Felipe

joaoalvercafcp

Tribuna Presidencial
13 Março 2012
21,523
0
FELIPE: “DOU O MEU SANGUE SE FOR PRECISO”

Central é reforço do FC Porto para as próximas cinco épocas e tem uma cláusula de rescisão de 50 milhões de euros

?Depois de João Carlos Teixeira, Felipe é o mais recente reforço do FC Porto para 2016/17. O central internacional brasileiro, de 27 anos, chega ao Dragão proveniente do Corinthians, tendo rubricado um contrato válido para as próximas cinco temporadas que contempla uma cláusula de rescisão no valor de 50 milhões de euros. Felipe foi recebido por Pinto da Costa, no Estádio do Dragão, e confessou-se “mega feliz” por vestir a camisola azul e branca.

“Tinha o objetivo de jogar na Europa e, graças a Deus, consegui concretizá-lo. É um privilégio poder vestir esta camisola e estou mega feliz. Agora quero corresponder a todas as expectativas. Acompanho o FC Porto há algum tempo, um clube que tem uma grande tradição e uma história muito bonita. Conheço jogadores brasileiros que tiveram muito sucesso no FC Porto e estou aqui para corresponder da mesma forma”, afirmou Felipe nas primeiras declarações de Dragão ao peito, em exclusivo ao Porto Canal e ao www.fcporto.pt.

Defenindo-se como “um jogador regular” e que não gosta de “dar pancada”, Felipe destacou as suas principais características: “Tenho boa velocidade, boa impulsão e essas são características importantes. Dentro do campo entrego-me por completo e dou o meu sangue se for preciso”, prosseguiu o central brasileiro, para quem o “objetivo maior é ser campeão”, sem esquecer todas as outras competições que o FC Porto irá disputar.

Sem esconder o desejo de manter nas costas o número 28, que utilizava no Corinthians, Felipe sublinhou o desejo de representar o FC Porto e garantiu que já se sente em casa ao fim de apenas dois dias na Invicta. “Fui muito bem recebido por todos e já me sinto em casa. Estou muito feliz por estar aqui. A primeira conversa sobre o interesse do FC Porto foi com o meu empresário e, a partir daí, pensei muito no momento de vestir esta camisola, mas tinha um compromisso com o Corinthians que queria honrar até ao fim. A partir de agora, o meu compromisso é com o FC Porto”.
 

Dragonin

Bancada central
26 Maio 2014
1,267
0
É bom saber que os adeptos do Corinthians ficaram tristes com a sua vinda para cá, é sinal que era bom lá pelo menos ...
 
J

JDdRP

Guest
joaoalvercafcp disse:
FELIPE: “DOU O MEU SANGUE SE FOR PRECISO”

Central é reforço do FC Porto para as próximas cinco épocas e tem uma cláusula de rescisão de 50 milhões de euros

?Depois de João Carlos Teixeira, Felipe é o mais recente reforço do FC Porto para 2016/17. O central internacional brasileiro, de 27 anos, chega ao Dragão proveniente do Corinthians, tendo rubricado um contrato válido para as próximas cinco temporadas que contempla uma cláusula de rescisão no valor de 50 milhões de euros. Felipe foi recebido por Pinto da Costa, no Estádio do Dragão, e confessou-se “mega feliz” por vestir a camisola azul e branca.

“Tinha o objetivo de jogar na Europa e, graças a Deus, consegui concretizá-lo. É um privilégio poder vestir esta camisola e estou mega feliz. Agora quero corresponder a todas as expectativas. Acompanho o FC Porto há algum tempo, um clube que tem uma grande tradição e uma história muito bonita. Conheço jogadores brasileiros que tiveram muito sucesso no FC Porto e estou aqui para corresponder da mesma forma”, afirmou Felipe nas primeiras declarações de Dragão ao peito, em exclusivo ao Porto Canal e ao www.fcporto.pt.

Defenindo-se como “um jogador regular” e que não gosta de “dar pancada”, Felipe destacou as suas principais características: “Tenho boa velocidade, boa impulsão e essas são características importantes. Dentro do campo entrego-me por completo e dou o meu sangue se for preciso”, prosseguiu o central brasileiro, para quem o “objetivo maior é ser campeão”, sem esquecer todas as outras competições que o FC Porto irá disputar.

Sem esconder o desejo de manter nas costas o número 28, que utilizava no Corinthians, Felipe sublinhou o desejo de representar o FC Porto e garantiu que já se sente em casa ao fim de apenas dois dias na Invicta. “Fui muito bem recebido por todos e já me sinto em casa. Estou muito feliz por estar aqui. A primeira conversa sobre o interesse do FC Porto foi com o meu empresário e, a partir daí, pensei muito no momento de vestir esta camisola, mas tinha um compromisso com o Corinthians que queria honrar até ao fim. A partir de agora, o meu compromisso é com o FC Porto”.
Duas coisas que notei nas suas declarações:
1) Transmitiu que jogar na Europa era o objetivo e deu exemplos de jogadores brasileiros que foram felizes no NGC, e não aquela lógica do "grandes jogadores que saíram do NGC para grandes clubes da Europa".
2) Além das suas qualidades futebolísticas, tem características de personalidade inseridas na nossa mística (luta, humildade, trabalho); o "dou o meu sangue se for preciso" arrepia. Fico contente que o NGP esteja a cumprir aquilo que prometeu no fim da época passada: voltarmos a ter jogadores com qualidade e que se identificam com os valores do clube. É só não mexer muito nisto...
 

FCPorto1989

Tribuna Presidencial
16 Junho 2015
12,833
12
Dás o teu sangue se for preciso Felipe? Esperemos que não seja preciso tanto, mas suar pela nossa camisola até à última gota, espero que sim :) Força e Bem vindo à familia :)