Taça intercontinental

Morais

Tribuna Presidencial
4 Maio 2017
17,154
3,063
Conquistas
2
54
Porto
  • Artur Jorge
  • Cubillas
Para mim sempre o fomos oficializado ou não,em antes o modelo era esse e ninguém o disputaria se tal não estivesse subentendido.De qualquer forma nossos maiores títulos são a dos Campeões Europeus ou Champions em 2004.
 

MP

Bancada central
12 Julho 2016
1,265
1
Para mim também não muda nada. A história que ah e tal, "não entram os campeões da Ásia/África/Oc não conta" é ridícula, em 13 edições, numa altura que o futebol de clubes está mais desenvolvido que nunca, só 3 finalistas não foram da UEFA/CONMEBOL. Em 1987 e 2004 alguém duvida que não passavamos a ferro por cima do Al Ahly ou Tokyo Verdy em 1987, ou do Enyimba ou Al-Ittihad em 2004?

Ganhamos uma que será das mais memoráveis de sempre, e uma com o último chuto dado na Taça Intercontinental. Se a FIFA quer fazer alguma coisa, mande uma placa para meter no museu. Não preciso da validação deles para achar que somos bi-campeões mundiais.
 
N

Noventa e Nove

Guest
Vou ser sincero, nem sabia que os títulos estavam por oficializar. Sempre dei como adquirido que o Porto tinha vencido o campeonato do mundo de clubes, e que o fez por duas vezes. São dois dos nossos títulos internacionais, sempre foram, sempre o serão.

Mas se a "oficialização oficial" veio hoje, ótima notícia.
 
  • Like
Reações: qotsa09
N

Noventa e Nove

Guest
M4n463r disse:
Vamos respeitar aquela malta, que tanto sofreu e transpirou enquanto os dedos selecionavam as letras do teclado. Que stress. Não se brinca com a saúde.
 

MartinsDragão

Tribuna Presidencial
4 Fevereiro 2015
16,320
1,606
Claro que a FIFA tinha de reconhecer os nossos dois títulos de campeão mundial de clubes de futebol, conquista da Taça Intercontinental.
A imprensa desportiva deveria ter dado mais destaque!
 

MartinsDragão

Tribuna Presidencial
4 Fevereiro 2015
16,320
1,606
Relembrando...
Em 1987, em Tóquio, frente ao Peñarol, vencemos por 2-1, após prolongamento, e em 2004 vencemos o Once Caldas no desempate por grandes penalidades, 8-7.
 

Dragão do Algarve

Arquibancada
30 Maio 2017
441
2
26
Algarve
Obviamente que sempre fomos bi-campeões mundiais, temos os títulos no museu... Tal como fomos 30 vezes campeões nacionais e não apenas 27.

Eu nem sabia que para a porcaria da fifa os títulos não eram oficiais, ridículo uma vez que as melhores equipas de futebol sempre foram as da Europa e as da América do Sul e as competições mais importantes a Champions League e a Taça Libertadores.
 

MiguelDeco

Tribuna Presidencial
2 Setembro 2013
24,799
5,911
Conquistas
10
  • Alfredo Quintana
se a hotgold vê o título dessa notícia faz mais um filme :) Das minhas primeiras recordações como ser humano esta é uma das mais felizes da minha vida.. Enorme vitória mesmo com a minha mãe sempre a ralhar para eu dormir.. 
 
M

Mike_Walsh

Guest
Dragão do Algarve disse:
Tal como fomos 30 vezes campeões nacionais e não apenas 27.
Isso é um bocado discutível.
É verdade que o Campeonato de Portugal conferia o título de Campeão Nacional, mas era uma prova a eliminar com todas as características de uma Taça de Portugal. Aliás, o primeiro Campeonato de Portugal foi constituído por um único jogo, o Porto - Sporting. Não era um Campeonato nem nada de parecido.
Outra coisa: entre 1934/35 e 1937/38, quando já existia Campeonato Nacional, o Campeonato de Portugal continuou a disputar-se. E como chamamos ao vencedor dessas edições? Vencedor da Taça de Portugal? Mas era a mesma prova.
Por outro lado, não havendo Campeonato Nacional até 1934/35, não me custa a aceitar que se considere Campeão Nacional o vencedor do Campeonato de Portugal.
Essa questão foi levantada pelo Sporting, que quer ficar com mais 2 títulos. Mas também contariam, nesse caso, mais 3 títulos de Campeão Nacional para o Belenenses, mais 2 para o Benfica e 1 para o Marítimo, Olhanense e Carcavelinhos.
Sinceramente, não tenho uma opinião completamente formada sobre o assunto.

 

Dragão do Algarve

Arquibancada
30 Maio 2017
441
2
26
Algarve
Mike_Walsh disse:
Isso é um bocado discutível.
É verdade que o Campeonato de Portugal conferia o título de Campeão Nacional, mas era uma prova a eliminar com todas as características de uma Taça de Portugal. Aliás, o primeiro Campeonato de Portugal foi constituído por um único jogo, o Porto - Sporting. Não era um Campeonato nem nada de parecido.
Outra coisa: entre 1934/35 e 1937/38, quando já existia Campeonato Nacional, o Campeonato de Portugal continuou a disputar-se. E como chamamos ao vencedor dessas edições? Vencedor da Taça de Portugal? Mas era a mesma prova.
Por outro lado, não havendo Campeonato Nacional até 1934/35, não me custa a aceitar que se considere Campeão Nacional o vencedor do Campeonato de Portugal.
Essa questão foi levantada pelo Sporting, que quer ficar com mais 2 títulos. Mas também contariam, nesse caso, mais 3 títulos de Campeão Nacional para o Belenenses, mais 2 para o Benfica e 1 para o Marítimo, Olhanense e Carcavelinhos.
Sinceramente, não tenho uma opinião completamente formada sobre o assunto.
A liga que existiu nessa altura era experimental, onde nem todas as equipas participavam e se rodava jogares como hoje se faz na taça da liga.

Este youtuber do Sporting explica melhor que eu:

https://www.youtube.com/watch?v=X46ckkTVNyY&t=1393s

 
M

Mike_Walsh

Guest
Dragão do Algarve disse:
A liga que existiu nessa altura era experimental, onde nem todas as equipas participavam e se rodava jogares como hoje se faz na taça da liga.

Este youtuber do Sporting explica melhor que eu:

https://www.youtube.com/watch?v=X46ckkTVNyY&t=1393s
Nada disso é verdade.  Mentira total.
Rodar jogadores? Lol.  Tinham 14 jogos por ano,  precisavam mesmo de rodar jogadores.
A seguir aos 9-0 que Portugal levou da Espanha em Março de 1934,  foi opinião unânime que só um campeonato entre clubes podia resolver o atraso dos jogadores portugueses.
Assim nasceu o Campeonato Nacional de Futebol.  Chamou-se Liga por causa da influência inglesa, como - de resto - a FPF se chamava FPFA - Federação Portuguesa de Futebol Association.
Ao fim de 2 ou 3 meses,  já o Campeonato de Portugal era considerado "um aborto",  uma prova que nada interessava face a um Campeonato que movimentava em torno do futebol grande parte do país. Ao fim de 3 anos,  acabou,  tal foi o sucesso do Campeonato Nacional.
A Liga era composta por 8 clubes que jogavam todos entre si a 2  voltas.  O Campeonato Nacional era composto por 8 clubes que jogavam entre si a 2 voltas.  Na Liga,  ganhava quem tivesse o maior número de pontos.  No  Campeonato,  também.  Os clubes que participavam na Liga eram exactamente os mesmos que participavam no Campeonato Nacional.  Os jogadores eram exactamente os mesmos - vai ver as fichas de cada jogo.  Os regulamentos eram exactamente os mesmos.
Só mudou o nome quando se fez uma reestruturação de todo o futebol português -  a FPFA passou a chamar-se FPF e a Liga passou a chamar - se Campeonato  Nacional.  E foi criada a Taça de Portugal.
Liga e Campeonato Nacional eram exactamente a mesma prova,  tirando o nome (era Liga na altura como é Liga hoje).
Como portista,  entristece-me muito que até alguns portistas queiram diminuir o grande título de Campeão Nacional de 1934/1935, esse sim ganho contra tudo e contra todos.  FOMOS CAMPEÕES NACIONAIS!
Como historiador,  penso que seria de valor ler o que diz a História antes de ver o que diz um youtuber sportinguista.
Já agora,  é digno de um verdadeiro contorcionista considerar Campeonato Nacional uma mera Taça de Portugal a eliminar e não considerar uma Liga a pontos e a 2 voltas e que só por mudança de nome se passou a chamar Campeonato Nacional.
O que mudou completamente de figurino foi a actual Liga dos Campeões,  incluindo a forma de acesso e a forma de disputa. Qualquer dia,  o youtuber sportinguista diz que não é a mesma prova. 
Nessa tua  contabilidade,  não te esqueças então de tirar da lista o nosso título de 1934/1935. Ficamos com um a menos.