Autor Tópico: FIFA quer unificar Mundiais de sub-17 e sub-20 numa competição única de sub-19  (Lida 1010 vezes)

Offline SUPERMLY

  • Bancada lateral
  • **
  • Mensagens: 858
  • Desde: Set 2017
Gianni Infantino presidente da FIFA, pretende uma competição sub-19  para substituir os actuais Mundiais sub-17 e sub-20 e aumentar o número de equipas de 24 para 48
« Última modificação: 22/Fev/18, 17:46 por SUPERMLY »

Offline SUPERMLY

  • Bancada lateral
  • **
  • Mensagens: 858
  • Desde: Set 2017
« Última modificação: 22/Fev/18, 19:22 por SUPERMLY »

Offline Drago

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 10.946
  • Desde: Jul 2006
Não tenho uma opinião formada.

No entanto, em teoria, prefiro mais competições, embora mais pequenas, que uma só competição embora gigante.



Por fim, o impacto deste tipo de competição é na exposição do(s) jogador(es), e não no desenvolvimento do(s) mesmo(s). Ou seja, os jogadores não evoluem, substancialmente, neste tipo de competição curta, usam-no, e bem, para se projectarem nos media/adeptos/agentes.


Para mim, há impacto na evolução dos jogadores, por exemplo, com o projecto da equipa B: um campeonato profissional faz evoluir jogadores.
Há impacto com o alargamento das fases finais de S19, S17, S15. Estes novos quadros competitivos, embora ainda longe do ideal, dão mais competitividade.
Há impacto com o integrar de competições como a Youth League e com a U23 int premier league. E tenho pena que não se arranje nada para os S17. E nem seria preciso algo muito grandioso. Uma competição a Norte, ao estilo das anteriores, com Vitória, Braga, Boavista, Leixões...e porque não um Celta, um Deportivo, um Pontevedra, etc...era o bastante.



Offline Jpfreitas91

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 3.843
  • Desde: Abr 2012
Parece-me má ideia, praticamente tira o tapete aos jovens de 16/17 anos, que provavelmente saem preteridos em função dos mais velhos, mais capazes de render no imediato.
Praticamente só os sub-17 fora-de-série terão chances de jogar o mundial.

Offline SUPERMLY

  • Bancada lateral
  • **
  • Mensagens: 858
  • Desde: Set 2017
Não tenho uma opinião formada.

No entanto, em teoria, prefiro mais competições, embora mais pequenas, que uma só competição embora gigante.



Por fim, o impacto deste tipo de competição é na exposição do(s) jogador(es), e não no desenvolvimento do(s) mesmo(s). Ou seja, os jogadores não evoluem, substancialmente, neste tipo de competição curta, usam-no, e bem, para se projectarem nos media/adeptos/agentes.


Para mim, há impacto na evolução dos jogadores, por exemplo, com o projecto da equipa B: um campeonato profissional faz evoluir jogadores.
Há impacto com o alargamento das fases finais de S19, S17, S15. Estes novos quadros competitivos, embora ainda longe do ideal, dão mais competitividade.
Há impacto com o integrar de competições como a Youth League e com a U23 int premier league. E tenho pena que não se arranje nada para os S17. E nem seria preciso algo muito grandioso. Uma competição a Norte, ao estilo das anteriores, com Vitória, Braga, Boavista, Leixões...e porque não um Celta, um Deportivo, um Pontevedra, etc...era o bastante.
Em relação a unificação acho que é benfico.
O Mundial sub 17 apenas serve de montra para os empresarios e tem pouco ou nenhum impacto competitivo.
A sua supressao até ajudaria o futebol local(os talentos n seriam retirados ao seu habitat tao cedo)
O desaparecimento do Sub 20 era outro que faria sentido porque o escalão sub 20 no calendarios europeu já são jogadores seniores(1º ano) e traze los para uma competiçao mundial negligencia sempre a geraçao sub 19 por causa do nivel de competiçao.

Portanto acho que faz todo o sentido o Mundial unico no escalao sub 19(escalão junior) de 2 em 2 anos.
Outra coisa que faria sentido é o Euro Sub 21(e não sub 23) todos os anos o que potenciaria todas as geraçoes.

Sobre o actual calendario das competiçoes sub 15 sub 17 e sub 19 em Portugal...tá bom.
O campeonato sub 19 tá perfeito, o sub 17 ganharia mais em ter menos equipas(40 em vez das actuais 48) mas o sub 15 tem de ser mais democraticos (60 equipas tá perfeito)

60 --->40--->24 é uma boa estrutura e o afunilamento faz uma boa triagem de qualidade.

Eu acho que a Youth League é boa para a evoluçao dos miudos a Premier League Sub 23...nem tanto

Offline SUPERMLY

  • Bancada lateral
  • **
  • Mensagens: 858
  • Desde: Set 2017
Parece-me má ideia, praticamente tira o tapete aos jovens de 16/17 anos, que provavelmente saem preteridos em função dos mais velhos, mais capazes de render no imediato.
Praticamente só os sub-17 fora-de-série terão chances de jogar o mundial.
Se é de 2 em 2 anos os que terão 17 anos quando os outros tiverem 19, serão a base da competição a seguir...isto se eu tiver a fazer bem as contas.

Mas ai é que está!Os sub 17 mais evoluidos jogarão nos sub 19, os outros sub 17 jogarão a competiçao...2 anos a seguir.
Até porque se forem ver bem no formato actual os que vao ao mundial sub 17 normnoalmente 2 anos depois n estão nos sub 20 porque os sub 20 já são seniores e tem outra bagagem, enquanto esses sub 17 serão sub 19...

Ai sim é que é mais para render no imediato porque mtas vezes esses sub 20 não são melhores apenas jogam em competiçoes profissionais que lhes permitem ter mais andamento

Escalão sub 20 é um escalão senior e não junior.
Antes é que se faziam 2 anos de junior + 1 de esperanças e podiam jogar nas 2 competições.

Isso terminou
« Última modificação: 23/Fev/18, 00:28 por SUPERMLY »

Online juliolopes

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 3.277
  • Desde: Jul 2015
A mania dos alargamentos é nefasta para as competições em termos competitivos. Quase todos os países entram. Eu deixava estar como está, ou se quiserem podem substituir Mundial sub 20 por sub 19,  tal como acontece com o Europeus que são sub 17 e sub 19.

Passaria a haver Europeu e Mundial de Sub 17 e Sub 19, deveria haver uniformidade. Se querem reformar algo e alargar, podiam faze-lo com o Mundial de clubes, esse sim poderia ser reformulado no sentido de honrar o seu nome e se tornar mais atractivo.

Eu adorava ter Mundial de futebol sénior de 2 em 2 anos, tal como os Europeus. Todos os anos haveria uma grande competição internacional no verão. Obviamente que os clubes que cedessem jogadores teriam direito a uma parcela maior das receitas.

Acabava com a Taça das confederações. Tornava os JO uma competição sub 21, sem excepções, ficando na prática como um Mundial sub 21.

Em termos Europeus e UEFA, adorava ver uma Liga Europeia em moldes gerais semelhantes, obviamente com algumas diferenças, á NBA/NFL/NHL/MLB.

Offline SUPERMLY

  • Bancada lateral
  • **
  • Mensagens: 858
  • Desde: Set 2017
@juliolopes
 
Eu sou a favor da unificaçao, não sou mto apologista do alargamento pelas razões que disseste.

A unificação para mim melhora a qualidade das equipas apresentadas porque podes escolher pelo talento(triagem em igual circunstancia) e não pela rodagem(como eu disse o Mundial Sub 20 já tem jogadores seniores e dao se sempre primazia a esses e não ao talento)

A supressão do Mundial Sub 17 não tem consequencias na qualidade dos miudos até porque como disse no formato actual mto poucos participantes do Mundial sub 17 chegam ao Mundial sub 20 (abaixo de 1/4 dos participantes) 2 anos depois

O Euro Sub21( e não como está que na pratica é uma competiçao sub 23) seria bem visto nos moldes dos Euro sub 17 e Euro Sub 19 (torneios anuais)

Os JO tabem visto ser sub23 deve se é suprimir a regra dos 3 acima de idade.
« Última modificação: 23/Fev/18, 03:33 por SUPERMLY »

Offline Carlos de Sousa

  • Arquibancada
  • *
  • Mensagens: 471
  • Desde: Jul 2017


Acabava com a Taça das confederações. Tornava os JO uma competição sub 21, sem excepções, ficando na prática como um Mundial sub 21.



Se não estou em erro, a Taça das Confederações vai acabar e após o Mundial vai começar a Liga das Nações (europeias).

Offline Ablon

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 4.199
  • Desde: Mar 2016
Gianni Infantino presidente da FIFA, pretende uma competição sub-19  para substituir os actuais Mundiais sub-17 e sub-20 e aumentar o número de equipas de 24 para 48

Nunca pensei nisso mas a mim o que me preocupa é a falta de competitividade nos escalões de formação. Aí é responsabilidade da FPF ..

Offline SUPERMLY

  • Bancada lateral
  • **
  • Mensagens: 858
  • Desde: Set 2017
Nunca pensei nisso mas a mim o que me preocupa é a falta de competitividade nos escalões de formação. Aí é responsabilidade da FPF ..
Neste momento tá melhor.
 60 equipas de iniciados
48 equipas de juvenis
24 de juniores

Parece me adequado.
Aliás a nossa consecutiva presenca em euro sub 19 e mundiais sub 20 é indicativo de dessa melhoria

Offline Drago

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 10.946
  • Desde: Jul 2006
Em relação a unificação acho que é benfico.
O Mundial sub 17 apenas serve de montra para os empresarios e tem pouco ou nenhum impacto competitivo.
A sua supressao até ajudaria o futebol local(os talentos n seriam retirados ao seu habitat tao cedo)
O desaparecimento do Sub 20 era outro que faria sentido porque o escalão sub 20 no calendarios europeu já são jogadores seniores(1º ano) e traze los para uma competiçao mundial negligencia sempre a geraçao sub 19 por causa do nivel de competiçao.

Portanto acho que faz todo o sentido o Mundial unico no escalao sub 19(escalão junior) de 2 em 2 anos.
Outra coisa que faria sentido é o Euro Sub 21(e não sub 23) todos os anos o que potenciaria todas as geraçoes.

Sobre o actual calendario das competiçoes sub 15 sub 17 e sub 19 em Portugal...tá bom.
O campeonato sub 19 tá perfeito, o sub 17 ganharia mais em ter menos equipas(40 em vez das actuais 48) mas o sub 15 tem de ser mais democraticos (60 equipas tá perfeito)

60 --->40--->24 é uma boa estrutura e o afunilamento faz uma boa triagem de qualidade.

Eu acho que a Youth League é boa para a evoluçao dos miudos a Premier League Sub 23...nem tanto

Em relação aos campeonatos da FPF, só o de juniores está adequado.

O campeonato de juvenis está sobredimensionado. A primeira fase deveria ter só 3 séries. Mais uma que a de juniores. Basta ver a quantidade de equipas que acaba a primeira fase sem chegar à dezena de pontos, muitas deles mal chega à meia dezena. Outro factor indicativo é o saldo de golos. Muitas equipas de -30 para a frente.

O de iniciados é o pior de todos, excessivamente sobredimensionado. Para mim, 4 séries, de máximo. Dezenas de equipas sem chegarem a 10 pontos e um fartote acima de -30 de saldo de golos.

Não beneficia quem goleia, nem quem é goleado.


Por fim, a U23 PL int é importante. Vem preencher uma lacuna importante nesta fase de afirmação. Uma competição internacional, com a vantagem competitiva de jogar sempre fora, no caso do FC Porto, e com uma fase por pontos, é importante.

Reafirmo, lamento que não se consiga uma competição de carácter semelhante, de âmbito mais regional (do Norte peninsular, por exemplo), para os juvenis (até para os iniciados). Sobretudo, enquanto os quadros competitivos destes escalões forem aquilo que são.

Offline killermartins

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 6.640
  • Desde: Abr 2012
Pessoalmente, não acho mal.. Eu acompanho já há bastantes anos estas duas competições, no geral, sempre que possível, acompanho todos os torneios de selecções jovens..

O que tenho visto ao longo dos anos é que, principalmente o Mundial sub-17 é um antro de fraudes por atletas oriundos de África e América do Sul, em termos de idade.. Nesta idade, o poderio físico dos jogadores africanos faz-se valer bastante, fazem sempre boa figura, mas na prática, muito deles, quase todos, não chegam a lado nenhum..
Basta ver que, em conjunto, Nigéria e Gana têm 7 dos 17 campeonatos, mas nem sempre saiu grande coisa de lá..

O Mundial sub-20 já é diferente, a táctica começa a aparecer, o físico dos jogadores europeus melhora, mas para mim o melhor exemplo é o Brasil vs Gana de 2009, que grande jogo, só individualidades que faziam sonhar.. Douglas Costa foi o único que atingiu um sucesso a grande escala, da seleção ganesa campeã, nada.. Curiosamente, o Renan que está agora no Estoril era o suplente, grande promessa e ainda vai a tempo de ter sucesso por cá, pelo menos..

Assim, eliminar o Mundial sub-17, para mim era limpo, não vejo utilidade para a competição, mais do que os agentes fazerem vídeos de atletas que depois desaparecem, como foi um miúdo da costa do marfim, Coulibaly que fez 9 golos em 4 jogos em 2011, foi para o Tottenham com pompa e circunstância e entretanto, nada..

Do ponto de vista do futebol português, o nosso campeonato de juniores é sub-19, portanto, um mundial desta idade só nos favorece, muitos jogadores com 19 anos vão às equipas B e os que não vão, estão a jogar a época toda nas equipas de juniores.. Um mundial de sub-20 para nós às vezes significava levar jogadores de "potencial" mas que faziam épocas no banco ou emprestados a clubes de ligas não profissionais.. Portanto só vejo benefícios..

Offline SUPERMLY

  • Bancada lateral
  • **
  • Mensagens: 858
  • Desde: Set 2017
Em relação aos campeonatos da FPF, só o de juniores está adequado.

O campeonato de juvenis está sobredimensionado. A primeira fase deveria ter só 3 séries. Mais uma que a de juniores. Basta ver a quantidade de equipas que acaba a primeira fase sem chegar à dezena de pontos, muitas deles mal chega à meia dezena. Outro factor indicativo é o saldo de golos. Muitas equipas de -30 para a frente.

O de iniciados é o pior de todos, excessivamente sobredimensionado. Para mim, 4 séries, de máximo. Dezenas de equipas sem chegarem a 10 pontos e um fartote acima de -30 de saldo de golos.

Não beneficia quem goleia, nem quem é goleado.


Por fim, a U23 PL int é importante. Vem preencher uma lacuna importante nesta fase de afirmação. Uma competição internacional, com a vantagem competitiva de jogar sempre fora, no caso do FC Porto, e com uma fase por pontos, é importante.

Reafirmo, lamento que não se consiga uma competição de carácter semelhante, de âmbito mais regional (do Norte peninsular, por exemplo), para os juvenis (até para os iniciados). Sobretudo, enquanto os quadros competitivos destes escalões forem aquilo que são.
Como.tá é adequado.
Poderia concordar nos juvenis podia encurtar dos 48 para as 40 equipas mas os iniciados convem ser plural
A competitividade é.mais impactante a partir do.escalão de juvenis.

As 60 equipas dos iniciados tá bom.Pode parecer sobredimensionado mas neste escalão n há um ganho estrutural em.diminuir a competição.
« Última modificação: 24/Fev/18, 00:46 por SUPERMLY »

Offline SUPERMLY

  • Bancada lateral
  • **
  • Mensagens: 858
  • Desde: Set 2017
Pessoalmente, não acho mal.. Eu acompanho já há bastantes anos estas duas competições, no geral, sempre que possível, acompanho todos os torneios de selecções jovens..

O que tenho visto ao longo dos anos é que, principalmente o Mundial sub-17 é um antro de fraudes por atletas oriundos de África e América do Sul, em termos de idade.. Nesta idade, o poderio físico dos jogadores africanos faz-se valer bastante, fazem sempre boa figura, mas na prática, muito deles, quase todos, não chegam a lado nenhum..
Basta ver que, em conjunto, Nigéria e Gana têm 7 dos 17 campeonatos, mas nem sempre saiu grande coisa de lá..

O Mundial sub-20 já é diferente, a táctica começa a aparecer, o físico dos jogadores europeus melhora, mas para mim o melhor exemplo é o Brasil vs Gana de 2009, que grande jogo, só individualidades que faziam sonhar.. Douglas Costa foi o único que atingiu um sucesso a grande escala, da seleção ganesa campeã, nada.. Curiosamente, o Renan que está agora no Estoril era o suplente, grande promessa e ainda vai a tempo de ter sucesso por cá, pelo menos..

Assim, eliminar o Mundial sub-17, para mim era limpo, não vejo utilidade para a competição, mais do que os agentes fazerem vídeos de atletas que depois desaparecem, como foi um miúdo da costa do marfim, Coulibaly que fez 9 golos em 4 jogos em 2011, foi para o Tottenham com pompa e circunstância e entretanto, nada..

Do ponto de vista do futebol português, o nosso campeonato de juniores é sub-19, portanto, um mundial desta idade só nos favorece, muitos jogadores com 19 anos vão às equipas B e os que não vão, estão a jogar a época toda nas equipas de juniores.. Um mundial de sub-20 para nós às vezes significava levar jogadores de "potencial" mas que faziam épocas no banco ou emprestados a clubes de ligas não profissionais.. Portanto só vejo benefícios..
Rafael e Fabio os gemeos actualmente no Lyon e Middlesborough, Toloi no Atalanta,Maicon no Lokomotiv, Giuliano ex Zenit agora no Fenerbache, Alex Teixeira ex S.Donetsk agora na China, Souza ex nosso jogador actualmente no Fenerbache, Ganso no Sevilha...