Época 2012/13 - Liga, 29ª J.: FC Porto vs Benfica 2-1

miguel semprefcp

Arquibancada
19 Março 2012
442
40
quem dera que o dragao fosse sempre assim... nunca vi um jogo acabar e milhares de pessoas permanecerem no estadio durante largos minutos a divertirem-se... saltar... gritar... dançar... como se nao houvesse amanha... e esses festejos nao foram nada semelhantes aquelas festas que fazemos no dragao quando somos matematicamente campeoes... ontem houve uma euforia incrivel....
se nao fosse os seguranças a pedir ao pessoal que fosse embora havia gente que ficava ali a noite inteira
 

ElTigre

Bancada central
15 Abril 2011
1,710
2
London, UK
miguel semprefcp disse:
quem dera que o dragao fosse sempre assim... nunca vi um jogo acabar e milhares de pessoas permanecerem no estadio durante largos minutos a divertirem-se... saltar... gritar... dançar... como se nao houvesse amanha... e esses festejos nao foram nada semelhantes aquelas festas que fazemos no dragao quando somos matematicamente campeoes... ontem houve uma euforia incrivel....
se nao fosse os seguranças a pedir ao pessoal que fosse embora havia gente que ficava ali a noite inteira
Ambiente fantástico mesmo, até me arrepio só de me lembrar.

Ainda por cima com o actual estado social este jogo serviu de escape para milhares de pessoas, aquele golo tornou-se um autêntico momento "zen" de libertação para esquecerem tudo o que os rodeia e atingirem um pico emocional que lhes deu uma enorme felicidade por alguns minutos.

Depois é fantástico ver as pessoas a abraçarem-se, também o fiz, sei lá com quem foi, mas ambos estávamos altamente emocionados e nestes momentos não existem filtros de raças, rostos, carteiras, status, é apenas a paixão que nos liga a todos de igual forma.

É a magia do futebol. :)
 

Ferjo

Tribuna Presidencial
18 Julho 2006
5,061
38
Perth Australia
Chegou a minha vez:

GOOOOOOOOOOOOLOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!

POOOOOOOOOOOOOOORTOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!

Bem a minha experiencia pessoal, no lance do golo o stream parou na recepcao da bola do Kelvin mas o Audio continuou, e ouvi o golo nos comentarios da Sport TV, quando ouvi que o marcador tinha sido o Kelvin e o video reatou nos abracos ao Kelvin fiquei ainda mais estupefacto se possivel, estava todo convencido que ele tinha cruzado, e alguem a boca da baliza a tinha desviado! Assim nao foi ele atirou directo!!!!! e que GOOOOOOOOOOOOOOLOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!

Ele pode rematar mais 1000 vezes nao vai fazer outro igual na vida, mas que angulo, que tiro tao certeiro, fantastico, obrigado miudo!

Queria dar um abraco de solidariedade ao Fernando Eurico ele e ao seu reporter de som pelo ataque barbaro que sofreram infelizmente no final do jogo e por adeptos do meu clube, nao h'a palavras de conforto, so dizer que este Mundo esta completamente perdido, tanto jornalista para "implicar" e foram logo dar com um que tem sido dos melhores profissionais que conheco na area. Vida ingrata esta, receio que se tenha perdido um grande profissional, pelos motivos errados.  Espero que compreendam  este destaque mas o homem merece-o sem duvida, e nao ha nada que justifique esta violencia seja no Desporto ou noutra area qualquer. Enfim nao havia necessidade, e ha' que uma vez por todas abolir estas praticas de e no que diz respeito ao FC Porto. Ainda bem que no mesmo local se encontravam outros Portistas com uma mentalidade mais sadia e que evitaram males ainda maiores.
 

Ferjo

Tribuna Presidencial
18 Julho 2006
5,061
38
Perth Australia
Grande show da bola, ao nivel tactico, ao nivel emotivo, ao nivel mental, ao nivel fisico e por vezes tambem de elevada qualidade futebolistica, como demonstra todo o lance do golo do Kelvin, a recuperaco e o deambolar de Varela, a entrega em Kelvin que de imediato serviu Liedson, que de primeira voltou a colocar em Kelvin, tirando positivamente Luisao do lance, a recepcao e o missel para o fundo das redes sem qualquer hipoteses para o Artur. Grande golo de elevado coeficiente de dificuldade de tecnica em sequencia de uma bonita jogada que envolveu 3 jogadores.

Jogador da noite Varela, mas quero aqui tambem destacar o Enzo, esteve em todo o lado ele sozinho lutou contra o nosso meio campo, correu, cortou, construiu, deveras impressionante... se calhar vai pelo mesmo caminho do Urreta, mas que fatou-se de jogar neste jogo...

O Varela jogou pelo Jackson, pelo James e por ele proprio, teve as despesas todas do ataque, li aqui que no fim estourou fisicamente, nao concordo em nada e o facto de ter sido o arquitecto do golo do Kelvin diz muito do seu estado fisico ja nos descontos, e foi ainda um dos 5 que apareceram na area para o esperado cruzamento do Kelvin, nao foi preciso, a bola entrou directa!
 
J

Johnny.Rato

Guest
Nunca num jogo do Porto senti tal coisa dentro de mim. Quando o Kelvin faz o 2-1 deu-me uma de Jesus. Faltaram-me as pernas de tanta emoção. Demorei uns minutos a recompor-me. Depois foi gritar e continuar a apoiar. Ainda hoje tenho de tomar strepsils para a garganta!
 

Ferjo

Tribuna Presidencial
18 Julho 2006
5,061
38
Perth Australia
Eu vi um jogo em que ambas as equipas pressionaram a saida da area contraria, da area contraria!!!
Eu nao percebo como se escrevem coisas como entrada amorfa ou jogo sem sentido ou mesmo autocarro. Eu vi a equipa adversaria a defender a todo o terreno, entravamos pelas faixas estava tapado, pelo meio ainda pior, circular a bola no nosso meio campo, congestionado, atrasar para o Helton, ainda tinha que fintar um adversario para obter linha de passe. Uma ponta final digna das duas equipas com um FC Porto a subir de forma (finalmente) num jogo super decisivo para o campeonato jogado desta forma bem clarividente com as duas euipas a explanarem bem o que queriam de cada momento do jogo.

Vi um FC Porto sempre a acreditar, com a baliza sempre em mente, mas a ter muitas dificuldades para vencer um adversario que se apresentou muito mas muito personalizado.
 

BluenWhite

Arquibancada
9 Março 2012
331
2
Há dez dias atrás, apenas pedia que conseguissem levar a decisão da liga até ao ultimo jogo. Chegar ao ultimo jogo a depender apenas de si é mais do que eu podia pedir. Grande noite de emoções, grande noite para o portismo, cheia de heróis improváveis num ambiente efervescente. O jogo foi relativamente desinteressante tecnicamente. O slb não tinha grandes intenções de esticar o jogo, preocupou-se em demasia com o seu congelar, sempre muito passivo. O FCP não encontrou grandes soluções para o desbloquear e foi quem menos se esperava (Varela) a conseguir algum desiquilibrio. Foi o tema da noite, heróis improváveis.

Nem o mais optimista fã de Liedson e Kelvin sonharia que seriam eles a decidir o jogo daquela forma. O golo é de uma execução incrivel, que remate fantástico. O que se passou nesse momento é de dificil descrição. Poderia comparar a Manchester ou outro qualquer especial... mas este ocupa um lugar muito próprio. Contra o rival, que tinha o campeonato selado há semanas, nos descontos. Não se pode pedir mais. Atenção que falta terminar o serviço em Paços de Ferreira, o Tri não pode fugir. Não vai ser fácil nem pode haver a atitude relaxada que os outros tiveram de pensar que o mais dificil está feito.
 

Olavo

Tribuna
12 Março 2008
2,526
601
Já é segunda de manhã mas ainda sinto no corpo as marcas de Sábado à noite. A voz ainda não está limpa e os braços e o peito ainda doem de todo o esbracejar e do chelique que me deu após o toque mágico de Seu Kelvin.
Pela primeira vez na vida não me apercebi, sequer, quem tinha sido o marcador do golo. Quem estava ao meu lado também não.
Por breves fracções de segundo não soube muito bem como reagir, não queria acreditar no que estava a ver. Pensei, seriamente, que era apenas mais um daqueles maravilhosos sonhos, em que, segundos depois, se acorda e se fica com aquele sabor agridoce de saber que não passou de um inconsciente desejo nosso.
Porém, a realidade é, por vezes, tão mais maravilhosa!

Final digno de filme de Hollywood. Ou se calhar não. Nem o mais talentoso guionista teria a capacidade de replicar a história e o drama de Sábado à noite. Irei fazer uma petição para criarem uma ópera para o que se passou no dia 11 de Maio - 'A (re)aparição de São Kelvin'

Obrigado pai por me fazeres portista.
 

Vito77

Bancada lateral
16 Março 2012
719
461
Já passaram dois dias e aquela imagem não me sai da cabeça. Que felicidade.
Caro Olavo essa última frase....Obrigado ao meu, com quem falei logo mal o jogo terminou, e como é óbvio, as lágrimas caíram a ambos, enquanto nos abraçavamos e festejavamos aquela vitória épica! Que felicidade indescrítivel também ver os meus dois filhos aos pulos a festejar a nossa vitória, principalmente a mais velha, que logo após o golo dos orcs, e ao ver o meu desalento, me disse, para não me preocupar que iamos ganhar 2-1! E ganhamos mesmo!
Obrigado ao NGC, ao meu pai, aos meus filhos, a todos so portistas!
Agora é carimbar o TRI em paços! POOOOOOOOORTO!
 

Filipe Sá

Tribuna
11 Julho 2012
3,427
1,271
Gente, ainda não há videos do golo marcado pelo Kelvin, mas em transmissões internacionais?
 

João Lucho 2

Tribuna Presidencial
8 Maio 2008
8,021
2
Filipe Sá disse:
Gente, ainda não há videos do golo marcado pelo Kelvin, mas em transmissões internacionais?
Eu já vi algures a transmissão brasileira. Mais efusiva que a portuguesa por sinal.
 

mesenga

Tribuna
26 Março 2012
2,754
1,560
Apesar da felicidade que foi esta belíssima vitória, apetece-me falar sobre o que senti durante o jogo e não sobre o final, que já foi mais que dissecado:


Este jogo era uma final e eu não esperava outra coisa que não fosse garra, entrega total até á última gota de energia, queria ver os nossos jogadores a comer a relva!!!

...mas não vi nada disso, só me recordo da frustração que foi toda a segunda parte... a ver os jogadores encornados a jogarem a passo sem grandes chatices para resolver. Fartei-me de gritar nomes aos jogadores e à equipa técnica.
Entao ninguém arriscava um sprint, criar o desiquilíbrio, meter a bola na frente sem ser no Jackson... caramba, os jogadores deles mais fracos estavam nas laterais e os nosso extremos raras vezes foram à linha, ou foram para cima deles... a frustração era tanta que cheguei a afirmar que os orcs mereciam ser campeoões, estavam a fazer o suficiente para empatar e nós não estavamos a fazer o suficiente para ganhar!

Depois lá veio a jogada de génio de Kelvin, que inicia a jogada, mete no Liedson que faz a assistência para o grande golo do irreverente Kelvin...  fiquei parvo a olhar para a tv e a pensar "olha, entrou"! LOLOLOL

Contudo, na minha maneira de ver as coisas, um golo de génio num minuto não apaga o que foram, para mim, longos minutos de grande frustração! Fazer jogo direto no Jackson e não explorar devidamente as alas, obrigar a defesa a esticar-se, obrigar o adversário, que anda de rastos,  a correr era no mínimo obrigatório! Correr pouco ou nada fez-me imensa confusão. Chegar ao fim do jogo e observar que o jogador que mais correu "só" percorreu 8,7 km e que foi o Lucho que até foi substituído aos 75 minutos, deixou-me estupefacto...

Resumindo, estava à espera de outra entrega, mas felizmente saiu o resultado que mais desejava...

Força PORTO, rumo ao tri... mas por favor, entrem com outra determinação na Mata Real...

 
J

Junior

Guest
Este foi um dos jogos que mais gostei e que mais me custou ver. Uns dias antes disse que não queria ver, que iria passear pela cidade enfim... Chegada a hora do clássico não resisti e lá fiquei a ver com o coração que mais parecia que queria saltar do peito :), nervos e ansiedade à flor da pele. No final dei por mim com as lágrimas nos olhos e a insultar aquele sr loiro que eu espero que nunca venha a treinar o nosso clube...
Parabéns a todos aqueles que nos proporcionaram mais uma alegria.... Obrigada Porto
 

Crimson

Bancada central
8 Março 2012
2,044
792
Conquistas
2
  • Pinto da Costa
  • Alfredo Quintana
Se arranjarem vídeos dos golos de outras transmissões (em especial a brasileira) ponham aqui sff :)
 
J

jpcdias

Guest
Há mais de 30 anos que vou ao futebol e nunca vi coisa assim... o ambiente no fim do jogo foi simplesmente do outro mundo
 
H

hast

Guest
mesenga disse:
Apesar da felicidade que foi esta belíssima vitória, apetece-me falar sobre o que senti durante o jogo e não sobre o final, que já foi mais que dissecado:


Este jogo era uma final e eu não esperava outra coisa que não fosse garra, entrega total até á última gota de energia, queria ver os nossos jogadores a comer a relva!!!

...mas não vi nada disso, só me recordo da frustração que foi toda a segunda parte... a ver os jogadores encornados a jogarem a passo sem grandes chatices para resolver. Fartei-me de gritar nomes aos jogadores e à equipa técnica.
Entao ninguém arriscava um sprint, criar o desiquilíbrio, meter a bola na frente sem ser no Jackson... caramba, os jogadores deles mais fracos estavam nas laterais e os nosso extremos raras vezes foram à linha, ou foram para cima deles... a frustração era tanta que cheguei a afirmar que os orcs mereciam ser campeoões, estavam a fazer o suficiente para empatar e nós não estavamos a fazer o suficiente para ganhar!

Depois lá veio a jogada de génio de Kelvin, que inicia a jogada, mete no Liedson que faz a assistência para o grande golo do irreverente Kelvin...  fiquei parvo a olhar para a tv e a pensar "olha, entrou"! LOLOLOL

Contudo, na minha maneira de ver as coisas, um golo de génio num minuto não apaga o que foram, para mim, longos minutos de grande frustração! Fazer jogo direto no Jackson e não explorar devidamente as alas, obrigar a defesa a esticar-se, obrigar o adversário, que anda de rastos,  a correr era no mínimo obrigatório! Correr pouco ou nada fez-me imensa confusão. Chegar ao fim do jogo e observar que o jogador que mais correu "só" percorreu 8,7 km e que foi o Lucho que até foi substituído aos 75 minutos, deixou-me estupefacto...

Resumindo, estava à espera de outra entrega, mas felizmente saiu o resultado que mais desejava...

Força PORTO, rumo ao tri... mas por favor, entrem com outra determinação na Mata Real...
Procura um clube que te proporcione outro tipo de futebol (ópera) e te dê mais alegrias. Querias o quê frente a um Olhanense topo de gama? Não sei, nem me interessa, se foste ver o jogo, mas se foste, deves ter saído mais cedo como aqueles ratos que abandonam o barco ao mínimo sobressalto.