Andebol

FC Porto vence na Bielorrússia e segura quinto lugar na Champions

2020-03-02

Redação Portal dos Dragðes

O FC Porto Sofarma alcançou mais uma meta a que se propôs. Garantida a qualificação, no passado sábado, aos oitavos de final da Liga dos Campeões, a equipa de andebol portista viajava até à Bielorrúsia com um só objetivo, o de garantir o quinto lugar. Dito e feito, os Dragões fecharam com chave de ouro a última ronda no grupo B da "Champions" e venceram, esta tarde, o Meshkov Brest por 35-32. Na próxima fase, a eliminar, os azuis e brancos irão encontrar um de dois opositores: os alemães do Flensburg ou os dinamarqueses do Aalborg. O adversário será conhecido este domingo, após o término do derradeiro encontro do grupo A, entre duas formações nórdicas (Aalborg-Elverum).

Os Dragões já não se amedrontam nos grandes palcos e entraram com tudo. Carlos Martingo promoveu Thomas Bauer e Leonel Fernandes ao sete inicial, com ambas as apostas a darem razão ao treinador adjunto de Magnus Andersson, novamente ausente por doença. O guarda-redes austríaco foi a grande figura do FC Porto Sofarma na primeira parte, ao manter a sua baliza inviolada durante dez minutos consecutivos. André Gomes também tornou a entrar com tudo e já levava tantos golos (4) como o Meshkov no primeiro quarto da partida. Os portistas, que jogaram 8 minutos da etapa inicial com menos um jogador - enquanto o conjunto da casa não teve nenhuma exclusão -, viriam a sofrer 5 golos de rajada no final da primeira parte e a falhar outro punhado de oportunidades.

Findo o descanso, o Meshkov (já eliminado) jogava pela honra no seu próprio castelo. Os bielorrussos, já eliminados, regressaram dos balneários mais agressivos e, acima de tudo, mais esclarecidos. Jaka Malus deu sequência à boa forma e somou 6 golos aos 4 que havia apontado no primeiro tempo. A prova de que Thomas Bauer esteve isento de culpas foi o facto de ter completado os 60 minutos. Quem se mostrou em grande nível do lado portista após o intervalo foi Miguel Alves. "Tito", como é conhecido, apontou 5 golos na segunda parte e teve o sangue frio necessário para compensar algumas falhas técnicas no ataque portista. A 46 segundos do final, Carlos Martingo pediu um time out para dizer aos seus jogadores: "marquem um golo para acabar com o jogo". Assim fez Yoan Balázquez, o último atleta de campo que ainda não havia colocado o seu nome na lista de marcadores. 

"Fizemos um jogo fantástico, começámos muito bem na primeira parte. Estivemos muito bem, penso que é uma vitória justa para nós, estamos muito felizes e eu estou muito orgulhoso do trabalho da nossa equipa hoje", declarou Carlos Martingo após a vitória dos seus comandados. Thomas Bauer acrescentou: "Viemos aqui pela vitória, as duas equipas lutaram por ela e por isso foi um jogo muito atrativo. Quando olhamos para a nossa eficácia defensiva e ofensiva, podemos calcular o que foi necessário fazer para trazer pontos de Brest. Os meus parabéns à equipa da casa, que também fez também um jogo fantástico. Estamos felizes, após uma longa viagem, por podermos levar a vitória de volta para o Porto".

Os campeões nacionais regressam agora a Portugal onde, na quarta-feira (20h00), têm uma dura batalha no pavilhão João Rocha. Perante o empate pontual com o Sporting, a partida assume um carácter decisivo e só a vitória interessa ao emblema da Invicta para se isolar no primeiro posto do Campeonato.

FICHA DE JOGO

HC MESHKOV BREST-FC PORTO SOFARMA, 32-35

Liga dos Campeões, Grupo B, 14.ª jornada
29 de fevereiro de 2020

Sportshall Victoria, Brest

Árbitros: Nenad Nikolic e Dusan Stojkovic (Sérvia)

HC MESHKOV BREST: Ivan Pesic e Ivan Matskevich (g.r.); Branko Kankaras (3), Marko Panic (3), Alexsander Shkurinskiy, Andrei Yurynok (3), Nemanja Obradovic (1), William Accambray (4), Viachaslau Shumak, Maksim Baranau (4), Simon Razgor, Sandro Obranovic (1), Artsiom Selviasiuk (2), Darko Djukic, Mikita Vailupau (2) e Jaka Malus (10)
Treinador: Raúl Alonso

FC PORTO SOFARMA: Thomas Bauer e Alfredo Quintana (g.r.); Victor Iturriza (4), Yoan Balázquez (1), Miguel Martins (4), Djibril M'Bengue (1), Ángel Hernández (4), Rui Silva (2), Daymaro Salina (2), Leonel Fernandes (2), Alexis Borges (2), Diogo Branquinho (1), António Areia (2), André Gomes (4), Miguel Alves (5) e Fábio Magalhães (2)
Treinador: Carlos Martingo

Ao intervalo: 13-17

 

fonte: fcporto.pt

Vídeo: Porto Canal

Últimas

Últimas mensagens no Fórum

As nossas séries e filmes preferidos por Pavão
Hoje às 12:56 am

Raúl Meireles por Jorge Pacino
Hoje às 12:47 am

Covid-19 por Vlk
Hoje às 12:06 am

Espanha - La Liga - 2019/20 por JAEP
Hoje às 12:06 am

ÉPOCA 2010/2011 por RicardoPortista99
04/Abr/20, 23:46

Impacto económico do Covid-19 por Celta7
04/Abr/20, 22:47