Vítor Pereira

Dragon Force

Tribuna
9 Março 2012
4,551
108
Tem o seu lugar na nossa história. E um bom lugar diga-se.

A saída que hoje se soube, para o tal Al-Ahli, é que pronto...Numa semana dá entrevistas a dizer que vai ganhar uma champions e depois toma este rumo para o paraíso dos reformados do futebol é um pouco contrasenso.

Se vai valorizar, e muito, a sua conta bancária, não me parece que em termos de CV os ganhos sejam substanciais.
 

Pinetree

Tribuna Presidencial
27 Maio 2012
10,629
108
Obrigado por tudo Vitor Pereira!
Como já foi dito, merecias mais, o clube para onde vais é pequeno para ti.

Boa sorte! ;)
 
D

drulovic20

Guest
acho que mereçia um clube melhor.
a hipótese everton ou mesmo o anzhi eram melhores opções.
 
B

Blue_Boy

Guest
vai ganhar bem, ok, é verdade... mas, vai para um campeonato completamente desconhecido. Nem vai dar para acompanhar o carreira dele lá.

Boa sorte VP.

https://pbs.twimg.com/media/BMSIGSMCUAAPhWy.jpg:large
 
D

dragoseiro

Guest
Gente para quem não souber que ainda há pessoas com muitas duvidas o Al-Ahli que ele vai treinar é o da Arábia Saudita,não o do Dubai.
 

Luis.CA

Bancada central
22 Abril 2007
1,446
0
Londres
O Vitor é muito melhor do que as pessoas acham. Foi injustiçado. Fez um trabalho notável, apesar de ter cometido alguns erros, normais de quem andava a empurrar o barco sozinho. Plantel curto, conseguiu ir tirando coelhos da cartola, e proporcionou-nos aquele momento inesquecivel ao minuto 92.

Parece que foi mal aconselhado nestes ultimos meses. Gostava de o ver num clube europeu de segunda linha onde pudesse fazer crescer a equipa e fazer um brilharete.
 
D

dr_psikick

Guest
O meu obrigado ao VP por ter desempenhado as funções no melhor da sua habilidade.

Ninguém tem nada contra a pessoa VP, todos apreciam o seu portismo e alguns gostam da sua maneira de ser. Este facto é indiscutível. podemos ou não gostar da forma como colocou a equipa a jogar e ter opinião sobre como aproveitou ou não os recursos. A mim pessoalmente o seu estilo fazia-me confusão e tenho de dizer que ver alguns jogos nossos foi sofrível e fez-me cabelos brancos e o pior é que a partir de certa altura deixei de sofrer e de me aparecerem cabelos brancos - e isto sim, é grave e mostra um anormal desprendimento. No entanto, e apesar da sorte e dos tiros nos pés alheios ganhou duas vezes o campeonato sendo que a performance pontual no segundo foi mesmo brilhante.

A minha análise fria e dura é que, tivemos um treinador que a nível interno foi fortíssimo, perdeu apenas um jogo em 2 anos de campeonato e montou defesas que sofriam muito poucos golos, tinha nº de posse de bola incríveis sendo o ponto negativo ter falhado sempre nas competições a eliminar; A nível europeu um primeiro ano indesculpavelmente mau e fraco e um segundo em que cumpriu os objectivos embora na minha opinião e face ao adversário que nos calhou em sorte devesse ter ido mais longe uma eliminatória.

A minha análise mais subjectiva diz-me coisas completamente diferentes, senti a nossa equipa bipolar. Tivemos cerca de 1 mês e meio (mais evidente neste 2º ano) em que estivemos muito fortes, literalmente entravamos em campo com os jogos ganhos, só faltava saber por quantos, mas logo de repente e face ao primeiro jogo mais mal conseguido veio o abismo e foi o que todos vimos (e que alguns não quiseram nem querem admitir).
A verdade é que este ano a diferença entre nós e os melões para o resto das equipas era muito grande e temos de ter essas condicionantes em análise.
Não gostei da gestão de valores, minimamente.

Não concordo nada quando dizem que este treinador esteve isolado, sozinho... é uma falácia. A verdade que esteve muito bem apoiado, e de outra forma não teria acabado o primeiro campeonato. Digo mesmo que terá sido o treinador mais apoiado pela estrutura dos últimos anos. Deram-lhe até reforços para a equipa técnica... O facto de não ter a ligação de parte dos adeptos não tem nada haver com apoio. Esse apoio, essa ligação dos adeptos é algo mais instintivo e com ele nunca aconteceu, VP não desse tipo de pessoas, nem todos podemos ser lideres natos, isso é outra falácia do nosso mundo. Tem de haver pessoas competentes de todos os perfis para todas as posições. Uns de nós somos óptimos a nº1 e outros óptimos a nº2... Saber o nosso lugar, onde somos mais fortes, é uma virtude e não falta de ambição - outra grande falácia... o objectivo deve ser contrariar a máxima de que somos promovidos até ao topo da nossa incompetência e saber ficar no topo da nossa competência.

Desejo toda a sorte do mundo ao VP, que ganhe muito dinheirinho lá pelas arábias. Acho que ele escolheu muito bem esta aventura pois considero que tem perfil para este tipo de projectos, tal como o Manuel José e Fernando Santos - não é qualquer treinador que está disposto a prescindir das luzes da ribalta. Vejo-o daqui a alguns anos a atingir o seu topo como treinador principal como seleccionador de uma selecção emergente e talvez mesmo após isso chegar a seleccionador de Portugal. Quanto a voltar ao Clube para treinador principal tenho as minhas sérias dúvidas.

Resumindo, boa sorte VP, nada contra ti!
 

m3a4424

Tribuna Presidencial
6 Maio 2007
18,858
88
A pedido do Solidragon aqui coloco o poste dele:
Solidragon disse:
Queria deixar uma mensagem de despedida no tópico do VP mas como reparei que está fechado resolvi deixar a mensagem aqui. É uma mensagem com forte conotação pessoal, logo os que concordarem muito bem, os que não concordarem peço ao menos que respeitem a minha opinião.

"Adeus Vítor Pereira.

Ficou 1 ano a mais do que deveria ter ficado e por mais que 2 fins de campeonato lhe tenham salvo a imagem a verdade é que nunca foi nem nunca seria um treinador à altura de um clube da dimensão do Porto. Qualquer pessoa que olhasse com objectividade para as exibições do Porto nestas 2 épocas e para os resultados da equipa chegaria à mesma conclusão que o mercado chegou: VP não é um grande treinador.

Os pontos negativos de VP

Vítor Pereira foi um treinador que fez com que a equipa do Porto apresenta-se um futebol letárgico que parecia que contagiava tanto os adeptos como os próprios jogadores que caiam no sono profundo durante os jogos. Tantas foram as exibições deprimentes, as opções disparatadas, os comentários após jogo ridículos, os troféus perdidos que tornaram-no num treinador muito criticado e desrespeitado entre os adeptos.

O ser humano é um animal engraçado e aquilo que ele defende num dia pode mudar num simples instante. Foi o que aconteceu: depois de duas épocas miseráveis, ao nível das piores de sempre, que apontavam para o fracasso total o adversário vascilou, o Porto aproveitou e as tempestades serenaram. Num ano um jogo na Luz serviu para mudar a opinião dos adeptos, um mau treinador passou a ser um excelente treinador que foi vítima das birras de jogadores no balneário e que tinha tudo para demonstrar toda a sua qualidade no próximo ano. No ano seguinte, depois de falhar todos os outros objectivos, um golo aos 92 minutos alterou tudo e o treinador que estava para ser enxovalhado no final da época passou a ser visto como um grande treinador, vítima da um plantel do Porto "ao nível dos piores de sempre".

Vítor Pereira não se tornou num bom treinador com um golo aos 92 minutos, ele nunca o foi e os resultados que comprovam este facto estão à vista: inúmeras eliminações ridículas e nunca estivemos tão perto de ver um Benfica bicampeão, vencedor da Liga Europa e vencedor da Taça de Portugal. Com um campeonato mais competitivo, ao nível do que tínhamos quando o Sporting ainda era grande e o Braga lutava ferozmente pelos primeiros lugares os números no campeonato nunca teriam acontecido, não foi por acaso que nos últimos 3 anos se bateram recordes de pontos que se mantinham imbatíveis durante décadas a fio.

Os pontos positivos de Vítor Pereira

Vítor Pereira foi contestado, humilhado e ridicularizado na praça pública por adeptos do próprio clube e por adeptos adversários. "Vitinho", "Vitó", "O pedreiro", "adjunto do adjunto" eram e ainda são nomes habituais que são utilizados quando se quer referir o treinador. Vítor Pereira foi capaz de aguentar esta pressão enorme, de lutar e de acreditar na sua capacidade, poucos o fariam, muitos ficariam pelo caminho e achariam que não valeria a pena. Vítor Pereira sempre acreditou até ao fim que conseguiria ganhar estes 2 campeonatos e foi por isso que os ganhou, teve esse mérito. É um homem honesto, trabalhador e um enorme portista, tem carácter e nunca desiste. Por isto eu respeito-o e sempre o respeitarei como o grande homem que é e nada nem ninguém pode afirmar o contrário. Manter o VP até ao fim das duas épocas foram decisões de génio do NGP, ele conhece o carácter do VP mais do que ninguém e apenas ele, no meio de tanta contestação, teria a capacidade de ainda ser campeão.

O que fica para a história?

- Uma aposta errada do nosso clube que por pouco não resultava no caos total(Benfica bicampeão e triplete que poderiam colocar em causa o domínio do nosso clube e fazer mudar muita coisa no panorama do futebol português pois quer queiram quer não JJ é um bom treinador e se o Benfica está no patamar que se encontra actualmente é graças a JJ e não a uma direcção e a um clube que sempre foram vistos como os maiores palhaços de Portugal, dignos de actuarem num circo);

- A confiança do NGP no Vítor Pereira que fez com que este continuasse no clube até ao final das duas épocas e com isso conseguiu ganhar 2 campeonatos que tinham tudo para serem ganhos pelo Benfica;

- Um homem(VP) que provou, sem qualquer margem de dúvidas, perante 10 milhões de espectadores ter um enorme carácter e vamos a ser honestos, quantas pessoas poderão no final da sua vida afirmar o mesmo?"
 

Devenish

Tribuna Presidencial
11 Outubro 2006
15,697
659
Conquistas
1
Porto
  • Março/19
Pelas parcas declarações sobre ele de Pinto da Costa aquando da assinatura do contrato de Paulo Fonseca sugere ter havido um distanciamento entre ambos nos últimos tempos isto a acrescer os ditos do seu empresário, da parte dele de momento não podemos comentar nada porque ainda não falou.
Isto sobre o passado recente pós fim de campeonato de Vítor Pereira.
Sobre a sua passagem pelo Clube em dois anos;
Dois campeonatos ganhos e duas supertaças, nos dois campeonatos uma derrota apenas e mesmo essa única polémica e com um árbitro que sempre nos penaliza. Quem não tiver acompanhado a prestação da equipa pensará (tal como a História o fará porque essa fala de resultados e não de prestações competitivas boas ou más) que teve uma prestação fantástica mas quem acompanhou a equipa durante a maioria desses dois anos sabe que não foi assim, teve mérito porque não se ganham dois campeonatos sem ter valor mas...o futebol praticado na maioria dos jogos foi medíocre e tivemos a "ajuda" de Jorge Jejum em dois jogos decisivos do clássico e porque não dizer aquele golo saído do "nada" de Kelvin que fez explodir de alegria toda a nação azul e branca mas que passada a fase da emotividade teremos que reconhecer que foi uma sorte tremenda aquilo ter acontecido naquele minuto de compensação e com 90m anteriores em que poucas oportunidades tivemos. Podia ter saído em desgraça saiu em glória bom para ele e bom para os portistas. Ter continuado seria continuar a apostar na roleta do Casino e creio que Pinto da Costa há muito tempo que sentiu isso e não quis arriscar e Vítor Pereira também não. Creio que das "poucas vezes" que Pinto da Costa falou realmente verdade foi dessa vez - ele disse que " havia vantagens e desvantagens em VP continuar" e faz todo o sentido essa declaração. Se corresse mal perderia mercado e o FCP perderia tempo.
Seja como for está na História do FC Porto com 2 campeonatos ganhos e consecutivos (não são muitos a terem isso) e uma derrota em duas épocas (aqui se não é record é quase).
Dito isto; um abraço Vítor Pereira e que tenhas sucesso na Arábia Saudita e muitos mais no futuro porque ainda és um jovem quer como pessoa e treinador.
 

ruifcpsempre

Tribuna Presidencial
25 Março 2012
10,274
85
26
Porto
drulovic20 disse:
acho que mereçia um clube melhor.
a hipótese everton ou mesmo o anzhi eram melhores opções.
Apesar de não ter sido feliz em termos exibicionais, deu-nos 2 títulos e merece tudo de bom, mas quanto á escolha de clube não te preocupes, porque se correr bem, vai ser um trampolim para ele, ou seja, quando houver grandes clubes sem treinador o nome dele vai estar associado a esses tubarões, tal como muitos outros...mas contudo boa sorte vp!!!
 

Miguel10

Tribuna Presidencial
28 Maio 2007
5,977
18
Lisboa, 1978
Agradecer ao Vítor Pereira pelo trabalho realizado no FC.Porto (2 Campeonatos e 2 Supertaças em 2 anos). Para além de um excelente treinador, um Grande Portista e um homem com H grande.
 
M

Marco Sousa

Guest
Obrigado por tudo VP e muito sucesso é o meu desejo. A nível financeiro não podia ter sido melhor, 6 milhões em dois anos quem dera a 10 milhões de portugueses!
 
P

Playmaker 10

Guest
Agradeço ao treinador VP, o que ajudou a conquistar nestes 2 anos, mas a sua saída no meu entender foi a melhor opção.

Apesar da conquista das 2 ligas, com apenas 1 derrota, faltou sempre qualquer coisa, as campanhas fracas na Europa; as 2 participações fraquíssimas na taça de Portugal - a de poupar jogadores em Braga, para um jogo em Paris, com a qualificação no bolso ainda hoje me está entalada; a qualidade do nosso futebol, tirando curtos períodos, o nosso jogo foi previsível, lento e entediante; também não me esqueço que perdeu os 2 melhores jogadores e que os planteis foram dos mais desequilibrados e limitados dos últimos anos, mas ponderando tudo isto, acho que poderia ter feito melhor.

A sua ida para o futebol asiático, deixou-me um pouco surpreendido, acho que ainda não terá idade para aquele mercado, visto como uma reforma dourada para Europeus ou Sul Americanos. O seu mercado natural, seriam os campeonatos endinheirados da Europa (Russia, Turquia, Grécia), nunca acreditei na hipótese Everton, VP não tem a aura e o carisma que se via em JM ou AVB e por isso nunca me pareceu real a possibilidade de treinar numa das maiores ligas da Europa. Vai ganhar muitos milhões, mas com a sua idade, dá um passo atrás na carreira na busca de reconhecimento e competência.

Obrigado por tudo e boa sorte para o futuro.


 
 
P

Pelado

Guest
No dia de hoje, o Maisfutebol publicou uma entrevista com o que terá sido, na História do nosso Clube, o profissional mais injustiçado quer pela massa associativa quer pela Comunicação Social. De seu nome, Vitor Pereira.

Para todos aqueles que por má fé, por desconhecimento ou apenas por ignorância desdenharam o seu trabalho de forma contínua e/ou intelectualmente desonesta, deixo aqui algumas das frases que revelam um pouco do que se passou durante as duas épocas em que o Vitor Pereira defendeu o nosso Clube.

"Acredito que se mantivéssemos a mesma estrutura, e encontrássemos um ou dois jogadores rápidos e desequilibradores, evoluiríamos para outro patamar qualitativo."


"Tínhamos muitos atletas de posse, de passe e qualidade, mas faltava alguma agressividade no um para um ofensivo. Em determinados jogos sentimos isso."


"Jornalista: Faltou-lhe um bom banco em determinadas situações?"
"Vitor Pereira: Tínhamos muitos meninos. Recordo-me do jogo na Luz, esta época. Tínhamos no banco Sebá, Kelvin, Atsu, Castro ..."


"Jornalista: Faltou-lhe um Jackson no seu primeiro ano?"
"Vitor Pereira: Senti muito essa falta. Para ganhar o campeonato, e bem criticado fui por isso, tivemos de desviar o Hulk para o meio. De outra forma não tínhamos conseguido ser campeões."


"Os primeiros seis meses foram muito difíceis ... Havia muita gente mais preocupada com a sua vida e isso prejudicou-nos muito."


"O Jackson, para mim, é extraordinário."


"Senti-me orgulhoso pela forma determinada com que a direção do F.C. Porto e Pinto da Costa me pediram a minha continuidade. Mostraram que me queriam, mas tive de tomar uma decisão e comuniquei-a ao presidente no dia 29 de Maio. A partir daí o F.C. Porto teve de partir para outras opções e eu para outros caminhos."



Depois desta entrevista, só tenho a dizer o seguinte: a um grande Homem, que é também um grande Treinador, o meu muito obrigado !!!!