Autor Tópico: UEFA Youth League 2017/18  (Lida 19224 vezes)

Offline jmj

  • Arquibancada
  • *
  • Mensagens: 433
  • Desde: Abr 2016
Sim concordo. E João Mário a nivel de extremos é daqueles que deposito mais confiança eventualmente a par de Gonçalo Borges mas este tem de se tornar um pouco menos egoísta. Mas na minha opinião ainda são casos pontuais. Tem de começar aparecer mais jogadores com potencial para estas posições se calhar melhorando a prospecção.
Também sei que a nivel de extremos o Porto parte um pouco em desvantagem em relação aos rivais porque muitos dos extremos mais promissores são originários muitas vezes de Países Africanos  de origem Portuguesa e como a maior parte vivem na capital automaticamente fica mais fácil para Benfica e Sporting.
Sendo assim é uma fazer uma prospecção mais agressiva. Quem fala de extremos fala também de médios mais ofensivos.

Fisicamente, o Gonçalo é o nosso melhor extremos desde há muitos anos. O excesso de fintas não me preocupa. Tem é de correr para trás e ajudar a defender mais vezes.

Offline BestDragon

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 5.578
  • Desde: Mai 2011
Andamos a falar de e-mails.. de toupeiras.. a denunciar essa vergonha e culpamos o presidente?

A única culpa que ele tem foi se ter posto a dormir e deixar que os outros controlassem isto tudo!
Aqui ele teve culpa.. de resto não há niguem que transmita mais confiança do que ele aos seus atletas!
Aqui então culpas mesmo o presidente, a culpa é toda dele mesmo!
O PC de antigamente tinha mandado 3 bombas cá para for a primeira prova de corrupção e podes ter a certeza que as autoridades mexiam-se ou havia uma nova revolução, assim com ele a dormir, eles fazem o que bem lhes apetece, infelizmente!
E isso se reflete como encaramos as penalidades, com uma falta de confiança gritante, como a falta de confiança temos tido do nosso GP, por isso já há muito nem vejo as penalidades do nosso clube, quando acontece, já sei que é derrota pela certa...

Offline SUPERMLY

  • Bancada lateral
  • **
  • Mensagens: 855
  • Desde: Set 2017


Offline Asterix

  • Bancada lateral
  • **
  • Mensagens: 734
  • Desde: Jun 2016
Excelente jogo de uma geração fantástica que merecia mais. Jogo dificil contra uma equipa muito superior em termos físicos. Jogamos sem o nosso menino de ouro. DALOT. Aquele 1 golo falha do Queiróz e do Diogo Costa. Podiamos depois do golo ter substituido o Irala pelo Lameira. Reforçar o meio campo, não havia prolongamento.
Aspetos negativos os nossos laterais fraquinhos quer o Lamba e o Bessa. E o nosso avançado o Irala. Esta equipa merece ficar toda junta na equipa B pra o próximo ano.Exceto aqueles 3.

Offline RXavier10

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 7.624
  • Desde: Mai 2013
É sempre inglório perder nos penalties, principalmente quando não foste em nada inferior ao adversário durante os 90 minutos.

Achei a saída do Moreto um pouco precoce. Na minha opinião estava a ser o principal dinamizador do nossa ataque (o Baró caiu um pouco na segunda parte) e depois da sua saída parece que nunca mais conseguimos ter bola no meio campo do Chelsea.

No entanto, achei que o melhor da nossa parte hoje foi o Justiniano. Não me lembro de ter perdido um duelo individual.

Offline Komodo

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 7.027
  • Desde: Dez 2012
Ontem li na internet, não sei se é verdade, que os sub-15 do Barça recebem entre 3 a 5 mil euros por mês mais alojamento e estudos.

Se isto é verdade, ver os nossos juniores a competirem de igual para igual com clubes com esta capacidade enche-me de orgulho.

Fomos nos penaltys sim, podemos melhorar claro que sim mas isso não tira mérito à brilhante prestação

Offline miguel1000

  • Bancada central
  • ***
  • Mensagens: 2.001
  • Desde: Ago 2017
Fico parvo com cada comentário aqui...dizer que o Diogo Costa, Queirós e Leite não servem para o Porto é o cúmulo do ridículo...vejam certos jogos sofríveis do Mbappé e especialmente do Donnarumma que é só frangos e depois digam se não prestam. São miúdos e não podem pedir que joguem como gajos de 25 anos...até o Messi com a idade deles só perdia bolas ou esquecem-se disso???? Portanto dos que jogaram continuo na minha Costa, Queirós, Leite, Justiniano (que não é nosso) poderão ser titulares na A e na selecção, e o Rui Pires pode ser um belo suplente como o Bruno Costa.
O Resto é que é palha...não é 1 ou 2 jogos fantásticos de um jogador que digo que é fabuloso.

Offline jardel

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 11.928
  • Desde: Out 2012
  • Membro do Mês Outubro/2018
Ontem li na internet, não sei se é verdade, que os sub-15 do Barça recebem entre 3 a 5 mil euros por mês mais alojamento e estudos.

Se isto é verdade, ver os nossos juniores a competirem de igual para igual com clubes com esta capacidade enche-me de orgulho.

Fomos nos penaltys sim, podemos melhorar claro que sim mas isso não tira mérito à brilhante prestação

Os sub-15 não sei mas os sub-17 sim. Os que são aliciados por outros clubes são aumentados até um limite fixado.   3 deles foram "levados" por City, Mónaco e Dortmund nos últimos meses.

Têm clausulas de 3M. Acho que por serem contratos amadores é o máximo. Sem certezas quanto a esta última parte.

Temos uma geração talentosa que merece oportunidades.

Fizemos uma óptima caminhada. Estou orgulhoso.

O barça ganhou hoje a competição. 3.0 frente ao chelsea.
« Última modificação: 23/Abr/18, 18:04 por jardel »

Offline Morais

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 9.174
  • Desde: Mai 2017
FC Porto deixou cartão de visita: sub-19 encantaram Abidal, Mendieta e não só


Youth League Rui Pires, Moreto, Romário, Madi e Diogo Costa foram alguns dos que ficaram na retina dos observadores que marcaram presença na Youth League. O JOGO falou com alguns, entre os quais Abidal e Mendieta.

A final-four da Youth League foi uma boa oportunidade para que scouts dos quatro cantos da Europa observassem aquilo que se faz de melhor em termos de formação ao nível de clubes, testando-se uma vez mais várias escolas, desde as versões mais físicas do Chelsea e do Manchester City, às mais tecnicistas do Barcelona e do FC Porto. Foi essencialmente virado para os azuis e brancos que O JOGO foi à procura de perceber quem mais deu nas vistas, batendo a várias portas - a maioria manteve-se para não deixar vazar informação confidencial - até chegar à conversa com Des Taylor, scout do Bournemouth, que aceitou levantar a ponta do véu. "Conhecemos a grande maioria dos jogadores através de observações que já fizemos antes. Mas há dois que se destacaram contra o Chelsea, como o 5 [Justiniano], que é muito bom, e o 8 [Rui Pires], que também é excelente. O Diogo Costa é outro jogador que apreciamos, cometeu um erro no primeiro golo, mas é um guarda-redes que tem uma capacidade tremenda entre os postes e que defende muito bem", destacou. "Os da frente, o 9 [Irala], o 20 [Madi Queta] e o 13 [Romário Baró] assentam muito bem o seu futebol nas qualidades técnicas que têm. Misturam essa capacidade com velocidade, explosão, mudanças de velocidade e dribles, o que se revelou complicado para o Chelsea anular", explicou, apontando características próprias de cada escola que os clubes tentam contrariar para acrescentar nuances de fantasia ao jogo que o futebol britânico, por exemplo, não tem no seu ADN. Para isso, o Chelsea conta no plantel com jogadores como o português nascido em Londres, Marcel Lavinier; o holandês de origem dominicana Familio-Castillo; ou Redan (holandês com origens no Suriname).


Offline elnino_diogo

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 6.537
  • Desde: Jun 2012
FC Porto deixou cartão de visita: sub-19 encantaram Abidal, Mendieta e não só


Youth League Rui Pires, Moreto, Romário, Madi e Diogo Costa foram alguns dos que ficaram na retina dos observadores que marcaram presença na Youth League. O JOGO falou com alguns, entre os quais Abidal e Mendieta.

A final-four da Youth League foi uma boa oportunidade para que scouts dos quatro cantos da Europa observassem aquilo que se faz de melhor em termos de formação ao nível de clubes, testando-se uma vez mais várias escolas, desde as versões mais físicas do Chelsea e do Manchester City, às mais tecnicistas do Barcelona e do FC Porto. Foi essencialmente virado para os azuis e brancos que O JOGO foi à procura de perceber quem mais deu nas vistas, batendo a várias portas - a maioria manteve-se para não deixar vazar informação confidencial - até chegar à conversa com Des Taylor, scout do Bournemouth, que aceitou levantar a ponta do véu. "Conhecemos a grande maioria dos jogadores através de observações que já fizemos antes. Mas há dois que se destacaram contra o Chelsea, como o 5 [Justiniano], que é muito bom, e o 8 [Rui Pires], que também é excelente. O Diogo Costa é outro jogador que apreciamos, cometeu um erro no primeiro golo, mas é um guarda-redes que tem uma capacidade tremenda entre os postes e que defende muito bem", destacou. "Os da frente, o 9 [Irala], o 20 [Madi Queta] e o 13 [Romário Baró] assentam muito bem o seu futebol nas qualidades técnicas que têm. Misturam essa capacidade com velocidade, explosão, mudanças de velocidade e dribles, o que se revelou complicado para o Chelsea anular", explicou, apontando características próprias de cada escola que os clubes tentam contrariar para acrescentar nuances de fantasia ao jogo que o futebol britânico, por exemplo, não tem no seu ADN. Para isso, o Chelsea conta no plantel com jogadores como o português nascido em Londres, Marcel Lavinier; o holandês de origem dominicana Familio-Castillo; ou Redan (holandês com origens no Suriname).
Esse scout gostou do Irala... Claramente foram fazer a entrevista ao homem depois de um jantar bem regado

Offline Fil

  • Lugar Anual
  • Tribuna
  • *****
  • Mensagens: 3.872
  • Desde: Mai 2016
@administrador Arquivar este tópico, e para ficar no topo da lista dos tópicos, fixar o desta época, que é este -> http://www.fcporto.ws/index.php?topic=21456.0