Autor Tópico: Outros assuntos  (Lida 67261 vezes)

Offline Vlk

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 10.160
  • Desde: Jun 2014
Re: Outros assuntos
04/Nov/17, 16:38 • #35028
Aparentemente há pessoal que, no dia 25 de Abril de 1974, teria sido contra a revolução. É que a mesma foi ilegal.

E como esse existem tantos outros exemplos na história de atos profundamente ilegais que hoje são motivos de orgulho.

Eu já cheguei à conclusão que estas coisas das independências são ininteligiveis para algumas pessoas. Deve ser fisiológico não sei. Só percebem isto quando alguém puser a sua própria independência em causa.

Offline Costinha

  • Bancada central
  • ***
  • Mensagens: 1.009
  • Desde: Ago 2016
Re: Outros assuntos
04/Nov/17, 16:54 • #59024
Não digas disparates tu. Nenhum país do mundo se tornou independente de outro respeitando a sua constituição.
A própria carta da ONU prevê essa possibilidade em relação à autodeterminação.
Essa glorificação repentina das constituições é que já mete nojo, de certeza sempre te preocupaste muito com a tua e portanto ficas tão chateado quando vês algum governo a não "caminhar para uma sociedade socialista".
Meter esta questão do lado jurídico é ignorância.

Auto determinação não é o mesmo que independência - e mais, esse artigo na ONU foi criado por causa das colónias europeias, de modo a legitimar a autonomia dessas regiões para que pudessem realizar eleições e governarem-se.

Não meter questões destas do lado jurídico é que é ignorância - e claro está, digno dum comunista, onde o regra "o povo quer o povo tem" manda.

Offline Vlk

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 10.160
  • Desde: Jun 2014
Re: Outros assuntos
04/Nov/17, 17:21 • #37058
Auto determinação não é o mesmo que independência - e mais, esse artigo na ONU foi criado por causa das colónias europeias, de modo a legitimar a autonomia dessas regiões para que pudessem realizar eleições e governarem-se.

Não meter questões destas do lado jurídico é que é ignorância - e claro está, digno dum comunista, onde o regra "o povo quer o povo tem" manda.

Ser referente a colonias ou a países vítimas de repressão é absolutamente indiferente para a questão porque aquilo que se estava a falar era da inviolabilidade das constituições.

- Os países comunistas não tinham referendos.
- Os paises comunistas tinham constituições "invioláveis".
- Os paises comunistas tiveram problemas com indepentismos internos e defenderam-nos com os mesmos argumentos que tu usas.
- Nos países comunistas "o povo queria muito mas mandava pouco".
- O Puigdemont é tão comunista como tu.
- Não consta que o Paulo Rangel seja comunista (nem ignorante) :
https://www.google.pt/amp/s/www.publico.pt/2017/10/10/mundo/opiniao/catalunha-nem-so-de-pao-legal-e-razao-formal-vive-o-homem-1788241/amp

Já te disse, argumenta em vez de catalogares.
« Última modificação: 04/Nov/17, 17:52 por Vlk »


Offline sirmister

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 39.801
  • Desde: Mar 2008
  • Membro do Mês Abril/2019
Re: Outros assuntos
05/Nov/17, 00:00 • #56023
Ridículo continuares a insitir nesta atuarda, que não passa de mera questão de semântica e formalismo que só depende da organização interna dos reinos. E o mais ridículo é que a designação de nação para a Catalunha foi aprovada em 2006 por 90% dos deputados catalães, 90% dos catalães e pela maioria dos deputados do parlamento nacional, e foi só chumbada pelo tão isento tribunal constitucional espanhol.

Onde é que está a diferença de legitimidade de ser independente entre Catalunha, Escócia?

E o Quebec também é um país?

Com a tua ânsia de ser mal educado, e um pseudo boy de um partido qualquer nem percebes do que eu estava a falar com o Philip...
 
Fica com touradas e as tapas que estavas melhor, e deixa lá os meus posts...

Offline sirmister

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 39.801
  • Desde: Mar 2008
  • Membro do Mês Abril/2019
Re: Outros assuntos
05/Nov/17, 00:06 • #63038
A constituição para o caso é irrelevante porque se os catalães querem ser independentes logicamente não podem respeitar uma constituição que considera isso ilegal. Já dei aqui os exemplos do 25 de Abril e da restauração da independência. Tudo isso foi ilegal mas é algo de que todos nos devemos orgulhar.

A Escócia é um Pais que quer ser independente face a Londres e Inglaterra. A Catalunha quer ser uma republica independente de Madrid e Espanha. Uma teve direito a decidir o seu futuro, a outra não.

Não é irrelevante se tu queres fazer um referendo legitimo e tenha valor.

A Escócia não quer ser independente face a Londres, eles fizeram um referendo há poucos anos, podes ver o resultado no link abaixo
https://pt.wikipedia.org/wiki/Referendo_sobre_a_independ%C3%AAncia_da_Esc%C3%B3cia_em_2014

E dizer que a Catalunha quer ser independente bate no mesmo, haverá quem queria mas há quem não queria e nem sequer se sabem os números.

Também não é algo comparável com o 25 de Abril são coisas diferentes, as pessoas que vivem na catalunha não vivem numa ditadura nem oprimidos.

Offline Philipp

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 23.925
  • Desde: Jan 2015
Re: Outros assuntos
05/Nov/17, 00:12 • #89056
Não é irrelevante se tu queres fazer um referendo legitimo e tenha valor.

A Escócia não quer ser independente face a Londres, eles fizeram um referendo há poucos anos, podes ver o resultado no link abaixo
https://pt.wikipedia.org/wiki/Referendo_sobre_a_independ%C3%AAncia_da_Esc%C3%B3cia_em_2014

E dizer que a Catalunha quer ser independente bate no mesmo, haverá quem queria mas há quem não queria e nem sequer se sabem os números.

Também não é algo comparável com o 25 de Abril são coisas diferentes, as pessoas que vivem na catalunha não vivem numa ditadura nem oprimidos.

Os números são conhecidos. O Sim à independência ganhou com mais de 90% dos votos. E se a votação não decorreu com normalidade isso deve ao Estado espanhol que enviou a policia para tentar boicotar o plebiscito.

As regras foram muito claras. Os partidos independentistas alcançaram a maioria parlamentar e com isso avançaram para um referendo à independência, obviamente aberto a todos os cidadãos catalães. Quem não aceitou o resultado das eleições catalães, e consequentemente não aceitou as regras da democracia, foi o PP.

Isso dos catalães não viverem oprimidos é treta. A própria negação do referendo por parte do Estado espanhol é a o maior exemplo da opressão à Catalunha.

PS: No caso da Escócia eles fizeram um referendo. O que eu pergunto é porque razão não querem deixar os catalães fazer o mesmo.

Offline Das tripas coração!

  • Bancada lateral
  • **
  • Mensagens: 822
  • Desde: Mai 2017
Re: Outros assuntos
05/Nov/17, 00:26 • #27037
Os escoceses foram ameaçados com a saída da UE e vão acabar por sair por causa do brexit...

PS: No caso da Escócia eles fizeram um referendo. O que eu pergunto é porque razão não querem deixar os catalães fazer o mesmo.

Offline sirmister

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 39.801
  • Desde: Mar 2008
  • Membro do Mês Abril/2019
Re: Outros assuntos
05/Nov/17, 00:27 • #49043
Os números são conhecidos. O Sim à independência ganhou com mais de 90% dos votos. E se a votação não decorreu com normalidade isso deve ao Estado espanhol que enviou a policia para tentar boicotar o plebiscito.

As regras foram muito claras. Os partidos independentistas alcançaram a maioria parlamentar e com isso avançaram para um referendo à independência, obviamente aberto a todos os cidadãos catalães. Quem não aceitou o resultado das eleições catalães, e consequentemente não aceitou as regras da democracia, foi o PP.

Isso dos catalães não viverem oprimidos é treta. A própria negação do referendo por parte do Estado espanhol é a o maior exemplo da opressão à Catalunha.

PS: No caso da Escócia eles fizeram um referendo. O que eu pergunto é porque razão não querem deixar os catalães fazer o mesmo.

A razão já falamos sobre isso, não é legal em Espanha e é legal na Escocia.

Quem ganhou nesse referendo foi mesmo a abstenção, apenas votaram 42% e por ai não podes dizer que a Catalunha quer ser independente. Passando por cima da legalidade/ilegalidade do referendo, não achas que para algo deste genero ser valido teria que haver uma participação obrigatória ou com um numero de participação mínima?

Offline Philipp

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 23.925
  • Desde: Jan 2015
Re: Outros assuntos
05/Nov/17, 00:34 • #57082
A razão já falamos sobre isso, não é legal em Espanha e é legal na Escocia.

Quem ganhou nesse referendo foi mesmo a abstenção, apenas votaram 42% e por ai não podes dizer que a Catalunha quer ser independente. Passando por cima da legalidade/ilegalidade do referendo, não achas que para algo deste genero ser valido teria que haver uma participação obrigatória ou com um numero de participação mínima?

Não acho que tenha de haver participação obrigatória ou um numero de participação mínima. Aliás, seja num referendo ou em eleições são completamente contra isso. Quem vai votar tem as suas razões e quem se abstém também. O voto tem de ser sempre em consciência.

Este referendo foi um dos mais importantes marcos da Historia da Catalunha. O normal era existir uma influencia enorme às urnas. Se ela não existiu em nada se deveu ao governo Catalão mas sim às acções levadas a cabo pelo governo espanhol do PP usando forças de autoridade para semear o medo em torno dos cidadãos. Foi o maior caso de fascismo em Espanha desde a queda do Franco.

Aliás, se por alguma razão o Rajoy estivesse confiante que a vontade maioritária do povo Catalão era continuar a fazer parte de Espanha porque não iria ele concordar com o referendo? Seriam uma enorme vitoria para ele e uma enorme derrota para os independentistas. Não permitiu o referendo por alguma razão e todos sabemos qual é.

A questão da legalidade, volto a dizer o mesmo. A única ilegalidade está no Estado espanhol já que procurou condicionar e negar a auto-determinação do povo catalão utilizando para isso as forças de autoridade. Foi um caso claro de fascismo num partido que historicamente nunca se conseguiu desligar do período de Francisco Franco no poder. E quanto à governação de Rajoy em Espanha dava pano para mangas.
« Última modificação: 05/Nov/17, 10:42 por Philipp »

Offline Costinha

  • Bancada central
  • ***
  • Mensagens: 1.009
  • Desde: Ago 2016
Re: Outros assuntos
05/Nov/17, 09:00 • #44068
Ó meu Deus, as baboseiras que vão sendo ditas por aqui - não vale a pena discutir esse assunto com gente alienada.

Entretanto na Arábia Saudita:
https://www.cnbc.com/2017/11/04/saudi-arabia-ousts-ministers-arrests-princes-and-former-officials.html

Consolidação de poder ou é mesmo uma operação anti corrupção? O que quer que seja é bom - Salman (King to-be), quer implementar reforma social e diversificar a economia do país (creio que tem $1 trilião para este projecto) e quantos menos opositores tiver, melhor

Vou seguir com atenção 

Offline Vlk

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 10.160
  • Desde: Jun 2014
Re: Outros assuntos
05/Nov/17, 11:38 • #46016
Com a tua ânsia de ser mal educado, e um pseudo boy de um partido qualquer nem percebes do que eu estava a falar com o Philip...
 
Fica com touradas e as tapas que estavas melhor, e deixa lá os meus posts...

Era o que faltava! Enquanto disseres mentiras, meias verdades, distorceres ou menorizares a opinião dos outros, e enquanto eu tiver paciência vou apontá-las uma por uma.

Mais uma vez és desrespeitoso para com os outros e depois fazes-te passar por anjinho.
Por isso não, não deixo os teus posts.

Offline Vlk

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 10.160
  • Desde: Jun 2014
Re: Outros assuntos
05/Nov/17, 11:51 • #76075
Ó meu Deus, as baboseiras que vão sendo ditas por aqui - não vale a pena discutir esse assun

Oh @Costinha eu prometo que ainda vou fazer uma lista com os adjectivos que já usaste para catalogar os que não pensam como tu desde que começou esta questão da Catalunha.

Mas sabes qual é o problema dessas reações? É que não deixam perceber se ficaste sem resposta a algum comentário, se é por desorientação, ou é mesmo falta de paciência. Seja o que for era porreiro se parasses com isso, ou pelo menos que não fosse em repeat.
« Última modificação: 05/Nov/17, 12:43 por Vlk »

Offline Vlk

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 10.160
  • Desde: Jun 2014
Re: Outros assuntos
05/Nov/17, 12:01 • #35075
A razão já falamos sobre isso, não é legal em Espanha e é legal na Escocia.

Quem ganhou nesse referendo foi mesmo a abstenção, apenas votaram 42% e por ai não podes dizer que a Catalunha quer ser independente. Passando por cima da legalidade/ilegalidade do referendo, não achas que para algo deste genero ser valido teria que haver uma participação obrigatória ou com um numero de participação mínima?

Tendo em conta as condições em que foi, estando quem quisesse votar sujeito a isto ( nunca é demais relembrar) que nem no Curdistão se viu:



42% seria uma participação record em qualquer lado do mundo.
« Última modificação: 05/Nov/17, 12:02 por Vlk »

Offline Costinha

  • Bancada central
  • ***
  • Mensagens: 1.009
  • Desde: Ago 2016
Re: Outros assuntos
05/Nov/17, 13:18 • #50027
Oh @Costinha eu prometo que ainda vou fazer uma lista com os adjectivos que já usaste para catalogar os que não pensam como tu desde que começou esta questão da Catalunha.

Mas sabes qual é o problema dessas reações? É que não deixam perceber se ficaste sem resposta a algum comentário, se é por desorientação, ou é mesmo falta de paciência. Seja o que for era porreiro se parasses com isso, ou pelo menos que não fosse em repeat.

Melhor ainda era os mods virem cá para acabar com a constante propaganda pro-independência que andas a postar.
Vejo esta thread a acabar como o da Política Americana - apagado.

Se ao menos usassem a cabeça e tivessem argumentos próprios em vez de repetirem a cassete...

Offline Vlk

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 10.160
  • Desde: Jun 2014
Re: Outros assuntos
05/Nov/17, 13:32 • #51046
Melhor ainda era os mods virem cá para acabar com a constante propaganda pro-independência que andas a postar.
Vejo esta thread a acabar como o da Política Americana - apagado.

Se ao menos usassem a cabeça e tivessem argumentos próprios em vez de repetirem a cassete...

Lá está, não falha.
A vontade de censura é forte demais. Hás-de me explicar se propaganda é usar como fontes o El país o El mundo, o La Vanguardia, o Público, e os Canais de tv informativos? Nunca postei nada que não saísse daí ou da minha cabeça. E um bocadinho de conhecimento da História também, acho que dá jeito. Mais, se há coisa que nunca faço é ver ou procurar sites declaradamente pró-independência precisamente para não enviesar a minha opinião.
A falta de argumentos e a vontade de não ser contrariado tolda-te o raciocínio. Escusas de continuar com essa ladainha porque formei a minha opinião sobre o que se passa na Catalunha e em toda a organização interna espanhola há mais de 20 anos, quando aqueles que acusas de difundirem a propaganda e ser os instigadores deste "golpe" ainda nem existiam, nem sequer internet nem redes sociais.

A tendência para querer silenciar os outros não é de estranhar em quem defende a prisão do principal candidato a vencer umas eleições  (Junqueras) por um crime que obviamente não cometeu, o de rebelião que implica a existência de uma violência que nunca existiu.

Não preciso de me repetir quanto à tua adjetivação.
« Última modificação: 05/Nov/17, 13:55 por Vlk »