Fernando Santos - O engenheiro do Penta...

M

Mokiev

Guest
Retiro isto da parte \"visivel\" da entrevista de Fernando Santos ao Record

Fernando Santos: «Nunca me perdoaram ser amigo de Pinto da Costa»

record

---------

Fernado Santos que para mim fica marcado por falhar o \"Bi-tri\" numa equipa recheada de grandes jogadores, um plantel de luxo em que além de Deco, tínhamos Jardel que na altura e como se comprovaria no Sporting mais tarde era meio caminho andado para o titulo...

E foi uma pena pois como pessoa tinha um comportamento digno e inatacável, lá está no mundo de hoje que não olha a meios para atingir a fins pagou por ser amigo de quem é e viu a carreira comprometida dentro de portas....
 
F

Francisco Oliveira

Guest
Fernando Santos: «Nunca me perdoaram ser amigo de Pinto da Costa»
.....................................................
Fernando Santos devia dizer quem são os que nunca lhe perdoaram.
O ano que se perdeu o bi-tri se não estou engando foi na época do célebre jogo de Campo Maior.
O que se passou nesse jogo foi apenas escandaloso e uma amostra do que iria ser o resto da época. O campeão não poderia ser o PORTO fosse de que maneira fosse. Mas não vou pelo discurso dos calimeros e dos seu vizinhos. Fernando Santos também teve de facto algumas culpas.
 
B

Bonfim 84

Guest
o Fernando Santos sempre foi pé frio. Provou-se em Munique, Faro, no incrivel título de um Boavista que resistiu a um super final do FC Porto em 2000/01, entre outros episódios da sua carreira.

Mas não o condeno, acho-o um bom homem, nunca cedeu à tentação fácil de \"cuspir\" no FC Porto quando passou pela 2ª circular.

Boa sorte para ele!

PS: o Hexa quanto a mim perdemos em Campo Maior, Faro, Alvalade e principalmente nas lesões do Vítor Baía e do Deco em alturas absolutamente decisivas
 
F

fcporto87

Guest
O campeonato de 2000 foi-nos roubado escandalosamente em campomaior e alvalade! Está bem que Fernando Santos não apresentava um grande futebol, a equipa já estava acomodada com o penta anterior, mas foi um título perdido por muita roubalheira dos srs. do apito, mas que não teve a devida atenção por parte da cs, também outra coisa não seria de esperar! Nesse ano o sporting ia igualar o nosso período de jejum de 19 anos, claro que o \"sistema\" não poderia deixar isso acontecer, claro que o record (negativo) tinha que ficar no FC Porto.

A juntar a isso a desgastante época na champions onde passamos 2 fases de grupos e só fomos eliminados nos 4ºs de final com mais duas roubalheiras contra o Bayern Munique! Não fosse a \"paixão\" de campomaior e outros tinha-mos mais que equipa para ganhar o Hexa!

Mokiev, não compares o Jardel do FCP com o Jardel do sporting, enquanto no FCP a qualquer adversário quase que era permitido arrancar os olhos ao nosso PdL, no sporting, a qualquer rabanada de vento era gp, foram 16 para o campeonato de 2002, no total, fora as para as outras competições!
 

Sangue Azul

Tribuna Presidencial
24 Agosto 2012
8,114
250
Porto
Parabéns Engº Fernando Santos pela passagem à fase das eliminatórias no Campeonato do Mundo
Pode ser que venha a ser o nosso futuro selecionador nacional
 

MiguelDeco

Tribuna Presidencial
2 Setembro 2013
22,571
1,993
Conquistas
8
  • Jardel
  • Madjer
  • Deco
  • João Pinto
Bonfim 84 disse:
PS: o Hexa quanto a mim perdemos em Campo Maior...

a maior coça, que levei da minha mãe, em toda a minha vida deve-se a este jogo.. fiquei afónico de tanto gritar com esse fdp do.. nem vale a pena escrever o nome. A maior roubalheira de sempre em portual, tirando os penaltis todos de alvalade, mas nesse jogo ainda ganhamos um zero.
 

ruifcpsempre

Tribuna Presidencial
25 Março 2012
10,274
85
26
Porto
E porque raio não houve barulho...???
(Em 2000 tinha 6 anos, por isso não me lembro se houve barulho ou não)
 

MiguelDeco

Tribuna Presidencial
2 Setembro 2013
22,571
1,993
Conquistas
8
  • Jardel
  • Madjer
  • Deco
  • João Pinto
ruifcpsempre disse:
E porque raio não houve barulho...???
(Em 2000 tinha 6 anos, por isso não me lembro se houve barulho ou não)
Barulho foi o que não faltou, mas falta-nos o essencial que é o acesso ao megafone maior.. e esse todos sabemos quem é o proprietário.
 

ruifcpsempre

Tribuna Presidencial
25 Março 2012
10,274
85
26
Porto
MiguelDeco disse:
Barulho foi o que não faltou, mas falta-nos o essencial que é o acesso ao megafone maior.. e esse todos sabemos quem é o proprietário.
Sim, é verdade...há coisas que nunca mudam... :(
 

Ricardo Pereira

Bancada lateral
26 Maio 2014
517
0
Com muito agrado que registo a sua presença no jogo de despedida do nosso mágico, e será um prazer revê-lo a treinar a nossa equipa . . . apesar de não ser portista desde pequenino, foi profissional digno enquanto cá esteve, e saiu daqui certamente um pouco mais portista, e mantendo sempre um discurso coerente e agradável sobre o NGC, prova disso a sua amizade extra-futebol com o nosso presidente.
 

André Dias

Tribuna
22 Novembro 2012
2,858
1
Pela cara dele, aposto que amanhã não há folga para ninguém! ;)

Grande mister! Um senhor! Tem o espírito do Dragão!
 
G

GTM

Guest
- Como treinador do NGC, foi sempre demasiado conservador, nunca gostou muito de arriscar, o que na altura caiu mal nos adeptos, habituados que estavam ao seu antecessor (António Oliveira) a fazer substituições aos 20 minutos de jogo, caso a equipa estivesse a perder. Trouxe com ele alguns jogadores do Estrela da Amadora, que foram um autêntico barrete (Paulo Ferreira e Rodolfo). Aproveitou-se o Chaínho, pelo menos, durante 2 épocas.

- Recordo a excelente campanha na Liga dos Campeões em 99/2000, que só foi travada por aquele grande ladrão do Hugh Dallas, com aquela arbitragem vergonhosa em Munique. Negativamente, nessa campanha, recordo-me de um empate 2-2 contra o Sparta de Praga, jogo esse em que estávamos a ganhar 2-0, perto do fim, e o Fernando Santos decidiu inventar nas substituições e acabamos por sofrer dois golos, um deles, já no último minuto.
 
M

Mike_Walsh

Guest
ruifcpsempre disse:
E porque raio não houve barulho...???
(Em 2000 tinha 6 anos, por isso não me lembro se houve barulho ou não)
Houve muito barulho. Muito mesmo. Tanto que ainda hoje se fala nesse jogo. Ainda por cima, o jogo deu em directo na RTP1.
Foi das maiores roubalheiras que vi num jogo de futebol. Maior roubalheira, só mesmo no célebre Porto - Benfica em que o César Brito marcou 2 golos e em que o árbitro foi o Carlos Valente, também de Setúbal.
Mas se perdemos esse Campeonato, o do jogo de Campo Maior, foi por culpa própria. À 9.ª jornada, tínhamos 4 pontos de avanço sobre o Sporting, cujo treinador fora despedido à 5ª jornada e substituído por Inácio.
Lentamente, fomos perdendo a vantagem que tínhamos, mas aquando da jornada de Campo Maior ainda estávamos em primeiro. Nessa mesma jornada, o Sporting empatou em casa com o Gil Vicente. Depois dessa jornada, chegámos a ter de novo 2 pontos de avanço, mas fomos perder a Alvalade. E depois disso fomos perder à Luz, empatar a Faro e, na última jornada, perder a Barcelos.
Com uma equipa constituída por jogadores como Vítor Baía, Jorge Costa, Aloísio, Esquerdinha, Paulinho Santos, Deco, Jardel, Domingos e Capucho, conseguimos perder o Campeonato frente a um Sporting que já não ganhava há 18 anos. Fernando Santos foi o principal culpado.
 
G

GTM

Guest
- Nunca irei esquecer essa época 99/2000. Iniciamos a época como penta-campeões e principais favoritos. Os dois primeiros jogos, não correram bem. No 1º jogo do campeonato, fomos ao Bessa empatar 1-1, com o golo do Boavista, a ser marcado nos descontos, por um jogador chamado Augustine (que no Natal foi dispensado). No 2º jogo, empatamos nas Antas a zero, com o Alverca. Progressivamente a situação foi melhorando. Fizemos dois grandes jogos no campeonato, contra o Benfica e Sporting (2-0 e 3-0) e uma execlente campanha na liga dos campeões, com a célebre vitória ao Real Madrid. Perto do Natal, e quando a liga dos Campeões tinha ainda uma 2ª fase de grupos, fomos a Praga fazer uma grande exibição (2-0) e já em Dezembro, ganhamos ao Herta de Berlim, por 1-0, com aquele golo do Drulovic, que foi a correr desde o meio-campo, num jogo, onde fomos muito prejudicados pela arbitragem.

- No Natal, todos diziam que o campeonato estava ganho. E isso foi um dos principais erros. Foi quando apareceu o Jorge Costa com a célebre frase, de que por ele, já se podia encomendar as faixas. Entretanto, o Sporting reforçou-se bem no Natal, com jogadores como o Horvath, André Cruz e Mpenza e começou a jogar bem. Depois veio a vergonha de Campo Maior e em Março a derrota por 2-0 em Alvalade, com aquele erro do Secretário, que veio alterar definitivamente o rumo do campeonato. Depois disso, ainda ressurgiu a esperança, após um empate nos descontos do Sporting em Leiria (com um frango do Scmeichel), mas nós também não soubemos aproveitar. Perdemos na Luz, num jogo onde o Clayton marcou um golo de canto directo, que não contou (está no youtube) e empatamos estupidamente em Faro, 3-3, num jogo em que tivemos a ganhar por 3-1 e onde o Hilário, fez um frango monumental.

- A última restea de esperança, surgiu no célebre golo do egípcio Sabry no último minuto, quando o Benfica lá foi ganhar por 1-0. Foi provavelmente, o único golo do Benfica que eu até hoje, festejei, como se fosse um golo do Porto. Mas na última jornada, o Sporting foi ao extinto Vidal Pinheiro e ganhou por 4-0, e foi campeão.

- O grande mérito do Fernando Santos nessa época, foi a excelente prestação efectuada na Champions, onde só fomos parados por um árbitro de nome Hugh Dallas, num jogo em Munique dos 1/4 de final...
 

ruifcpsempre

Tribuna Presidencial
25 Março 2012
10,274
85
26
Porto
GTM disse:
- Nunca irei esquecer essa época 99/2000. Iniciamos a época como penta-campeões e principais favoritos. Os dois primeiros jogos, não correram bem. No 1º jogo do campeonato, fomos ao Bessa empatar 1-1, com o golo do Boavista, a ser marcado nos descontos, por um jogador chamado Augustine (que no Natal foi dispensado). No 2º jogo, empatamos nas Antas a zero, com o Alverca. Progressivamente a situação foi melhorando. Fizemos dois grandes jogos no campeonato, contra o Benfica e Sporting (2-0 e 3-0) e uma execlente campanha na liga dos campeões, com a célebre vitória ao Real Madrid. Perto do Natal, e quando a liga dos Campeões tinha ainda uma 2ª fase de grupos, fomos a Praga fazer uma grande exibição (2-0) e já em Dezembro, ganhamos ao Herta de Berlim, por 1-0, com aquele golo do Drulovic, que foi a correr desde o meio-campo, num jogo, onde fomos muito prejudicados pela arbitragem.

- No Natal, todos diziam que o campeonato estava ganho. E isso foi um dos principais erros. Foi quando apareceu o Jorge Costa com a célebre frase, de que por ele, já se podia encomendar as faixas. Entretanto, o Sporting reforçou-se bem no Natal, com jogadores como o Horvath, André Cruz e Mpenza e começou a jogar bem. Depois veio a vergonha de Campo Maior e em Março a derrota por 2-0 em Alvalade, com aquele erro do Secretário, que veio alterar definitivamente o rumo do campeonato. Depois disso, ainda ressurgiu a esperança, após um empate nos descontos do Sporting em Leiria (com um frango do Scmeichel), mas nós também não soubemos aproveitar. Perdemos na Luz, num jogo onde o Clayton marcou um golo de canto directo, que não contou (está no youtube) e empatamos estupidamente em Faro, 3-3, num jogo em que tivemos a ganhar por 3-1 e onde o Hilário, fez um frango monumental.

- A última restea de esperança, surgiu no célebre golo do egípcio Sabry no último minuto, quando o Benfica lá foi ganhar por 1-0. Foi provavelmente, o único golo do Benfica que eu até hoje, festejei, como se fosse um golo do Porto. Mas na última jornada, o Sporting foi ao extinto Vidal Pinheiro e ganhou por 4-0, e foi campeão.

- O grande mérito do Fernando Santos nessa época, foi a excelente prestação efectuada na Champions, onde só fomos parados por um árbitro de nome Hugh Dallas, num jogo em Munique dos 1/4 de final...
Que não te doam os dedos!
Se souberes mais histórias dessas, não hesites e contar, pois, users como eu (com 20 anos, aproximadamente) gostaria de saber dessas histórias.