Autor Tópico: Outras Ligas Europeias 2018/2019  (Lida 4072 vezes)

Offline PV3

  • Bancada central
  • ***
  • Mensagens: 1.777
  • Desde: Mai 2017
  • Membro do Mês Janeiro/2018
A Voz do Vulcão!

Toumba. Gate 4. Tarde-noite de sonho em Salónica. Ambiente único. Paixão em chamas!
Vitória sobre o odiado Olympiakos. E “fechar” o campeonato. Uma espera faminta impossível de 34 anos. A época passada, esteve tão perto, mas automutilarem-se quase no fim. Agora, alguém ainda não acredita?!

Excelente abordagem de Lucescu. Mantendo o seu 4-2-3-1, mas agora mais em transição. Já sem Prijovic, mas com Akpom. Adaptar e enquadrar ao que agora tem.
Paciência em ficar mais baixo para chamar. Depois, sair rápido no erro e no espaço.

Grande arranque com Vieirinha num remate ajudado, bem de longe, a bater o Sá. Depois numa jogada tática, Léo Jabá (era bem caçado) em belo centro, para terminar no encosto de Biseswar.
Espírito, ambição, sacrifício. Cada corte, cada canto, cada defesa, comemorada como um golo. Sérgio Oliveira a entrar na 2ª parte e a jogar simples.

Oly de Pedro Martins, lento, sem imaginação. Sempre por fora, sem ligar por dentro. A ter que assumir, a ter que ir para cima, desde início, mas imprecisos e desalinhados.  Tão natural, como previsível.

No fim todos ali à esquerda dos Gate 4. Agradecimento em comunhão vibrante e ensurdecedora.
Fortaleza indomável!

PAOK - Olympiakos 3-1

Já deveria ser o bicampeonato para eles.

Como jogou o nosso Sérgio Oliveira?

Offline bluevertigo

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 4.776
  • Desde: Mai 2014
Já deveria ser o bicampeonato para eles.

Como jogou o nosso Sérgio Oliveira?
Mesmo. O ano passado suicídio em pleno Toumba.

O Sérgio entrou logo no início da 2ªparte a substituir o Shakov. Para duplo pivot com o Maurício. Segurou posição e jogou fácil, ao primeiro toque, para ligar rápido e sairem em transição. Tentou disfarçar lentidão mas parece poder encaixar bem ali. Ainda um outro carrinho injetado pelo ambiente brutal.

Já pedi aos meus amigos de Salónica, que obviamente lá foram, se têm vídeo daquela loucura!

Offline joaoalvercafcp

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 20.770
  • Desde: Mar 2012
https://www.ojogo.pt

Cluj perde, mas equipa de Toni mantém liderança

O comandante do campeonato romeno continua com 47 pontos, face aos agora 42 do seu rival deste domingo

O Cluj treinado pelo português Toni perdeu por 2-0 na visita ao Universidade Craiova, mas mantém a liderança isolada do campeonato romeno de futebol, à 23.ª jornada.

O comandante do campeonato romeno continua com 47 pontos, face aos agora 42 do seu rival deste domingo, porém, o Steaua de Bucareste, que tem 41, pode aproximar-se do comando, caso vença na segunda-feira em casa o Hermannstadt, oitavo classificado.

O veterano avançado Andrei Cristea, aos 14 minutos, e o bósnio Elvir Koljic (78) fizeram os golos que derrotaram o Cluj, que teve Camora a jogar os 90 minutos.


Offline bluevertigo

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 4.776
  • Desde: Mai 2014
Podence ainda agitou mas foi ferozmente perseguido e marcado.

PAOK bem superior num Toumba escaldante.

Offline joaoalvercafcp

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 20.770
  • Desde: Mar 2012
https://www.ojogo.pt

Sá Pinto vence e Légia mantém perseguição ao líder

Num jogo em que o médio português André Martins foi titular, o Légia marcou o golo do triunfo aos 65 minutos

O Légia de Varsóvia, treinado por Ricardo Sá Pinto, venceu em casa do Wisla Plock 1-0, na liga polaca, e manteve-se na perseguição ao líder Lechia Gdansk.

Num jogo em que o médio português André Martins foi titular, o Légia marcou o golo do triunfo aos 65 minutos, com o central Jedrzejczyk a marcar de cabeça, na sequência de um canto.

Na formação de Varsóvia, Sá Pinto ainda fez entrar Salvador Agra, aos 60 minutos, e Iuri Medeiros, emprestado pelo Sporting à equipa polaca, já muito perto do final, aos 90 minutos.

O campeonato polaco é liderado pelo Lechia Gdansk, com 45 pontos, seguido do tricampeão Légia de Varsóvia, com 42

Offline bluevertigo

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 4.776
  • Desde: Mai 2014
A Voz do Vulcão!

Toumba. Gate 4. Tarde-noite de sonho em Salónica. Ambiente único. Paixão em chamas!
Vitória sobre o odiado Olympiakos. E “fechar” o campeonato. Uma espera faminta impossível de 34 anos. A época passada, esteve tão perto, mas automutilarem-se quase no fim. Agora, alguém ainda não acredita?!

Excelente abordagem de Lucescu. Mantendo o seu 4-2-3-1, mas agora mais em transição. Já sem Prijovic, mas com Akpom. Adaptar e enquadrar ao que agora tem.
Paciência em ficar mais baixo para chamar. Depois, sair rápido no erro e no espaço.

Grande arranque com Vieirinha num remate ajudado, bem de longe, a bater o Sá. Depois numa jogada tática, Léo Jabá (era bem caçado) em belo centro, para terminar no encosto de Biseswar.
Espírito, ambição, sacrifício. Cada corte, cada canto, cada defesa, comemorada como um golo. Sérgio Oliveira a entrar na 2ª parte e a jogar simples.

Oly de Pedro Martins, lento, sem imaginação. Sempre por fora, sem ligar por dentro. A ter que assumir, a ter que ir para cima, desde início, mas imprecisos e desalinhados.  Tão natural, como previsível.

No fim todos ali à esquerda dos Gate 4. Agradecimento em comunhão vibrante e ensurdecedora.
Fortaleza indomável!

PAOK - Olympiakos 3-1
Em Salónica, dois 4-2-3-1 bem diferentes na inteligência, coragem, proposta e energia.

Offline joaoalvercafcp

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 20.770
  • Desde: Mar 2012
Classificação  (Holanda)

1-Psv  56 Pts
2-Ajax 50 Pts

Offline bluevertigo

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 4.776
  • Desde: Mai 2014
Lucescu com o seu PAOK (de autor) agora, com 54p. 9 de avanço do Oly e 14 do AEK.
Está feito.
E tem o Toumba para ir festejando loucamente até ao fim.

Offline joaoalvercafcp

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 20.770
  • Desde: Mar 2012

Offline bluevertigo

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 4.776
  • Desde: Mai 2014
PAOK no paraíso. Pedro Martins a sentir pressão e dúvidas imediatas. Marinakis a ver tudo.
Acusam-no de fraca preparação psicológica. Pouco nervo, sem ideias. Quando tem que assumir…mas qual a supresa?! Mau conhecimento?! Fazem a resenha do que realmente conseguiu cá contra grandes. Nenhum daqueles feitos especiais.
 
O anormal foi a sua “Champions” naquela virada/eliminação 3-1 do Milan no Karaiskakis. 

Offline PV3

  • Bancada central
  • ***
  • Mensagens: 1.777
  • Desde: Mai 2017
  • Membro do Mês Janeiro/2018
PAOK no paraíso. Pedro Martins a sentir pressão e dúvidas imediatas. Marinakis a ver tudo.
Acusam-no de fraca preparação psicológica. Pouco nervo, sem ideias. Quando tem que assumir…mas qual a supresa?! Mau conhecimento?! Fazem a resenha do que realmente conseguiu cá contra grandes. Nenhum daqueles feitos especiais.
 
O anormal foi a sua “Champions” naquela virada/eliminação 3-1 do Milan no Karaiskakis.

Fiquei com a sensaçao que o José Sá fez algumas grandes defesas, mas que também podia ter feito mais nos golos.
Concordas?
Naquele primeiro golo do PAOK, a bola bate em alguém?

Offline bluevertigo

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 4.776
  • Desde: Mai 2014
Fiquei com a sensaçao que o José Sá fez algumas grandes defesas, mas que também podia ter feito mais nos golos.
Concordas?
Naquele primeiro golo do PAOK, a bola bate em alguém?
Concordo sim.
No primeiro, grande remate do Vieirinha logo aos 2 min mas bate no Natcho. O Sá está ligeiramente adiantado, lança-se no máximo, ainda toca, mas não dá. Péssimo a meio caminho no 2-0. Não vai, não fica. Mal.
Do que me lembro, pára depois bem uma central do Biseswar na área e do Akpom de cima para baixo.
Depois na 2ª sai bem aos pés do El Kaddouri. Pára mais duas seguras.
No 3-0, está logo algo saído e mama de mais longe.
Tem estado algo inconstante ainda.

Repito-me: desarmante sempre para mim aquele ambiente. Mais do que o jogo. O Toumba é especial. Já lá estive duas vezes e é incrível. Quero voltar a sentir in loco!