Autor Tópico: Campeonato, 7ª J.: Sporting-FC Porto 5-3  (Lida 3800 vezes)

Offline bluevertigo

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 4.388
  • Desde: Mai 2014
Filme repetido.
Começa a enjoar.

Árbitros, mas também culpas próprias. Temos que tirar muito mais do que criamos.
E hoje tantas vezes, tão bem trabalhado, em situações favoráveis naquele excelente arranque. Girão a engatar. Monstro. Nojo. Mas algumas daquelas tinham que ter entrado.

Superiores mas perder. E contra este Sporting…tão pobre em ideias e dinâmica ofensiva.
Depois o habitual. O que se repete. Desvantagem e ter que ir atrás. A sofrermos no simples deles.  E no que também, hoje, mais para o fim concedemos.

É que nestes jogos começa a ser demasiado previsível o que vai acontecer. Apesar de todas as condicionantes, esperava já maior controle dos momentos decisivos.

Offline Pombal

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 11.991
  • Desde: Abr 2010
  • Membro do Mês Setembro/16
O meu comentário é relacionado com o facto de nunca perdermos sem ser culpa do árbitro, hoje nem pude ver, na quarta MERECEMOS perder.

A referência ao riba d'ave é o simples facto de terem mais para pontos que nós e muito menos choradeira e são 25% de campeonato não é uma jornada única.

Já agora hoje era para a taça? Alguma daquelas convenções de jogar o segundo gr numa competição menor?

Até posso estar errado em tudo, mas pelo menos tento argumentar quando discordo de um user.

25% de campeonato, em que o Porto tem 4 jogos fora, e 3 com candidatos ao titulo. Acho que mais nenhuma equipa está nesta situação.

Essa do 2º GR também não sei de onde veio. Alias nunca o Nelson ou o Grau foram titulares. E o Nelson fez um bom jogo, as Girãodettes é que sempre que jogamos com o Sporting fazem questão de rebaixar os nossos GR.

Offline Pombal

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 11.991
  • Desde: Abr 2010
  • Membro do Mês Setembro/16

Quanto ao penalty duvidoso, se foi bola no patim, pareceu-me fora.

A questão não é ser dentro e/ou bater.

A questão é se ha intenção do jogador do Sporting, pois o patim ja la estava.


Offline grandeporto

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 16.973
  • Desde: Ago 2006
Caro apocalypto,de repente nao tens idade para saberes o que era o Sporting nos finais dos anos 70 e inicio dos 80 aquilo era uma roubalheira como nunca vi o presidente deles era o Joao Rocha que já deves ter ouvido falar e com quem Pinto da Costa travou seu primeiro duelo,o presidente do Benfica era o Fernando Martins e era em certa forma nosso aliado,depois apareceu o ser execravel de um tal de Gaspar Ramos e o caldo entornou.
O Sporting nos finais dos anos 70 .conseguiu a façanha se ser cameão nacional com um tal de Fernando Mendes a treinador o segunda na época ,com Ademar que depois andou por clubes menores e veio parar ao Porto onde nem convodado era e um tal de Freire que era a arma secreta,um jogador que hoje não jogaria nem no Boavista atual e ainda assim tiveram de recorrer a um jogador que emprestaram para fazer golo contra para serem campeoes eu nunca vi tanta pouca vergonha junta,penso ter siso em 1978/79.ergunta a pessoas que viveram essa época.
----------------------

Foi quando ganharam uma final da Taça de Portugal após uma finalissima no Jamor arbitrada pelo arbitro de santarém Mario luis que nos roubou até ao impossivel.

Como prémio acompanhou o scp em digressão á China apanhando o avião com a comitiva do scp no dia seguinte.

Mario Luís ficou com o cognome o chinês, para sempre.

Para quem fala em roubalheiras agora, lembrem-se que antigamente havia um canal, 2 jornais desportivos e não havia nem internet nem redes sociais nem nada. Era roubar +a ceguinha seja eu sem problemas.

Offline mega_dragon

  • Bancada central
  • ***
  • Mensagens: 2.170
  • Desde: Jun 2012
Agora é ganhar todos os jogos que faltam. Fora só temos mais um jogo complicado, Barcelos. Em casa é para limpar tudo.

Incrivel como o Sporting chega ao fim da 1ª volta em 1º. Dos 4 candidatos é o que joga menos, de longe.

Vencendo os jogos todos como nos compete e temos toda a capacidade para isso, seremos Campeões ! O sporting não passa no galinheiro e vai acabar em 3o.

Offline Pombal

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 11.991
  • Desde: Abr 2010
  • Membro do Mês Setembro/16
Os "grandes" ainda vão perder pontos, sem ser entre eles.

Offline bluevertigo

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 4.388
  • Desde: Mai 2014
Atenção é a nós em Barcelos e Braga.
Depois em casa ganhar tudo. De seguida. Sempre difícil.

Offline Morais

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 7.700
  • Desde: Mai 2017
----------------------

Foi quando ganharam uma final da Taça de Portugal após uma finalissima no Jamor arbitrada pelo arbitro de santarém Mario luis que nos roubou até ao impossivel.

Como prémio acompanhou o scp em digressão á China apanhando o avião com a comitiva do scp no dia seguinte.

Mario Luís ficou com o cognome o chinês, para sempre.

Para quem fala em roubalheiras agora, lembrem-se que antigamente havia um canal, 2 jornais desportivos e não havia nem internet nem redes sociais nem nada. Era roubar +a ceguinha seja eu sem problemas.

Sum e me lembro de outra num Porto vs Sporting nas Antas jogo que eu assisti o Porto se ganhasse praticamente iria para o tri penso ter sido em 78/79,o árbitro era o Antonio Garriido um lagarto dos 4 costados.Muito bem logo no ínício numa grande jogada nossa o Oliveira fou abalroado na área e nada e embora continuassemos a carregar o certo e que ficou no 0 a 0,depois mais para a frente houve aquele caso selebre do auto-golo do Manaca.
Bem mas voltando ao Antonio Garrido falou que não deu aquele penalti porque como o Porto estava a jogar logo iriamos ganhar o jogo.Enfim...

Offline fcp79

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 4.673
  • Desde: Mar 2012
25% de campeonato, em que o Porto tem 4 jogos fora, e 3 com candidatos ao titulo. Acho que mais nenhuma equipa está nesta situação.

Essa do 2º GR também não sei de onde veio. Alias nunca o Nelson ou o Grau foram titulares. E o Nelson fez um bom jogo, as Girãodettes é que sempre que jogamos com o Sporting fazem questão de rebaixar os nossos GR.

O Nelson tem e terá sempre o meu respeito, mas o Grau é superior, e vinha de um jogo que se calhar o pontinho que caiu do céu se deve a ele mais que todos outros, porque trocar o GR no jogo seguinte, sendo o jogo que era?

Ou seja és o melhor em campo, vais pro banco... btw adoro o Cabestany e por mim pode renovar 5 anos.

Offline Ivganovich

  • Bancada central
  • ***
  • Mensagens: 1.009
  • Desde: Jun 2017
Várias considerações:

1- O roubo continua. Golo não validado, azul claro para o adversário passado em branco que resulta em golo do adversário, etc. Vamos continuar com comunicados sem rosto e conversas de café no canal do clube? Era bom ter um presidente e uma direcção que fizessem mais do que figura de corpo presente;

2- A ineficácia das bolas paradas já irrita. Tantos especialistas e no fim de contas, tirando uns penaltis do Gonçalo, é quase tudo a zeros;

3- Passamos a partida a depender ofensivamente do que o Gonçalo fazia, mas temos jogadores com qualidade suficiente para que isso não devesse acontecer;

4- Está tudo em aberto, é certo, mas saímos da primeira volta dos embates com os rivais em clara desvantagem. 9 pontos possíveis, 1 conquistado. Independentemente das razões porque isso aconteceu, esse é o cenário actual. Temos que fazer valer o fator casa na segunda volta e não ter deslizes contra equipas que não são deste campeonato.

Offline grandeporto

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 16.973
  • Desde: Ago 2006
Sum e me lembro de outra num Porto vs Sporting nas Antas jogo que eu assisti o Porto se ganhasse praticamente iria para o tri penso ter sido em 78/79,o árbitro era o Antonio Garriido um lagarto dos 4 costados.Muito bem logo no ínício numa grande jogada nossa o Oliveira fou abalroado na área e nada e embora continuassemos a carregar o certo e que ficou no 0 a 0,depois mais para a frente houve aquele caso selebre do auto-golo do Manaca.
Bem mas voltando ao Antonio Garrido falou que não deu aquele penalti porque como o Porto estava a jogar logo iriamos ganhar o jogo.Enfim...

-------------

O auto golo do Manaca em guimaraes a 8 minutos do fim a cabecear para dentro da baliza foi das coisas mais escandalosas e badalhocas de sempre, decidiu o campeonato na penultima jornada.

O scp  alimentou se bem da gamela do poder do CA e das arbitragens.

Enquanto houve condes, duques, monarquia, banqueiros com dinheiro para corromper Inacios de Almeida, Garridos, Porem luis, Mário Luís e outros o scp ainda mamou o que o benfica deixou, agora com croquetes e tesos estão fodidos.

Online joaoalvercafcp

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 18.870
  • Desde: Mar 2012
https://www.fcporto.pt/pt

DERROTA INJUSTA NO CLÁSSICO

FC Porto Fidelidade perdeu neste domingo frente ao Sporting (5-3), no Pavilhão João Rocha
O FC Porto Fidelidade perdeu neste domingo frente ao Sporting (5-3), no Pavilhão João Rocha, em encontro relativo à 7.ª jornada do Campeonato Nacional de hóquei em patins. O encontro ficou marcado por falhas evidentes da equipa de arbitragem, tal como havia acontecido na Luz, prejudicando os Dragões e permitindo à formação local construir uma vantagem injustificada.

Depois de Rafa ter garantido o empate a dois golos para o FC Porto Fidelidade, já na etapa complementar, Ângelo Girão desviou uma bola para lá da linha de golo, a remate de Gonçalo Alves. A equipa de arbitragem mandou seguir e Toni Pérez fez o 3-2 pouco depois. O avançado espanhol bisou em dois minutos, com o segundo golo a surgir num lance em que Gonçalo Alves foi claramente derrubado em falta. Uma vez mais, os árbitros mandaram seguir. Essa fase foi verdadeiramente decisiva para o desfecho do encontro.

Antes e depois, registaram-se períodos de equilíbrio entre dois candidatos ao título nacional. Pedro Gil (13m) inaugurou o marcador mas Gonçalo Alves anulou a desvantagem com um remate soberbo da linha do meio-campo.  Foi a primeira vez que o FC Porto Fidelidade conseguiu superar a oposição de Ângelo Girão, guarda-redes que negou vários golos aos Dragões nos primeiros minutos do encontro.

A caminho do intervalo, o FC Porto chegou à décima falta e Ferran Font aproveitou para fazer o 2-1 para a equipa da casa. Seria Rafa a equilibrar o jogo já na segunda parte, com um desvio em zona de finalização. Seguiu-se a fase mais negra do encontro, já explicada anteriormente, e a resposta de Gonçalo Alves ao polémico 4-2. De penálti, o avançado portista reduziu para a diferença mínima. Porém, na sequência de uma perda de bola do FC Porto Fidelidade, Gonzalo Romero viria a fixar o resultado final no Pavilhão João Rocha.

“Pela exibição que fizemos, merecíamos mais. Fico satisfeito pela nossa exibição, a equipa esteve excelente, até pelo seu comportamento no rinque. Defrontámos um grande adversário, que soube tirar partido dos muitos lances de bola parada de que dispôs. Já disse que não comento arbitragens. As imagens existem para que todas as pessoas fazem as suas análises”, disse Guillem Cabestany.

FICHA DE JOGO

SPORTING-FC PORTO FIDELIDADE, 5-3
Campeonato Nacional da 1.ª Divisão, 7.ª jornada
25 de novembro de 2018
Pavilhão João Rocha, em Lisboa

Árbitros: Joaquim Pinto e Ricardo Leão

SPORTING: Angelo Girão (g.r.), Ferran Font, Caio, Matías Platero e Toni Pérez
Suplentes: Zé Diogo Macedo (g.r.), Pedro Gil, João Pinto, Henrique Magalhães e Gonzalo Romero
Treinador: Paulo Freitas

FC PORTO FIDELIDADE: Nélson Filipe (g.r.), Hélder Nunes (cap.), Reinaldo García, Gonçalo Alves e Rafa
Suplentes: Carles Grau (g.r.), Telmo Pinto, Giulio Cocco, Hugo Santos e Poka
Treinador: Guillem Cabestany

Ao intervalo: 2-1
Marcadores: Pedro Gil (13m), Gonçalo Alves (14m e 47m), Ferran Font (21m), Rafa (30m), Toni Pérez (45m e 46m), Gonzalo Romero (48m)

Online joaoalvercafcp

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 18.870
  • Desde: Mar 2012

Offline R0NIK

  • Bancada central
  • ***
  • Mensagens: 1.017
  • Desde: Dez 2012
Tratar todos os jogadores por igual, seja em que modalidade ou clube for, não faz grande sentido, a não ser nos torneios populares, em que cada um paga o seu e todos jogam o mesmo tempo.
Começa na baliza, onde há rotação em jogos importantíssimos, mesmo percebendo-se facilmente que Grau é superior ao Nelson Felipe. Depois, passa pela conversa "habitual", o facto de jogadores como Telmo Pinto serem tanto ou mais utilizados do que Rafa, Cocco e, sobretudo, Gonçalo que é, de longe, o maior desequilibrador desta equipa.

Gosto do estilo de jogo do Porto, portanto, tecnicamente, nada tenho contra Cabestany, acho que este tem apenas de perceber que, com este tipo de opções, é mais complicado...

Quanto à arbitragem, é mais do mesmo. O nosso clube já deixou de ser respeitado (neste caso, pelas entidades que gerem as modalidades [FPP]) há imenso tempo. É gozar à descarada.

Offline Pedrix77

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 3.097
  • Desde: Out 2016