Autor Tópico: Equipa de snooker do FC Porto  (Lida 803 vezes)

Offline joaoalvercafcp

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 21.523
  • Desde: Mar 2012
http://www.fcporto.pt/pt/Pages/fc-porto.aspx

DANIEL SÁNCHEZ: “FC PORTO ACREDITOU EM MIM QUANDO NÃO ERA NINGUÉM”

Novo campeão do Mundo deu uma entrevista ao jornal espanhol “Marca”, em que fala da sua longa ligação aos Dragões

Daniel Sánchez sagrou-se no sábado, em Bordéus (França), campeão do Mundo de bilhar às três tabelas pela quarta vez na carreira, depois de vencer, numa final cheia de emoção, o sul-coreano Haeng-Jik Kim, por 40-37, em 19 entradas. O espanhol, de 42 anos – que está a apenas um título mundial do seu colega de equipa no FC Porto, Torbjörn Blomdahl, de 54 anos –, deu esta quarta-feira uma extensa entrevista ao jornal espanhol Marca, que traça também o perfil do bilharista. E Sánchez não esquece a sua relação de longa data com os azuis e brancos.

“Acreditaram em mim quando não era ninguém”, declarou, pouco depois de confessar que não gosta de “ficar muito tempo no mesmo sítio”. Mas são já mais de 20 anos ao serviço do FC Porto, que o partilha com a Asociación Billar Palma, com a qual disputa a Liga espanhola

Na página que a Marca dedica ao bilharista (reproduzida em cima), conta-se como começou a jogar bilhar com nove anos, no bar do pai. Aos 14 foi campeão júnior e aos 16 ganhou o seu primeiro troféu nacional, frente a adversários com uma média de idades a rondar os 50 anos.

Sánchez sente-se uma celebridade na Coreia do Sul, onde há três canais exclusivamente dedicados ao desporto. “Abordam-me na rua e pedem-me autógrafos”, revela. O desporto é muito mais racional do que quando o abraçou e assemelha-se agora “ao xadrez”, compara o portista. Mas Sánchez, casado e com uma filha, garante fidelidade absoluta a esta paixão: “Vou competir enquanto me divertir, mas depois nunca deixarei o bilhar, vou jogar durante toda a vida”.
« Última modificação: 30/Jun/17, 16:20 por joaoalvercafcp »