Autor Tópico: Campeonato do Mundo de Futebol - Rússia, 2018  (Lida 228925 vezes)

Online jardel

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 12.760
  • Desde: Out 2012
  • Membro do Mês Outubro/2018
fdx, isso quer dizer, então, que podemos ser todos parentes mais ou menos afastados do phillip?!...

Absurdo.
Grande barrigadas.

Offline André Farinha

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 7.742
  • Desde: Abr 2018
Mundial, fãs e assédio: o outro lado da festa





Offline Daikan

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 7.756
  • Desde: Ago 2012
Este campeonato do mundo foi uma lufada de ar fresco naquilo que é o futebol atual. Nos tempos que correm, dificilmente poder-se-ia pedir mais.

Com o cada vez maior dominio dos clubes sobre tudo aquilo que é o futebol (protecionismo, a obsessão tática, os biliões envolvidos, o calendário cada vez mais apertado), para mim as competições por seleções acabam por ter renovada importância porque tira todos os envolvidos da sua zona de conforto. Apesar dos prémios milionários que as federações já pagam, eu diria que é o que resta ainda do "amor à camisola", ou neste caso do país. Ou se quisermos, o "amor ao prestígio" que não tem nada de mal...
O sucesso do mundial, desportivo e mediático, reforça e ainda bem que esta é uma competição essencial. É neste momento o que o futebol tem de mais puro e cru. É um pouco ainda a sua essência.

Não foi perfeito, faltou talvez aquelas típicas figuras dominantes. Faltou talvez uma melhor qualidade geral de jogo. Faltou uma grande revelação. Mas tudo isto é a imagem do futebol moderno. Mesmo as seleções menos conceituadas já têm jogadores em bons campeonatos. Hoje é quase impossível acompanharmos um Mundial e depararmo-nos com um jogador de um campeonato obscuro a "fazer miséria" e do qual digamos: "mas quem é este gajo? De onde apareceu?"

Tudo pesado, foi talvez o melhor mundial que acompanhei (desde 1990 portanto):

- Organização impecável.
- Ausência de casos graves.
- Bons jogos, com uma excelente média de golos na fase a eliminar (acredito que de todos os que eu vi, que seja o mundial com mais golos marcados nesta fase. arrisco porque não fiz as contas, só de memória)
- Acima de tudo, grande meritocracia nos vencedores. Quem avançou, avançou quase sempre por mérito. Quem ganhou foi mesmo a melhor equipa.
- Pela primeira vez na história do futebol, nenhum dos 4 gigantes chegou às meias-finais. É a democracia a vencer uma vez mais.
- Importância do VAR. Há que reconhecê-lo. Neste mundial, o VAR deu um enorme contributo para a meritocracia. Sim, teve um erro ou outro, mas o balanço geral é muito positivo. E para quem diz que não, só pode sofrer de amnésia em relação ao que costumavam ser os mundiais neste aspecto. E para mim, o grande contibuto do VAR até nem foi a sua utilização, foi o factor dissuasor - menos atiradas para a piscina (sim, apesar do Neymar) e menos agarradelas por parte dos defesas.

Grande Mundial!

Offline PortoMDL

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 26.432
  • Desde: Out 2014
Excelente:


Offline André Farinha

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 7.742
  • Desde: Abr 2018
Neymar admite reações exageradas no Mundial



Offline foxmulder

  • Arquibancada
  • *
  • Mensagens: 241
  • Desde: Mai 2016
Coitadinho do menino Ney. Que chatice.

Enviado do meu SM-G950F através do Tapatalk


Online jardel

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 12.760
  • Desde: Out 2012
  • Membro do Mês Outubro/2018
Falta de noção atroz.

Offline André Farinha

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 7.742
  • Desde: Abr 2018
O melhor do Futebol de 2018: Campeonato do Mundo da Rússia