Autor Tópico: Época 2019: W52 FC Porto  (Lida 44992 vezes)

Offline Um Portista

  • Bancada central
  • ***
  • Mensagens: 1.322
  • Desde: Ago 2018
Re: Época 2019: W52 FC Porto
09/Out/19, 18:52 • #42047
Muito consciente esta descida de divisão. Muito bem, colocar o futuro da secção acima da visibilidade a curto prazo antes de colapsar.


Offline Pedrix77

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 5.110
  • Desde: Out 2016
Re: Época 2019: W52 FC Porto
10/Out/19, 21:11 • #38098
Duas saídas já confirmadas:

. Joaquim Silva e Angel Rebollido para a Miranda Mortágua


https://www.jornaldocentro.pt/online/desporto/proxima-epoca-de-ciclismo-da-miranda-mortagua-a-ser-preparada/

 

Offline jpgm97

  • Bancada central
  • ***
  • Mensagens: 1.153
  • Desde: Jul 2016
Re: Época 2019: W52 FC Porto
10/Out/19, 21:52 • #54049

A Miranda-Mortágua está a criar uma equipa competiva. Renovou com o Daniel Freitas e deverá juntar o Rebollido e Quim ao Benta.

Já nós, essas saídas poderão indicar que vamos reduzir o plantel, devido à provável descida de escalão.

O Rebollido é um rolador decente, mas não uma peça fundamental na estratégia da equipa. Já o Quim, apesar de ser um bom trepador, capaz de fazer uns top 10 nalgumas corridas lá fora, não chegou a atingir o nível que se pensou. Estamos a falar de um ciclista que há cinco anos fez 8º na Volta à França do Futuro e que nem levamos à Volta este ano.

Parece que a saída do Fonte para a Efapel é algo que poderá acontecer. Sendo assim,, renovar com todos, menos com o Tiago Ferreira, seria o ideal de forma a termos 12 excelentes ciclistas, isto confirmando-se a descida de escalão.



Offline Pedrix77

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 5.110
  • Desde: Out 2016
Re: Época 2019: W52 FC Porto
11/Out/19, 08:18 • #59025
Estamos a tratar das renovações do João Rodrigues, Rui Vinhas, Alarcon, Ricardo Mestre, Gustavo Veloso

Enviado do meu SM-G950F através do Tapatalk


Offline Ivganovich

  • Bancada central
  • ***
  • Mensagens: 1.780
  • Desde: Jun 2017
Re: Época 2019: W52 FC Porto
11/Out/19, 08:22 • #52042
A Miranda-Mortágua está a criar uma equipa competiva. Renovou com o Daniel Freitas e deverá juntar o Rebollido e Quim ao Benta.

Já nós, essas saídas poderão indicar que vamos reduzir o plantel, devido à provável descida de escalão.

O Rebollido é um rolador decente, mas não uma peça fundamental na estratégia da equipa. Já o Quim, apesar de ser um bom trepador, capaz de fazer uns top 10 nalgumas corridas lá fora, não chegou a atingir o nível que se pensou. Estamos a falar de um ciclista que há cinco anos fez 8º na Volta à França do Futuro e que nem levamos à Volta este ano.

Parece que a saída do Fonte para a Efapel é algo que poderá acontecer. Sendo assim,, renovar com todos, menos com o Tiago Ferreira, seria o ideal de forma a termos 12 excelentes ciclistas, isto confirmando-se a descida de escalão.
Pensando na forçosa saída de 4 ciclistas, tinha pensado que o Rebollido e o Tiago seriam os favoritos, tendo que se juntar mais dois de mais difícil escolha. Se recaírem sobre esses não me parece a pior das hipóteses.

Offline Cyclisme81

  • Arquibancada
  • *
  • Mensagens: 389
  • Desde: Fev 2017
Re: Época 2019: W52 FC Porto
11/Out/19, 09:53 • #21081
Provavelmente irá sair mais alguém... Rafael Reis é um desses nomes... Mas globalmente iremos ter uma equipa forte e muito competitiva!

Offline Paolitik

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 4.202
  • Desde: Nov 2014
Re: Época 2019: W52 FC Porto
11/Out/19, 11:00 • #52013
com essa descida de escalão, não devemos contratar ninguém.

já é muito bom renovar com os nossos principais ciclistas.

Offline Paolitik

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 4.202
  • Desde: Nov 2014
Re: Época 2019: W52 FC Porto
11/Out/19, 12:56 • #39056
é pena a perda do quim, no mínimo seria um bom/excelente gregário.

Offline Ric_Sousa

  • Bancada central
  • ***
  • Mensagens: 1.230
  • Desde: Mar 2012
Re: Época 2019: W52 FC Porto
11/Out/19, 14:31 • #15068
Provavelmente irá sair mais alguém... Rafael Reis é um desses nomes... Mas globalmente iremos ter uma equipa forte e muito competitiva!

Se perdemos 2/3 ciclistas bons e não contratarmos ninguém... não me parece que os termos mais correctos sejam "equipa forte e muito competitiva" :)

Pois obviamente seria sempre competitiva (não nos vamos tornar num Feirense ou Oliveirense). Mas é um downgrade em relação ao habitual   

Offline Danilo

  • Superior
  • *
  • Mensagens: 71
  • Desde: Mai 2016
Re: Época 2019: W52 FC Porto
11/Out/19, 14:32 • #92051
Fico triste pelas notícias da descida de divisão e da saída de alguns nomes como o Joaquim Silva.

Este primeiro ano de Pro Continental, não sendo brilhante, correu bem. No contexto nacional cumprimos o principal objetivo que era ganhar a Volta a Portugal e ainda ganhamos outras provas como a Volta ao Alentejo. Lá fora, tivemos prestações muito honrosas e fechamos quase sempre nos Top 10 das corridas.

Sinceramente, acho que tínhamos valor para continuarmos no escalão e continuar a dignificar a nossa camisola e o ciclismo nacional por toda a Europa. Certamente íamos ainda fazer melhor que no ano passado. Mas as circunstâncias são o que são, a UCI complicou a vida a muito boa gente (nós incluídos) e não tenho dúvidas que não houve outra opção a tomar por parte de quem manda.

Desculpem o desabafo mas fiquei mesmo desiludido :)






Offline Goldkeeper

  • Bancada lateral
  • **
  • Mensagens: 717
  • Desde: Out 2015
Re: Época 2019: W52 FC Porto
11/Out/19, 15:37 • #17086
Sem eles demos o banho que demos na Volta a Portugal, descendo não faz sentido manter esta gente toda. Se mantivermos os da Volta a Portugal mais 1 ou 2 jovens chega perfeitamente para dominar novamente o escalao nacional. É uma pena esta exigencia da UCI. com um pouco mais de experencia poderiamos fazer um pouco melhor lá fora.

Offline mega_dragon

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 2.616
  • Desde: Jun 2012
Re: Época 2019: W52 FC Porto
11/Out/19, 15:49 • #97025
Ao descermos que provas além fronteiras temos perspectivas de entrar ?

Prevejo em Espanha as habituais Comunidade de Madrid, Asturias, Aragão...

E fora da Peninsula Ibérica ?

Offline Cyclisme81

  • Arquibancada
  • *
  • Mensagens: 389
  • Desde: Fev 2017
Re: Época 2019: W52 FC Porto
12/Out/19, 09:33 • #83050
Se perdemos 2/3 ciclistas bons e não contratarmos ninguém... não me parece que os termos mais correctos sejam "equipa forte e muito competitiva" :)

Pois obviamente seria sempre competitiva (não nos vamos tornar num Feirense ou Oliveirense). Mas é um downgrade em relação ao habitual

Se com, Alarcon, Carvalho, Veloso, Vinhas, Ricardo Mestre, João Rodrigues, Caldeira, Edgar Pinto, Francisco Campos, Daniel Mestre... Se não te parece uma equipa competitiva... Até agora, dos elementos que saíram que resultados relevantes tiverem em 2019?!!!

Offline Ric_Sousa

  • Bancada central
  • ***
  • Mensagens: 1.230
  • Desde: Mar 2012
Re: Época 2019: W52 FC Porto
12/Out/19, 12:27 • #87079
Se com, Alarcon, Carvalho, Veloso, Vinhas, Ricardo Mestre, João Rodrigues, Caldeira, Edgar Pinto, Francisco Campos, Daniel Mestre... Se não te parece uma equipa competitiva... Até agora, dos elementos que saíram que resultados relevantes tiverem em 2019?!!!

Acho que é fácil perceber o que escrevi...
Se a uma equipa reduzem o investimento, perde atletas e não contrata ninguém... não me parece que a 1ª coisa que me vem à cabeça seja: "vamos ser muito fortes e competitivos". Então na época actual somos o quê? Hiper fortes e ultra competitivos?

Já para não falar da parte mental dos ciclistas, da descida de escalão, das corridas que já não vão participar, etc.

Quanto muito pensaria algo como: "apesar das perdas e desinvestimento, vamos continuar a ter uma equipa competitiva".

Offline Mr.Ribeiro 46

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 2.957
  • Desde: Jul 2016
Re: Época 2019: W52 FC Porto
12/Out/19, 12:37 • #75016
Acho que é fácil perceber o que escrevi...
Se a uma equipa reduzem o investimento, perde atletas e não contrata ninguém... não me parece que a 1ª coisa que me vem à cabeça seja: "vamos ser muito fortes e competitivos". Então na época actual somos o quê? Hiper fortes e ultra competitivos?

Já para não falar da parte mental dos ciclistas, da descida de escalão, das corridas que já não vão participar, etc.

Quanto muito pensaria algo como: "apesar das perdas e desinvestimento, vamos continuar a ter uma equipa competitiva".

Para a realidade das continentais, é uma equipa forte e muito competitiva. Para a realidade nacional, idem.
E tendo em conta a provável redução de calendário, mais competitiva fica.
Já não há a preocupação de mandar uns quantos passear ás Dinamarcas e ás Colombias para fazerem lugares de periferia no top 10 sem se mostrarem na corrida.