Autor Tópico: Actualidade internacional  (Lida 82970 vezes)

Offline Miguel Alexandre

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 7.073
  • Desde: Mar 2016
Re: Actualidade internacional
14/Jul/19, 00:56 • #62052
Disseste tudo.

Vivemos na cultura do like no Facebook. Acredito que hajam pessoas que vivam nisto como o vicio do tabaco. De dois em dias lá vem um discurso de miss universo num mural do face para depois nos deliciarmos com as dezenas ou centenas de polegares levantados em meia dúzia de píxeis no monitor.

O resultado é que depois vemos debates políticos na TV completamente vazios de conteúdo, a esbracejar com fotografias deste ou daquilo e que pouco ou nada acrescentam para o encontro de soluções. Mas depois não os podemos censurar, afinal, eles estão simplesmente a falar a mesma linguagem que se lê pelas internets fora. Já que muito da outra linguagem, a que aborda os temas com pragmatismo e sentido critico, acaba até censurada em muitos espaços.
É veres um debate no nosso parlamento por exemplo...é degradante. É ver uma qq comissao de inquerito a um banqueiro em que nao ha um deputado preparado tecnicamente para os questionar.
Vivemos um dos maiores niveis de escolaridade e um dos piores niveis de intelectualidade, porque o nivel de arrebanhamento mental, o nivel de hipnose é grotesco.
Temos multidões entretidas em insultos e actos de fé de archote em punho sem perceber que enquanto este teatro se perpetua a realidade, a vida real é raptada pelos poderes do costume.

O exercicio que qualquer alma livre se devia dedicar é em perceber onde os poderes, os reais poderes, se escondem.
Mas isso nao afaga o ego.

Offline Almadedragao

  • Bancada central
  • ***
  • Mensagens: 2.095
  • Desde: Jul 2018
Re: Actualidade internacional
14/Jul/19, 01:12 • #82058



O exercicio que qualquer alma livre se devia dedicar é em perceber onde os poderes, os reais poderes, se escondem.
Mas isso nao afaga o ego.

Não tendo nada a acrescentar ao primeiro parágrafo e subscrevendo-o, digo apenas que isto que referes no que citei não existe porque não passa na TV, jornais ou mural do Facebook. Como não se vê, parece que existe um medo de o fazer. Vejo pessoas a falar de medo em ajudar o outro, quando o que eu vejo é medo em procurar a verdade, ou algo mais parecido com a verdade possivel. Ir além das primeiras sugestões do Google quando se pesquisa algo, procurar a literatura dos pensadores e não dos jornalistas ou artistas.

Hoje em dia é preciso ter cada vez mais sentido crítico a tudo o que nos é sugerido pelos canais institucionalizados de comunicação social na sociedade ocidental.

Offline sirmister

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 40.381
  • Desde: Mar 2008
  • Membro do Mês Abril/2019
Re: Actualidade internacional
14/Jul/19, 02:57 • #89026
Mais ou menos isto: "Vi uma estatística para aí à dois anos que as violações na Suécia..."... "que os achamos uns coitadinhos quando na verdade são traficantes e violadores" blá, blá, blá... O objectivo é claro e abjecto: fazer uma associação directa entre criminalidade e o acolhimento destas pessoas.

Acontece que:
"Em 2015, a Suécia recebeu 162 mil pedidos de asilo, um dos mais elevados da Europa em termos proporcionais, relativamente à população do país. De acordo com o Eurostat, 46 mil das solicitações vieram de homens na faixa etária 18-34 anos de idade."

"Segundo dados disponibilizados pela ONU, o pico deste fenómeno aconteceu antes da vaga de migração rumo à Europa, em 2014: o número de violações por cada 100 mil habitantes era de 64,9 (em 2003, era de 25). Mas em 2015, ano em que chegaram mais migrantes, as ocorrências caíram cerca de 11%. As estatísticas preliminares para 2016 indicam uma realidade de novo próxima da evidenciada em 2014."

Os dados são rigorosos e referentes aos anos de maior acolhimento destas pessoas.

Desconfiar sempre das mentiras que saem da boca de trumps e farages:


Estamos em 2019 e tu a citar estatisticas que nem 2016 têm para desmentir o que os Farages e Trumps falaram em 2017




A mentira só se desmonta com informação:


Offline sirmister

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 40.381
  • Desde: Mar 2008
  • Membro do Mês Abril/2019
Re: Actualidade internacional
14/Jul/19, 03:49 • #69077
É a diferenca entre o q pensas e como pensas...dizer coisas, copiar coisas qq um faz, sustentar com uma reflexao genuina, autonoma, realmente tua é q é diferente. Despejar slogans tirados dos circulos da mesma igreja nao tem valor.

Esta militancia das "boas pessoas", esta religiosidade, este constante reclame dos virtuosos contra is viloes, isto é por a vida so nivel do tipico filme da marvel.

E se nao concordas es um neonazi. Ate hoje a esmagadora maioria das pessoas q chamam Nazi a alguem nao sabem o minimo de historia nem o q é um nazi, saber nao é o intuito, o intuito é reduzires quem discorda de ti a um estigma qualquer, um 'unperson" como no 1984 de Orwell...isto sim roça tactica fascista.

Nao vi aqui ninguem dizer q se deve deixar morrer as pessoas no Mar no entanto é a imagem q passa q é para nao se discutir o problema...e nao discutindo, fica-se pela superficie pq ir a fundo nao da medalhas de boa pessoa.

Nao estou a dizer q Concordo Contigo ou com outro...estou a sublinhar q ou este topico serve para se discutir sem ser para estigmatizar ou entao fechem-no e divirtam-se no Facebook.

A questão dos vilões VS boas pessoas, tem muito CS e as redes sociais que são dominadas por gente muito á esquerda com muitos radicais e com muitos que se vendem para se fazerem passar por isso, e isso está muito relacionado com jogos de poder e dinheiro como é obvio, e como é lógico conseguisse sempre arranjar militantes.

O Obama é um exemplo disso, faz-se passar pelo bom defensor das causas, em troca ganha o credito para invadir 6 ou 7 países que levaram a milhões de pessoas serem desalojadas e tem que fugir. Mas é o bom da fita.

zuckerberg com o facebook é igual, é o defensor das causas e em troca disso rouba informação pessoal para vender para todo o tipo de fins.

E depois temos as celebridades,  hollywood está pejada de defensores das causas, que tem a sua cidade com milhares de sem abrigo e não fazem nada a não ser ganhar dinheiro cavalgando a onda e sacando dinheiro em contratos..

Esta veio trazer a comparação 1 mês depois da outra ter feito o mesmo..




Offline André Farinha

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 7.746
  • Desde: Abr 2018
Re: Actualidade internacional
14/Jul/19, 11:52 • #79047
França vai criar comando militar do espaço




Offline André Farinha

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 7.746
  • Desde: Abr 2018
Re: Actualidade internacional
14/Jul/19, 12:00 • #24011
Macron e parceiros europeus unidos nas comemorações do Dia da Bastilha




Offline administrador

  • Administrador
  • Bancada central
  • *****
  • Mensagens: 1.597
  • Desde: Jun 2016
Re: Actualidade internacional
14/Jul/19, 14:18 • #55087
Tópico suspenso.

Quanto aos motivos, nem é necessário acrescentar mais nada.
« Última modificação: 14/Jul/19, 14:19 por administrador »

Offline administrador

  • Administrador
  • Bancada central
  • *****
  • Mensagens: 1.597
  • Desde: Jun 2016
Re: Actualidade internacional
15/Out/19, 12:24 • #21084
Vou, ingenuamente, re-abrir o tópico.

Qualquer desvio... já sabem o que acontece. Não hesitaremos em punir quem quer que seja. Atenção à regra:
Citar
17) Não é permitida a utilização do fórum para a divulgação de uma mensagem política de forma sistematizada, persistente e consistente, sendo a única excepção casos onde estejam envolvidos assuntos que digam respeito ou interessem de alguma forma ao FC Porto. Este regra-se aplica-se à utilização de avatars e/ou assinaturas.

Isto não é um fórum de discussão política. É um fórum sobre o Futebol Clube do Porto.

Offline ruipsousa8

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 3.570
  • Desde: Jul 2013
Re: Actualidade internacional
15/Out/19, 13:30 • #50020
Lamentável os acontecimentos na Catalunha.
Vários feridos, entre os quais, um civil que perdeu um olho.


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk


Online JMPedroto

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 3.651
  • Desde: Nov 2017
Re: Actualidade internacional
15/Out/19, 15:58 • #98082
https://noticias.uol.com.br/meio-ambiente/ultimas-noticias/redacao/2019/10/06/animais-marinhos-agonizam-com-contaminacao-de-oleo-no-litoral-do-nordeste.htm?utm_source=facebook&utm_medium=social-media&utm_campaign=noticias&utm_content=geral&fbclid=IwAR2BHSVJDVMClNyojEj6Ll_3_eIc6YftutuH-JQjjaDMgf-22mzrPaZQjrM


Zzzzzzzzzz


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk

Nem noticias de abertura sobre o sucedido, nem revoltas nas redes sociais, nem manifestações pró-ambiente....


É nestes exemplos que se vê que os ambientalistas de ocasião não são mais do que hipócritas que tentam atacar governos com quem não simpatizam com a desculpa da "preocupação pelo ambiente".

O macron também deve estar muito ocupado para não fazer reuniões de emergência sobre o sucedido...

Online Philipp

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 24.166
  • Desde: Jan 2015
Re: Actualidade internacional
15/Out/19, 16:06 • #74035
O criminoso do Rajoy deixou o poder, já ninguém sabe dele e vai passar impune depois de causar tudo isto.



Offline Devenish

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 14.054
  • Desde: Out 2006
  • Membro do Mês Março/2019
Re: Actualidade internacional
16/Out/19, 01:56 • #86019
A atualidade internacional tem dois temas essenciais e que deveriam ser aqui discutidos porque vão ser os dominantes pelo menos nos próximos 15 dias;
O Brexit
A invasão do norte da Siria pelas tropas turcas.

Tudo o resto é fait-divers (excetuando a questão catalã) mas qualquer tópico deste tipo aqui serve para falar de coisas que pertencem a outros tópicos (exemplo do que lí nestes últimos posts, é degradante aquilo mas tem tópico especial para isso.
Estão atentos à atualidade internacional (não é o nome deste tópico?) - concentrem-se e escrevam sobre coisas prementes e deixem-se de off-topics, remoques e outras coisas infantis.
Não quero armar-me em moralista, manias de superioridade, etc. mas bolas ou querem discutir política a sério ou isto parece o Tweet, Facebook e outras coisas que não se aborda o premente do momento.