Autor Tópico: 42º GP Internacional Torres Vedras - Troféu Joaquim Agostinho (2.2)  (Lida 2075 vezes)

Online Rui Alves

  • Superior
  • *
  • Mensagens: 8
  • Desde: Abr 2019

Offline Pedrix77

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 4.682
  • Desde: Out 2016
Enrique Sanz triunfa ao sprint

O basco Enrique Sanz (Euskadi Basque Country-Murias) venceu hoje a primeira etapa em linha do 42.º Grande Prémio Internacional de Torres Vedras – Troféu Joaquim Agostinho, uma viagem de 156,8 quilómetros, entre a Adega Cooperativa da Ventosa e Sobral de Monte Agraço, que deixou o galego Gustavo César Veloso (W52-FC Porto) no topo da classificação geral.

A etapa terminou com um intenso duelo de sprinters, colocando frente a frente o basco Enrique Sanz e o português César Martingil (Sporting-Tavira), ao cabo de 3h59m47s de esforço. O experiente Sanz levou a melhor sobre o jovem Martingil, conquistando a quinta vitória da época, quarta em Portugal. O terceiro do dia foi Antonio Angulo (Efapel).

“Outra vez em Portugal, outra vez ganhando e desfrutando de Portugal. Foi um sprint muito louco, com muitos ataques. Controlei bem as distâncias e arranquei a 150 metros para vencer”, explicou Enrique Sanz.

Uma fuga iniciada pouco depois do quilómetro 20 de prova animou a viagem. René Hooghiemster (Alecto Cyclingteam), Micael Isidoro (BAI Sicasal Petro de Luanda), Diogo Sardinha (Sicasal/Constantinos), Hugo Nunes (Rádio Popular-Boavista) e Patrick Videira (Fortunna/Maia) foram os aventureiros, que nunca tiveram grande margem por parte do pelotão, já que a vantagem não passou dos quatro minutos.

A W52-FC Porto controlou a fuga, mas nunca mostrou verdadeira intenção de perseguir. Esse trabalho pertenceu, em grande medida, ao Equipo Euskadi. Os fugitivos mais resistentes foram Hugo Nunes e Diogo Sardinha, alcançados a 8 quilómetros da chegada. Os mais beneficiados foram, todavia, Micael Isidoro, que passa a comandar a montanha, e René Hooghiemster, primeiro na geral das metas volantes.

Já depois de anulada a fuga, o percurso técnico e o nervosismo do pelotão provocaram algumas quedas. Entre os envolvidos esteve o algarvio Ricardo Mestre (W52-FC Porto), que, assim, perdeu as hipóteses de bater-se pela classificação geral, que continua comandada por Gustavo César Veloso.

O galego da W52-FC Porto segue de amarelo, com 5 segundos de vantagem sobre o colega de equipa Samuel Caldeira e com 11 segundos à melhor sobre o búlgaro Nikolay Mihaylov (Efapel). A vitória na etapa rendeu a Enrique Sanz a camisola dos pontos, o holandês Marco Doets (Alecto Cyclingteam) continua como melhor jovem e a W52-FC Porto mantém-se no topo da geral por equipas.

“Hoje a etapa foi muito atacada de início, mas estabilizou quando se deu a fuga. Levámos a corrida sempre controlada, com os fugitivos a uma distância prudencial. Sabíamos que as equipas dos sprinters iriam trabalhar no final. Ainda tentamos que o Samuel discutisse a etapa, mas o final foi caótico, uma espécie de lotaria. As minhas sensações foram boas, mas a corrida ainda está a começar. Os próximos dias vão permitir perceber a minha condição e a dos adversários”, afirmou Gustavo César Veloso.

Antes da partida para esta etapa, a União Desportiva do Oeste (UDO), organizadora do Troféu Joaquim Agostinho homenageou dois homens do ciclismo, falecidos desde a edição transata da prova: Alves Barbosa, sócio de mérito da UDO, e Carlos Caetano, mecânico e colaborador de longa data da corrida.

Numa competição em que as dificuldades orográficas vão aparecendo de forma crescente, a segunda etapa, a disputar neste sábado, adivinha-se seletiva. A caravana parte da Atouguia da Baleia, às 12h50, prevendo-se o final da etapa para antes das 16h30. A tirada termina à quinta passagem pela meta, ou seja, depois de completadas cinco voltas ao circuito torriense, pontuado pelas subidas do Varatojo e da Serra da Vila.

Fonte: Federação Portuguesa de Ciclismo
https://www.fpciclismo.pt/index_noticia_ver.php?id_noticia_new=5857&pag=1

Offline Pedrix77

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 4.682
  • Desde: Out 2016
Classificação Portista:

Etapa:
10º Samuel Caldeira + 0s
13º Edgar Pinto mt
23º Gustavo Veloso mt
27º Rui Vinhas mt
50º João Rodrigues + 9s
108º Ricardo Mestre + 5m10s

Geral:
1º Gustavo Veloso
2º Samuel Caldeira + 5s
6º Edgar Pinto + 17s
16º Rui Vinhas + 31s
32º João Rodrigues + 48s
105º Ricardo Mestre + 5m26s

Geral Equipas:
1º W52 FC Porto

Geral Pontos:
14º Samuel Caldeira 1 pt

Geral Juventude:
11º João Rodrigues + 25s


Offline Pedrix77

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 4.682
  • Desde: Out 2016
Hoje o Ricardo Mestre caiu e por isso é quer perdeu 5 minutos.

Esperemos que não tenha consequências de maior gravidade...

Offline Pedrix77

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 4.682
  • Desde: Out 2016
Km 86

Sete homens em cabeça de corrida: Hugo Nunes (Rádio Popular-Boavista), António Ferreira (Vito-Feirense-PNB), Miguel Salgueiro (Sicasal/Constantinos), Clint Hendricks (ProTouch), Antonio Soto (Equipo Euskadi), Guillaume Almeida e Micael Isidoro (BAI Sicasal Petro de Luanda).

Pelotão a 2m25s.

O virtual camisola amarela é um corredor da equipa da "casa", Miguel Salgueiro (Sicasal/Constantinos).

Offline Pedrix77

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 4.682
  • Desde: Out 2016
Km 108,5

O pelotão, comandado pela Efapel, segue a 2m15s da frente da corrida.

Offline Pedrix77

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 4.682
  • Desde: Out 2016
34 km e duas voltas para o final:

Na frente Hugo Nunes (Rádio Popular-Boavista), António Ferreira (Vito-Feirense-PNB), Miguel Salgueiro (Sicasal/Constantinos), Clint Hendricks (ProTouch), Guillaume Almeida e Micael Isidoro (BAI Sicasal Petro de Luanda).  Antonio Soto (Equipo Euskadi) a 24 segundos.

Pelotão a 2m11s. Sempre com a Efapel a trabalhar.

Offline Pedrix77

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 4.682
  • Desde: Out 2016
Km 132

Na subida para a Serra da Vila, Miguel Salngueiro (Sicasal/Constantinos) e Clint Hendricks (ProTouch) na frente. António Ferreira (Vito-Feirense-PNB) a 10 segundos.

No pelotão, que está a 1m15s, tenta sair Oscar Cabedo (Burgos BH).

Offline Pedrix77

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 4.682
  • Desde: Out 2016
Km 138,5

Fim de fuga. Pelotão compacto.

Offline Pedrix77

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 4.682
  • Desde: Out 2016
5 km para a meta

35 segundos de vantagem para Óscar Hernández (Aviludo-Louletano). Veremos se o espanhol repete o triunfo em Torres Vedras. Para isso, terá de resistir ao pelotão na última subida da Serra da Vila

Offline Pedrix77

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 4.682
  • Desde: Out 2016
O Rui Vinhas venceu a etapa !!!

Offline Pedrix77

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 4.682
  • Desde: Out 2016
Ontem caiu o Ricardo Mestre, hoje caiu o Edgar Pinto.

Estamos com azar...

Offline jpgm97

  • Bancada lateral
  • **
  • Mensagens: 590
  • Desde: Jul 2016
Ontem caiu o Ricardo Mestre, hoje caiu o Edgar Pinto.

Estamos com azar...

Só faltava essa...
A queda aparentou ser grave? Novidades sobre o estado do Mestre?

Online Rui Alves

  • Superior
  • *
  • Mensagens: 8
  • Desde: Abr 2019

Offline Pedrix77

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 4.682
  • Desde: Out 2016
Só faltava essa...
A queda aparentou ser grave? Novidades sobre o estado do Mestre?

O Mestre ontem caiu e perdeu tempo, mas hoje terminou a etapa, a quase 2m da frente, mas esteve a trabalhar para a equipa por isso presumo que não tenha sido nada de grave.

Sobre o Edgar não sei. Ele na etapa perde 1m e tal, mas vamos esperar para ver.

A queda foi nos  últimos 3 km por isso vai ficar com o mesmo tempo do vencedor.

Assim que souber mais alguma coisa digo...