Politica Americana

Estado
Não está aberto para novas respostas.

slowboy

Tribuna Presidencial
18 Julho 2006
12,759
266
sinal disse:
@slowboy

https://www.theguardian.com/us-news/2015/jul/19/kkk-clashes-south-carolina-racism
http://prospect.org/article/trump-and-racial-politics-south

Agora vou procurar alguma coisa sobre o Madureira, Guimarães, Porto...para ver se a realidade é comparável.
Então essas notícias justificam a tua generalização (que é uma forma simpática de dizer preconceito) sobre os americanos no geral?

Então o Trump justifica a generalização dele sobre mexicanos facilmente.
O México hoje em dia vive um clima de guerra civil narcotraficante que não é segredo para ninguém. E que é responsável por milhares de assasinatos todos os anos. E a maior parte da criminalidade até é junto à fronteira com os USA.

Agora também vou buscar umas notícias chocantes e random.
https://news.vice.com/article/five-families-massacred-in-two-weeks-as-mexicos-murder-rate-surges
http://www.breitbart.com/texas/2016/09/27/graphic-3-priests-kidnapped-murdered-mexico-within-week/


Tens um pouco de trumpista em ti. =)
 
S

sinal

Guest
slowboy disse:
Então essas notícias justificam a tua generalização (que é uma forma simpática de dizer preconceito) sobre os americanos no geral?

Então o Trump justifica a generalização dele facilmente.
O México hoje em dia vive um clima de guerra civil narcotraficante que não é segredo para ninguém. E que é responsável por milhares de assasinatos todos os anos. E a maior parte da criminalidade até é junto à fronteira com os USA.

Tens um pouco de trumpista em ti. =)
Tu não alcançaste nada do comentário, mas eu explico-te devagarinho.

Ora bem:
'...é mato'=muita gente
diferente de 'toda a gente'

É o mesmo que dizer, lampiões na cidade do Porto é mato!

Aonde está a generalização? Eu sei, na tua cabeça.

Ou seja, devo concluir, que para ti, o Alabama ou a Carolina do Sul por exemplo, esses dois não tem problemas raciais. Vamos lá assobiar para o lado e esquecer lá isso que incomoda e dizer que os outros é que generalizam, e têm um pouco de Trump. Mais do mesmo.


 
S

sinal

Guest
slowboy disse:
Já sei qual é o teu problema em entender o que é uma generalização, andas a ler muito o Breitbart. E adivinha lá quem é que lê religiosamente o Breitbart? Os Trumpistas.
 

slowboy

Tribuna Presidencial
18 Julho 2006
12,759
266
sinal disse:
Aonde está a generalização? Eu sei, na tua cabeça.

Ou seja, devo concluir, que para ti, o Alabama ou a Carolina do Sul por exemplo, esses dois não tem problemas raciais. Vamos lá assobiar para o lado e esquecer lá isso que incomoda e dizer que os outros é que generalizão, e têm um pouco de Trump. Mais do mesmo.
Vou tentar ser fiel ao teu tipo de discurso a ver se chegas lá. Apenas alterando o alvo e mantendo as tuas palavras.

"Ou seja, devo concluir, que para ti, o México por exemplo, não tem uma guerra narcotraficante e não estão criminosos a entrar nos USA vindo do méxico? Vamos lá assobiar para o lado e esquece que isso incomoda. Mais do mesmo"

Build that wall! =)
 
S

sinal

Guest
slowboy disse:
Vou tentar ser fiel ao teu tipo de discurso a ver se chegas lá. Apenas alterando o alvo e mantendo as tuas palavras.

"Ou seja, devo concluir, que para ti, o México por exemplo, não tem uma guerra narcotraficante no méxico e não estão criminosos a entrar nos USA vindo do méxico? Vamos lá assobiar para o lado e esquece que isso incomoda"

Build that wall! =)
Ainda estou a tentar perceber o que é que isso tem a ver com o comentário da macacada da Pamela Taylor sobre a Michelle Obama.

Já agora, onde é que eu disse que os ilegais criminosos mexicanos não devem ser extraditados?
 

slowboy

Tribuna Presidencial
18 Julho 2006
12,759
266
sinal disse:
Ainda estou a tentar perceber o que é que isso tem a ver com o comentário da macacada da Pamela Taylor sobre a Michelle Obama.

Já agora, onde é que eu disse que os ilegais criminosos mexicanos não devem ser extraditados?
Última tentativa e ganhas por exaustão.

Pegando no teu comentário inicial.

"O cérebro da Pamela Taylor funciona pior que o dos macacos. Mas isso é mato nos States principalmente nos Alabamas e o Wyomings."

Mantendo o discurso e trocando os alvos.

"O cérebro da Isabel dos Santos funciona pior que o dos macacos. Mas isso é a mato em África, principalmente nos Angolas e nos Moçambiques.

Não vês o meu segundo comentário com uns traços de racismo?
Agora olha para o teu comentário onde passas o pincel da generalização sobre 300 milhões de pessoas.
 
S

sinal

Guest
slowboy disse:
Última tentativa e ganhas por exaustão.

Pegando no teu comentário inicial.

"O cérebro da Pamela Taylor funciona pior que o dos macacos. Mas isso é mato nos States principalmente nos Alabamas e o Wyomings."

Mantendo o discurso e trocando os alvos.

"O cérebro da Isabel dos Santos funciona pior que o dos macacos. Mas isso é a mato em África, principalmente nos Angolas e nos Moçambiques.

Não vês o meu segundo comentário com uns traços de racismo?
Agora olha para o teu comentário onde passas o pincel da generalização sobre 300 milhões de pessoas.
Eh pah, o problema deve ser mesmo meu. Mas tu não entendeste ponta do comentário.
Mas eu vou tentar pela 2ª vez a ver se me consigo fazer entender.

Vou começar por pegar no comentário da Pamela Taylor, que é este:
“Será tão refrescante ter uma primeira-dama bonita, com classe e digna de volta à Casa Branca. Estou tão cansada de ver uma macaca de saltos altos”

Agora o meu comentário ao comentário dela:
"O cérebro da Pamela Taylor funciona pior que o dos macacos. Mas isso é mato nos States principalmente nos Alabamas e o Wyomings."

1º parte - comparei o cérebro dela aos macacos, porque aproveitei a expressão dela ao caracterizar a Obama de macaca, ou seja, Macaca=Obama, o que eu quero dizer é que, 'O cérebro da Pamela Taylor funciona pior que o dos Obamas'. Neste caso os Obamas representam a raça negra.

2ª parte - 'Mas isso é mato...', isso não quer dizer que todos são assim, quer dizer que muitos ainda pensam dessa forma, principalmente nos estados do Sul.

'Isso é mato' é uma expressão para dizer que há MUITO de determinada coisa, não quer dizer TUDO.
Vou repetir o exemplo que dei: "Lampiões na cidade do Porto é mato" que é o mesmo que se dizer: "Há muitos Lampiões na cidade do Porto".
Esta frase não quer dizer que todos na cidade do Porto são lampiões, nem que são a maioria.

Espero ter sido claro desta vez.
 

Treinador de Bancada

Tribuna Presidencial
16 Março 2012
12,977
1,684
Conquistas
1
  • Dezembro/19
https://scontent-mad1-1.xx.fbcdn.net/v/t1.0-9/15027619_1338682389489780_3452910372167595019_n.jpg?oh=db94ae03fe8ab904cc728c00ca6987e6&oe=58BB0ACE
 

Branco

Tribuna Presidencial
2 Julho 2007
19,113
274
Conquistas
1
  • Junho/18
sinal disse:

Mas na primeira análise ele usa métodos científicos, na segunda dá apenas uma opinião, que tem sem dúvida a sua lógica e pode mesmo vir a se tornar real, mas por enquanto não passa disso mesmo, uma opinião.

Acho que existe um entrave relevante a esse cenário, é mesmo o facto de daqui a 2 anos os EUA terem eleições para o congresso e um impeachment contra um candidato com grande apoio das bases do partido por parte das elites do mesmo, provavelmente fará temer muito congressistas que temem que aliados do Trump concorram contra eles numas primárias por causa disso.

Como tal acho que a acontecer um impeachment, a menos que o comportamento do Trump destrua até lá a base de suporte que tem junto de muitos eleitores republicanos afiliados ao partido, julgo que só mesmo depois dessa eleição e consoante o resultado da mesma.

E isto obviamente se esses primeiros 2 anos forem muito traumáticos, porque se eles conseguirem até lá passar muita legislação que lhes interesse apesar de algumas previsíveis situações embaraçosas por parte do Trump, então tenderão a apoiar durante o seu mandato e mesmo nas próximas eleições presidenciais.

 

MiguelDeco

Tribuna Presidencial
2 Setembro 2013
21,921
823
Conquistas
1
  • Dezembro/18
Como é óbvio é uma opinião, mas das duas uma, ou o trump numa manobra de ginástica se afasta rapidamente de putin, ou então alguns sectores do partido republicano muito provavelmente irão fazer-lhe a folha.. O problema é que na cabeça dele ele não se quer afastar destas pessoas e movimentos.. Veremos qual o caminho.. E veremos o que acontecerá face a um ultra híper mega provável novo ataque terrorista nos u.s.a.. Para mim será o primeiro teste e quem neste momento está a ser dizimado (isis que no fundo nunca foi uma ameaça séria) tem aí uma oportunidade de conseguir catapultar o seu movimento..
 

MiguelDeco

Tribuna Presidencial
2 Setembro 2013
21,921
823
Conquistas
1
  • Dezembro/18
e entretanto as coisas vão andando assim..

https://usuncut.com/politics/nazi-leaders-ecstatic-steve-bannons-appointment-top-adviser-trump/

Nazis e KKK.. Tudo malta da boa..
 

Drgon Sky

Bancada central
27 Julho 2015
2,347
9
Equipa nomeada de transição de Trump anuncia 5 anos de proibição de lobbying

Os funcionários nomeados para o governo do presidente eleito Donald Trump serão convidados a assinar um formulário que os impede de ser um lobista registado por cinco anos depois de deixarem o serviço do governo, anunciaram as autoridades nesta quarta-feira.

*seguindo a promessa feita pelo intruso de "drenar o pântano".

http://www.foxnews.com/politics/2016/11/17/trump-transition-team-announces-five-year-lobbying-ban-for-appointees.html

Entretanto uma coincidência:

Encontrada a maior jazida em solo Americano de petróleo e gás natural no Texas

http://www.usatoday.com/story/money/nation-now/2016/11/17/usgs-largest-oil-deposit-ever-found-us-discovered-texas/94013292/

* Outra das promessas de Trump: Fazer da América energicamente auto suficiente.



 
S

sinal

Guest
MiguelDeco disse:
Como é óbvio é uma opinião, mas das duas uma, ou o trump numa manobra de ginástica se afasta rapidamente de putin, ou então alguns sectores do partido republicano muito provavelmente irão fazer-lhe a folha.. O problema é que na cabeça dele ele não se quer afastar destas pessoas e movimentos.. Veremos qual o caminho.. E veremos o que acontecerá face a um ultra híper mega provável novo ataque terrorista nos u.s.a.. Para mim será o primeiro teste e quem neste momento está a ser dizimado (isis que no fundo nunca foi uma ameaça séria) tem aí uma oportunidade de conseguir catapultar o seu movimento..
A Trump Organization tem interesses na Rússia. E sim, concordo com a tua visão, o partido Republicano na sua base tem um ódio à Rússia de Putin.
Há claramente um conflito de interesses entre o POTUS e o seu próprio partido. Veremos o que acontece.
 

Branco

Tribuna Presidencial
2 Julho 2007
19,113
274
Conquistas
1
  • Junho/18
MiguelDeco disse:
Como é óbvio é uma opinião, mas das duas uma, ou o trump numa manobra de ginástica se afasta rapidamente de putin, ou então alguns sectores do partido republicano muito provavelmente irão fazer-lhe a folha.. O problema é que na cabeça dele ele não se quer afastar destas pessoas e movimentos.. Veremos qual o caminho.. E veremos o que acontecerá face a um ultra híper mega provável novo ataque terrorista nos u.s.a.. Para mim será o primeiro teste e quem neste momento está a ser dizimado (isis que no fundo nunca foi uma ameaça séria) tem aí uma oportunidade de conseguir catapultar o seu movimento..
Não acho que o que faça transbordar o copo seja a relação dele com o Putin, pelo menos não a menos que torne contornos s extraordinários e claramente lesivos para o país, só mesmo ir contra os interesses dos financiadores ou o seu comportamento pôr (claramente) em causa o controlo do congresso ou senado, é que no fundo e mais do que qualquer outra coisa, o pode pôr em causa junto do aparelho do partido, e isto somado a uma ilegalidade factual (obviamente).

Quanto a um provável ataque, duvido que aconteça, pelo menos um de proporções relevantes, porque na prática e depois do 11 de Setembro só ataques lone wolf passaram pelas autoridades americanas, e se não houver na altura já um ISIS ou alguém do género para bombardear, penso que ele no máximo dificulta ainda mais a entrada de muçulmanos no país, e provavelmente até ganha popularidade com isso.

E em qualquer dos casos e para justificar o impeachment é preciso ter (como disse atrás) uma fundamentação legal minimamente aceitável, ele vai ter que cometer algo que seja mesmo ilegal no exercício das suas funções, e por exemplo em caso de guerra e a menos que estejamos a falar de algo escandaloso, será muito complicado a um congresso e a um senado americano confrontarem o seu presidente com base nisso, abre um precedente complicado.

Teria que ser outra coisa qualquer.
 

Branco

Tribuna Presidencial
2 Julho 2007
19,113
274
Conquistas
1
  • Junho/18
Walter White disse:
A emigração ilegal é um tema que levanta normalmente muita hipocrisia, pelo menos ao nível dos migrantes económicos e não dos refugiados, o contexto americano é um pouco diferente do europeu nesse particular.

É realidade que os republicanos gostam do trabalho barato (que cria depreciação salarial) e os democratas dos votos, mas a verdade é que nenhum outro país do mundo tem uma politica de portas abertas como os EUA até aqui tiveram, mesmo o muito elogiado e benigno Canadá a norte, é muito mais contido nesse particular e a europa nem se fala.

Se retirarmos o tom e o tipo de declarações (racistas e xenófobas) do Trump, e a impraticabilidade de reenviarem aquelas pessoas com vidas já construídas nos EUA de volta ao México, ou de a construção de um mega muro que não oferece nenhuma segurança pratica, eu como eleitor americano seria a favor de restringir a movimentação de pessoas a níveis e a processos mais semelhantes a um normal país europeu a partir de agora, assim como a deportar ilegais com cadastro relevante.

Convém lembrar que neste caso e ao contrário do europeu estamos a falar claramente de migrantes económicos e não de refugiados, no caso do veto dele aos muçulmanos obviamente que a questão é outra, e isto sem pôr em causa a legitimidade que essas pessoas tiveram em procurar uma melhor vida, só acho é depois de propriamente legalizados quem já lá está para não destruir essas vidas, eu se fosse americano quereria que as autoridades começassem a levar esta questão mais a sério, porque tem ramificações negativas quando se torna um processo descontrolado, como a dado momento passou a ser.

E mesmo que agora e situacionalmente não haja crescimento real da emigração porque a economia do México melhorou, isso não é relevante para mudar de opinião, porque além de ser algo que no futuro pode sempre se inverter é também uma questão de segurança, todos os estados têm o direito de saber quem entra nas suas fronteiras e de gerir essa situação no seu melhor interesse, fora a particularidade dos refugiados e o dever humanitário que a assiste, acho que assim deve ser.
 
S

sinal

Guest
Branco disse:
Mas na primeira análise ele usa métodos científicos, na segunda dá apenas uma opinião, que tem sem dúvida a sua lógica e pode mesmo vir a se tornar real, mas por enquanto não passa disso mesmo, uma opinião.
Sim, mas eu não disse o contrário. Claro que a segunda previsão é apenas uma opinião, mas que ele a sustenta com alguns argumentos interessantes.

Sobre o 'impeachment', não sei o que acontecerá. Uma coisa é certa, o Trump nunca foi republicano, só o é agora por necessidade. Tirando os Giuliani's e os Gingrich's, no GOP poucos se identificam com ele, o maior exemplo é o Paul Ryan.
 
S

sinal

Guest
sniper disse:
Esse video foi manipulado... nunca na vida um democrata teria esse tipo de discurso... e logo o Clinton que é uma joia de pessoa.
Comentário demagógico. Há democratas idiotas, como há republicanos que são excelentes pessoas.

O Trump durante quase toda a sua vida foi democrata.
 
Estado
Não está aberto para novas respostas.