Autor Tópico: Actualidade internacional  (Lida 89568 vezes)

Offline Almadedragao

  • Bancada central
  • ***
  • Mensagens: 2.237
  • Desde: Jul 2018
Re: Actualidade internacional
09/Nov/19, 01:22 • #34088
Skynet...




Os robots não me impressionam muito. Os avanços no desenvolvimento de inteligências artificiais é que começam a levantar umas "red flags", na minha opinião.

Offline sirmister

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 40.756
  • Desde: Mar 2008
  • Membro do Mês Abril/2019
Re: Actualidade internacional
09/Nov/19, 01:25 • #23093
Os robots não me impressionam muito. Os avanços no desenvolvimento de inteligências artificiais é que começam a levantar umas "red flags", na minha opinião.

Está tudo ligado, Skynet é IA.

Offline ruipsousa8

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 3.789
  • Desde: Jul 2013
Re: Actualidade internacional
09/Nov/19, 09:56 • #98029
Já agora, o Bolsonaro calado que nem um rato sobre a libertacao de Lula. Da a ideia de que foi benéfico para soltar algum compincha seu.

Exige-se mais a um Presidente do Brasil que prometeu lutar contra este tipo de coisas.


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk


Offline JMPedroto

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 4.174
  • Desde: Nov 2017
Re: Actualidade internacional
09/Nov/19, 15:04 • #14078
Comemora-se hoje os 30 anos da queda do muro de Berlim, vou partilhar as seguintes curiosidades


Citar
O Muro de Berlim (em alemão Berliner Mauer) foi uma barreira física construída pela República Democrática Alemã (Alemanha Oriental - socialista) durante a Guerra Fria, que circundava toda a Berlim Ocidental (capitalista), separando-a da Alemanha Oriental (socialista), incluindo Berlim Oriental. Era parte da fronteira interna alemã. Este muro, além de dividir a cidade de Berlim ao meio, simbolizava a divisão do mundo em dois blocos ou partes: República Federal da Alemanha (RFA), que era constituído pelos países capitalistas encabeçados pelos Estados Unidos; e a República Democrática Alemã (RDA), constituído pelos países socialistas sob jugo do regime soviético.


Citar
Antes da construção do Muro, 3,5 milhões de alemães orientais tinham evitado as restrições de emigração do Leste socialista e fugiram para a Alemanha Ocidental, muitos ao longo da fronteira entre Berlim Oriental e Ocidental.


Citar
Este muro era patrulhado por militares da Alemanha Oriental Socialista com ordens de atirar para matar (a célebre Schießbefehl ou "Ordem 101") os que tentassem escapar, o que provocou a separação de dezenas de milhares de famílias berlinenses.[1]

Citar
A Alemanha Oriental diferia da Alemanha Ocidental (República Federal da Alemanha), que se desenvolveu como um país Ocidental capitalista com uma economia social de mercado ("Soziale Marktwirtschaft" em alemão) e um governo de democracia parlamentar. O crescimento económico contínuo a partir de 1950 da Alemanha Ocidental alimentou um "milagre económico" de 20 anos ("Wirtschaftswunder"). Enquanto a economia da Alemanha Ocidental cresceu e seu padrão de vida melhorou continuamente, muitos alemães orientais tentavam ir para a Alemanha Ocidental.


https://pt.wikipedia.org/wiki/Muro_de_Berlim



Aconselho qualquer um a pesquisar sobre as diferenças entre as condições de vida da Alemanha Ocidental capitalista e da Alemanha Oriental socialista.... começam a perceber porque é uma pessoa como eu que fui de esquerda mudei para a direita. Ou também podem ignorar os factos e continuar a acreditar no que querem.




« Última modificação: 09/Nov/19, 15:05 por JMPedroto »

Offline Johann

  • Bancada central
  • ***
  • Mensagens: 1.345
  • Desde: Out 2012
Re: Actualidade internacional
09/Nov/19, 16:28 • #88049
https://quillette.com/2019/09/17/i-basically-just-made-it-up-confessions-of-a-social-constructionist/

Da série “académicos de pacotilha”. Redefinições de género e racismo não passam de jogos de poder.

Offline Devenish

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 14.354
  • Desde: Out 2006
  • Membro do Mês Março/2019
Re: Actualidade internacional
09/Nov/19, 16:57 • #74084
Um post que fiz agora, de improviso portanto pode ter imprecisões, para o meu facebook e que partilho aqui sobre a minha visão, como reagí na altura e reajo agora, sobre a queda do muro de Berlim há 30 anos.


Faz hoje 30 anos que caíu o muro de Berlim. Uma data muito mais significativa para os alemães mas que mereceu na altura a atenção de todo o mundo. A URSS e todo o pacto de Varsóvia estavam em desagregação total e a RDA não foi exceção e até talvez foi a mais significativo porque a divisão das Alemanhas resultou num pacto entre os Aliados - a parte oeste ficava do lado do chamado ocidente e a oriental do lado da URSS. Na altura do fim da II Guerra Mundial e durante largos anos não houve muro (não era só em Berlim o muro, depois foi construído por toda a fronteira entre as duas Alemanhas) mas a fuga constante de alemães de leste para oeste levou à construção do muro. Famílias ficaram divididas para "sempre" (como na Coreia ainda)e enquanto a República Federal Alemã prosperava e recuperava da desgraça da II Guerra Mundial a RDA, embora fosse o país mais próspero do bloco de leste, não acompanhava o ritmo da ocidental e embora houvesse quase pleno emprego (com algumas indústrias muito poluentes - quem se lembra dos carros Bravant extremamente poluídores)vivia-se num estado policial. Ao contrário da RFA a RDA aproveitou os agentes das SS nazis e integrou-os no sistema para garantir o poder pela força. Na questão da educação e do desporto a RDA tinha bom comportamento mas anos mais tarde veio-se a descobrir que muitos daqueles atletas medalhados nos jogos olímpicos usavam anabolizantes - uma forma de fazer propaganda à boa maneira nazi agora mitigada com um conceito "comunista" que não o era na prática.
Esse dia que agora faz 30 anos foi empolgante e Berlim fez uma festa que nunca tinha acontecido nem voltará a acontecer.
Foi a vitória do capitalismo sobre o "comunismo" - de certa forma foi na altura mas o futuro veio a demonstrar, principalmente nestes últimos anos, que o capitalismo não ganhou nada, quando havia dois blocos no ocidente praticava-se uma política de cuidados sociais das populações (que o Maio de 68 veio a reforçar com direitos antes nunca adquiridos) mas com a desagregação do inimigo o neo liberalismo a pouco e pouco veio a impor-se e vive-se hoje uma situação explosiva, fruto de diversos fatores, em que a extrema direita ganha dia a dia mais força. Quando a extrema direita ganha força é sinal que a política seguida pelos partidos do centro direita democrática e esquerda não soluciona os problemas existentes. A queda da URSS e seus satélites não teve a ver com o marxismo que era e é uma ideologia que analisa as contradições insanáveis do capitalismo, teve a ver com uma interpretação abusiva do marxismo e a criação não de uma sociedade sem classes (que é e será nos próximos largos tempos uma utopia) mas de um capitalismo de estado brutal e sanguinário sem haver direito a discutir a sociedade - não foram só adeptos da "burguesia" a serem mortos ou a entrarem nos Gulags foram também milhares e milhares de homens/mulheres de esquerda a também pagarem pelos delitos de opinião.
Na altura, e sendo e sou homem de convicções de esquerda, saltei de alegria ao ver pela televisão aquilo que aconteceu há 30 anos, saltei ainda mais de alegria ao ver Ceaucescu da Roménia a ser fuzilado. Não me arrependo porque aquilo foi um momento de liberdade como foi a revolução francesa, a revolução de 1917, o 25 de Abril e outros. O que vem a seguir depois disso já é uma coisa diferente de analisar - os homens sempre fizeram porcaria após revoluções justas, razões disso? O post iria ser demasiado longo.

Offline JMPedroto

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 4.174
  • Desde: Nov 2017
Re: Actualidade internacional
09/Nov/19, 21:41 • #47081
Eu não posso deixar passar o branqueamento que o colega faz da antiga Alemanha Oriental e ainda criticar a Alemanha Ocidental de práticas neoliberais. É a típica cassete "não é verdadeiro socialismo" e "o malvado capital".


Eu posto factos, ao contrário de quem posta só um texto de opinião pessoal sem qualquer base documental para sustentar o que defende.


Vamos por pontos:

emprego



https://wol.iza.org/articles/the-labor-market-in-germany/long



rendimento bruto anual por trabalhador



https://www.researchgate.net/figure/Annual-gross-earnings-per-employee-in-East-and-West-Germany-full-time-parttime_fig3_271510609






pobreza




https://blogs.lse.ac.uk/europpblog/2014/01/08/despite-high-employment-rates-germany-is-also-experiencing-increasing-poverty-among-its-citizens/




Citar
Das quinhentas maiores empresas, a grande maioria tem sede nos Estados ocidentais (463 contra 37), sendo nos Estados orientais que o desemprego é mais elevado (6,6% contra 4,7%) e onde existem mais apartamentos vagos (9,7% – sem incluir Berlim – contra 3,8%).

https://www.publico.pt/2019/11/04/opiniao/opiniao/alemanha-reunificada-diferenca-30-anos-queda-muro-1892466





Citar
É nos Estados ocidentais que o PIB per capita é superior (40.301 euros contra 29.477 euros), assim como a média do rendimento bruto mensal (3330 euros contra 2690 euros). Desde 1991 e sem incluir Berlim, verifica-se também que o investimento do orçamento federal em infraestruturas de transporte tem sido maior nos Estados ocidentais (296 mil milhões de euros contra 97 mil milhões de euros).

https://www.publico.pt/2019/11/04/opiniao/opiniao/alemanha-reunificada-diferenca-30-anos-queda-muro-1892466






E para concluir, eu desafio qualquer um a investigar melhor sobre as diferenças entre a Alemanha Ocidental (capitalistas) e Alemanha Oriental (socialista), não vou dar a minha opinião pessoal para influenciar opiniões, pesquisem e tirem as vossas conclusões.

Offline André Farinha

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 7.803
  • Desde: Abr 2018
Re: Actualidade internacional
10/Nov/19, 11:12 • #80049
Rebelião policial ganha força na Bolívia




Offline Devenish

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 14.354
  • Desde: Out 2006
  • Membro do Mês Março/2019
Re: Actualidade internacional
10/Nov/19, 11:32 • #43025
O neo liberalismo é uma "coisa" recente deste século e não do período 1945 a 1990. Apresentem os gráficos que quiserem mas a política económica dos últimos 20 anos nada tem a ver com a anterior. A anterior numa guerra de blocos antagónicos era completamente diversa da atual e agora já não há URSS e seus satélites desde há mais de 30 anos. Comparar os políticos e as políticas dos Países que construíram a União Europeia a 6, e depois foi alargando, com os atuais é como comparar água com vinho.
E para defender a sua tese ainda dá a entender que eu defendia o sistema da ex.RDA o que é falso no meu texto. Quem saltou de alegria há 30 anos não defendia aquele sistema. Não defendo é um capitalismo selvagem que tenta se implantar.
« Última modificação: 10/Nov/19, 11:35 por Devenish »

Offline JMPedroto

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 4.174
  • Desde: Nov 2017
Re: Actualidade internacional
10/Nov/19, 11:56 • #89018
Eu uso gráficos e factos para provar a minha teoria e mesmo assim preferes continuar com a tua percepção das coisas,  se preferes continuar agarrado à tua opinião é contigo. Mas continuar a ignorar provas de que o capitalismo funciona e ainda se sente nas diferenças entre as regiões já é mais uma questão de defesa da ideologia do que defender factos. É por isso que este país pouco se desenvolve, nem com provas dadas de que o capitalismo beneficia muito mais a população deixam de defender o socialismo...nem o facto de sermos um dos países na cauda da europa conseguem perceber porque continuamos no fim da tabela. De certeza que os alemães lessem isso ficariam incrédulos.



O que é capitalismo selvagem e onde isso existe actualmente? Há muita gente que usa esse termo mas nem sequer sabe explicar nem apontar exemplos

Offline Devenish

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 14.354
  • Desde: Out 2006
  • Membro do Mês Março/2019
Re: Actualidade internacional
10/Nov/19, 13:27 • #30032
Olha por exemplo na Ásia, incluindo a China também. Como se pode competir com Países que vendem produtos  abaixo do preço de produção? Isto foi dito não pelo Governo mas dias atrás por um empresário português líder de uma Associação Empresarial. E o "crescimento económico" em alguns desses Países não ronda os 6 a 8% ao ano? Em benefício de quem? Da extrema maioria da população não é seguramente.
« Última modificação: 10/Nov/19, 13:29 por Devenish »

Offline ruipsousa8

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 3.789
  • Desde: Jul 2013
Re: Actualidade internacional
10/Nov/19, 13:34 • #23071
Com que então a alma mais inocente do Brasil caga na democracia que elegeu uma pessoa que ele não gosta, caga nesses milhões de brasileiros, e pede que o povo brasileiro siga o exemplo do chileno e ocupe as ruas.

Que cambada de delinquentes.


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk

Offline JMPedroto

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 4.174
  • Desde: Nov 2017
Re: Actualidade internacional
10/Nov/19, 15:03 • #66089
Olha por exemplo na Ásia, incluindo a China também. Como se pode competir com Países que vendem produtos  abaixo do preço de produção? Isto foi dito não pelo Governo mas dias atrás por um empresário português líder de uma Associação Empresarial. E o "crescimento económico" em alguns desses Países não ronda os 6 a 8% ao ano? Em benefício de quem? Da extrema maioria da população não é seguramente.

Não me respondeste o que é o capitalismo selvagem. E deixo as seguintes questões:


1º questão: qual é o partido que governa a China há 80 anos?

2ª questão: qual é a ideologia que inspirou a constituição desse partido?


podes ler a história do partido que governa a China e depois responder

https://en.wikipedia.org/wiki/Communist_Party_of_China




E para concluir, a China faz concorrência desleal e atropela os direitos humanos. Não faz parte dos principios do liberalismo.

O Trump que vocês tanto odeiam e criticam pretende diminuir a influência dos produtos chineses no mercado americano com a subida das tarifas e proteger os trabalhadores americanos,  e pasmem-se, o Trump não é socialista. Dá que pensar não dá?

« Última modificação: 10/Nov/19, 15:14 por JMPedroto »

Offline JMPedroto

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 4.174
  • Desde: Nov 2017
Re: Actualidade internacional
10/Nov/19, 15:27 • #24021



não bebam álcool, não comam carne... comam insectos, que maravilhoso novo mundo que está para vir

Offline ruipsousa8

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 3.789
  • Desde: Jul 2013
Re: Actualidade internacional
10/Nov/19, 15:32 • #98095



Degeneração.


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk