Autor Tópico: Política nacional  (Lida 121442 vezes)

Offline David Copperfield

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 3.111
  • Desde: Mai 2008
Re: Política nacional
26/Fev/19, 01:29 • #52011
Voltar para quê destruir o pouco que resta?... Coelho é um dos piores políticos de sempre, o Rui Rio é fraco e não consegue liderar um partido que ficou fracturado pelo Coelho... O PSD possivelmente vai ter que dar origem a dois partidos, um que siga o seu desígnio na formação um partido social democrata,  e outro que seja mais liberal lederado pelo grupo do Coelho que ainda lá está e que domina o observador.

O PSD é uma especie de sporting.

Nao discordo.
Mas Santana Lopes vs Rui Rio...vai fortalecer o PS como verdadeiro social democrata. A não ser que a corrente esquerdista de Pedro Nuno “ Maserati” Santos vença o futuro do Ps... e aí já poderemos ter um Assis vs Pedro Nuno Santos...

Offline David Copperfield

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 3.111
  • Desde: Mai 2008
Re: Política nacional
26/Fev/19, 01:30 • #12070
A governar-nos só queria gente séria, patriota e não centralista que pela via que entendessem melhorassem a vida dos portugueses.
Existem?

Online sirmister

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 40.408
  • Desde: Mar 2008
  • Membro do Mês Abril/2019
Re: Política nacional
26/Fev/19, 01:38 • #39085
Caro Sir, por acaso, e correndo o risco de ser queimado na fogueira da inquisição, vou contra a corrente. Mesmo sabendo que Passos é um ultra liberal e eu não.
O Passos que Tecnicamente e em CV não tinha nada de especial...e até tem umas aldabrices com a tecnoforma...foi dos menos maus desde Sa Carneiro...não desgostei de Guterres e da primeira de Cavaco.
Digo um tipo que apanhou com a menino nas mãos e contra tudo e contra todos consegue tomar as medidas mais anti populares de sempre...
Reparem que mesmo dentro do partido todos os escroques como Marcelo, Manuela Ferreira Leite, Marques Mendes, Cavaco tudo contra ele?
Não é rico, não se dá com as elites, não pertence aos barões, nem aos oligarcas...é diferente dos outros.
Dadas as circunstâncias e sem demagogia...acho que tentou fazer o melhor.

Rui Rio é tecnicamente o melhor preparado para ser primeiro ministro, aluno brilhante da Fep em Economia, experiência no parlamento, bem conectado, experiência na câmara do Porto...mas não lhe reconheço carácter por várias razões...

Pegando nisso.

4- o governo Ps consegue isso sim a proeza de conseguir transformar 2 partidos da extrema esquerda em moderados e garantir governabilidade.

Esse merito é do Coelho, porque é um pessimo politico, é muito importante a confiança que se passa, e o Coelho é uma pessoa que parecia tirar gozo na austeridade que impunha sempre carrancudo , colocava sempre portugal numa posição de coitados que tinhamos que sofrer, e a somar a isso ainda tinha o Cavaco que era na mesma linha, mesmo a maneira como saiu a dizer que vinha ai o diabo.

E isso é que facilitou o aparecimento do BE e do PC, que teriam sempre menor expressão com o PSD mais de centro e com outro tipo de liderança.

E a comunicação aquele nivel é importante, Costa pode praticar a mesma austeridade e parece não custar tanto... o Costa está no oposto tal como o Marcelo em relação ao Cavaco, são mestres na maneira como passam a mensagem, conseguem vender areia no deserto.


Agora claro, o que dizes sobre a crise é obviamente verdade,nós andamos muito atrelados aos USA eles cairam nós caimos e o coelho apanhou isto enquanto estavamos a arder.


Por outro lado ao Costa saiu o Jackpot do turismo ter um boom que alterou tudo tambem, sendo que aqui ainda assim não sei se com Coelho teriamos aproveitado o mesmo pela maneira depressiva como governava..

Nas próximas eleições espero um governo de gente séria e competente, independente do partido e que tenha a estabilidade de fazer reformas. Não sei se existe gente assim no espectro actual.

Com um PSD equilibrado na sua base permitia que o PS estivesse que estar tambem equilibrado, com um PSD que não conta para o totoloto fica tudo mais dificil, eram precisos 2 partidos equilibrados.

O Rui Rio é um lampião nojento pela maneira calculista como foi contra o FCP para recolher beneficios quando chegasse onde está agora mas tambem mostrou mau caracter,  porque de resto a base dele não era má e encaixava bem no que um lider do PSD poderia ser em termos de ideias.

Eu acho que o CV tecnico não é mais importante para um primeiro ministro, o mais importante é conseguir rodear-se de uma boa equipa, mas pela maneira como os partidos são geridos é dificil, porque precisam de fazer favores para lá chegar e depois ficam refens disso..

É só ver que um galamba desta vida é secretario de estado da energia.


Offline David Copperfield

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 3.111
  • Desde: Mai 2008
Re: Política nacional
26/Fev/19, 02:13 • #29090
Pegando nisso.

Esse merito é do Coelho, porque é um pessimo politico, é muito importante a confiança que se passa, e o Coelho é uma pessoa que parecia tirar gozo na austeridade que impunha sempre carrancudo , colocava sempre portugal numa posição de coitados que tinhamos que sofrer, e a somar a isso ainda tinha o Cavaco que era na mesma linha, mesmo a maneira como saiu a dizer que vinha ai o diabo.

E isso é que facilitou o aparecimento do BE e do PC, que teriam sempre menor expressão com o PSD mais de centro e com outro tipo de liderança.

E a comunicação aquele nivel é importante, Costa pode praticar a mesma austeridade e parece não custar tanto... o Costa está no oposto tal como o Marcelo em relação ao Cavaco, são mestres na maneira como passam a mensagem, conseguem vender areia no deserto.


Agora claro, o que dizes sobre a crise é obviamente verdade,nós andamos muito atrelados aos USA eles cairam nós caimos e o coelho apanhou isto enquanto estavamos a arder.


Por outro lado ao Costa saiu o Jackpot do turismo ter um boom que alterou tudo tambem, sendo que aqui ainda assim não sei se com Coelho teriamos aproveitado o mesmo pela maneira depressiva como governava..

Com um PSD equilibrado na sua base permitia que o PS estivesse que estar tambem equilibrado, com um PSD que não conta para o totoloto fica tudo mais dificil, eram precisos 2 partidos equilibrados.

O Rui Rio é um lampião nojento pela maneira calculista como foi contra o FCP para recolher beneficios quando chegasse onde está agora mas tambem mostrou mau caracter,  porque de resto a base dele não era má e encaixava bem no que um lider do PSD poderia ser em termos de ideias.

Eu acho que o CV tecnico não é mais importante para um primeiro ministro, o mais importante é conseguir rodear-se de uma boa equipa, mas pela maneira como os partidos são geridos é dificil, porque precisam de fazer favores para lá chegar e depois ficam refens disso..

É só ver que um galamba desta vida é secretario de estado da energia.


Concordo com quase tudo e acrescento de forma aleatória algumas ideias:
- o Preço para o Ps governar foi dar por uma lado protagonismo a esquerda caviar e demagoga do Bloco, e por outro anular a privatização da TAP, carris, stcp e metro de Lisboa e Porto para agradar ao PC. Sem as greves da cgtp que param autenticamente Porto e Lisboa o poder do PC seria fatalmente diminuído...é essa a grande arma deles.
- Costa e Marcelo são políticos profissionais, os melhor preparados para serem figuras de cartazes, marketing puro, jogo de cintura brutal, mestres na arte do arranjo e arranjinho, relações públicas espectaculares. Ao estilo do sistema yes minister britânico ...
Preferia gajos sérios...pelo menos um Primeiro Ministro que metesse mãos à obra e concordo desde que reunissem uma boa equipa como Guterres o fez e talvez passos no início ou Cavaco no início ou SOARES no inicio seria suficiente. Não tinham de ser tecnicamente Top.

Eanes foi um grande presidente da república e tinha politicamente mau marketing. Era um homem muito sério.
Primeiro ministro depois do 25 de Abril nem sei bem dizer Sa Carneiro, Cavaco e Guterres no início.

Passos viveu uma fase pessoal muito má com o cancro da mulher...e uma coisa que se via era o envelhecimento dele no fim do mandato face ao antes...poderá ser subjectivo isto...mas daí até este  ódio todo gerado...eu que sei por experiência própria é que por ex o serviço nacional de saúde do tempo de passos era melhor do que o de hoje do mãos largas Costa...
Agradeço muito a Passos ter abençoado JOANA Marques Vidal e deixado cair o Ricardo Salgado Dono disto tudo que era um dos maiores cancros do país...manipulava o Sócrates a pt... tudo...que pressões deve ter tido para não o fazer...COLHÕES...tendo a ficar ao lado de passos por tudo isto...

A história o julgará

Cavaco que na primeira legislatura teve o melhor desempenho pôs 25 de Abril, de facto depois foi mau em tudo, como político, em termos de honestidade e compadrios, antipatico.

-no último post esqueci me do turismo, sim a moda do Porto e Lisboa que disparou e o incremento do Algarve ajudaram ao crescimento do PIB...mas em relação ao Algarve esse efeito já se perdeu...pois em grande medida resultou do medo sobre os atentados na tunisia, Egipto, Turquia...que hoje nos sacaram esses mesmo turistas passado o medo.

- E sim o PSD deveria ser um partido social democrata como os da Escandinávia. Aliás o Ps tenta fazer esse papel apesar de se chamar socialista.

- A actual composição do governo é tecnicamente e em termos de nepotismo do pior que já vi na democracia portuguesa. O pior de sempre...mas que tem alguns bons resultados apesar do vento ser muito favorável, continua com um marketing muito bom...onde anedotas como a de tancos, pedrogao grande, e outros seriam suficientes para fazer qualquer governo cair num país civilizado.
« Última modificação: 26/Fev/19, 02:21 por David Copperfield »

Online sirmister

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 40.408
  • Desde: Mar 2008
  • Membro do Mês Abril/2019
Re: Política nacional
26/Fev/19, 02:55 • #46037

Concordo com quase tudo e acrescento de forma aleatória algumas ideias:
- o Preço para o Ps governar foi dar por uma lado protagonismo a esquerda caviar e demagoga do Bloco, e por outro anular a privatização da TAP, carris, stcp e metro de Lisboa e Porto para agradar ao PC. Sem as greves da cgtp que param autenticamente Porto e Lisboa o poder do PC seria fatalmente diminuído...é essa a grande arma deles.
- Costa e Marcelo são políticos profissionais, os melhor preparados para serem figuras de cartazes, marketing puro, jogo de cintura brutal, mestres na arte do arranjo e arranjinho, relações públicas espectaculares. Ao estilo do sistema yes minister britânico ...
Preferia gajos sérios...pelo menos um Primeiro Ministro que metesse mãos à obra e concordo desde que reunissem uma boa equipa como Guterres o fez e talvez passos no início ou Cavaco no início ou SOARES no inicio seria suficiente. Não tinham de ser tecnicamente Top.

Eanes foi um grande presidente da república e tinha politicamente mau marketing. Era um homem muito sério.
Primeiro ministro depois do 25 de Abril nem sei bem dizer Sa Carneiro, Cavaco e Guterres no início.

Passos viveu uma fase pessoal muito má com o cancro da mulher...e uma coisa que se via era o envelhecimento dele no fim do mandato face ao antes...poderá ser subjectivo isto...mas daí até este  ódio todo gerado...eu que sei por experiência própria é que por ex o serviço nacional de saúde do tempo de passos era melhor do que o de hoje do mãos largas Costa...
Agradeço muito a Passos ter abençoado JOANA Marques Vidal e deixado cair o Ricardo Salgado Dono disto tudo que era um dos maiores cancros do país...manipulava o Sócrates a pt... tudo...que pressões deve ter tido para não o fazer...COLHÕES...tendo a ficar ao lado de passos por tudo isto...

A história o julgará

Cavaco que na primeira legislatura teve o melhor desempenho pôs 25 de Abril, de facto depois foi mau em tudo, como político, em termos de honestidade e compadrios, antipatico.

-no último post esqueci me do turismo, sim a moda do Porto e Lisboa que disparou e o incremento do Algarve ajudaram ao crescimento do PIB...mas em relação ao Algarve esse efeito já se perdeu...pois em grande medida resultou do medo sobre os atentados na tunisia, Egipto, Turquia...que hoje nos sacaram esses mesmo turistas passado o medo.

- E sim o PSD deveria ser um partido social democrata como os da Escandinávia. Aliás o Ps tenta fazer esse papel apesar de se chamar socialista.

- A actual composição do governo é tecnicamente e em termos de nepotismo do pior que já vi na democracia portuguesa. O pior de sempre...mas que tem alguns bons resultados apesar do vento ser muito favorável, continua com um marketing muito bom...onde anedotas como a de tancos, pedrogao grande, e outros seriam suficientes para fazer qualquer governo cair num país civilizado.

O PS pagou o preço que tinha que pagar, mas até o Costa é brihante porque ele basicamente destruiu o PC vai esvaziar o BE, usou ambos enquanto precisou, nas próximas eleições provavelmente já não vai precisar deles. O PC saiu muito debilitado disto, basicamente o BE encurralou o PC ao dar uma alternativa ao PS, porque o PC  se por um lado não podia recusar aliar-se para afastar o Coelho por outro lado tambem fica muito mal visto pelas bases por se aliar ao PS e ao BE.

Acho que a seriedade não deve ser confundido com a capacidade politica, até porque depois temos o contrario que se pode ver bem com o cavaco tem aquele ar de muito serio e depois é o que se sabe.

PSD e PS viabilizaram as coisas mais importantes da democracia o sistema de saude educação... e seria excelente ter dois partidos relativamente parecidos que representavam a esmagadora maioria da população, ambos ao centro.  E no final mais coisa menos coisa o que desiquilibrou as coisas foi a corrupção.


Citar
Crime oculto: O Estado português irá pagar em 2019 pelas PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS RODOVIÁRIAS 1 518 000 000 (mil quinhentos e dezoito milhões de euros) em rendas de PPP Rodoviárias, por um património que vale 337 milhões (valor de renda em função de valor actualizado, calculado pelo Eurostat-UE). O pagamento reflecte um custo CINCO VEZES MAIS do que valem os activos; representa um desperdício de quase mil e duzentos milhões de euros. Tirem-nos deste inferno!

P.S. Há uma censura implícita nos media portugueses. Imposta subrepticiamente, de fora para dentro e assumida como auto-censura de dentro para fora.

Paulo de Morais


Era importante que alguem fizesse um levantamento deste tipo de negocios mais os que levaram a destruição da PT, que estão a destruição da CP, no sistema bancario etc, e mostrassem o peso disso na divida.

Edit: O Guterres parecia ser mesmo um tipo integro e com valores, por isso é que se demitiu. Depois dele começamos a atravessar um período negro o Barroso é o lixo que se sabe depois vem um Socatres..
« Última modificação: 26/Fev/19, 03:04 por sirmister »

Offline JMPedroto

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 3.666
  • Desde: Nov 2017
Re: Política nacional
26/Fev/19, 13:55 • #68053
A governar-nos só queria gente séria, patriota e não centralista que pela via que entendessem melhorassem a vida dos portugueses.
Existem?

O que falta ao país é um verdadeiro partido liberal... coisa que não existe no arco da governação, quando vir um partido a baixar impostos aí é que se pode afirmar como liberal, até lá no máximo são sociais democratas

Offline David Copperfield

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 3.111
  • Desde: Mai 2008
Re: Política nacional
26/Fev/19, 14:43 • #55054
O que falta ao país é um verdadeiro partido liberal... coisa que não existe no arco da governação, quando vir um partido a baixar impostos aí é que se pode afirmar como liberal, até lá no máximo são sociais democratas

Eu volto a insistir na opinião da seriedade.
3 ex:1-Em Espanha país sempre mais dividido entre a esquerda e à direita tem os governos de Filipe Gonzales e José Maria Aznar que transformaram a Espanha num colosso económico. Um modelo mais liberal e democrata.
2-Em Marrocos onde a corrupção tb impera nas a autoridade é do Rei, nos últimos 10 anos vários partidos estiveram à frente do governo, e o país cresceu e evoluiu de uma forma extraordinária...quem conhece hj e há 10 anos não é o mesmo país. Por ex o Porto de mar deles Tânger Med é 50 vezes maior que o Porto de Leixões...
Um modelo mais Keynesiano mas não democrata.

3-China uma miscelânea de ideologia ,mistura de ditadura e comunismo na política, capitalismo selvagem na economia, se quiseres ultra liberal mas não democrata. Tb keynesiano com as grandes obras públicas.

3 exemplos de sucesso económico e que no final tirou gente da pobreza para a classe média. O que tem em comum as pessoas que decidem foram sérias e patriotas. Democratas ou ditaduras, diferentes modelos.


Ter gente série e patriota melhora a vida dos cidadãos pela esquerda ou pela direita.
Depois será uma questão de preferência qual a melhor maneira de lá chegar: 1-mais liberal fomentando a criação de riqueza pela indústria pela agricultura pela ciência que depois dará indirectamente aumento do poder de compra ou 2-Aumentar artificialmente salários e pensões para que as pessoas comprem mais coisas( consumo interno) e logo desenvolvam os negócios do país.

Em Portugal claramente o modelo 1 funcionária melhor por várias razões. O modelo 2 continua a ser seguido e com os resultados à vista.

Mas se pelo existisse seriedade qualquer modelo melhoraria a vida das pessoas. Não fora a corrupção.
« Última modificação: 26/Fev/19, 14:52 por David Copperfield »

Offline David Copperfield

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 3.111
  • Desde: Mai 2008
Re: Política nacional
26/Fev/19, 14:45 • #73070
O que falta ao país é um verdadeiro partido liberal... coisa que não existe no arco da governação, quando vir um partido a baixar impostos aí é que se pode afirmar como liberal, até lá no máximo são sociais democratas

O sistema totalmente liberal americano faz dos EUA o país mais rico do mundo. Mas com o preço das enormes desigualdades e da falta de um serviço nacional de saúde e educação. Sou mais pelos modelos escandinavos.

Offline JMPedroto

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 3.666
  • Desde: Nov 2017
Re: Política nacional
26/Fev/19, 14:46 • #53058
Eu volto a insistir na opinião da seriedade.
Dois ex: Em Espanha país sempre mais dividido entre a esquerda e à direita tem os governos de Filipe Gonzales e José Maria Aznar que transformaram a Espanha num colosso económico.
Em Marrocos onde a corrupção tb impera nas a autoridade é do Rei, nos últimos 10 anos vários partidos estiveram à frente do governo, e o país cresceu e evoluiu de uma forma extraordinária...quem conhece hj e há 10 anos não é o mesmo país. Por ex o Porto de mar deles Tânger Med é 50 vezes maior que o Porto de Leixões...

Ter gente série e patriota melhora a vida dos cidadãos pela esquerda ou pela direita.
Depois será uma questão de preferência qual a melhor maneira de lá chegar: 1-mais liberal fomentando a criação de riqueza pela indústria pela agricultura pela ciência que depois dará indirectamente aumento do poder de compra ou 2-Aumentar artificialmente salários e pensões para que as pessoas comprem mais coisas( consumo interno) e logo desenvolvam os negócios do país.

Em Portugal claramente o modelo 1 funcionária melhor por várias razões. O modelo 2 continua a ser seguido e com os resultados à vista.

Mas se pelo existisse seriedade qualquer modelo melhoraria a vida das pessoas. Não fora a corrupção.


Concordo que a corrupção mina totalmente este país... mas votar em partidos como o ps que lutam contra qualquer iniciativa para o combate eficaz deste problema é perpetuar o problema

Offline JMPedroto

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 3.666
  • Desde: Nov 2017
Re: Política nacional
26/Fev/19, 14:48 • #76055
O sistema totalmente liberal americano faz dos EUA o país mais rico do mundo. Mas com o preço das enormes desigualdades e da falta de um serviço nacional de saúde e educação. Sou mais pelos modelos escandinavos.

Eu sou a favor do estado mínimo com os serviços mínimos (saúde e justiça).. o resto pode ser privatizado. Neste país corrupto um Estado grande é um peso enorme na economia que traz mais desemprego, mais desigualdade, menos SNS e menos justiça

Offline jfc_campos

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 4.648
  • Desde: Mai 2012
Re: Política nacional
26/Fev/19, 15:34 • #53015
alguém pode por aqui artigos onde posso ler melor sobre o modelo escandinavo?

Thnaks e já agora havia aqui um artigo sobre a finlandia que queria ler..

:)

Offline JMPedroto

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 3.666
  • Desde: Nov 2017
Re: Política nacional
26/Fev/19, 16:59 • #56080
alguém pode por aqui artigos onde posso ler melor sobre o modelo escandinavo?

Thnaks e já agora havia aqui um artigo sobre a finlandia que queria ler..

:)

há um tópico onde se tem discutido isso

https://www.fcporto.ws/index.php?topic=21699.0


se tiverem mais material para desmistificar a ideia de que os países escandinavos são socialistas economicamente coloquem lá 

Offline dragaolux

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 4.375
  • Desde: Out 2016
    • Situação contratual dos jogadores do FC Porto
Re: Política nacional
27/Fev/19, 19:13 • #23033

Offline dragaolux

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 4.375
  • Desde: Out 2016
    • Situação contratual dos jogadores do FC Porto
Re: Política nacional
28/Fev/19, 14:40 • #15090

Offline JMPedroto

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 3.666
  • Desde: Nov 2017
Re: Política nacional
28/Fev/19, 21:10 • #75098


já era tempo de voltar a retomar o assunto... a centralização de tudo em lisboa está a secar o resto do país, e nem os lisboetas estão satisfeito com a qualidade de vida com o aumento das rendas e do crime