Assobiar ou apoiar? Eis a questão

Gonçaloo

Tribuna
10 Março 2012
4,032
0
"Nao vou falar de tácticas se jogamos bem ou mal.
Queria deixar aqui só a seguinte reflexão.
Todos dão como exemplo o futebol alemão e aquele tantas vezes visto final de jogo com os jogadores do dortmund sentados no relvado virados para as bancadas, mas esses adeptos aos quais eles agradecem são os mesmos que festejam com eles títulos mas nunca os abandonaram quando o ano passado aquela super equipa era última classificada.
É como me custa o próximo exemplo, ontem via o carnide a jogar em casa a perder e o estádio todo a apoiar,os assobios que se ouvia eram para pressionar os árbitros.
O que terá mudado para os lados do dragao?
Exigência?
Sim sempre fomos adeptos exigentes mas exigência não é em casa os nossos adeptos em vez de apoiar, assobiarem aos 10 minutos de jogo quando até já se vencia. Hoje é mais difícil jogar em casa do que fora.
Ganhamos demais?
Nunca ganhar é demais mas que agora só com opera em campo as pessoas ficam satisfeitas é verdade.
Resumindo se até quando ganhamos ao bayern em casa milhares começam a abandonar o estádio antes de acabar e nem aí ficam no estádio para um tributo á equipa que comunhão é esta?
Aos adeptos,vocês hoje já tem o facebook para criticar, dizer mal, ter opinião mas por favor no estádio naqueles 90 minutos façam o FCPorto jogar em casa isso é muito importante e vão ver que até para a equipa de certo as coisas saem melhor.
Se não gostarem critiquem e assobiem no final.
Uma nova realidade no nosso clube que a mim pessoalmente me desagrada porque sempre assobiei os outros mas nunca os nossos!
Nota final com uma questão:
Quem tem mais adeptos o FCPORTO ou o FCPORTO que ganha?
Espero que hoje e sempre seja o FCPORTO que ganha que empata e que as vezes também perde e não o das vitórias!!!!!!!
Bom domingo!"

Dizem-me que o Fernando Saúl colocou isto no Facebook.
Parece-me um bom ponto de partida para uma reflexão que se vai fazendo amiúde aqui no fórum. Os assobiadores estão a ganhar, e duvido que essa tendência se inverta nos próximos tempos. Mas a verdade é que estamos a legitimar bicadas como esta ( http://abola.pt/clubes/ver.aspx?t=3&id=568175 ).
É triste.
É que já nem de benfiquização do clube se trata, precisamente o oposto por incrível que pareça.
 

Dragão_Aveiro

Bancada central
12 Abril 2012
2,238
0
30
Aveiro
Ainda bem que alguem criou um topico sobre esta questão. Não entendo pessoas que vão ao estádio ver e apoiar o clube que amam e passam a vida a assobiar. Pura e simplesmente não me cabe na cabeça! Como Portista deixa-me frustrado. Na minha opinião essas pessoas deviam ser convidadas a ir para a bancada onde se encontram os adeptos da equipa visitante. Tão e só isto. E se não quisessem, deviam ser convidados a abandonar o estádio sendo posteriormente reembolsados com o preço do bilhete.
 

Branco

Tribuna Presidencial
2 Julho 2007
19,837
1,644
Conquistas
1
  • Junho/18
A verdadeira questão não são bem os assobios, nem o apoio, aplausos ou olés, mas a gestão que se faz de cada momento, quer em quantidade, intensidade ou timing.

A verdadeira questão é, que tipo de intervenção da plateia (nossos adeptos) é que coloca a nossa equipa mais perto da vitória ?

Do meu ponto de vista, é quando se apoia a maior parte do tempo e de forma audível durante o jogo, quando se assobia cirurgicamente (e mais o árbitro ou rivais que a equipa), quando se aplaudem as boas exibições e quando se evitam os olés.

E nesse sentido, dá para perceber que a gestão que o Dragão faz de cada um desses momentos é um perfeito desastre, há quem justifique isso com o antigo tribunal das Antes, mas esquecem-se que nas Antas o adversário era assobiado e não era como no Dragão em que quando param os assobios e fora a claque ou os 2 minutos depois de um golo, o estádio é um autêntico tumulo em mais de 90% do tempo.

Depois, eu acho que se romantiza demais com o antigo tribunal das Antes, nunca foi esse o segredo do nosso sucesso, ele já existia na travessia do deserto e tal como no outro clube cujos adeptos mais encaixam nesse perfil, os de Guimarães, de pouco esse tipo de intervenção excessiva dos adeptos fez a equipa colher quaisquer frutos.

Não digo que não hajam momentos em que faça sentido assobiar ou contestar, não existem regras absolutas sobre isso, mas não pode ser gratuito, tem que obedecer a uma gestão inteligente, senão de nada serve e no limite pode até ser contra produtivo.
 

apocalypto

Moderator
28 Novembro 2006
57,563
5,896
36
Braga
Como já disse no outro tópico. Nada contra esta discussão DESDE que não sirva para justificar más prestações ou falta de títulos, caso contrário é cair no ridículo.
 

apocalypto

Moderator
28 Novembro 2006
57,563
5,896
36
Braga
Dragon Force disse:
Quem é o Fernando Saul?
Trabalha no FC Porto. Esqueceu-se é de dizer que os maus exemplos também vêm de cima e que os adeptos que tanto critica lhe pagam o salário.

Às vezes é preciso pensar antes de se escrever certas coisas.
 
M

Mike_Walsh

Guest
Branco disse:
A verdadeira questão não são bem os assobios, nem o apoio, aplausos ou olés, mas a gestão que se faz de cada momento, quer em quantidade, intensidade ou timing.

A verdadeira questão é, que tipo de intervenção da plateia (nossos adeptos) é que coloca a nossa equipa mais perto da vitória ?

Do meu ponto de vista, é quando se apoia a maior parte do tempo e de forma audível durante o jogo, quando se assobia cirurgicamente (e mais o árbitro ou rivais que a equipa), quando se aplaudem as boas exibições e quando se evitam os olés.

E nesse sentido, dá para perceber que a gestão que o Dragão faz de cada um desses momentos é um perfeito desastre, há quem justifique isso com o antigo tribunal das Antes, mas esquecem-se que nas Antas o adversário era assobiado e não era como no Dragão em que quando param os assobios e fora a claque ou os 2 minutos depois de um golo, o estádio é um autêntico tumulo em mais de 90% do tempo.

Depois, eu acho que se romantiza demais com o antigo tribunal das Antes, nunca foi esse o segredo do nosso sucesso, ele já existia na travessia do deserto e tal como no outro clube cujos adeptos mais encaixam nesse perfil, os de Guimarães, de pouco esse tipo de intervenção excessiva dos adeptos fez a equipa colher quaisquer frutos.

Não digo que não hajam momentos em que faça sentido assobiar ou contestar, não existem regras absolutas sobre isso, mas não pode ser gratuito, tem que obedecer a uma gestão inteligente, senão de nada serve e no limite pode até ser contra produtivo.
Quem diz que no antigo Estádio das Antas era diferente não conheceu bem o ambiente que se vivia por lá.
Éramos nós Campeões Europeus em título, em 1987/1988, e o Estádio vinha abaixo em assobios contra a nossa equipa desde os 5 minutos. Bastava às vezes um passe mal feito. E havia jogadores que eram verdadeiros Cristos, como o Semedo. Não podiam tocar na bola.
Tirando os assobios, o normal no Estádio das Antas era o silêncio. De repente, ouvia-se a claque adversária a cantar pelo seu clube, a nossa claque despertava, calava-os e voltava à sonolência de antes.
Lembro-me perfeitamente de uma cena em que o Deco, furioso, quando saía para o balneário, ao intervalo, estava furioso com os assobios do público e fez-nos (eu estava lá bem perto) um gesto algo desagradável.
Não conheço a realidade do Dragão, mas conheci muito bem a realidade do Estádio das Antas.
 

Ultimate1000

Bancada central
30 Julho 2015
1,953
4
apocalypto disse:
Trabalha no FC Porto. Esqueceu-se é de dizer que os maus exemplos também vêm de cima e que os adeptos que tanto critica lhe pagam o salário.

Às vezes é preciso pensar antes de se escrever certas coisas.
Hoje tas um poeta(sem ironia) _o_
 

Branco

Tribuna Presidencial
2 Julho 2007
19,837
1,644
Conquistas
1
  • Junho/18
Mike_Walsh disse:
Tirando os assobios, o normal no Estádio das Antas era o silêncio. De repente, ouvia-se a claque adversária a cantar pelo seu clube, a nossa claque despertava, calava-os e voltava à sonolência de antes.
O Dragão é bem pior que as Antas, ainda havia alguma apoio das bancadas fora claque durante o jogo e lembro-me que assobiavam os adversários, e mesmo que assim não fosse nada mudaria o meu argumento, esse tipo de gestão dos assobios por parte do público em nada ajuda a equipa, pelo contrário.

Há quem se tenha convencido que isso ajudou ao nosso sucesso, errado, se de facto e isso eu não ponho em causa, sempre assobiamos os nossos jogadores, mesmo quando não ganhávamos nada, o nosso sucesso certamente não passou por aí.
 
S

sinal

Guest
Pah. Isso é fácil de se resolver.
Contratem um gestor de assobios...espera lá, o Fernando Saúl faz o quê mesmo? Ah pois...
 
N

NunoM

Guest
Mete-me nojo esses adeptos do assobio, gentinha dessa nao precisamos que sejam do nosso clube nem que vão ao estádio, adeptos da treta..parece que vão assistir a uma sessão de cinema, onde é que já se viu assobiarem a própria equipa por qualquer merdinha..estávamos bem lixados se a maioria fossem assim, nos maus momentos ninguém apoiava.
Sinceramente acho que temos mais apoio quando jogamos fora, aí ninguém assobia, só os adeptos contrários.
 

COTADRAGÃO

Tribuna Presidencial
25 Novembro 2006
8,219
117
Porto
Os adeptos portistas apenas apoiam quando tudo corre bem ou lá proximo.

Fora disso sao problema.

Deviam por olhos no Dortmund e na relaçao que os adeptos tem com o clube.

Mas convenceram se que o FCPl tem um plantel superior ( e mesmo que fosse verdade falta fazer equipa que nao é coisa instantanea) quando temos um plantel de bom nivel mas inferior ao da epoca passada.
 

Pixel

Tribuna Presidencial
9 Março 2012
5,362
559
Enquanto não perceberem que os assobios são por saturação a um futebol pobre que vem desde o ano passado... fosse este o primeiro ano do Lopetegui e ninguém assobiava...
 

Nirvanes

Tribuna Presidencial
23 Julho 2015
5,737
500
Pixel disse:
Enquanto não perceberem que os assobios são por saturação a um futebol pobre que vem desde o ano passado... fosse este o primeiro ano do Lopetegui e ninguém assobiava...
Sim até porque logo no início da época o ano passado não foi igualzinho. O clube até teve de lançar uma campanha 'enquanto se canta não se assobia'. Ao que isto chegou.
Querem assobiar o mau futebol assobiem no intervalo e no fim do jogo. Não quando a equipa está com dificuldades.

E nem vou comentar a assobiadela quando o varela saiu.
 

Lucho88

Bancada central
9 Março 2012
1,324
0
sinal disse:
Pah. Isso é fácil de se resolver.
Contratem um gestor de assobios...espera lá, o Fernando Saúl faz o quê mesmo? Ah pois...
O que faz ou deixa de fazer não é problema teu. . Como Portista que é também tem o direito à opinião e ao aconselho para que certas situações não se voltem a repetir.
Ficava-te melhor dares a tua opinião sobre o assunto em vez de vires para aqui com teorias da conspiração. . que mais parece inveja pelo homem ser o que é hoje em dia.

Este forum é um bom cartaz de visita para tirarem as dúvidas sobre o que se tornou o adepto Portista.
 

Juary

Tribuna Presidencial
24 Maio 2013
6,212
307
Agora não se pode assobiar aos meninos?... Porquê vão amoar?... Nem 8 nem 80. Joguem a bola e vão ver como acabam os assobios.