, honra seja feita ao BE actual, a Catarina não é o Louçã...

Qualquer partido que esteja no Governo tem a rédea muito curta, seja ele PSD, seja PS ou BE. Há regras para cumprir e o caminho é muito estreito.

BE e PCP bateram de frente com a realidade quando "chegaram" ao Governo. Têm de engolir sapos todos os dias mas tornaram-se partidos bem mais responsáveis. Até já se vê a filha do assaltante de bancos a falar na importância dos saldos primários, coisa que ela abominava porque "as pessoas não são números". Finalmente já chegou à conclusão que esses números influenciam e muito a vida das pessoas.

Obviamente que o caminho seguido pela Geringonça é o mesmo do anterior Governo: o caminho dos impostos. Mas fizeram uma coisa que me agrada pessoalmente, diminuíram o peso dos impostos directos aumentando os impostos indirectos. Não o fizeram por opção ideológica mas por necessidade. Não deixa de ser curioso que uma das opções mais defendidas pela Thatcher foi precisamente esta, a de substituir os impostos directos pelos indirectos e ela era tudo menos uma pessoa de esquerda.

Curiosamente quem está a colher os frutos dos bons resultados da Governação até é o PS. E a continuar assim, o Costa não vai ter o mínimo problema em chutar o PCP e o BE para canto. Já provou por mais do que uma vez que não tem qualquer problema em dar facadas nas costas nas outras pessoas.

Offline Philipp

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 24.534
  • Desde: Jan 2015
Re: Política nacional
30/Nov/16, 15:59 • #27041
Pode ter sido, não sejas paranoico...

Claro que pode ter sido.

Como foram as escutas ao Ferro Rodrigues, ao Carlos Pedroso, ao José Sócrates, ao Pinto da Costa.

Curiosamente estas escutas surgem sempre para o lado do PS e em vésperas de eleições. Foi o famoso caso da Casa Pia em que meteram o Ferro Rodrigues ao barulho quando ele se preparava para ser PM e teve que deixar a liderança do PS. Pelo meio destruíram também a carreira politica ao Pedroso.

Coitado do Carlos Cruz que por ter andado de mãos dadas com o PS na promoção do Euro 2004 levou quase uma década na cadeia.

Depois surge mais recentemente o caso do José Sócrates que foi uma dávida para o PSD antes das eleições. Até hoje não existe acusação mas o mal está feito. O CM continua a meter o nome do homem na fogueira.

As escutas ao Pinto da Costa também foram acidente. Também foi acidente o facto de um user do Youtube do Zimbabwe (ou que raio era aquele Pais) ter metido essas escutas no domínio publico enquanto que as do LFV a escolher árbitros para a final da Taça de Portugal ficaram no baú.

A carreira da Maria José Morgado também foi um acidente. Tal como a do Carlos Alexandre e do Rosário Teixeira.

Mike_Walsh

  • Visitante
Re: Política nacional
30/Nov/16, 16:24 • #35087
Este tipo é tão mentiroso. Molda a realidade da forma que lhe dá mais jeito e por pura demagogia e conveniência.
O Ferro Rodrigues demitiu-se do PS no momento em que o Presidente da República Jorge Sampaio convidou Pedro Santana Lopes para formar Governo, na sequência da demissão de Durão Barroso, em vez de convocar eleições antecipadas.
Foi por isso que ele se demitiu nesse mesmo dia. Já tinha passado mais de um ano sobre o seu envolvimento no processo Casa Pia.
http://www.tvi24.iol.pt/governo/presidente-da-republica/ferro-rodrigues-demite-se-de-secretario-geral-do-ps
O Carlos Cruz foi preso por ter feito campanha pelo Euro 2004? Fantástico! Ponham isto nas grandes frases do fórum! Provavelmente, quando o jornal «Tal e Qual» noticiou o envolvimento de Carlos Cruz em casos de pedofilia, nos inícios da década de 80 do século XX, também deve ter sido por ele estar envolvido com o PS.

Offline MiguelDeco

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 20.131
  • Desde: Set 2013
  • Membro do Mês Dezembro/2018
Re: Política nacional
30/Nov/16, 16:55 • #48065
e o caso do paulo pedroso é uma das maiores vergonhas deste país.. a forma como foi protegido é vergonhosa e demonstra realmente como por vezes os partidos são uma alcateia..