Autor Tópico: Aquecimento global  (Lida 22611 vezes)

Offline Drgon Sky

  • Bancada central
  • ***
  • Mensagens: 2.335
  • Desde: Jul 2015
Re: Aquecimento global
26/Ago/19, 21:51 • #89029
BolsoNabo tem de cair o mais rápido possível. Ele e o cabeça de vento louro que o patrocina, o pato Donald Trampa.

A vontade de entregar a exploração da Amazónia ao Trump é incomportável para toda a população mundial.

Estes gajos só querem lucro imediato como se não houvesse amanhã, são tão burros ao ponto de terem como ideal de vida ser os gajos mais ricos do cemitério quando morrerem.

Quais gajos é que só querem lucro imediato??? Estarás a falar da Alemanha e da Noruega??? ou da França???

Criado em 2008, e assinado pelo Lula (esse Socrates á lá Brasil), o Fundo da Amazonia tem como suposto objetivo fomentar projetos que combatam o desmatamento na floresta por meio de doações de países e empresas. A Alemanha é um dos três doadores do fundo, além dela, participam Noruega e Petrobras, que já realizaram dezenas de doações na última década. No total, 3,4 bilhões de Reais já foram arrecadados.

Até aqui tudo parece bem, mas alguém dá dinheiro de graça??? Digam-me onde!
Grande parte desse dinheiro "doado" vai para projetos implementados por ONG's e esse fundo serve para pagar ás prestações as riquezas naturais da Amazonia para interesses capitalistas das grandes industrias Europeias.

Noruega é a maior acionista da empresa de mineração que polui a Amazonia. A Noruega tem 34,3% das ações da empresa Hydro Alunorte (empresa do Rei da Noruega), “Mega produtora” de alumínio e alvo de denúncias do Ministério Público Federal (MPF) do Pará e de quase 2 mil processos judiciais por contaminação de rios e comunidades de Barcarena (PA), município localizado em uma das regiões mais poluídas da floresta amazônica.

Segundo a BBC "um em cada cinco moradores da região onde estão as empresas norueguesas está contaminado por chumbo, com uma concentração do elemento químico no corpo sete vezes maior do que a média mundial. O chumbo é um dos metais pesados presentes nos lixos da indústria mineira mais nocivo ao meio ambiente e aos seres humanos".

Quanto á Alemanha, localizada na Baía de Sepetiba, zona oeste do Rio, a Companhia Siderúrgica do Atlântico, formada pela multinacional alemã ThyssenKrupp em parceria com a Vale do Brasil (TKCSA), tem sido a responsável por uma série de impactos socioambientais na região.

E já agora a França...

Macron, não tem mais interesse na Amazonia do que proteger os negócios dos seus monopólios nacionais. Algumas das empresas que mais desmatam a floresta amazónica são francesas: os bancos Crédit Agricole e o BNP Paribas, instituição financeira mais rica da França, estão vinculados ao desmatamento, segundo relatório da Amazon Watch. Empresas como Guillemette & Cie e Groupe Rougier recebem regularmente toneladas de madeira da empresa brasileira Benevides Madeiras, segundo o mesmo relatório. A francesa Dreyfuss também tem altos negócios na Amazonia. Consideram-na seu quintal de exploração capitalista.

Outro conflito inscrito na crise amazônica ocorre entre a França e a Alemanha acerca do acordo entre o Mercosul e a União Europeia. Berlim e Paris comungam do objetivo de sujeitar a classe trabalhadora latino-americana a uma exploração superior.

Este acordo de submissão do Cone Sul da América Latina pelas potências europeias, entretanto, não as favorece por igual. Os principais vencedores seriam os exportadores de veículos alemães, que teriam tarifas zero para o escoamento da produção automotriz.

Já a França seria consideravelmente prejudicada no seu setor agrícola, que veria a entrada sem tarifas dos produtos agrícolas brasileiros aos mercados europeus que domina.

A política agrícola é um dos pilares da integração da União Europeia e é fundamental para a França.

São os franceses que conduzem a agricultura para o restante do continente. Além da França, a Irlanda também exigiu insistentemente no último período para que a União Europeia não fosse tão generosa no setor agrícola, especialmente o de carnes, nesse acordo. O acordo vai em contramão dessas exigências: inclui uma cota anual de 99 mil toneladas de carne com tarifas reduzidas.

Por isso o presidente francês ameaça o cancelamento do acordo, usando a crise amazónica provocada pela declaração de Bolsonaro "A Amazonia é do Brasil". Macron tenta atender os interesses do agronegócio francês, que não deseja a entrada de produtos brasileiros com facilidade na Europa, sem com isso diminuir os acordos de exploração do Cone Sul. Assim também o primeiro ministro da Irlanda, Leo Varadkar, anunciou que "diante dos acontecimentos" vai bloquear a implantação do acordo.

A Alemanha, por sua vez, defende a manutenção do acordo comercial, em vista do cenário caótico de sua economia, que apresenta fortes sinais recessivos devido à retração do comércio mundial (efeito do atrito entre EUA e China), que deprime sua produção industrial, altamente dependente das exportações. O capital alemão precisa de novas zonas de escoamento de sua produção, que não pode depender tanto da China e da UE em crise.

Esses elementos se interligam na catastrófica crise ambiental do Brasil.

Para que se saiba, a area preservada da Amazonia representa 66.3% do território do Brasil. O Brasil é uma das principais potencias na area agrícola e Agroindustrial e alimenta 2 biliões de pessoas, o que significa que 1/4 da população mundial só come por causa do agricultor brasileiro, no entanto só 9% do território é ocupado para a agricultura.

Quando se fala em desmatamento é preciso entender que a lei do uso do solo na região Amazónica é a mais restritiva do Brasil e das mais restritivas do Mundo (ao contrario da União Europeia em que a vegetação nativa apenas representa os míseros 0.3% do território devido á falta de restrições impostas).

A Amazonia é importante preservar, mas foram decadas de atrocidades por parte dos colonialistas europeus e Americanos em prol de lucros elevados que este governo quer restringir e acabar.


Offline Drgon Sky

  • Bancada central
  • ***
  • Mensagens: 2.335
  • Desde: Jul 2015
Re: Aquecimento global
26/Ago/19, 23:49 • #86090

Sabes com certeza MUITO mais do eu sobre o tema, aliás como bem fundamentas,

mas a questão que eu te coloco é se temos ou não um calamidade ambiental muito grave( não apenas o aquecimento)por causa da ação do homem? E se devemos ou não mudar comportamentos e tomar medidas seria urgentes?

8 Mil milhões de pessoas no planeta terra não é demasiado? Como se consegue limitar o crescimento populacional na Índia, nos países limítrofes, e em África? Como se arranjam recursos para este humanos todos viverem como um europeu?

Regrar o consumo, diminuir a utilização de combustíveis fósseis e aumentar a utilização de energia renováveis,  Mudar o paradigma da utilização para a reutilização nos padrões de consumo é relevante ou não?

A deflorestacao da Amazónia e de muitos outras zonas verdes e os muitíssimos incêndios  sao ou não proporcionados pelo ser humano?

A escassez de água potável tem ou não mão humana? A escassez de peixes no mar tem mão humana ou não?
A extinção de milhares de espécies tem ou não mão humana?

Os Plasticos e lixo que poluem os rios e marés tem ou não mão humana?

Ou seja és a favor ou contra as políticas eco-friendly? Ou acreditas que são inúteis e só servem para cobrar mais impostos?

Existe uma diferença entre questões Climáticas e questões Ambientais.

Clima:
O aquecimento terrestre a nível global é 99% derivado do sol e dos seus ciclos, com o principal ciclo de 11 anos e outros ciclos de 90 e 200 anos em primeira instancia (para teres uma ideia, vivemos atualmente um ciclo mais calmo de explosões solares que se irá manter até 2046 pelo que teremos um arrefecimento até lá), depois os vulcões e por fim os oceanos na influencia desse ciclo climático do planeta.

Ambiente:
Neste caso sim, o Homem tem influência, mas não decisiva nos graves problemas ambientais. E sim, teremos que tomar medidas sérias, mas ninguém esta realmente interessado na mudança, pois implicaria transformar milhões de fábricas e de produtos para maior eficácia energética e mais limpa o que levaria a profundas alterações económicas e sociais, para alem de redução e lucros.

Superpopulação:
Muita gente pensa que o planeta esta superpopulado, mas ninguém pode definir "superpopulação", o que torna difícil comprovar ou contestar. Confunde-se superpopulação urbana com superpopulação global. Nas cidades sente-se que temos cada vez menos espaço, mas o mesmo não acontece fora dessas areas urbanas. Um bom exemplo disso é Portugal, em que é no litoral que estão as principais cidades, e aí temos uma superpopulação, mas no interior esta cada vez mais desértico e cheio de espaços vazios, pelo que Portugal é uma representação á escala dos restantes países do planeta.

Nós somos ensinados desde pequenos de que um dos maiores problemas enfrentados pela humanidade é a superpopulação e esquecem-se de nos ensinar no entanto, de que a maioria dos países está tendo sua população reduzida e envelhecendo, o que se acontecesse com o planeta inteiro levaria a humanidade a extinção.

A população inteira do planeta caberia no estado do Texas, tendo cada família uma casa e quintal. Outro mito é de que não existe alimento suficiente para todas as pessoas do planeta. Usam esta mentira até mesmo como pretexto para justificar o veneno que são os alimentos geneticamente modificados.

A superpopulação nada mais é do que um pretexto para implementação de eugenia, ou controle da população pelas elites, ou como alguns preferem chamar, os "donos do mundo".

Por exemplo, John D. Rockefeller Terceiro escreveu o esboço da carta do Conselho Populacional em 1954, no qual ele incluiu um parágrafo pedindo pela criação de estudos para que "dentro de cada grupo social e econômico, os pais que estão acima da média em inteligência, e qualidade de personalidade e afeto, tenderão a ter famílias maiores que a média."

Thomas Parran, um ex cirurgião e um dos poucos católicos no círculo de Rockefeller, opôs escrevendo "Francamente, as implicações deste, enquanto eu sei que se destinam a ter uma implicação eugênica, poderia facilmente ser entendida como uma filosofia nazista de raça ariana." O parágrafo foi discretamente removido. Apenas lembrar que os Rockefeller subsidiaram o regime Nazi para a criação de politicas e métodos de eugenia.

Em conclusão, o mito da superpopulação surgiu na Inglaterra em 1798 e perdura até os dias de hoje, mas os argumentos utilizados não batem com a realidade.

Plásticos:
Um estudo publicado em 2018 na revista científica Nature estima que 46% da famosa ilha de plástico do Pacífico seja constituído por restos de redes de pesca, somando mais material, como armadilhas e linhas, o material de pesca corresponderá a 60% do total. Outros 10% a 20% são detritos arrastados pelo tsunami de 2011 no Japão. Dos objetos recolhidos pelos investigadores, ainda com letras visíveis, 30% tinham caracteres japoneses e 29,8% chineses.

Então porquê deitar a culpa no plástico dito domestico?
O plástico é um dos materiais mais presentes no nosso cotidiano. Os diversos tipos de plásticos servem como matéria-prima para a fabricação de escovas de dente, brinquedos, bijuterias, peças do computador, utensílios de cozinha, entre outros. Seu emprego nos mais variados produtos se deve a fatores como alta durabilidade, baixo consumo de energia e facilidade de transporte e processamento.

Eles são, basicamente, divididos em termoplásticos e termorrígidos, sendo, respetivamente, recicláveis e não recicláveis a altas temperaturas.

A chegada ao fim do direito de exclusividade garantido pelas patentes de plástico e consequentemente o fim da obrigação do pagamento de royalties de patentes de vários tipos plástico para que outros fabriquem, usem, vendam, ofereçam ou importem a dita invenção, levou a que a guerra se tornasse clara e premente por parte das grandes empresas que querem usar novos tipos de plástico para o perpetuar o lucro, exemplo disso são os sacos dos supermercados.

OS Poluidores (os defensores do tratado de Paris):
Mais de metade de todo o plástico que vai parar ao mar tem origem em apenas cinco países: China, Indonésia, Filipinas, Tailândia e Vietname.

Só a China contribui com 28% do total mundial, apesar de ter “apenas” 18% da população do planeta.

Estes cálculos fazem parte de um estudo do McKinsey Center for Business and Environment para a organização não-governamental do ambiente Ocean Conservancy. De acordo com outro estudo, publicado na revista científica Environmental Science & Technology, liderado por um hidrogeólogo do Helmholtz Center for Environmental Research, de Leipzig, na Alemanha, só o rio chinês Yangtzé contribui com 1,5 milhões do total de oito milhões de toneladas que vão parar aos oceanos todos os anos (no caso, através do mar Amarelo).

Segundo o investigador principal, Christian Schmidt, cerca de um quarto de todo o plástico marinho tem origem em rios, e dez rios – oito deles na Ásia e dois em África – são responsáveis por 93% dessas descargas de plástico no mar.

Perante estes estudos científicos reais, culpar um pais de sair do tratado de Paris, quando os que lá estão vivem da roleta lucrativa das ações de carbono e das cotas de lixo, obrigando-nos a todos a financiar esta hipocrisia por meio de impostos, dever-nos-ia fazer parar e pensar se são estes lideres submissos e corruptos que queremos para o nosso futuro, e mais importante ainda, parar para pensar e nos informar porque a maioria come tudo o que lhe dão e servem de meios de publicidade para o perpetuar o desequilíbrio entre os super-ricos e os pobres. 

Não admira que cerca de 7 milhões de pessoas que compõem o grupo dos 1% mais ricos do mundo ficaram com 82% de toda riqueza global gerada em 2017, aponta um estudo divulgado pela organização não-governamental britânica Oxfam em 2017, agora tirem as vossas conclusões.

Tens sempre, como no filme Matrix a hipótese de escolher o comprimido da verdade ou de continuar a viver a mesma vidinha sem nada mudar.

Offline David Copperfield

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 3.109
  • Desde: Mai 2008
Re: Aquecimento global
27/Ago/19, 00:20 • #93035
Existe uma diferença entre questões Climáticas e questões Ambientais.

Clima:
O aquecimento terrestre a nível global é 99% derivado do sol e dos seus ciclos, com o principal ciclo de 11 anos e outros ciclos de 90 e 200 anos em primeira instancia (para teres uma ideia, vivemos atualmente um ciclo mais calmo de explosões solares que se irá manter até 2046 pelo que teremos um arrefecimento até lá), depois os vulcões e por fim os oceanos na influencia desse ciclo climático do planeta.

Ambiente:
Neste caso sim, o Homem tem influência, mas não decisiva nos graves problemas ambientais. E sim, teremos que tomar medidas sérias, mas ninguém esta realmente interessado na mudança, pois implicaria transformar milhões de fábricas e de produtos para maior eficácia energética e mais limpa o que levaria a profundas alterações económicas e sociais, para alem de redução e lucros.

Superpopulação:
Muita gente pensa que o planeta esta superpopulado, mas ninguém pode definir "superpopulação", o que torna difícil comprovar ou contestar. Confunde-se superpopulação urbana com superpopulação global. Nas cidades sente-se que temos cada vez menos espaço, mas o mesmo não acontece fora dessas areas urbanas. Um bom exemplo disso é Portugal, em que é no litoral que estão as principais cidades, e aí temos uma superpopulação, mas no interior esta cada vez mais desértico e cheio de espaços vazios, pelo que Portugal é uma representação á escala dos restantes países do planeta.

Nós somos ensinados desde pequenos de que um dos maiores problemas enfrentados pela humanidade é a superpopulação e esquecem-se de nos ensinar no entanto, de que a maioria dos países está tendo sua população reduzida e envelhecendo, o que se acontecesse com o planeta inteiro levaria a humanidade a extinção.

A população inteira do planeta caberia no estado do Texas, tendo cada família uma casa e quintal. Outro mito é de que não existe alimento suficiente para todas as pessoas do planeta. Usam esta mentira até mesmo como pretexto para justificar o veneno que são os alimentos geneticamente modificados.

A superpopulação nada mais é do que um pretexto para implementação de eugenia, ou controle da população pelas elites, ou como alguns preferem chamar, os "donos do mundo".

Por exemplo, John D. Rockefeller Terceiro escreveu o esboço da carta do Conselho Populacional em 1954, no qual ele incluiu um parágrafo pedindo pela criação de estudos para que "dentro de cada grupo social e econômico, os pais que estão acima da média em inteligência, e qualidade de personalidade e afeto, tenderão a ter famílias maiores que a média."

Thomas Parran, um ex cirurgião e um dos poucos católicos no círculo de Rockefeller, opôs escrevendo "Francamente, as implicações deste, enquanto eu sei que se destinam a ter uma implicação eugênica, poderia facilmente ser entendida como uma filosofia nazista de raça ariana." O parágrafo foi discretamente removido. Apenas lembrar que os Rockefeller subsidiaram o regime Nazi para a criação de politicas e métodos de eugenia.

Em conclusão, o mito da superpopulação surgiu na Inglaterra em 1798 e perdura até os dias de hoje, mas os argumentos utilizados não batem com a realidade.

Plásticos:
Um estudo publicado em 2018 na revista científica Nature estima que 46% da famosa ilha de plástico do Pacífico seja constituído por restos de redes de pesca, somando mais material, como armadilhas e linhas, o material de pesca corresponderá a 60% do total. Outros 10% a 20% são detritos arrastados pelo tsunami de 2011 no Japão. Dos objetos recolhidos pelos investigadores, ainda com letras visíveis, 30% tinham caracteres japoneses e 29,8% chineses.

Então porquê deitar a culpa no plástico dito domestico?
O plástico é um dos materiais mais presentes no nosso cotidiano. Os diversos tipos de plásticos servem como matéria-prima para a fabricação de escovas de dente, brinquedos, bijuterias, peças do computador, utensílios de cozinha, entre outros. Seu emprego nos mais variados produtos se deve a fatores como alta durabilidade, baixo consumo de energia e facilidade de transporte e processamento.

Eles são, basicamente, divididos em termoplásticos e termorrígidos, sendo, respetivamente, recicláveis e não recicláveis a altas temperaturas.

A chegada ao fim do direito de exclusividade garantido pelas patentes de plástico e consequentemente o fim da obrigação do pagamento de royalties de patentes de vários tipos plástico para que outros fabriquem, usem, vendam, ofereçam ou importem a dita invenção, levou a que a guerra se tornasse clara e premente por parte das grandes empresas que querem usar novos tipos de plástico para o perpetuar o lucro, exemplo disso são os sacos dos supermercados.

OS Poluidores (os defensores do tratado de Paris):
Mais de metade de todo o plástico que vai parar ao mar tem origem em apenas cinco países: China, Indonésia, Filipinas, Tailândia e Vietname.

Só a China contribui com 28% do total mundial, apesar de ter “apenas” 18% da população do planeta.

Estes cálculos fazem parte de um estudo do McKinsey Center for Business and Environment para a organização não-governamental do ambiente Ocean Conservancy. De acordo com outro estudo, publicado na revista científica Environmental Science & Technology, liderado por um hidrogeólogo do Helmholtz Center for Environmental Research, de Leipzig, na Alemanha, só o rio chinês Yangtzé contribui com 1,5 milhões do total de oito milhões de toneladas que vão parar aos oceanos todos os anos (no caso, através do mar Amarelo).

Segundo o investigador principal, Christian Schmidt, cerca de um quarto de todo o plástico marinho tem origem em rios, e dez rios – oito deles na Ásia e dois em África – são responsáveis por 93% dessas descargas de plástico no mar.

Perante estes estudos científicos reais, culpar um pais de sair do tratado de Paris, quando os que lá estão vivem da roleta lucrativa das ações de carbono e das cotas de lixo, obrigando-nos a todos a financiar esta hipocrisia por meio de impostos, dever-nos-ia fazer parar e pensar se são estes lideres submissos e corruptos que queremos para o nosso futuro, e mais importante ainda, parar para pensar e nos informar porque a maioria come tudo o que lhe dão e servem de meios de publicidade para o perpetuar o desequilíbrio entre os super-ricos e os pobres. 

Não admira que cerca de 7 milhões de pessoas que compõem o grupo dos 1% mais ricos do mundo ficaram com 82% de toda riqueza global gerada em 2017, aponta um estudo divulgado pela organização não-governamental britânica Oxfam em 2017, agora tirem as vossas conclusões.

Tens sempre, como no filme Matrix a hipótese de escolher o comprimido da verdade ou de continuar a viver a mesma vidinha sem nada mudar.

Apesar de fundamentares muito bem, usas, in my humble opinion, alguns sofismas, e não respondes directamente a algumas questões concretas que te coloco.
No final parece que concordas que políticas eco-friendly são necessárias seja na Ásia ou em África mas medidas têm de ser tomadas com urgência.

E questão ambiental é de facto mais do que o aquecimento global, é por exemplo a  extinção  de espécies , por mão humana, é escassez de água potável e de recursos. A sobrepopulacao neste momento é simplesmente um facto numérico. O envelhecimento da população é verdade nos países desenvolvidos e não é verdades nos em vias de desenvolvimento como a Índia, Brasil, Asia em geral, África em geral, países islâmicos em geral. Logo no balanço a população mundial tente a crescer.
Eugénia não, mas algo tem de ser feito de forma séria para controlar o crescimento populacional.

O plástico é nocivo ao ambiente tb concordas.

Qt à hipocrisia dos líderes e a extrema desigualdade social são verdades indesmentiveis mas que não são únicas e exclusivas no diagnóstico e cura da grave questão ambiental que vivemos.

Concordo contigo que devemos analisar as questões de forma sóbria e sem viés político. Mas não podemos é fazer d conta que não se passa nada em matéria de ambiente, que está tudo bem...porque efectivamente não está, bem pelo contrário. Espero não termos virado o ponto de não retorno.


Offline André Farinha

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 7.742
  • Desde: Abr 2018
Re: Aquecimento global
29/Ago/19, 10:50 • #64058
Greta Thunberg pisa terra firme em Nova Iorque



Online JMPedroto

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 3.619
  • Desde: Nov 2017
Re: Aquecimento global
03/Set/19, 09:52 • #40050
Citar
a dupla face de greta, a marioneta dos lobbys das renováveis

https://www.elmundo.es/cronica/2019/09/02/5d696036fdddff830d8b4576.html

Online sirmister

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 40.307
  • Desde: Mar 2008
  • Membro do Mês Abril/2019
Re: Aquecimento global
04/Set/19, 01:38 • #18096




Offline administrador

  • Administrador
  • Bancada central
  • *****
  • Mensagens: 1.593
  • Desde: Jun 2016
Re: Aquecimento global
09/Set/19, 16:20 • #29097
Caros,

Tal como tinha avisado há alguns tempos, foi adicionada a seguinte regra ao fórum:

Citar
17) Não é permitida a utilização do fórum para a divulgação de uma mensagem política de forma sistematizada, persistente e consistente, sendo a única excepção casos onde estejam envolvidos assuntos que digam respeito ou interessem de alguma forma ao FC Porto. Este regra-se aplica-se à utilização de avatars e/ou assinaturas.

A partir de agora quem insistir na propagação de mensagem política sistematizada, será punido de acordo com as regras deste espaço.

Obrigado.


Offline Das tripas coração!

  • Bancada lateral
  • **
  • Mensagens: 838
  • Desde: Mai 2017
Re: Aquecimento global
10/Set/19, 15:43 • #15085
Os suspeitos do costume a mentir descaradamente...

https://poligrafo.sapo.pt/internacional/artigos/a-guerra-suja-de-odio-mentiras-e-desinformacao-contra-a-ativista-greta-thunberg?fbclid=IwAR2Ms4-Ptn_RP48oLm3V7UP5vbT8YpORy0mbBOpAzUwsZtoVRq5c2JdO7Z8#_swa_cname=poligrafo_share&_swa_cmedium=web&_swa_csource=facebook&utm_source=facebook&utm_medium=web&utm_campaign=poligrafo_share
A cartilha é sempre a mesma! Chega a ser constrangedora a falta de mentiras novas.
Quanto à luminosa Greta Thunberg, aquilo que me ocorre por vezes, é se estará ela devidamente consciente que, apesar de muito jovem, já é tão odiada por alguns cobardes que só não lhe farão mal, fisicamente, se não puderem.

Online Treinador de Bancada

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 10.619
  • Desde: Mar 2012
Re: Aquecimento global
10/Set/19, 15:48 • #85039
A cartilha é sempre a mesma! Chega a ser constrangedora a falta de mentiras novas.
Quanto à luminosa Greta Thunberg, aquilo que me ocorre por vezes, é se estará ela devidamente consciente que, apesar de muito jovem, já é tão odiada por alguns cobardes que só não lhe farão mal, fisicamente, se não puderem.

Independentemente da miúda estar a ser instrumentalizada ou não  pelas organizações ecológicas e outras ONG, é de uma baixeza sem nível os ataques pessoais que fazem a uma criança que meramente tem um ponto de vista, uma preocupação. Mas não surpreende são os mesmos que defendem os Trumps, os Orbans e os Bolsonaros e se revêm no seu modus operandi que não é muito diferente de este.

Online JMPedroto

  • Tribuna
  • ****
  • Mensagens: 3.619
  • Desde: Nov 2017
Re: Aquecimento global
10/Set/19, 16:42 • #21048
Os suspeitos do costume a mentir descaradamente...

https://poligrafo.sapo.pt/internacional/artigos/a-guerra-suja-de-odio-mentiras-e-desinformacao-contra-a-ativista-greta-thunberg?fbclid=IwAR2Ms4-Ptn_RP48oLm3V7UP5vbT8YpORy0mbBOpAzUwsZtoVRq5c2JdO7Z8#_swa_cname=poligrafo_share&_swa_cmedium=web&_swa_csource=facebook&utm_source=facebook&utm_medium=web&utm_campaign=poligrafo_share


quem mentiu sobre o quê? quem fala sobre a greta é um reputado jornal espanhol

https://www.elmundo.es/loc/celebrities/2019/08/26/5d5ffd47fdddffeb4c8b4599.html


Citar
"El fenómeno Greta también ha involucrado a lobistas verdes, relaciones públicas, eco-académicos y un grupo de expertos fundado por una rica ex ministra socialdemócrata de Suecia con vínculos con las compañías de energía del país. Estas compañías se están preparando para la mayor bonanza de contratos gubernamentales de la historia: la ecologización de las economías occidentales. Greta, lo sepan o no ella y sus padres, es la cara de su estrategia política", ha escrito el diario.



Citar
Según el medio británico, cuando Greta Thunberg llevó a cabo su famosa huelga escolar junto al parlamento sueco para que el gobierno redujera las emisiones de carbono, el 20 de agosto de 2018, pasaba por la calle el fundador de la plataforma We Don't Have Time (No Tenemos Tiempo), Ingmar Rentzhog. El magnate, minutos más tarde, subía a su página de Facebook una imagen de la joven. A partir de ahí, el rostro de la activista y su mensaje comenzó a copar los principales tabloides del mundo. Con el paso de los meses se ha descubierto, que el fundador de la plataforma ya conocía previamente a Greta Thunberg y el mensaje que promulgaría con el fin de "facilitar la transición al corporativismo verde".


nem tenho nada contra a rapariga, acho que tem as preocupações normais de uma criança na idade dela, só não acho correto que, se for verdade, esteja a ser usada pelo lobby das energias

Online Treinador de Bancada

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 10.619
  • Desde: Mar 2012
Re: Aquecimento global
10/Set/19, 17:14 • #74063
Independentemente da miúda estar a ser instrumentalizada ou não  pelas organizações ecológicas e outras ONG, é de uma baixeza sem nível os ataques pessoais que fazem a uma criança que meramente tem um ponto de vista, uma preocupação. Mas não surpreende são os mesmos que defendem os Trumps, os Orbans e os Bolsonaros e se revêm no seu modus operandi que não é muito diferente de este.

Acho que fui bem claro: Ora vejamos o teor das acusações:

ais como uma imagem que mostra Soros a abraçar Thunberg, difundida por milhares de pessoas nas redes sociais como "prova" de que a jovem ativista sueca é manipulada ou até obedece a instruções do multimilionário judeu (e são notórios os laivos de ódio anti-semita em muitas das histórias que se inventam sobre Soros, desde logo na recorrente teoria de conspiração que o aponta como grande orquestrador na sombra de uma "nova ordem mundial" alicerçada em "globalismo" político e económico). Essa imagem é falsa. A imagem verdadeira é com Al Gore

-A partir do livro (entretanto traduzido e publicado em Portugal com o seguinte título: "A nossa casa está a arder - A nossa luta contra as alterações climáticas") gerou-se outra controvérsia, baseada numa frase que foi escrita pela mãe e passamos a transcrever: "Ela consegue ver o dióxido de carbono a olho nu. Ela vê como flui através das chaminés e se transforma em depósito de lixo na atmosfera". Esta frase descontextualizada e submetida a uma interpretação demasiado literal propagou-se velozmente nas redes sociais. E chegou mesmo a diversos órgãos de comunicação social que citaram especialistas a explicar o óbvio - a saber, que o CO2 é um gás incolor e inodoro.
O rumor tornou-se imparável, alimentado por páginas e perfis ligados a movimentos de extrema-direita e negacionistas das alterações climáticas, geralmente com o objetivo de descredibilizar a mensagem da família Thunberg. Entretanto, o jornal francês "Libération" publicou um artigo de verificação de factos que sinaliza a deturpação do sentido original da frase, com origem na tradução em língua alemã e respetiva pré-publicação parcial no jornal "Frankfurter Allgemeine Zeitung". E a própria Greta já esclarecera o equívoco através de uma publicação no Facebook, datada de 4 de maio.

"Claro que as campanhas de ódio em curso nunca descansam… Há pelo menos uma nova teoria de conspiração por dia. O último - e talvez mais divertido - spin é que 'eu consigo ver CO2 com os meus próprios olhos'. Isto é evidentemente uma metáfora de um livro retirada do seu contexto, retirada de um jornal alemão. Ninguém disse que eu consigo literalmente ver CO2… Isso é mais do que estúpido", sublinhou, para depois concluir com ironia: "Quando eu digo que 'a nossa civilização é quase como um castelo construído na areia', ou que 'a nossa casa está a arder', isso também são metáforas".

-Às mentiras e desinformação acresce o discurso de ódio contra uma rapariga de 16 anos de idade, diagnosticada com síndrome de Asperger, perturbação obsessivo-compulsiva e mutismo seletivo. Essas desordens do foro mental (assumidas por Greta Thunberg, em várias ocasiões, nomeadamente na palestra que deu numa conferência TEDx em Estocolmo, Suécia, em dezembro de 2018) têm sido constantemente evocadas para a descredibilizar e estigmatizar, inclusive por políticos populistas como Maxime Bernier, líder do Partido do Povo do Canadá. Em vez de debaterem ideias, refutando a mensagem com argumentos válidos, optam por atacar a mensageira.

Um dos insultos mais recorrentes nessas publicações consiste no epíteto de "atrasada mental", embora a síndrome de Asperger esteja comummente associada a quocientes de inteligência acima da média. O discurso de ódio e o bullying, contudo, não parecem demover nem intimidar a jovem ativista sueca. Através de uma publicação no Facebook, a 31 de agosto, Thunberg retorquiu: "Quando os haters vão atrás da vossa aparência e diferenças, isso quer dizer que não têm outro sítio para onde ir. E então vocês sabem que estão a ganhar! Eu tenho síndrome de Asperger e isso significa que por vezes sou um pouco diferente da norma. E - dadas as circunstâncias certas - ser diferente é um superpoder".


Resumindo, eu quero lá saber se empresas ligadas ao corporativismo verde vão ou não atrás dela, eu quero saber é se a consciência ambiental não é chutada para o lado em prol do lucro fácil e selvagem que põe em risco a sustentabilidade do planeta. Essa é a questão que a Greta levanta, e que os mesmos de sempre recusam-se a responder atacando-a e descredibilizando-a. Ou seja estão preocupados em matar a mensageira e não em responder à mensagem de consciencialização ambiental que ela coloca.

Online sirmister

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 40.307
  • Desde: Mar 2008
  • Membro do Mês Abril/2019
Re: Aquecimento global
18/Set/19, 13:43 • #36016






Offline André Farinha

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 7.742
  • Desde: Abr 2018
Re: Aquecimento global
21/Set/19, 15:32 • #53090
Angela Merkel anuncia 54 mil milhões para o clima



Online sirmister

  • Tribuna Presidencial
  • *****
  • Mensagens: 40.307
  • Desde: Mar 2008
  • Membro do Mês Abril/2019
Re: Aquecimento global
23/Set/19, 18:37 • #61021
Os pais desta miuda vão continuar a deixar que ela seja usada e abusada desta maneira?..