Hóquei em Patins - A primeira Taça de Portugal

H

hast

Guest
Apesar de ter iniciado a sua actividade no clube em 1955, o Hóquei em Patins do FC Porto só celebrou a conquista do seu primeiro troféu nacional em 1982/83. Foi por essa altura que se assistiu ao «boom» do Hóquei em Patins do FC Porto, com a conquista dos primeiros títulos a trazer ainda maior entusiasmo em torno da modalidade.
O Pavilhão Américo de Sá estava quase sempre lotado em dias de jogo e os adeptos acompanhavam com grande entusiasmo os relatos da rádio, principalmente dos jogos das competições europeias. Embalada pela conquista da Taça das Taças da época anterior (o primeiro título internacional da história do FC Porto), a equipa de Hóquei em Patins começava aí a sua saga de conquista de títulos nacionais e internacionais. Depois de eliminar o Sporting nas meias-finais da prova, o FC Porto necessitava de derrotar o seu outro eterno rival, o Benfica, para conquistar a edição de 1982/83 da Taça de Portugal. A primeira mão disputou-se num lotadíssimo Pavilhão Américo de Sá e o FC Porto não começou nada bem porque aos 5 minutos já perdia por 2-0. Apesar de logo ter reduzido a diferença, uma entrada em jogo demasiado ansiosa levou o FC Porto a ir para o intervalo a perder 2-1. Contudo, uma segunda parte fantástica, com grandes exibições de António Vale e Vítor Hugo, permitiu ao FC Porto, além da reviravolta no marcador, estabelecer uma diferença de golos condizente com a expectativa e entusiasmo com que os adeptos seguiram a partida no pavilhão das Antas. Apesar de a meio da segunda parte o Benfica ainda ter reduzido para 5-3, o FC Porto fez uma ponta final fabulosa e marcou por mais três vezes.
No final, cinco golos de diferença (8-3) davam grande confiança e margem suficiente para encarar a visita à Luz com optimismo.
1ª mão: FC Porto - 8, Benfica - 3
FC Porto: Domingos, Fanan, Alves, Vítor Hugo (3), Vítor Bruno (3), António Vale (2), David Reis e Rui Coelho;
Benfica: António Fernandes, Fernando Pereira, José Carlos, Piruças, Picas (2), Leste (1) e Cristiano;

Na 2ª mão, e apesar de o Benfica na altura também ser muito forte em sua casa, uma derrota por 7-4 não impediu o FC Porto de conquistar a primeira Taça de Portugal do seu historial. No jogo da Luz, o Benfica foi para o intervalo a vencer por apenas 3-2, o que não fazia prever uma segunda parte dramática para o FC Porto. O nervosismo e, consequentemente, algumas perdas de bola deram a possibilidade ao Benfica de se colocar a vencer por 6-2, ou seja, os encarnados ficavam a apenas um golo de reduzir a desvantagem trazida das Antas. Apesar de Fanan, num livre directo, ainda ter reduzido para 6-3, o Benfica voltaria a marcar e a colocar grande incerteza no resultado quando faltavam apenas 3 minutos para o jogo terminar. Um golo separava o FC Porto do seu primeiro título nacional. Foi a altura perfeita para convocar o génio de Vítor Hugo. O hoquista do FC Porto, depois de um fantástico «slalom», colocou o resultado em 7-4 e acabou com o sofrimento desses intermináveis 3 minutos de jogo. O FC Porto acabaria por vencer por dois golos de diferença (12-10) o conjunto das duas mãos da final.
Uma vitória celebradíssima que levou uma pequena multidão (na foto) a esperar pela equipa em Campanhã. A chegada da comitiva do FC Porto instalou a confusão na gare, com os sócios e adeptos a felicitarem os jogadores pela conquista da primeira Taça de Portugal de Hóquei em Patins da história do clube. Depois desse primeiro troféu, seguiram-se mais 11 Taças de Portugal (a última foi conquistada na época anterior).

2ª mão: Benfica - 7, FC Porto - 4
Benfica: António Fernandes, Fernando Pereira (2), José Carlos, Picas (4), Piruças, Leste (1), Cristiano e Oliveira;
FC Porto: Domingos, Fanan (1), Alves, Vítor Hugo (2), Vítor Bruno, António Vale (1), David Reis e Rui Coelho;

Fonte: paixaopeloporto.blogspot
 
P

Pedro310177

Guest
> lucho Comentou:

> grande recordação:) gosto muito de ler estas coisas!!


__________________________________________________________________________


Este ano começei a escrever no meu calendário do outlook todos os resultados do FC Porto no dia respectivo..
Daqui uns anos é gratificante a gente voltar a ler e recordar estes belos acontecimentos do nosso clube
 

ultimate_dr4gon

Tribuna Presidencial
27 Julho 2006
5,019
363
Mt bom belo texto,GRANDE VITORIA ,GRANDE VITOR HUGO tenho a \"sorte\" de o conhecer pessoalmente e de ter os meus dentes tratados por ele!! (não usa o stick para os tratar) :D

Qnd estiver com ele ja lhe vou dizer isto para o por com as lagrimas aos olhos :p
 
H

hast

Guest
Assisti, ao vivo, a essa 1ª mão. O ambiente no Américo era indescritível, oxalá possamos reeditá-lo no novo pavilhão. Eu acredito que sim.
 

jsm

Tribuna
29 Abril 2007
3,318
4
como eu lembro esses tempos dificeis em que o benfica dominava o hoquei nativo juntamente com o clubes de moçambique. na cidade do porto até o velho infante de sagres era melhor do que nós sobretudo no tempo dos manos rendeiro. mas era no sul, em paço de arcos, oeiras, na cuf, no sporting, no campo de ourique e no benfas que moravam os campeões ah e no sintra também. mas na decada de oitenta tudo mudou. hoje somos a grande potencia do hoquei nacional. mas essa gesta começou como muito bem diz o hast na conquista da nossa primeira taça. o dedo no nosso pinto da costa esteve ai desde o primeiro momento.
 
I

Incrivel

Guest
Relatos de hóquei no rádio... quem me dera voltar a viver isso!
 

Devenish

Tribuna Presidencial
11 Outubro 2006
15,706
695
Conquistas
1
Porto
  • Março/19
o dedo no hóquei em patins esteve no Ilídio Pinto e não no Pinto da Costa, o dono a seu dono.
anteontem vi o Ilídio Pinto na rua e não lhe dou muito tempo de vida...como a vida se degrada em tão pouco tempo...
 

Ferjo

Tribuna
18 Julho 2006
4,839
0
Perth Australia
Devenish tambem nao podemos ser assim...

Ilidio Pinto assumiu o comando da Seccao em 1973, Pinto da Costa entrou para Presidente em 82, tendo tambem sido dirigente do Hoquei em anos anteriores, o clube celebrou o primeiro titulo Internacional nessa epoca, a partir dai foi historia, se nao houve dedos nem aneis?... Nao sei, agora dissociar um do outro, pronto quando se esta para ai virado... nao h'a volta a dar!



 

v2579m

Bancada central
14 Dezembro 2013
1,764
0
Porto
Ferjo disse:
Devenish tambem nao podemos ser assim...

Ilidio Pinto assumiu o comando da Seccao em 1973, Pinto da Costa entrou para Presidente em 82, tendo tambem sido dirigente do Hoquei em anos anteriores, o clube celebrou o primeiro titulo Internacional nessa epoca, a partir dai foi historia, se nao houve dedos nem aneis?... Nao sei, agora dissociar um do outro, pronto quando se esta para ai virado... nao h'a volta a dar!
Tens razão. Não há que distinguir entre um e outro. O hoquei do clube deve muito a estes dois homens.