#Notícia “Não quero beliscar a grandeza do Marselha, mas o FC Porto é o meu clube do coração”

Portal dos Dragões

Arquibancada
14 Maio 2017
240
227
André Villas-Boas confessou que desde a altura do sorteio que está a viver “um misto de sensações”, embora mostrando-se “feliz” por voltar ao Estádio do Dragão, em ambiente competitivo, dez anos depois da sua última passagem pelo clube.



“Não quero beliscar a grandeza do Marselha, mas o FC Porto é o meu clube do coração e o Porto é uma cidade à qual estou emocionalmente ligado. É um conjunto de emoções fortes que estou a viver. Fui bem recebido, mas venho uma missão particular, com compromisso que tenho com Marselha o que me obriga a jogar para ganhar e honrar a história do clube”, acrescentou.



Sobre a forma como os dragões vão atuar, em termos estratégicos, o treinador do Marselha mostrou alguma incerteza, embora garantindo que a sua equipa “estará preparada”.



“As derrotas levam a muita introspeção e a pôr em causa o funcionamento da equipa. É difícil prever, pois o percurso do FC Porto, esta época, também tem sido marcado por alterações no sistema de jogo, o que torna...
Continue lendo...