António Folha - Treinador

M

MVB

Guest
Se os Bês estiverem para ser campeões, podem vir fazer o jogo do título no Dragão? Ou se de facto o forem, podem receber o troféu no Dragão?
 

Edarf

Tribuna Presidencial
16 Junho 2015
5,536
1,579
37
Almada
MVB disse:
Se os Bês estiverem para ser campeões, podem vir fazer o jogo do título no Dragão? Ou se de facto o forem, podem receber o troféu no Dragão?
Creio que isso não aconteceu à dois anos, pelo menos jogar não, o troféu creio que foi apresentado no intervalo de um jogo
 

Péter Lipcsei

Bancada central
22 Maio 2013
1,879
372
Um especial apreço ao Folha que está a por esta equipa a jogar um futebol de qualidade e muito agradável de ver.

Grande trabalho. Para continuar.
 

Bitaites

Tribuna Presidencial
18 Julho 2006
7,397
2,423
Italia
A equipa joga em 3-4-3, um esquema original em Portugal. Nem que seja por isso elogie-se a ousadia.
Além do mais permite que o Dalot apareça mais adantado, mostrando todo o potencial. Só pode ser mau porque mostra aos italianos da juve o que já vale o rapaz num esquema que eles tanto gostam.

Grande Folha, depois do sucesso nos juniores, sucesso na B
 

Sangue Azul

Tribuna Presidencial
24 Agosto 2012
8,464
743
Porto
Parabéns ao Folha pelo excelente trabalho que está a fazer com um plantel que com excepção da defesa é dos mais débeis dos últimos anos
 

grandeporto

Tribuna Presidencial
25 Agosto 2006
23,261
6,796
Gaia
Sangue Azul disse:
Parabéns ao Folha pelo excelente trabalho que está a fazer com um plantel que com excepção da defesa é dos mais débeis dos últimos anos
-------------------------

E mesmo a defesa é totalmente jovem alguns ainda juniores.

Sem estrelas e ainda por cima aquele Andersson e o Irala são uns pés de chumbo, o scouting devia ajudar mais o Folha.
falem com o Deep Blue.
 

Péter Lipcsei

Bancada central
22 Maio 2013
1,879
372
Péter Lipcsei disse:
Um especial apreço ao Folha que está a por esta equipa a jogar um futebol de qualidade e muito agradável de ver.

Grande trabalho. Para continuar.
E um mês e meio depois,  1º lugar isolado após dar 0-3 em casa do 2º.

A calar todos os que por aqui andam e o queriam fora do Futebol Clube do Porto.

Fantástico trabalho António Folha! Tantos nos sub-19 como agora na B.
 

Ivganovich

Tribuna
29 Junho 2017
3,237
1,065
Conquistas
1
  • Alfredo Quintana
Eu acho que se confunde um bocado o tipo de qualidade do Folha e aquilo que lhe deveria ser o exigido. Dois campeonatos de juniores e este grande campeonato com a equipa B, com um plantel pouco reforçado, são provas claras de que é um bom treinador, apesar de não se saber se para todos os níveis de equipas. Contudo, ambas as equipas citadas são equipas de formação e a formação de jogadores para no futuro poderem fornecer a equipa A é que devia ser o principal objectivo e nesse ponto não sei se o Folha será o treinador certo.
 

Mihaly Siska

Bancada central
3 Junho 2014
1,543
381
Já há umas semanas que digo que esta equipa, com jeitinho, volta a vencer a segunda liga. Seria notável.
 

FCPorto1989

Tribuna Presidencial
16 Junho 2015
12,869
47
Mihaly Siska disse:
Já há umas semanas que digo que esta equipa, com jeitinho, volta a vencer a segunda liga. Seria notável.
Se o FC Porto B e o FC Porto ganhassem as respectivas ligas então.......dava suicídios em massa na SAD farinhenta.
 

juliolopes

Tribuna
29 Julho 2015
3,530
297
Conquistas
1
Porto
  • José Maria Pedroto
Excelente trabalho. A 2ª liga é uma competição difícil, logo há muito mérito estar em 1ª com um grupo de miúdos.

Parabéns, Folha. A equipa B começa a ficar pequena, já pede uma equipa da 1ª Liga.

 

Miguel ranhada

Tribuna
29 Janeiro 2017
3,676
1,306
Na liderança da Segunda Liga, o FC Porto B experimenta, esta temporada, formar jogadores ao mesmo tempo que vai inovando taticamente. António Folha, o seu treinador, tem tido um longo processo de evolução, ligado à formação, tendo integrado as equipas técnicas dos Dragões em 2008/09, depois de duas temporadas como adjunto no FC Penafiel.

A temporada passada marcou a sua promoção à equipa secundária do FC Porto, substituindo Luís Castro. Se a tendência das equipas B tende a acompanhar modelos de jogo das equipas principais, aquilo que António Folha vai desenvolvendo este ano é uma evolução de modelo, experimentando na Segunda Liga uma ideia que poderá vir a dar frutos num futuro próximo. Enquanto isso, os grandes beneficiados são os jogadores, expostos a uma exigência que pede muito à participação racional do jogador no momento da tomada de decisão.

A equipa de António Folha parte de um desenho inicial em 3-4-3, ainda que essa seja apenas uma raiz daquilo que é a forma de jogar da sua equipa. Na forma como escolhe os jogadores para ocupar cada posição do seu esquema já denuncia a sua intenção final, colocando um jogador com características de lateral como um dos três defesas, um jogador de formação de médio ofensivo como um dos dois volantes do meio-campo, um lateral ambidestro a partir de uma das faixas que lhe permitirá conjugar posicionamentos e evoluir do esquema inicial para outras variações.

Com bola, a equipa do FC Porto B tende a ocupar toda a largura do terreno, com os dois laterais bem abertos junto das linhas, os dois médios-centros em constante atividade na procura da linhas para a construção com bola feita a partir dos centrais, os dois extremos a alimentar um posicionamento entrelinhas para desequilibrar a organização defensiva adversária. A constante movimentação da equipa, com bola, cria desde logo dificuldades, sendo possível ver o lateral do lado esquerdo aparecer como médio-interior (beneficiando da enorme inteligência de Diogo Dalot), para que a equipa ganhe mais um elemento no corredor central, em construção, e mais presença na zona de finalização.

Sem bola, o FC Porto cria uma linha de cinco defesas, com o duplo volante a descer para um posicionamento de controlo do corredor central. Enquanto o extremo do lado da bola vem fechar o corredor lateral, impedindo a subida do adversário pela faixa, o extremo do lado contrário controla em zona de cobertura aos avançado, mais dentro, ora aproveitando para condicionar a troca de bola entre os centrais, ora ocupando a linha de passe para a mudança de corredor. A equipa de António Folha apresenta, ainda, uma forte capacidade para se posicionar em pressão alta, sendo que, nesse caso, a equipa aproveita os seus três elementos mais avançados para condicionar logo na saída da área adversária, obrigando a um enorme atenção do seu duplo-volante. Nestas situações, um dos centrais também tende a subir para condicionar o adversário quando a primeira linha de pressão é ultrapassada.

A qualidade com que a sua equipa está construída e as tendências que apresenta fazem de António Folha um dos técnicos a serem seguidos de perto na aproximação ao principal escalão do futebol nacional. Depois de Luís Castro ter dado o salto e configurar-se, no presente, como um dos treinadores com mais qualidades na Liga NOS, António Folha apresenta conhecimentos que permitirão, aos 46 anos, dizer que está preparado para dar o salto.
 

anticandeeiros

Tribuna
16 Maio 2017
3,592
2
apocalypto disse:
Notável trabalho no clube.
Curiosamente foi bastante enxovalhado/criticado/denegrido numa fase inicial.

La esta, "money talks" (substituir money por resultados).

Tambem passou por aquela fase "luis castriana" de jogar com 2 trincos e um 8 de caracteristicas defensivas.

O que eu noto é que quando o treinador que esta ca, seja ele LC ou F, nao joga à cagao com 2 ou 3 trincos, tudo fica mais facil e os resultados aparecem naturalmente.
 

apocalypto

Moderator
28 Novembro 2006
63,213
21,413
37
anticandeeiros disse:
Curiosamente foi bastante enxovalhado/criticado/denegrido numa fase inicial.

La esta, "money talks" (substituir money por resultados).

Tambem passou por aquela fase "luis castriana" de jogar com 2 trincos e um 8 de caracteristicas defensivas.

O que eu noto é que quando o treinador que esta ca, seja ele LC ou F, nao joga à cagao com 2 ou 3 trincos, tudo fica mais facil e os resultados aparecem naturalmente.
Também o critiquei fortemente. O certo é que inverteu as coisas e produz resultados visíveis,vque é o que interessa.
 

Treinador de Bancada

Tribuna Presidencial
16 Março 2012
15,683
8,634
Conquistas
4
  • Dezembro/19
  • Bobby Robson
  • João Pinto
  • Lucho González
Este 3-5-2 com o Fede Varela como enganche e o Rui Moreira como defesa central-esquerdo é um trabalho de autor que além de estar bem oleado potencia ao máximo o valor futebolístico do plantel. Grande mérito ao Folha porque do papel vegetal esboçou uma táctica pouco vista em Portugal e de total sucesso.
 

Flanders

Tribuna
11 Maio 2017
2,711
0
Podia muito bem, na próxima época, tornar-se adjunto do Sérgio. Começava a aprender mais sobre como lidar com plantéis de homens de barba rija, ganhava experiência e quem sabe poderiamos ter um sucessor do Sérgio dentro de portos, do estilo AVB - Vítor Pereira.
 

Blashyrkh

Tribuna Presidencial
11 Julho 2016
7,802
929
Conquistas
1
  • Novembro/17
a verdade é uma: no FC Porto tem apresentado sempre excelentes resultados.

os meus parabéns. curioso por ver como será a carreira dele.