Autor Tópico: Belas Mulheres  (Lida 368165 vezes)

Online Drago93

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 7.323
  • Desde: Mar 2012
Re: Belas Mulheres
11/Dez/19, 00:49 • #61038


Aquilo ali no teto é humidade???

Offline André Farinha

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 8.446
  • Desde: Abr 2018
Re: Belas Mulheres
11/Dez/19, 10:24 • #67045

Offline grandeporto

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 19.355
  • Desde: Ago 2006
Re: Belas Mulheres
12/Dez/19, 12:58 • #20049
Aquilo ali no teto é humidade???

----------------------

Ela está a precisar de um bom canalizador!


Offline gnh

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 6.633
  • Desde: Ago 2016
Re: Belas Mulheres
12/Dez/19, 14:18 • #11064
----------------------

Ela está a precisar de um bom canalizador!

Lá de canos e tubagens percebem elas...

Online Philipp

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 24.853
  • Desde: Jan 2015
Re: Belas Mulheres
15/Dez/19, 13:35 • #67018

Offline André Farinha

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 8.446
  • Desde: Abr 2018
Re: Belas Mulheres
21/Dez/19, 10:55 • #87032

Online ryback

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 9.832
  • Desde: Fev 2008
Re: Belas Mulheres
24/Dez/19, 17:43 • #29081
Para quem gosta de estilos cleopatricos pode ver agora a TVI
Que apresentadora deliciosa

Offline André Farinha

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 8.446
  • Desde: Abr 2018
Re: Belas Mulheres
03/Jan/20, 10:23 • #61038

Online Devenish

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 14.728
  • Desde: Out 2006
  • Membro do Mês Março/2019
Re: Belas Mulheres
04/Jan/20, 00:49 • #94073
Meus amigos, jovens sem senso, como dizia o saudoso Diácono Remédios - leiam este texto e não se deixem enganar - conhecemos um que passa a vida a ser enganado e chupado (na bolsa € e não naquilo que estavam a pensar).
Ai as mulheres...

A SENHORA, O GALDÉRIO E O SENHOR

Era uma Senhora que gostava muito de um galdério , mas que era requestada por um Senhor. O galdério, mais novo, tinha um sopro cardíaco. A Senhora gostava muito do galdério, mas reconhecia que o Senhor que a requestava tinha outra respeitabilidade e era o oposto do Vadinho da "Dona Flor" ( correcção sugerida pelo meu Amigo Firmino Silva, que sabe da phoda) .
O galdério pressionou o mais possível a Senhora para uma vida conjunta. E a Senhora , de vacilação em vacilação, acabou por se entregar ao galdério, porque se um homem não é de pau, uma Senhora também não é , definitivamente, de cera de altar. Mas a Senhora levava , fisgada, um projecto de futuro, o qual só se revelou quando se desdobrou a fita do tempo.
A Senhora, muito arteira, puxou pelo galdério o mais que pôde (e ela podia muito, benza-a Deus, mais as ceras de altar). Viveram felizes uns quantos meses, com o galdério cada vez mais chupado e mais aplicado em satisfazer o apetite voraz e exigente da Senhora.
Passado uns dois ou três anos, estando ambas as partes saciadas, o galdério verificou que o sopro cardíaco se tinha convertido em anticiclone e tinha evoluído de anticiclone para tufão. Ou seja : o galdério entregou a alma ao Criador, mas de papo bem cheio.
A Senhora passou a usar uns vestidos pretos e uma expressão compungida, mas não sem que o Senhor, que estivera sempre a espiá-la, não apurasse dentro de si uma evidente comichão, desencadeada pela imagem , agora lacrimosa , da ex-Senhora do galdério.
Quando a Senhora passou do negro carregado para o cinzento claro e deste para o rosa escuro, o Senhor entendeu que era chegado o seu momento. Mandou à Senhora um emissário, com a missão de transmitir à Senhora o seu desígnio de a esposar, com todos os mandamentos da Santa Madre Igreja.
A Senhora, que tinha rebentado com o sopro cardíaco do galdério para conquistar finalmente uma posição social de respeitabilidade, anuiu ao emissário, mas só depois da terceira arremetida, isto é , da terceira súplica.
Casaram , acolitados pelo Cónego Dionísio, que se enganou na alocução, advertindo que a virgindade era uma bela e preciosa coisa. Todos aceitaram a interpretação do Cónego Dionísio, na base de um raciocínio de analogia : se Deus Nosso Senhor Jesus Cristo podia apagar pecados mortais, também poderia, com muito maior facilidade, fazer esquecer as milhares de quecas que o galdério tinha auferido , com a activa e entusiasta colaboração da Senhora.
Tanto quanto é sabido, a Senhora está feliz com o Senhor. Tal como o Senhor meu Pai me aconselhava, quanto ao futuro provável de um meu emprego, quando apregoava a superioridade da função pública sobre a iniciativa privada, também ela dizia, baixinho, muito baixinho, para as entretelas da sua roupa interior : - Talvez não seja tão bom, mas é coisa certa . No dia 8, no máximo no dia I0, a queca vai chegar. E, mais coisa menos coisa , tal queca ia chegando.
O certo é que a Senhora, sem o conhecimento do Senhor seu Marido, se deslocava, em dias incertos, à campa do galdério, para deixar por lá umas violetas silvestres e uma lágrima lancinante de saudade.

Offline dragaolux

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 4.389
  • Desde: Out 2016
    • Situação contratual dos jogadores do FC Porto
Re: Belas Mulheres
04/Jan/20, 19:47 • #71060

Offline André Farinha

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 8.446
  • Desde: Abr 2018
Re: Belas Mulheres
09/Jan/20, 10:08 • #73020

Offline André Farinha

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 8.446
  • Desde: Abr 2018
Re: Belas Mulheres
12/Jan/20, 11:20 • #61044

Offline EmilioSantero

  • Arquibancada
  • *
  • Mensagens: 296
  • Desde: Mar 2019

Offline mitla

  • Bancada lateral
  • **
  • Mensagens: 741
  • Desde: Abr 2013
Re: Belas Mulheres
14/Jan/20, 01:43 • #91030
Digam o que disserem mas eu no meio destas almofadas dormia que nem um anjo




Online Philipp

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 24.853
  • Desde: Jan 2015
Re: Belas Mulheres
14/Jan/20, 02:05 • #87072
Digam o que disserem mas eu no meio destas almofadas dormia que nem um anjo





Está velha mas continua em grande forma na minha opinião. Embora há quem diga que ao vivo já se lhe nota imenso essa velhice.