Autor Tópico: Inglaterra - Premier League - 2018/2019  (Lida 101478 vezes)

Online joaoalvercafcp

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 21.090
  • Desde: Mar 2012
Tottenham 1 Chelsea 0

Offline bluevertigo

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 4.857
  • Desde: Mai 2014
Tottenham 1 Chelsea 0
Apesar do desgaste nos Spurs maior variabilidade no meio. Ainda assim Chelsea tentando pressionar mais junto.

Online joaoalvercafcp

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 21.090
  • Desde: Mar 2012
https://www.ojogo.pt

Solskjaer: "Se os treinos terminam com alguma briga não me importo".

O treinador do Manchester explicou a importância da competitividade no plantel

Ole Gunnar Solskjaer soma cinco vitórias no mesmo número de jogos no comando técnico do Manchester United e aproveitou um pequeno estágio no Dubai para afinar a estratégia. Num pequeno balanço, o norueguês elogiou a atmosfera sentida no balneário, mas ressalvou que a competição é necessária e mesmo eventuais discussões são naturais.

"Já percebi que os jogadores são muito próximos, é uma atmosfera fantástica e um dos pilares de qualquer equipa. Mas os jogadores não têm de ser melhores amigos. Quando era jogador, tínhamos uma ou outra discussão, mas isso era por causa da exigência, dos padrões que impões. Se o treino acabar com alguma briga não me importo, porque isso significa que os jogadores são vencedores, que querem melhorar", afirmou o treinador que substituiu José Mourinho no comando técnico do Manchester United.

"Se te conformas com as derrotas nos treinos, vais perder quando um jogo realmente importar", explicou Solskjaer, que explicou que a rotina dos jogadores vai muito para lá das sessões de treino.

"Aqui eles não voltam logo para junto das famílias. Temos muito tempo para analisar vídeos e compreender melhor alguns princípios de jogo. Sentamo-nos e analisamos as coisas. Aprendemos muito com as vitórias, mas quando os jogos mais duros chegarem, aprende-se mais sobre as personalidades das pessoas e como a equipa lida com diferentes situações", concluiu.
« Última modificação: 09/Jan/19, 01:37 por joaoalvercafcp »


Offline MiguelDeco

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 18.927
  • Desde: Set 2013
  • Membro do Mês Dezembro/2018
https://www.ojogo.pt


"Se te conformas com as derrotas nos treinos, vais perder quando um jogo realmente importar", explicou Solskjaer, que explicou que a rotina dos jogadores vai muito para lá das sessões de treino.


Digo isto muitas vezes nos meus jogos de futsal com os meus amigos. Eu nem que seja a feijões não sei perder.

Offline André Farinha

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 4.829
  • Desde: Abr 2018

Offline André Farinha

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 4.829
  • Desde: Abr 2018

Online joaoalvercafcp

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 21.090
  • Desde: Mar 2012
https://www.ojogo.pt/

Acionista maioritário do Everton defende Marco Silva, mas deixa aviso

Farhad Moshiri traça como objetivo para a segunda volta da Premier League a melhoria da posição na tabela classificativa.

O Everton está a realizar uma campanha abaixo das expectativas na Premier League, que se traduz no atual 11º lugar. No entanto, o acionista maioritário dos "toffees", Farhad Moshiri vê Marco Silva como o homem certo para o leme do clube, acreditando na melhoria.

"Fizemos o nosso trabalho de casa, apostámos forte no Marco e vamos continuar com ele. Tem todo o nosso apoio e conta com o profissionalismo do Marcel Brands [diretor desportivo]. A consistência tem sido um problema, mas já tivemos exibições fantásticas. O desafio na segunda volta é repetir mais vezes essas exibições. Sabemos quem somos e estamos confortáveis", afiançou o dirigente, citado pelo The Guardian, que, ainda assim não deixou de avisar o treinador português:

"A nossa posição na tabela não é boa suficiente", rematou Moshiri.

Offline Dragon

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 2.756
  • Desde: Jun 2015
Não tarda nada e o Marquinho é despedido, está com vida difícil mas tem equipa para fazer bem melhor.

Online joaoalvercafcp

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 21.090
  • Desde: Mar 2012
https://www.abola.pt/

ROJO LAMENTA «POSIÇÃO DE DESVANTAGEM» EM RELAÇÃO AO RESTANTE PLANTEL

Várias têm sido as lesões de Marcos Rojo desde que o argentino ingressou no Manchester United proveniente do Sporting, em 2014.
Nos últimos dois anos, viu-se o polivalente jogador afastado dos relvados por vários meses.

«Pelo segundo ano consecutivo não pude fazer a pré-época completa e isso deixa-me numa posição de desvantagem em relação ao restante plantel. São coisas que acontecem no futebol e podem afetar qualquer um. Infelizmente, tem-me acontecido nos últimos tempos», lamentou Rojo, em declarações à revista do clube de Old Trafford.
«Sou forte mentalmente para dar a volta e começar tudo de novo. Irei lutar para conquistar um lugar na equipa», afiançou o jogador de 28 anos.
« Última modificação: 09/Jan/19, 16:58 por joaoalvercafcp »

Offline jardel

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 11.373
  • Desde: Out 2012
  • Membro do Mês Outubro/2018
Esta batota financeira do City é nojenta.

Online joaoalvercafcp

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 21.090
  • Desde: Mar 2012
M.City 9 Burton 0

Offline simao977

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 7.011
  • Desde: Jul 2015
M.City 9 Burton 0
O Burton foi reforço de inverno da Premier League?

Online joaoalvercafcp

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 21.090
  • Desde: Mar 2012
https://www.abola.pt

«O MEU PAI VENDIA O ALMOÇO PARA COMPRAR O JANTAR»

Aos 30 anos, Willian é uma das principais figuras do Chelsea e presença assídua na seleção brasileira.

Reconhecimento ganho desde que chegou a Inglaterra, proveniente do Shakhtar Donetsk, mas que começou a ser trabalhado desde muito cedo, enquanto ainda residia na modesta localidade de Ribeirão Pires, onde alinhava na equipa local.

No primeiro episódio do documentário Willian: Sonhos e Glórias, que retratará alguns dos temas mais íntimos da vida do internacional canarinho, o próprio revela pormenores relativos às dificuldades sentidas em tenra idade.

«A nossa realidade era muito simples, os meus pais sempre trabalharam muito para que nunca faltasse nada. ‘O meu pai vendia o almoço para comprar o jantar’, esse ditado define na íntegra a minha infância», revelou o médio dos blues, que revelou nunca ter visto outro rumo que não fosse chegar a jogador profissional de futebol.

«Todos os dias brincava com os meus amigos na rua, e era sempre futebol. Mesmo quando não tinha treinos no meu clube, ficava a brincar na rua. A minha infância sempre foi futebol, nunca pensei noutra coisa», avançou Willian.
« Última modificação: 10/Jan/19, 21:57 por joaoalvercafcp »

Offline RXavier10

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 7.372
  • Desde: Mai 2013
O Arsenal lá vai perdendo com o West Ham. 65 minutos e existem sinais de que as coisas possam mudar...

Offline sirmister

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 34.867
  • Desde: Mar 2008
O Arsenal lá vai perdendo com o West Ham. 65 minutos e existem sinais de que as coisas possam mudar...

è importante para nós que o MU não fique nos 4 primeiros, e por isso dava jeito que o arsenal não fosse passado por eles