Autor Tópico: Politica Americana  (Lida 74131 vezes)

Offline MiguelDeco

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 19.579
  • Desde: Set 2013
  • Membro do Mês Dezembro/2018
Re: Politica Americana
29/Jan/17, 13:14 • #96085
entretanto a pessoa que quer voltar a unir os estados unidos esquece-se como sempre do estado de direito..

http://observador.pt/2017/01/29/juiza-norte-americana-proibe-deportacao-daqueles-que-sao-impedidos-de-entrar-nos-eua/

Uma chatice a resolver, esta coisa dos tribunais. Quanto ás incoerência dos membros da casa branca não vale apenas entrar por esse caminho, basta ver as audições para entender que são gente que não têm coluna vertebral, um pouco à imagem do presidente.

Offline MiguelDeco

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 19.579
  • Desde: Set 2013
  • Membro do Mês Dezembro/2018
Re: Politica Americana
29/Jan/17, 13:21 • #24038

Sobre a Arábia Saudita, não foi o único país muçulmano a ser excluído da lista. Eles devem ter avaliado quais os países com maior probabilidade de exportarem possíveis terroristas.

Força Trump!

Como me custa ver um intelectual como tu a meter os pés pelas mãos, ficam aqui os motivos para tu leres e para a próxima não escreveres coisas sem sentido.

https://www.bloomberg.com/graphics/2017-trump-immigration-ban-conflict-of-interest/
https://www.bloomberg.com/graphics/tracking-trumps-web-of-conflicts/


Offline jardel

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 12.622
  • Desde: Out 2012
  • Membro do Mês Outubro/2018
Re: Politica Americana
29/Jan/17, 14:06 • #76093
Fascismo de pacotilha.


Offline MiguelDeco

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 19.579
  • Desde: Set 2013
  • Membro do Mês Dezembro/2018
Re: Politica Americana
29/Jan/17, 14:35 • #60094

Eu falo sobre alguns assuntos e dou opinião sobre alguns, não dou sobre todos porque não tenho conhecimento suficiente sobre muitos deles, e não tenho interesse noutros. Apenas isso. 


Dando uma de sirmister:

Tradução da frase acima - Só comento o que me interessa, quando não me interessa ou contraria o que eu penso digo que era tudo a brincar ou que então pura e simplesmente não me interessa ou então não tenho conhecimentos para rebater.

Todavia isto não bate certo com a tua atitude de criticar o meu ponto de vista sobre alguns assuntos. Se não tens esse conhecimento ou interesse então não percas tempo a criticar a minha forma de pensar. E podes continuar a fingir o que tu quiseres porque a tua "inconsciente" motivação anti-muçulmana levará sempre a melhor sobre a tua tentativa de racionalizar ou domar essa forma de pensamento. E volta a não bater certo com a tua teoria da vitimização de que eu coloco rótulos em ti quando tu já disseste que eu vesti a camisola da hillary, quando me chamaste intolerante, quando me acusaste de ser um defensor de muçulmanos com base na minha defesa que se tratava de uma série e que como tal cada um podia ler a história como quisesse. Podes agora dizer que estavas a mandar umas piadas e do doentio que é acreditar naquilo que estavas a dizer que no entanto não só deu para entender que nesse caso não estavas a brincar como que sempre que se fala de muçulmanos nesta página tu não consegues resistir.

E podes continuar a fingir que a hillary e o trump eram políticos do mesmo género e podes continuar a fingir que quase sempre que se trata do trump as tuas poucas intervenções não são de defesa do mesmo. Porque tirando a desculpabilização de que todos os políticos são mentirosos (uma banalidade ao teu estilo) não temos a tua linha de pensamento sobre o trump sobre nada. E temos o inverso. Por exemplo.

"O Obamacare vai mudar pouco como tudo vai mudar pouco...quem está a espera do apocalipse vai ficar tão desiludido desiludido como quem espera que isto vá melhorar significativamente..."

"Quanto aos impostos, ele disse o que toda a gente sabe, se calhar falar nisso até poderia servir para alguem ganhar alguma vergonha mas duvido, não sei se te mostro um exemplo acho que não tem interesse nenhum se falaram ou não"

"Quando é que o trump mete fogo ao capitólio? "

"e depois os que estão só aziados como a generalidade da imprensa nacional porque só andaram a dizer alarvidades. "

"As pessoas estão fartas de ser enganadas pelos mesmos discursos de sempre e pelos mesmo de sempre e deram um sinal, agora cabe aos partidos continuarem como estão ou mudarem para alguma coisa decente.."

"Agora já é previsível :)
Daqui a uns dias estás a dizer que afinal era previsível não haver por ai bombas nucleares a voar...
E que era previsível que pouco ia mudar...


"alguem pode ser candidato a um cargo politico se não for mentiroso? por amor de deus.. deve haver mais gente a acreditar no Pai natal..." parece que afinal é possível.

Momento gustavo santos - "a mim não é a extrema direita que me preocupa o que me preocupa são as razões pela qual a extrema direita está a crescer"

"Claro que é diferente e eu vejo essa diferença, para mim é muito mais g quando se mente acerca de coisas realmente relevantes como é o salarios das pessoas, do que sobre um muro que basicamente só acredita o tal grupo de que fazes parte.."

A tua resposta sobre a contagem de votos que deu a maioria de votos à clinton - "exacto lol
E se não param as contagens rapidamente a clinton ainda ganha."


"Essa conversa do hitler e ridícula é estar sempre a entrar nos filmes sem interesse nenhum."

Por fim a minha preferida..

MiguelDeco - "E volto a perguntar, o que achas da medida de impedir os muçulmanos de entrarem nos U.S.A? Nunca respondeste, volto a dar uma oportunidade.."

Sirmister - "Não tinha visto essa pergunta, mas queres que eu dê uma opinião sobre uma medida que não existe?"

MiguelDeco - "tenho-te visto dar opiniões sobre outras medidas que também não existem mas que foram propostas.. Afinal o homem ainda nem é presidente e à letra de lei não existe portanto qualquer medida. Mas essa tua não resposta diz bem do embaraço que é responder a essa mesma questão."

Sirmister - "Mas eu posso dar opinião sobre o assunto, não vamos é fazer de conta que isso existe nem sequer pode ser implementada apenas porque o presidente quer..

Não acho que os muçulmanos sejam ou venham a ser um problema interno para os USA,  acho que o vão ser na Europa e tem que ser tomadas medidas fortes para o impedir e não tem a ver com os que vem mas com os que já cá estão."


E só tenho pena que não dediques mais tempo a dizer o que realmente pensas, seria mais interessante e intelectualmente honesto.

Offline Philipp

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 23.924
  • Desde: Jan 2015
Re: Politica Americana
29/Jan/17, 15:00 • #68085
Uma Juíza já chumbou um decreto do Trump. O Homem queria que muçulmanos com visto permanente não pudessem entrar mais nos EUA. Logo por aqui se vê que para ele não existe diferença entre imigrantes legais e ilegais. Ele criou a sua própria definição de imigrantes ilegais que acabam por ser todos os imigrantes.

De qualquer das maneiras esta juíza que se meta a pau. A CIA e o FBI não são para brincadeiras e os escândalos que já estiveram envolvidos na historia daquele Pais são por demais conhecidos. Aliás, o ultimo dos quais foi com o FBI a dar uma ajudinha ao Trump nas ultimas eleições.

Offline TiagoV

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 5.485
  • Desde: Mar 2016
Re: Politica Americana
29/Jan/17, 15:23 • #29033
Não consigo entender, estas medidas Trumpistas são irracionais.

Offline Philipp

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 23.924
  • Desde: Jan 2015
Re: Politica Americana
29/Jan/17, 15:30 • #86099
http://www.jn.pt/mundo/interior/campeao-olimpico-que-e-sir-pode-nao-conseguir-regressar-aos-eua-5635374.html

"A Rainha fez de mim Cavaleiro do Reino, Trump fez de mim um imigrante ilegal"

Offline MiguelDeco

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 19.579
  • Desde: Set 2013
  • Membro do Mês Dezembro/2018
Re: Politica Americana
29/Jan/17, 15:32 • #82046
https://www.nytimes.com/2017/01/28/us/politics/a-sweeping-order-unlikely-to-reduce-terrorist-threat.html

"There was a random quality to the list of countries: It excluded Saudi Arabia and Egypt, where the founders of Al Qaeda and many other jihadist groups have originated. Also excluded are Pakistan and Afghanistan, where persistent extremism and decades of war have produced militants who have occasionally reached the United States. Notably, perhaps, the list avoided Muslim countries where Mr. Trump has major business ventures."

"By Mr. Kurzman’s count, 123 people have been killed in the United States by Muslim terrorists since the 2001 attacks — out of a total of more than 230,000 killings, by gang members, drug dealers, angry spouses, white supremacists, psychopaths, drunks and people of every description. So the order addresses, at most, one-1,870th of the problem of lethal violence in America. If the toll of Sept. 11 is included, jihadists still account for just over 1 percent of killings."


E que se iluda quem pensa que isto é irracional. Não é, como sempre foi sendo dito o trump é apenas o front man de uma nova ideologia que de novo apenas tem o nome que criaram para isto. De resto tem o nome que sempre teve. Demagogia barata com laivos de um populismo ditatorial. E só foram enganados os tolinhos ou aqueles que quiseram ser enganados.

Offline MiguelDeco

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 19.579
  • Desde: Set 2013
  • Membro do Mês Dezembro/2018
Re: Politica Americana
29/Jan/17, 17:39 • #98088

Mas já agora tu dizes que eu te cataloguei como defensor dos muçulmanos e afirmas no () que és defensor dos muçulmanos e como tal qual é mesmo o problema mesmo?

O problema é mesmo eu escrevendo tu não queres ler, mas eu volto a colocar a citação para ver se tu consegues entender..

(sou um defensor das minorias e não apenas dos muçulmanos)

E esta é a diferença entre nós. Onde tu vês um problema eu vejo discriminação. Onde tu vês a origem dos problemas eu vejo o resultado de políticas erradas de muitos países que acabaram por contribuir para esta situação. E por fim onde tu vês segregação como forma de solução, como o trump defende e pessoas como tu defendem, eu vejo como agravamento da corrente situação e pior que isso, a declaração de derrota de um sistema perante uma ofensiva nunca antes vista e que tem como objetivo isso mesmo, a derrota dos valores democráticos e a instauração de um regime de medos.


Offline Drgon Sky

  • Bancada central
  • ***
  • Mensagens: 2.332
  • Desde: Jul 2015
Re: Politica Americana
29/Jan/17, 22:14 • #58022
Tinha prometido a mim mesmo tentar não responder-te diretamente pois tu és daqueles casos em que se está constantemente a bater contra uma parede mas como me citaste lá tem que ser.

1 - O jornalismo tenta, uma vezes melhor outras pior, mostrar a realidade. O achincalhamento que tu vês não passa da mera descrição da realidade (sim existe um mundo fora dos sites alt right que tu só lês) de uma pessoa racista, xenófoba, misógino entre outras qualidades. E só custa aceitar essa realidade porque no fundo vocês pensam da mesma forma e como tal levam para o insulto. Assim como os nazis odeiam os historiadores porque achincalham as grandes conquistas de Hitler, ou relembram que mesmo tendo sido imensamente importante o estaline foi também um criminoso de guerra.

2 - Falas do freebeacon e a descrição que fazes é igual à de todos os sites de alt right que vai aqui colocando. Temos o isentíssimo http://conservativebrief.com e a sua pérola digna da coreia do norte.
Wow! See What Happened When Trump Boarded Air Force One… People Amazed! (Video). E andaste aqui a colocar notícias do http://www.whiteoutpress.com cujo lema é Independent News at its Best - If it's blacked-out, covered-up or censored, you can find it here!, colocaste aqui notícias do https://www.spartareport.com que claramente é um site noticioso. Mas mesmo assim não és capaz de defender o que quer que seja, limitas a colocar a descrição da página. Mas isto não é caso único da tua actuação por aqui, vais dando gozo ás pessoas, fazes a tua propaganda e consegues a incrível proeza de colocar notícias a desmentir aquilo que tu próprio escreves o que é de facto genial e sem ter que explicar nada. Consegues outra proeza que é não comentar nada daquilo que é aqui colocado, com citações diretas (aquela parte do trump e das mentiras na campanha ainda esperam a tua resposta, deixa-me relembrar o que escreveste "Mentiu durante toda a campanha????? Diz la as mentiras que ele disse e vamos lá desmonta-las todas SystemBoy..." sendo que posteriormente a isto fugiste como é normal em ti) ou ausência de palavras em declarações porque primeiro não sabes o que dizer, segundo a "resposta" não saiu ainda em nenhum site de al right e como tal não podes fazer o teu número habitual de colar propaganda e dizer "não é preciso dizer mais nada".

3 - Quando confrontado com a minha afirmação que quem acusa é que tem que provar (portanto sites de alt right avancem) tu escreves isto "Num pais como Portugal, a regra do ónus da prova recai sobre quem acusa e tem de ser defendida com provas irrefutaveis sobe pena da reconhecimento inverso a direito de constituição legal de dolo ou de condenação." novamente um belo exemplo da tua técnica exemplar de responder e não dizer absolutamente nada.

4 - As minhas citações. Também não entendi o contexto das mesmas porque afinal eu estava certo em afirmar que seria um símio que iria governar os Usa enquanto alguns, e aqui tenho que dizer que tu não porque tu és um dos crentes, diziam que era tudo conversa para inglês ver e o que o sistema posteriormente iria acalmar o homem (algo que também disseste). Como se pode ver pelas minhas citações, bastou chegar ao poder e nem sequer foi preciso mais do que uma semana para saber com o que podemos contar daqui para a frente. Convém ainda referir que uma coisa é assinar um decreto a dizer que irá fazer outra coisa é fazer. E as minhas dúvidas permancem as mesmas, conseguirá ele fazer um muro em toda a fronteira como foi prometido? Veremos. E a questão do muro ainda será engraçada de analisar, parece-me, já tivemos o exemplo da taxa que ia pagar o muro só que afinal não. E acho piada à frase, para o bem e para o mal está a cumprir. Lá está, voltamos sempre ao mesmo exemplo, o hitler prometeu dar cabo dos judeus, para o bem e para o mal lá acabou por quase conseguir cumprir. E esta forma de pensar, a tua e a da de muitas pessoas, de que podem as medidas ser horríveis mas pelo menos cumpre o que disse e isso ser alvo de admiração é de facto doentio.

5 - Por fim, e para mostrar o tipo de pessoa que tu és, também tenho aqui algumas citações tuas.
"O meu ordenado é baixo por causa do Trump, se for despedido não tenho direito a nada por causa do Tramp, mas o cigano que tirou o filho da escola no 5º ano ja recebe... "
"Não tenho ídolos nem ideologias."
"Não sou Trump nem Anti-Trump"
"É o Presidente fora do sistema e que promete combater esse mesmo sistema instalado. É acusado de populismo... mas agora populismo é dizer as verdades???"

e a minha preferida.

"O Sistema instalado tanto na America como aqui neste paizito (politicos e Comunicação Social) diabolizaram o Trump e tentaram lavar a cabeça das pessoas durante este ano e meio, só porque ele vai retirar poderes aos bancos e ás bolsas."

E de facto a verdade dói, por mais que se tente criar uma realidade alternativa e se tente viver isolado nesse mundo.

Permite-me discordar sobre a ideia do jornalismo tentar mostrar a realidade...

O jornalismo e em especial a CS pró-establishment, é um poder, enquanto plataforma de ligação dos vários campos sociais, padece, pois, de uma autonomia frágil. Não é de hoje, já nasceu assim, só que a fragilidade de hoje é mais nítida, porque se deixou tomar por outros interesses, porque a concentração empresarial lhe subtraiu respiração e diversidade. Porque foi invadida por proveitos pessoais e políticos que a subjugaram, porque a sociedade da velocidade retira distanciamento, contexto, reflexão e rigor. Porque a memória escasseia também.

O campo da CS pró-establishment é, assim, cada vez mais um espaço de cruzamento de poderes económicos,políticos e corporativos, mais ou menos visíveis, mais ou menos assumidos.

A realidade mediática substitui-se muitas vezes às instituições representativas, acentua a personalização e espectaculariza o acontecimento.

A CS pró-establishment não reproduz uma realidade pré-existente, determinam-se reciprocamente. Não é o espelho de uma realidade exterior, antes se envolve com a sociedade numa relação de co-produção.
Assim se faz a agenda pública, apresentam os "problemas" e se agita o debate.

Muitas das notícias mais promovidas pela CS pró-establishment revelaram-se ou completamente falsas,
como o noticiado em Dezembro de que estaria acontecendo um 'Holocausto' em Aleppo Leste, ou sem fio de prova,
como foi o escandaloso caso da CNN, que publicou artigo intitulado "Chefes da inteligência apresentam a Trump
denúncias dos esforços dos russos para comprometê-lo".

Seymour Hersh é o jornalista vencedor do Prémio Pulitzer criticou as organizações jornalísticas por reproduzirem
de forma preguiçosa as suposições de oficiais da inteligência norte-americana como se fossem fatos estabelecidos.

Miguel Esteves Cardoso, no jornal Público, escreveu: “Donald Trump foi sujeito à maior e mais violenta campanha de
ataques pessoais que alguma vez vi na minha vida por parte da CS”.
 
Mais do que atacar Trump durante a campanha eleitoral, apostaram em sufocar o debate democrático sobre temas
de interesse da sociedade norte-americana. A começar pela situação de cerca de 5 milhões de trabalhadores que perderam os seus empregos devido ao encerramento de 60 mil fábricas, nos últimos 15 anos.
Também tentaram esconder as propostas de Trump para a saúde dos idosos, para os sem abrigo e para os mais
de 70 milhões de pequenos empresários.

Mal terminou a campanha, as CS pró-establishment juntaram-se ás hostes de George Soros e das suas “primaveras”
fakes em ataques ao candidato recém-eleito. O machismo de Trump é um crime, mas assassinar centenas de milhares
de crianças, jovens e mulheres deve ser coisa natural. Não se trata apenas de “incompreensão” do processo, mas compromisso histórico com a defesa do que tem de pior na face da Terra.

Mas para não falar apenas da tendência da CS pró-establishment apenas contra trump vou dar mais dois exemplos.

Muito ouvimos falar de racismo em 2016, mas houve pouca ou praticamente nenhuma atenção jornalística que
"trouxesse à tona" o racismo presente em toda a política exterior ocidental. É considerado fato que dispensa
discussões, que políticos e jornalistas do establishment na Grã-Bretanha, nos EUA e na França teriam indiscutível
direito de dizer quem "pode" e quem "não pode" governar país do sul global, lute ou não contra o racismo.

Imagino a tua reacção, se políticos sírios ou iraquianos se pusessem a "exigir" mudança de regime nos Estados Unidos da América...
Por que "nós" teríamos qualquer direito de intervir nos países "deles", mas "eles" não têm direito de intervir
no "nosso"? Aí está uma pergunta que ninguém jamais ouviu perguntada no programa BBC Newsnight ou em qualquer
programa de notícias em todo o ocidente, em 2016. A mais mortal forma de racismo não aparece sequer referida
de cobertura satisfatória, nem se cogita, na CS pró-establishment do ocidente.

As acusações absolutamente sem qualquer fundamento, de que a Rússia estaria por trás dos hacks ajudou muitíssimo
no processo de desviar a atenção para bem longe das mais graves revelações dos chamados Podesta e-mails (para quem não sabe Podesta foi Ex-Chefe de Gabinete da Casa Branca).
E aquele era, muito provavelmente, o tema mais decisivamente digno de ser noticiado.

No dia 14/8/2014, Hillary Clinton escreveu, "Temos de usar nossos quadros diplomáticos e de inteligência mais
tradicionais para pressionar os governos de Qatar e Arábia Saudita, que estão dando ajuda financeira e
logística clandestina ao Daech e a outros grupos sunitas radicais na região".
Em Dezembro, o presidente Erdogan da Turquia disse ter provas de que o ocidente estava apoiando o Daech.

Mas, como o e-mail de Clinton a John Podesta, também esse evento não recebeu a cobertura jornalística que obviamente merecia. Por que será?!

Em relação ás metiras sobre Trump na campanha fui explicando ao longo dos vários posts aqui essas mesmas mentiras.
Acredita nelas quem quer, pois não tenho a pretensão de ser o dono da verdade. Mas uma coisa te garanto, não faço propaganda porque nada ganho com isso. E quando tiver de criticar Trump assim o farei. Há uma grande diferença em ser Anti-Trump e ser critico de Trump e tu enquadras-te no Anti-Trump, ao qual eu respeito e até acho piada apesar de não concordar.

Em conclusão, demonstras ser uma pessoa inteligente e que tenta se manter culta e isso é bom, mas não podes ter
um discurso constante de defesa, para tudo o que não tens resposta seja conotado de "alt right", porque como mostrei acima, também te poderia conotar como pró-establishment, pois limitas-te a fazer propaganda Anti-Trump sem conseguires defender nunca o porquê de tudo isto estar a acontecer.
Também não abona a teu favor conotar toda a gente como xenófoba e racista todos aqueles que não partilham das tuas ideias, quando usas termos de "animal" e "símio" para adjectivar o actual Presidente dos EUA. 

Offline Philipp

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 23.924
  • Desde: Jan 2015
Re: Politica Americana
30/Jan/17, 01:10 • #35076
Mais um apontamento em relação à razão da Arábia Saudita ficar de fora da lista. Tem muitos hotéis Trump.

Offline slowboy

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 11.832
  • Desde: Jul 2006
Re: Politica Americana
30/Jan/17, 10:03 • #14040
Um fenómeno interessante.

Muitas vezes Trump tem mais tempo de antena na televisão portuguesa do que o Marcelo e António Costa juntos.

Quando forem as eleições francesas vamos ver o tempo de antena a que a Le Pen tem direito em compraração aos outros candidatos.

Os media gostam é de circo e também são responsáveis pela ascenção destas personagens ao dar-lhes mais tempo de antena e verem isto como um reality show. Foi o que aconteceu com o Trump nas primárias republicanas.
« Última modificação: 30/Jan/17, 10:04 por slowboy »

Offline MiguelDeco

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 19.579
  • Desde: Set 2013
  • Membro do Mês Dezembro/2018
Re: Politica Americana
30/Jan/17, 11:19 • #18020
Permite-me discordar sobre a ideia do jornalismo tentar mostrar a realidade...

Em relação ás metiras sobre Trump na campanha fui explicando ao longo dos vários posts aqui essas mesmas mentiras.
Acredita nelas quem quer, pois não tenho a pretensão de ser o dono da verdade. Mas uma coisa te garanto, não faço propaganda porque nada ganho com isso. E quando tiver de criticar Trump assim o farei. Há uma grande diferença em ser Anti-Trump e ser critico de Trump e tu enquadras-te no Anti-Trump, ao qual eu respeito e até acho piada apesar de não concordar.

Em conclusão, demonstras ser uma pessoa inteligente e que tenta se manter culta e isso é bom, mas não podes ter
um discurso constante de defesa, para tudo o que não tens resposta seja conotado de "alt right", porque como mostrei acima, também te poderia conotar como pró-establishment, pois limitas-te a fazer propaganda Anti-Trump sem conseguires defender nunca o porquê de tudo isto estar a acontecer.
Também não abona a teu favor conotar toda a gente como xenófoba e racista todos aqueles que não partilham das tuas ideias, quando usas termos de "animal" e "símio" para adjectivar o actual Presidente dos EUA.

! - podemos discordar em imensa coisa, neste aspeto que falas, no resultado positivo ou negativo das políticas económicas do trump, podemos discordar no tom em que o político fala ou não. Tudo isso é passível de ser discutido e eu também não pretendo ser o dono da verdade e a realidade estará cá para provar quem estava certo. Outra coisa é defender um ser que é comprovadamente racista xenófobo e o resto tu já sabes e não consegues defender mais porque infelizmente para nós o que eram ideias de um símio, agora são decretos presidenciais, mas só porque mudou o fato não muda a etiqueta da pessoa que o veste. E será necessária uma ginástica argumentativa que tu não tens para justificar isto.

2 - Eu não estou à defesa quanto digo que as pessoas que defendem o trump, e então neste fórum é mais que explícito, são pessoas que só recorrem a sites de alt right. Estou ao ataque porque já comprovei mais do uma vez que são tudo sites manhosos onde não existe uma ponta de jornalismo sério. Se o outro é dúbio, e vocês diabolizam, o que dizer este que parte apenas de invenções? Que já levaram a mortes por causa destas invenções? Que são desmontados sempre pelo jornalismo tradicional. E para mim não tem desculpa quem anda aqui a fazer esse tipo de propaganda, e vamos ser claros, e não é pela tua condescendência recente que eu mudo uma linha do que penso sobre ti em termos políticos entenda-se, porque eu duvido que na realidade sejas capaz de defender isto.

3 - E uma vez que o discurso normal voltou a imperar (e aqui a culpa também foi minha), gostaria que explicasses as contradições todas que tens quando o tema é trump. Já te dei o exemplo da tua frase que trump ia acabar com o poder dos bancos e de wall street e gostava de saber a tua opinião agora (aquela malta toda da gs como explicas isso?) e sem números dos outros, explica só como é que o homem do povo anti banca e anti capitalismo cometeu mais um erro fatal. Também gostava de saber como é que um presidente é fora do sistema quando ganha dentro de uma máquina partidária e que acaba por vencer com um truque legal que é permitido por esse mesmo sistema? Também gostaria de saber porque é que se impedem a entrada de muçulmanos de 7 países para prevenir ataques terroristas sendo que, e como é óbvio, os países que estiveram maioritariamente na base desse ataque não estão nessa mesma lista. Eu gostava de ler uma explicação tua, com palavras tuas e não de um qualquer jornalista com aqual opinião tu concordas, ou então com notícias manhosas que dizem que afinal o bin laden era queniano e irmão do obama. Gostava sinceramente que explicasses também como é que o homem que ia destruir wall street acaba por ser o homem que leva o índice dow jones a ultrapassar os 20000 pontos. E neste ponto é bom que fundamentes bem a resposta, vou ser teu amigo e dizer-te que esta pergunta tem uma armadilha.

4 - Eu não sou anti-trump, sou anti atrasados mentais, a culpa não é minha que o trump seja um deles.

Offline MiguelDeco

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 19.579
  • Desde: Set 2013
  • Membro do Mês Dezembro/2018
Re: Politica Americana
30/Jan/17, 12:45 • #58030
http://observador.pt/2017/01/30/trump-promove-stephen-bannon-para-conselho-nacional-de-seguranca/

o que realmente assusta é isto.

de quem é a culpa do caos de um decreto feito em cima do joelho e sem consultar ninguém dentro a estrutura governativa?

http://observador.pt/2017/01/30/trump-culpa-companhia-aerea-e-manifestantes/

Isto é de rir. Mas talvez isto ajude a explicar.

http://www.nydailynews.com/opinion/amateur-hour-donald-trump-national-security-council-article-1.2959035

« Última modificação: 30/Jan/17, 13:23 por MiguelDeco »

Offline Vlk

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 10.146
  • Desde: Jun 2014
Re: Politica Americana
30/Jan/17, 13:18 • #49019
Mo Farah: "A rainha fez de mim cavaleiro, Trump fez de mim um ilegal"
Campeão olímpico dos 5000 e 10 mil metros vive nos EUA e não sabe se pode regressar, porque nasceu na Somália

Este andava a planear alguma. Aquela velocidade era fora do normal, tinha que ter explosivos ou o crl nos pés.
Mais um atentado evitado. Força Donal Drunk!!

Ah, e a p#ta da rainha se continua com a merda dos cavaleiros de saladino também vai de vela!
« Última modificação: 30/Jan/17, 13:20 por Vlk »